Redação Pragmatismo
Compartilhar
Geral 09/Dec/2013 às 18:00
12
Comentários

Apoiadores de Genoino e Dirceu são atacados em Brasília

Acampamento do PT em apoio a José Dirceu e Genoino é atacado. Além de faixas e bandeiras arrancadas, acampados foram verbalmente agredidos e fisicamente ameaçados

acampamento pt ataque genoino dirceu
homem de óculos escuros chutou a grade de proteção e, com palavrões, ameaçou agredir, fisicamente, os manifestantes (Reprodução)

Um grupo formado por quatro homens, invadiu e depredou, na madruga desta segunda-feira, o acampamento do Movimento de Solidariedade aos Presos Políticos do PT, instalado na Capital Federal. Os vândalos chegaram tentando arrancar faixas, banners e bandeiras do PT em apoio ao ex-ministro José Dirceu e o ex-deputado José Genoino, que estavam levantadas em frente ao Superior Tribunal Federal (STF), em protesto às prisões dos líderes petistas, condenados na Ação Penal 470.

Leia também

“O grupo, além de tentar arrancar (as faixas de protesto), agrediu verbalmente os acampados e houve ameaça de agressão contra os militantes do PT. Um dos homens envolvidos, gritou ameaçando o militante João Paulo: ‘Nós vamos voltar João Paulo e acabar com este acampamento e atear fogo em tudo”, relata um dos militantes no perfil que o Movimento de Solidariedade aos Presos Políticos do PT mantém em uma rede social.

– Nós estávamos todos dormindo, quando ouvimos o grupo xingando e apedrejando o acampamento, e eu levantei meio dormindo e foi quando eles me viram, entraram no carro e saíram correndo dizendo que iam voltar para derrubar o acampamento – relata, indignado, o militante João Paulo.

Na manhã de domingo, por volta das 7h, enquanto acontecia uma corrida no eixo monumental, em Brasília, um homem ainda não identificado passou em frente ao acampamento e começou agredir verbalmente os militantes com palavrões. O mesmo homem tentou partir para agressão contra a militante Ana Luíza, conhecida como Malu, e o militante Julio Cesar Senna. Agentes do Detran que estavam por perto e faziam a segurança do evento precisaram conter o valente, para que não houvesse uma briga no local.

– Suspeitamos que quem invadiu o acampamento, nesta madrugada, pode ter ligação com o primeiro homem que também ameaçou voltar e acabar com o Movimento. Mas ainda não há provas da ligação entre eles, pois o grupo também não foi identificado. Estávamos todos no acampamento tomando café, quando o cidadão passa correndo e xingando. Atormentado, quis partir para agressão, xingando a companheira Malu de todos nomes ruins que se pode imaginar, e quando vi que o grandalhão sem noção iria partir para violência contra o companheiro Julio Senna, que tem uma certa idade, tive que entrar e tentar conter a briga. Ele foi retirado por agentes do Detran mas, mesmo de longe, continuou a nos agredir verbalmente. Um fotógrafo do evento de corrido, registrou todas as imagens dele partindo para agressão e nos enviou – relata João Paulo.

Os militantes acampados pediram reforço aos deputados e senadores do PT, no sentido de ampliar a segurança aos manifestantes.

– Vão nos deixar aqui sem nenhuma segurança? Precisamos de companheiros aqui para nos ajudar e apoiar, que os companheiros da Câmara e Senado nos envie segurança para nos dar apoio – disse.

Além dos militantes João Paulo, Malu e Julio Cesar Sena, estavam no acampamento no momento do fato os militantes Weslei Caçador Soares e José Luiz do PR/RJ.

Correio do Brasil

Recomendados para você

Comentários

  1. Rodrigo Postado em 09/Dec/2013 às 22:02

    Os familiares de presos do restante do Brasil, mulheres e crianças, que dormem em filas, sujeitos a formas de violência ainda piores, sem esse cafezinho gostoso dos militantes, sem o pãozinho quietinho, terão a mesma atenção? Perecerão a mesma atenção e proteção? Ou haverá discriminação e racismo para com eles?

    • Rita Candeu Postado em 10/Dec/2013 às 07:21

      bonito essa sua comparação então me diga se os milhares de pessoas carentes tem as mesmas mordomias dos ricos e "bem nascidos" - é assim que vamos pensar agora nivelando tudo por baixo? Comece então por vc. e quando for usufruir de algum conforto lembre que há aqueles passando necessidades extremas.

      • Rodrigo Postado em 10/Dec/2013 às 08:47

        Já o fiz, ao deixar de comprar um "presente" para mim de Natal, em prol de dar dois a duas crianças de creche beneficente. Já você, pode seguir com seu discurso: "ninguém critique, todos aceitem, que nada mude, pois, se um roubou, o outro também pode e que haja privilégios". Siga assim justificando, se é o quite te faz feliz, se é o que aquieta Rita consciência.

      • Rodrigo Postado em 10/Dec/2013 às 08:55

        *que

      • Rodrigo Postado em 10/Dec/2013 às 08:56

        *tua consciência

    • Vanderson Postado em 11/Dec/2013 às 10:05

      Se você fosse realmente uma pessoa generosa, não estaria alardeando isso.

  2. renato Postado em 09/Dec/2013 às 22:57

    Pede para os sem terra ir dormir no acampamento. Depois descobre quem foi lá, e vai na casa do distinto, e acorda ele...

  3. Rodrigo Postado em 09/Dec/2013 às 23:01

    *quentinho ** merecerão

  4. joao Postado em 10/Dec/2013 às 01:33

    Analfabeto político age assim movido por raivinha, depois de assistir JN e ler a veja. É o retrato perfeito de um cão adestrado pela grande mídia.

  5. luiz carlos ubaldo Postado em 10/Dec/2013 às 07:39

    Valentões de merda que agridem idosos e mulheres, se gostam do que fazem, por que não vão para um campo de futebol?

  6. Ricardo Postado em 11/Dec/2013 às 08:36

    "– Vão nos deixar aqui sem nenhuma segurança? Precisamos de companheiros aqui para nos ajudar e apoiar, que os companheiros da Câmara e Senado nos envie segurança para nos dar apoio – disse." E claro, estaremos pagando por isto...

  7. Regina Postado em 11/Dec/2013 às 12:40

    ... se o agressor sentiu-se agredido de alguma forma, não responda através da violência física! neh. Faça também o seu movimento de manifestação pacífica...