Redação Pragmatismo
Compartilhar
Cuba 29/Jan/2014 às 21:38
2
Comentários

Membro dos "5 cubanos" será libertado nos EUA

Mais um membro dos "5 Cubanos" será posto em liberdade nos EUA. Fernando González é um dos cinco membros da rede Vespa que foram condenados em 2001 no país

Fernando González 5 cubanos liberdade
Fernando González (Arquivo)

A Justiça norte-americana colocará em liberdade, no próximo dia 27 de fevereiro, o cubano Fernando González, detido em 1998 na Flórida e, três anos mais tarde, condenado por espionagem e por envolvimento no abatimento de dois aviões. González é um dos cinco membros do grupo antiterrorista cubano remanescente nos EUA, responsáveis por atuar contra grupos anticastristas na Flórida, durante as décadas de 1980 e 1990.

González inicialmente foi sentenciado a 19 anos de prisão, mas teve sua saída adiantada por boa conduta, segundo Gloria La Riva, porta-voz do comitê “Liberen a los Cinco” (“liberem os Cinco”, em espanhol). Ao lado de Gerardo Hernández, René González, Tony Guerrero e Ramón Labañino, ele formava um quinteto que fazia parte de uma complexa operação batizada de Rede Vespa. O próprio governo cubano reconheceu publicamente que eram agentes do serviço secreto de Cuba infiltrados nos Estados Unidos.

Em outubro de 2011, René González foi o primeiro do grupo a deixar a prisão federal de segurança máxima. Após regime de liberdade supervisionada nos EUA, ele reside em Cuba desde abril de 2013.

Instalados na Flórida e disfarçados de desertores do regime cubano, os membros da rede Vespa tinham a tarefa de munir Havana com informações sobre as organizações terroristas anticastristas que operavam no país. Após anos de operação sigilosa, o serviço norte-americano acabou detectando a atuação da Vespa e prendeu dez dos agentes cubanos.

Metade deles fez acordos com a Justiça norte-americana, ingressando no programa de proteção à testemunha do Departamento de Estado com pena mínima. Contudo, os outros cinco cubanos acabaram sendo condenados pelo júri popular em 2001. Três membros ainda permanecem presos.

Opera Mundi

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 29/Jan/2014 às 22:43

    Não entendi o motivo dos Americanos prenderem os 5 cubanos uma vez que eles fazem a mesma coisa.

    • Carlos Postado em 31/Jan/2014 às 11:03

      Por alguma razão ainda desconhecida a nós eles devem preferi que eles estejam presos em uma de suas prisões do que na ilha-prisão. Realmente eles perdem uma oportunidade de deixarem uns cubanos livres.