Redação Pragmatismo
Compartilhar
Meio Ambiente 14/Feb/2014 às 19:48
16
Comentários

Califórnia inaugura maior usina de energia solar do mundo

Califórnia desbanca Abu Dhabi e tem maior usina de energia solar do mundo. Complexo é capaz de abastecer 140 mil casas e deve evitar a emissão de 400 mil toneladas de CO2 por ano

usina energia solar
A maior usina de energia solar do mundo(Foto: BrightSource Energy)

Começou a funcionar na última quinta-feira (13) a maior usina solar do mundo. O Ivanpah Solar Electric Generating System, no estado norte-americano da Califórnia, é formado por 300 mil espelhos com 2 metros de altura e 3 metros de largura cada, que ocupam uma área total de 13 km².

Os espelhos são controlados por computadores e refletem a luz do Sol em torres de 140 metros de altura. Nelas, o calor dos raios transforma água em vapor, que move as turbinas de geração de energia.

A usina, construída em parceria pelas empresas BrightSource Energy, NRG Energy e Google, tem capacidade de gerar um total bruto de energia solar equivalente a 392 megawatts (MW). Segundo comunicado oficial, isso é suficiente para atender à demanda de 140 mil casas na Califórnia e evitar a emissão de 400 mil toneladas de CO2 por ano, o que corresponde, por sua vez, à remoção de 72 mil veículos da estrada.

Antes da Ivanpah começar a operar, o posto de maior do mundo era ocupado pela usina de Shams-1, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Ela reunia 258 mil espelhos para coletar a luz do sol e gerava e impedia a emissão de 175 mil toneladas de CO2 anualmente.

Fotos:

usinar-solar2
usa-solar1

.
Revista Fórum

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. renato Postado em 14/Feb/2014 às 22:25

    Eita ideia boa.... A água vem de onde no Deserto? Usam energia para transporta-la. Se usam qual energia? Fantastico a idéia e a operação.... Ganham os bonus da redução de CO2 de um lado...e????? Mas mesmo assim é boa a ideia. A energia das Ondas do mar também estão sendo testadas.

    • Shuma Postado em 17/Feb/2014 às 12:48

      A quantidade de energia para transportar água é pequena se comparada com o total gerado pela usina. Se as bombas forem elétricas, é perfeitamente possível usar a energia gerada da usina.

    • Carlos Postado em 17/Feb/2014 às 15:25

      Água se transporta uma vez e logo após abastecido fica circulando na máquina. Se há uma economia, um lucro, então compensa gastar-se para conseguir a água necessária com o quanto se economiza na geração de energia.

  2. Matheus Postado em 15/Feb/2014 às 02:28

    A agua não precisa ser reposta, pode, e provavelmente funciona em um ciclo, é aquecida, vaporiza, sobe, move a turbina, resfria, condensa, desce, é aquecida, vaporiza.... portanto não usam energia para transportá-la. Ganham o bonus da redução de CO2 de um lado, e do outro tbm. Pronto, ponto pra energia solar, e menos um ponto pra galera que só critica. Beijinho no ombro pros que se empenham sempre na busca do lado ruim.

  3. Victor Rezende Postado em 15/Feb/2014 às 07:13

    Quanta ignorância Renato! A água pode ser reutilizada indefinidamente para mover a turbina, sem que necessite trocar o liquido periodicamente. Funciona assim: água quente sobe, água fria desce, essa oscilação é que leva o movimento da turbina. De onda vem o calor? Dos espelhos que refletem cuidadosamente os raios solares em um único ponto. Como a entropia nos ensina, o calor abandona o liquido, e volta a ficar fria, assim passa a descer.

  4. Thiago Teixeira Postado em 15/Feb/2014 às 09:36

    "..refletem a luz do Sol em torres de 140 metros de altura." Podíamos implantar estas fazendas no Brasil e utilizar estas torres também como moradia para os políticos Poser.

  5. Esdras Pereira Alves Neto Postado em 15/Feb/2014 às 13:13

    Eu fico pensando e aqui no Brasil, por que também nós não dedicamos a esse tipo de tecnologia, pois temos sol o ano todo e os nossos projetos de energia solar é tão pífio. Tudo bem a nossa energia é também limpa que é a hidráulica. Mas pô meu vamos incentivar também esse tipo de projeto, pois como falamos nós temos sol o ano todo e ele vem de graça.

    • Thiago Teixeira Postado em 15/Feb/2014 às 18:07

      Estas instalações deve ter o custo de implantação alto. Não sei o custo benefício desta energia, mas acredito que hoje a construção de barragens está cada vez mais inviável pelo alto impacto ambiental e social nas áreas alagadas. Fora as indenizações, desapropriação, convencer o cacique a tirar sua tribo de lá ... complicado.

      • renato Postado em 15/Feb/2014 às 18:41

        Hoje passou tres carretas com as pás das helices da eolica. É grande a coisa... Enquanto isto a direita tentar perrear as coisas.

      • renato Postado em 15/Feb/2014 às 18:44

        Thiago, sempre vi aa Globo falar mal das Barragens, mas foi só ser assunto a SECA, que especialistas reckamaram agora de FALTA DE ALTURA, nas barragens que estão sendo feitas, por causa do pouca retenção de água das chuvas.. Daí é para morrer..a parte do copa vazio deles é suja demais, e com isto o governo paga uma fortuna com a desinformação...

      • Thiago Teixeira Postado em 16/Feb/2014 às 08:16

        A Globo critica qualquer iniciativa tomada pelo governo federal. O problema da falta de água, acredito eu, não ser culpa da altura das barragens, pois no inverno consome-se muita energia e as comportas são abertas para gerar mais energia. O Brasil precisa repensar o uso da água, as prefeituras devem exigir dos grandes estabelecimento comerciais maior reaproveitamento da água de chuva, proibir uso de água potável para lavar pisos, carros e tudo mais, pois o oba oba da água devido a cultura disseminado por algum idiota que temos o AQUÍFERO GUARANI e nunca teremos problema de água ... está prejudicando a todos.

    • Carlos Postado em 17/Feb/2014 às 15:41

      Muitos empecilhos impostos pelo jogo político. Se permitissem às pessoas a se dedicarem aos seus projetos livremente alguém já teria reunido o capital necessário para fazer tal coisa, se compensa-se. E é quase certo que compensa. No Brasil temos muitas áreas ensolaradas e semi-desérticas.Mas temos essa cultura de cair sempre no autoritarismo dos governos. Não importa quem esteja na cadeira de governante - um presidente populista e social-democrata, um ditador positivista militar ou um comunista - um projeto desse só é feito quando o estado dar o aval, escolher o amigo que explorará o recurso, emitir o dinheiro que será gasto e desapropriar as terras necessárias. O estado não pode deixar que alguém gaste o próprio dinheiro e se ferre sozinho se o projeto der errado. Não pode deixar que se faça isso sem "autorização" nem que seja apenas na escala de alimentar um bairro. Tem que cobrar altos impostos, propinas e regulamentações. Não pode deixar que seus amigos o façam com o próprio dinheiro, tem que ser com um financiamento governamental. Tudo isso para o bem do povo. Quiçá quando a Odebrecht terminar de sugar o que está sugando ela pense num projeto destes. Mas talvez para eles seja mais vantajoso uma hidrelétrica. Para que pensar numa forma de energia mais barata e mais econômica quando a ideia não é lucrar com um investimento na área de energia? Mas sim sugar o máximo de dinheiro em projetos que não precisam ser lucrativos, pois não são suas economias que foram gastas. Para que pensar numa forma de energia mais barata e mais econômica quando não se é necessário investir nas compras das terras que serão usadas? Quando quiserem tudo será expropriado mesmo! Tudo pelo "bem do público". O bom é que eles podem esperar para um momento onde isto seja mais "vantajoso". Seja quem for que esteja governando, haverá sempre a oportunidade.

  6. Valmir Soares Jr Postado em 15/Feb/2014 às 14:33

    Nossa energia não é limpa! As hidrelétricas poluem mais do que as termoelétricas! ACORDEM! As árvores e os restos das florestas inundadas pelos reservatórios das hidrelétricas liberam gás metano para a atmosfera, esse gás é tão nocivo quanto o dióxido de carbono.

    • Lopes Postado em 17/Feb/2014 às 18:07

      Não procede essa informação.

  7. Rafael Martini Postado em 15/Feb/2014 às 18:16

    A situação da poluição e as mudanças climáticas andam realmente complicadas, mas as fontes de energia renováveis têm muito potencial para melhora de seus sistemas, inovações e expansão. Resta saber se ainda dá tempo...

  8. Lopes Postado em 17/Feb/2014 às 18:07

    Não acreditem em qualquer informação postada na Internet! Qual foi o custo da Usina? Qual o custo da manutenção. 13 km²? Muitas informações parecem inverossívemeis.