Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mulheres violadas 03/Dec/2013 às 14:41
10
Comentários

Playboy faz campanha pela “Constituição do Homem Livre”

“Sim, adoramos ver uma bela bunda passar” e “Como casamento dá trabalho, deveríamos receber um mês de férias por ano” são algumas das frases que compõem a campanha motivada pela “masculinidade sufocada”

playboy campanha homem livre
“O homem nasceu pra ser livre”, diz Playboy em novo posicionamento (divulgação)

A revista Playboy lançou em novembro uma campanha em conjunto com a The Heart Corporation exaltando a masculinidade. A ação publicitária teve origem nas reclamações dos leitores, que lamentam a perda do protagonismo dos homens na sociedade, segundo a revista Meio & Mensagem. Para a campanha, foi escrita a Constituição do Homem Livre, composta de frases como “Sim, adoramos ver uma bela bunda passar” e “Como casamento dá trabalho, deveríamos receber um mês de férias por ano”.

Leia também

teaser da “Constituição” explica o motivo de os homens não protestarem pela bandeira defendida: “Não gostamos de muito homem junto”. A regra não se aplica às mulheres. Valmir Leite, sócio da The Heart Corporation, disse que a campanha foi feita para agradar aos homens e, quanto às mulheres: “Podem protestar quanto quiserem. Se fizerem isso nuas, melhor ainda”. Lenina Vernucci, do Coletivo Ana Montenegro, considerou o manifesto muito heteronormativo. “O objetivo que eles querem com o tal manifesto é legitimar a dominação do homem sobre a mulher, em particular seu corpo”.

Leite ainda contou: “Queremos dizer ao leitor que estamos ao lado dele. Na revista, ele encontra espaço para exercer sua liberdade, conversar com amigos, admirar mulheres e não ser massacrado pelo clima politicamente correto”. Sobre esse “clima”, Lenina entende que os grupos privilegiados passaram a se incomodar somente após terem suas atitudes questionadas por movimentos sociais.

“Observamos que a grande angústia do homem moderno é o fenômeno da ‘masculinidade sufocada’”, relatou Ricardo Sapiro, sócio da Touch Branding, ao site AdNews. O novo fenômeno se deve ao espaço de poder masculino, que está sendo disputado por bandeiras feministas. “Perder o espaço, perder ou diminuir as correlações de força sempre gera problemas. Sim, eles sentem que estão sendo sufocados porque agora não é mais aceitável serem tidos como superiores. Agora o ‘poder do macho’ é questionado, é posto à prova”, opinou Lenina.

A ação também vai disponibilizar espaços para os homens escreverem suas regras, além de prever intervenções em portais de revistas femininas. A revista Veja também ganhou o teaserda constituição em suas páginas. Para ilustrar, a campanha conta a utilização de imagens históricas manipuladas.

Isadora Otoni, Revista Fórum

Recomendados para você

Comentários

  1. Rodolfo Postado em 03/Dec/2013 às 17:34

    Sinceramente, um bando de maricas. Necessitam de dar esse "piti" pra se aparecer. Eu sou homem, nunca me senti "sufocado". Sou casado, muito bem resolvido com minha esposa. Faço coisas normalmente masculinas: conserto praticamente tudo em casa; faço serviços brutos; tomo cerveja; tiro o lixo. Também faço coisas tidas como femininas: cozinho, lavo a roupa, limpo a casa e até o cabelo de minha esposa pintei. Isso nunca me tornou "menos homem", nem me senti "sufocado". Pelo contrário, minha esposa me admira ainda mais. Esse papo aí é de cara no padrão rei do camarote. Não conseguem amar, tampouco serem amados. Não conseguem enxergar o que é o companheirismo com a parceira ou parceiro. Sejam homens, não idiotas chorões! P.S.: dizem que odeiam muitos homens juntos, mas bem que colocaram uma foto com um bando de homens abraçados, segurando no mastro da bandeira.

    • Alexandre Postado em 03/Dec/2013 às 18:08

      kkkkkkkkkkk. esse negócio de protestar em revista não é coisa de macho. Se vc sentir que a tua patroa ta te enchendo o saco, dá uma bronca nela bem dada e pronto. Bunda bonita olha e depois aguenta a cara feia dela, ou capricha e não deixa ela perceber.

      • Amanda Postado em 04/Dec/2013 às 02:11

        Protestar em.revista nao é coisa de macho e o resto do seu comentário foi coisa de boçal

    • Ingrid Postado em 04/Dec/2013 às 01:16

      Obrigada por esse comentário, Rodolfo. De verdade. Sábias palavras... e o final me fez rir muito, hahaha.

    • Deca Machado Postado em 04/Dec/2013 às 10:34

      Muito bacana a sua colocação, Rodolfo. Eu já estava desiludida ao final da matéria. Vc salvou a exceção da regra!! Parabéns

    • Raquel Postado em 04/Dec/2013 às 11:32

      Rodolfo, vc é o tipo de cara q eu gostaria de ter como irmão, namorado, amigo, colega de trabalho, enfim, um cara sem frescura e muito bem resolvido. Já vc Alexandre, nem pro padeiro da padaria que frequento me agradaria e da próxima vez q der "uma bronca bem dada" na sua esposa ou namorada, espero que ela enfie a mão na sua cara e te de as costas pra sempre, já que vc gosta de olhar bunda mesmo.

    • Gabriel Postado em 04/Dec/2013 às 19:16

      Com certeza, acho que assim como a mulher o homem tem os seus direitos, mas em nenhum momento sinto que o integrante do sexo masculino está sendo menosprezado, desmerecido, desvalorizado, essa campanha é meio exagerada demais. Isso é para homem que está se afogando em relacionamento ruim ou sem nenhum. Fica dito que as "feminazes" (feministas exacerbadas) são chatas mas caras machistas também. O tempo da dominação já foi, se o cara continua com o comportamento ai o problema é dele, vai ficar pra trás. Só aproveitando, mulheres que acham que homem tem q pagar tudo e ser seu motorista - vcs apoiam o lado bom do machismo para vocês.

  2. renato Postado em 03/Dec/2013 às 18:02

    Sufocado? Esta revista já bateu com as dez! ( credo fazia tempo que não ouvia isto) Não acredito que os veículos de comunicação do MUNDO, estão querendo acabar com os HOMENS, e as MULHERES. As Mulheres a gente sabe que eles tentam destruir de todas as formas, como não conseguiram ainda, agora recomeçam pelos homens. O dia em que acabar homem e mulher ( uma chance ao pensamento), quero ver quem vai começar a brigar com o outro ( IRONIA). UI.

  3. Rafael Postado em 03/Dec/2013 às 19:08

    "Perder o espaço, perder ou diminuir as correlações de força sempre gera problemas[...]". Tadinhos de nós, homens, estamos perdendo o "poder de macho". Tamanha babaquice vai agradar em cheio o público coxinha da revista.

  4. Suely Dias Postado em 04/Dec/2013 às 14:01

    Cambada de bundas e pintos moles que adoram um mimimi. Esse é o perfil dos adeptos da "Constituição do Homem Livre".