Redação Pragmatismo
Compartilhar
Racismo não 23/Feb/2014 às 15:17
36
Comentários

Haitiano é espancado até desmaiar no RS

Haitiano é espancado por 3 homens no RS. Joseph diz que não sabe o que pode ter motivado tamanha brutalidade. “Ser agredido da forma que fui é inaceitável”

haitiano espancado lajedo
Haitiano foi espancado por três homens em Lajedo / RS (Foto: Carolina Gasparotto)

Depois de terminar o expediente no trabalho, Renald Joseph (30) pegou sua bicicleta, às 5h, deste sábado, 22, e como de costume, saiu pedalando em direção à sua residência, localizada na Rua Barão do Santo Ângelo, no Centro. Ao passar pela Avenida Benjamin Constant, foi parado por um estranho, que também estava de bicicleta.

Na abordagem, o suspeito pediu se Joseph tinha um cigarro. Atenciosa, a vítima parou para explicar que não fumava. Neste momento, o homem chamou outros dois amigos e percebendo o assalto, o haitiano saiu correndo em direção ao Parque Professor Theobaldo Dick, quase lá, os três suspeitos conseguiram pará-lo.

Já com a bicicleta de Joseph, os bandidos não se deram por satisfeitos, arrancaram a corrente do pescoço da vítima e também tiraram sua camiseta. “Lembro que os três me batiam muito, apanhei nas costas com chutes e socos, e tinha um que batia na minha cabeça com uma pedra”, relata o haitiano.

Bastante abalado, Joseph diz que desmaiou após ser espancado e permaneceu desacordado por alguns instantes. “Quando acordei, consegui com muita dificuldade ir até em casa pedir socorro, foi então o momento em que fui levado para o hospital.” Durante o atendimento, o haitiano precisou fazer quatro pontos na cabeça. “Tenho muita dor no corpo todo.”

Joseph, que reside em Lajeado há 11 meses, diz que não sabe o que pode ter motivado tamanha brutalidade. “Não é a primeira vez que um haitiano é assaltado na cidade, mas agredir da forma que fui agredido é inaceitável.” A vítima garante que o horário do seu trabalho pode facilitar esse tipo de ataque. “Trabalho das 19h às 5h, sei que neste horário tudo é mais perigoso, mas nada justifica o que fizeram comigo.”

Informativo do Vale

Recomendados para você

Comentários

  1. Vilmar Postado em 23/Feb/2014 às 15:42

    antigamente os ladrões roubavam só os brancos hoje em dia os negros estão sendo roubados também

    • Bruno Postado em 24/Feb/2014 às 19:00

      Vilmar, com que base você afirma isso? Os negros são os que mais sofrem violência no Brasil há anos, basta olhar o índice de homicídios em relação a cor de pele.

    • iman Postado em 26/Feb/2014 às 14:53

      E negro não é gente??? é só negro que é ladrão??? Nosso país tá cheio de ladrão branco e de terno! Até o Eik Batista entra na lista

    • José de Jesus Postado em 11/Aug/2015 às 22:26

      Porque os brancos cansaram de roubar os brancos.

  2. Thiago Postado em 23/Feb/2014 às 16:51

    Foi agredido da maneira que foi por ser negro... Infelizmente existem pessoas que pensam ser superiores por causa da cor da pele, dinheiro ou qualquer outro fator besta que nós humanos inventarmos. Infelizmente o preconceito ferrenho contra negros ainda existe, principalmente no Sul e Sudeste (o que não quer dizer que nas outras regiões não exista, vejam bem!). E digo mais, infelizmente hoje os "cidadãos de bem" lutam contra os gays, e pelo jeito como tudo está se encaminhando, infelizmente amanhã a luta será contra os pobres (de novo!!) e contra os negros (de novo!!)

  3. Alexandre Lopes Postado em 23/Feb/2014 às 19:38

    É , no mínimo , suspeito esse ataque . Dificilmente , bate-se por bater . Geralmente , existe alguma coisa que funciona como uma mola propulsora para esse tipo de ataque brutal . Talvez a presença de Haitianos no RS tenha deixado o estado escuro demais e , por isso , esse ataque . Infelizmente, existem muitos idiotas no mundo que sentem raiva do oposto . Talvez ,seja uma vontade muito grande de ser o oposto e uma raiva muito grande por não conseguir ser . A explicação para a discriminação está no sujeito que discrimina, nunca na vítima .

    • Antonio Palhares Postado em 24/Feb/2014 às 09:49

      Isto é uma covardia. Não quero justificativas pseudo sociológicas para esta brutalidade gratuita contra um ser humano que já sofreu muito em seu país der origem e veio em busca de melhorar de vida. Cadeia neste vagabundos. Repressão da brava neste facínoras.

    • Thiago Teixeira Postado em 24/Feb/2014 às 12:34

      Não quero acreditar que tenha sido algum ato de xenofobia ou grupos de Skinhead. Vamos fingir que foi um assalto de rotina a um forasteiro...

    • Tereza Bicuda Postado em 24/Feb/2014 às 13:34

      A MOLA PROPULSORA, PARA VOCÊ, É A PRESENÇA "ESCURA" DOS NEGROS? A xenofobia pode ter como alvo não apenas pessoas de outros países, mas de outras culturas, subculturas, sistemas de crenças ou características físicas. O medo do desconhecido pode ser mascarado no indivíduo como aversão ou ódio, gerando preconceitos. Note-se, porém, que nem todo preconceito é causado por xenofobia.

  4. Thiago Teixeira Postado em 23/Feb/2014 às 20:06

    É negrão, bem vindo ao Brasil. Não dê vacilo Joseph, no próximo enquadro feche a cara, essa de pedir um cigarro é um teste. Se o cara for careta e bunda mole, vai fazer o que você fez, ai eles alopram. Da próxima vez ande com um maço com uns 4 cigarros e uma caixa de fósforo se for andar numa quebrada. Diga: Pode ficar, aprenda as gírias locais, ajuda muito. E tem mais, tira essa camiseta de baixo da camisa, isso não é comum no Brasil. Para de andar com camisa branca, isso é coisa de nerd. Compre uma camisa de algum time ai do estado, ou do Corinthians, sei lá, do Bob Marley, de algum grupo de Rap, e pode andar de madrugada até na cracolândia de Porto Alegre. É sério, não estou sendo irônico, já aconteceu comigo (também sou negrão) e já levei uns tapas na rua quando era jovem, hoje já aprendi, mais ou menos, a se safar da malandragem.

  5. José Ferreira Postado em 23/Feb/2014 às 23:36

    Será que ele volta para a sua casa depois dessa? Ou vai esperar acontecer coisa pior? Eu sou contra a violência, e também não tenho nada contra imigrantes. O problema são aqueles que não tem nada a acrescentar ao nosso país, como os haitianos e os "cucarachos" bolivianos. Se eu pudesse dizer isso a ele, e ele pudesse me entender, eu iria dizer...

    • Anderson Postado em 24/Feb/2014 às 00:52

      Amigo, estes imigrantes, haitianos, bolivianos, estão encarando aqui os piores empregos, acho que qualquer pessoa que se disponha a trabalhar honestamente neste país merece uma medalha. Por que estamos vivendo em uma época que ser honesto e trabalhador parece crime. O certo é ficar por aí roubando, assaltando(inclusive eles bolivianos e haitianos)farreando. Se tem um povo neste mundo que sabe o que é sofrimento, são estes do Haiti.

      • José Ferreira Postado em 24/Feb/2014 às 08:10

        O problema é que eles acabam a ficar por aqui. Pior é se eles tiverem filhos, pois a lei dá o status de brasileiro a essas crianças, mesmo que não seja brasileira, por causa do tal critério "jus soli". O ideal mesmo seria que eles voltassem para as suas casas. O Brasil está populoso demais...

      • Thiago Teixeira Postado em 24/Feb/2014 às 09:06

        Se os seus tataravós vieram da península ibérica (pelo seu sobrenome) e tiveram filhos, porque os outros não podem vir? Ou você é indígena? Existe uma data limite para imigração, a partir desta é mal vindo? 1920? 1810? 1650? Onde você tirou isso?

      • Antonio Palhares Postado em 24/Feb/2014 às 09:57

        Jose Ferreira, menos. Nos recebemos a pior estirpe da Europa na nossa colonização. O sr e eu somos parte deles. O Brasil não esta populoso demais, veja nosso tamanho. Parabéns ao Sr ANDERSON pelo comentário equilibrado.

      • José Ferreira Postado em 24/Feb/2014 às 09:58

        Eu não sou índio, embora eu seja tataraneto. É sabido que tenho um tataravô índio por parte de pai, e um por parte de mãe. Eu não tenho tataravós portugueses, eu acho que tenho tetravós, mas eu não tenho certeza. De qualquer forma não possuo passaporte português (e nem brasileiro)...

      • José Ferreira Postado em 24/Feb/2014 às 10:01

        O Brasil pode não estar populoso, mas São Paulo está. E geralmente esse imigrantes se deslocam para cá. O Rio Grande do Sul, ou o Acre, são apenas pontos de passagem, pois eles querem mesmo é São Paulo. Mal sabem eles que São Paulo já não tem mais empregos a sobrar...

    • rafa Postado em 24/Feb/2014 às 03:09

      vamos rastreá-lo e prendê-lo por xenofobia

    • Thiago Teixeira Postado em 24/Feb/2014 às 08:41

      Ainda com essas ideias José Ferreira. O Brasil é uma nação com oportunidade para todos, é inadmissível agirmos com xenofobia. Todos que estão aqui para trabalhar, como os bolivianos, caribenhos, asiáticos, africanos, norte americanos, europeus, árabes ... são bem vindos sim.

      • José Ferreira Postado em 24/Feb/2014 às 09:06

        Você fala isso porque não anda de metrô (sou de São Paulo)...

      • Thiago Teixeira Postado em 24/Feb/2014 às 12:31

        Trabalhei em São Paulo sim 2009 e 2013. Peguei linha amarela, esmeralda, vermelha, azul, CPTM, baldeação Tatuapé, Brás, Faria Lima, Tamanduateí, Barra Funda ... o que tem haver uma coisa com a outra? E mais, pergunte as pessoas do metrô (você deve ser aqueles caras que viaja sentado e não dá lugar a idosos e fica fingindo que está mexendo no tablete, diz ai?) se eles são paulistanos, vai descobrir que grande parte apenas trabalha na capital, mora em república e final de semana viaja para sua cidade de origem, aposto uns 40%.

      • José Ferreira Postado em 24/Feb/2014 às 22:02

        Uma coisa é o Migrante, outra coisa é o Imigrante. Mas em ambos é recomendável a migração (ou imigração) no sentido de melhorar a área em que você pretende ficar. Se for para piorar, então fique em casa. A minha crítica não é apenas para os haitianos, e não estou a considerar todos eles, apenas a maioria...

  6. duarte Postado em 24/Feb/2014 às 00:06

    Eu não acredito q tenha sido por racismo ou algo assim. ele reagiu ao assalto na hora q fugiu dos bandidos. em caso de reação a pessoa pode estar sujeita até a morte. digamos q ele teve sorte por n ter sido morto. assaltos seguido de agressão, é algo q pode ocorrer com qualquer um nesse país, infelizmente...

  7. luiz carlos Postado em 24/Feb/2014 às 02:00

    Fascismo e fascistas não é novidade nestas terras de Cabral.E parece que o Sul e Sudeste pululam com essa praga.Até os Nordestinos sofrem por estas bandas.A nossa história é uma história de sangue e roubo.Roubo do pão,roubo do prazer e roubo da memória.Para resgatar o brasileiro do obscurantismo ideológico,ético e moral será necessário uma educação que construa valores calcado no humano e não num bem estar econômico individualista a qualquer preço.

  8. Roges Postado em 24/Feb/2014 às 08:40

    Xenófobo detected!!!

  9. Júlio Postado em 24/Feb/2014 às 10:25

    Esse José Ferreira é o cara mais "XAROPE" que posta aqui no pragmatismo. Xenófobo detected!!! (2)

    • José Ferreira Postado em 24/Feb/2014 às 10:29

      Esse espaço é democrático. Imagine se eu ficasse a chamar de "xarope" cada um que posta aqui. Certamente seria crucificado...

  10. Igor Postado em 24/Feb/2014 às 14:32

    Devem ser destes gaúchos que ficam 'pagando' de "RS é meu país", "Odeio o Brasil" e etc. Um estado que possui time de futebol com torcida organizada de cunho ideológico fascista (não citarei qual), não pode se esperar algo muito distante disto, lamentável demais...agiram basicamente por racismo, creio eu, oportunismo, talvez.

    • Matheus B. Postado em 24/Feb/2014 às 15:58

      Igor, tu és doente. Faz um julgamento injusto baseado em um crime que não existiu. A vítima estava no lugar errado na hora errada, simples assim. Foi assaltado e tomou uns tabefes. Sou gaúcho, branco, isso já aconteceu comigo também. Racismo? Só na cabeça histérica de vocês.

  11. Pereira Postado em 24/Feb/2014 às 15:09

    Isso ta com cara de assalto típico ! E os outros centenas de assaltos e latrocínios cometidos, contra as mais diversas nacionalidades e raças dentro do Brasil ? Ja mataram noruegueses , americanos , alemães e etc. Por que esse caso teve ênfaase ?

  12. Matheus B. Postado em 24/Feb/2014 às 15:54

    Segue a histeria coletiva da esquerda. Um assalto típico, com agressões comuns a esse tipo de crime. Não há absolutamente nada no fato ou nas declarações da vítima que aponte para motivação racial, mas aí está o site trabalhando na engenharia social esquerdista, dizendo que é caso de preconceito. Francamente...

    • Pereira Postado em 24/Feb/2014 às 17:25

      O site vai de mal a pior. Tem coisas que os caras acreditam, que parecem que sofrerão uma lavagem cerebral. E os negros brasileiros assaltados ? por outros negros brasileiros . será que é racismo tb ?

      • Matheus B. Postado em 24/Feb/2014 às 17:40

        Sim, Pereira, em vez de procurarem entender o que acontece, fazem o contrário, moldam a realidade de acordo com sua ideologia e conceitos de mundo. É a própria definição de histeria.

  13. Laura Coimbra Postado em 18/Aug/2014 às 15:02

    Somos todos descendente de imigrantes... Os europeus vieram colonizar e explorar, depois vieram fugindo da guerra e da recessão... Agora querem discriminar que veio em busca de trabalho honesto e de uma vida digna??? Ridiculo!!!

  14. Laura Coimbra Postado em 18/Aug/2014 às 15:05

    Esse José Ferreira é um desorientado!!! Ninguém pertence à uma raça superior!!! Somos todos iguais "Zé!!!!

  15. Nadya Postado em 13/Aug/2015 às 15:49

    Ele sofreu o que muitos Brasileiros sofrem todos os dias...Quer morar no Brasil, aguente as consequências...Aqui bandido anda solto,aqui bandido faz escola...Quantos são agredidos, assaltados, violentados todos os dias nesta terra de ninguém??