Redação Pragmatismo
Cultura 19/Nov/2013 às 12:19
25
Comentários

As 8 qualidades das pessoas educadas

Carta do escritor russo Anton Tchekhov — um dos maiores contistas da história — enviada para seu irmão em 1886 tenta explicar o que é ser verdadeiramente educado

Anton Tchekhov escritor russo
O escritor russo Anton Tchekhov (Arquivo)

Kiko Nogueira, DCM

“A medicina é a minha legítima esposa; a literatura é apenas a minha amante.” O escritor russo Anton Tchekhov, gênio inovador do conto, escreveu uma carta para seu irmão em 1886. Nikolai estava morando em Moscou e tentava a vida como pintor. Queixava-se de ser um artista incompreendido. “As pessoas te entendem perfeitamente bem. Se você não entende a si mesmo, não é culpa delas”, escreveu-lhe Tchekhov.

Na carta, Tcheckhov tenta explicar o que é ser verdadeiramente educado. Basicamente, em sua visão, trata-se de ter elegância intelectual, mais do que ler livros ou falar sobre livros que você leu ou não leu. Num momento em que ser burro e histérico está na moda, os oito conselhos de Tchekhov são bastante úteis.

Leia também

Pessoas cultas e educadas devem, em minha opinião, satisfazer as seguintes condições:

1. Respeitam a personalidade humana e, pelo mesmo motivo, são sempre amáveis, gentis, educadas e dispostas a ceder ante os outros. Não fazem fila por um martelo ou uma peça perdida de borracha indiana. Se vivem com alguém a quem não consideram favorável e a deixam, não dizem “ninguém poderia viver contigo”. Perdoam o barulho e a carne seca e fria e as ocorrências e a presença de estranhos em seus lares.

2. Têm simpatia não só pelos mendigos e os gatos. Ficam também com o coração doído por aquilo que seus olhos não vêem. Levantam-se na noite para ajudar [...], para pagar a universidade dos irmãos e comprar roupa para sua mãe.

3. Respeitam a propriedade de outros e, em conseqüência, honram todas as suas dívidas.

4. São sinceras e temem à mentira como o fogo. Não mentem inclusive em pequenas coisas. Uma mentira é o mesmo que insultar quem está escutando e colocar em uma perspectiva mais baixa quem está falando. Não aparentam: comportam-se na rua como em sua casa e não presumem ante seus conhecidos mais humildes. Não tagarelam e não obrigam a confidência impertinente dos outros. Por respeito aos ouvidos de outros, calam mais frequentemente do que falam.

5. Não se sentem menosprezados por despertar compaixão. Não desertam a pena dos demais para que ele gemam e façam algo (ou muito) por você. Não dizem “Sou um incompreendido” ou “Me tornei de segunda categoria” porque isso é perseguir um efeito barato, é vulgar, velhaco, falso…

6. Não têm vaidade supérflua. Não se preocupam com esses falsos diamantes conhecidos como celebridades, que apertam a mão de bêbados ou são reconhecidos nas tabernas. Se ganham alguns centavos, não se pavoneiam como se estes valessem centenas de reais e não alardeiam que podem entrar onde outros não são admitidos. [...] Os verdadeiramente talentosos sempre se mantêm nas sombras entre a multidão, tão longe quanto seja possível do reconhecimento.

7. Se têm um talento, respeitam-no. Sacrificam o descanso, as mulheres, o vinho, a vaidade. Sentem-se orgulhosos de seu talento. Ademais, são exigentes.

8. Desenvolvem para si a intuição estética. Não podem ir dormir com a roupa do corpo, ver rachaduras das paredes cheias de insetos, respirar um ar ruim, caminhar no piso recém cuspido. Pretendem tanto quanto seja possível conter e enobrecer o instinto sexual. O que querem em uma mulher não é apenas uma colega de cama. Não pedem inteligência que se manifesta na mentira constante. Querem, especialmente se forem artistas, frescor, elegância, humanidade, capacidade de ser mãe. Não tomam vodca a qualquer hora do dia e noite, não cheiram os armários porque não são porcos e sabem que não o são. Bebem apenas quando estão livres, de vez em quando. Porque eles querem mens sana in corpore sano.

Posts relacionados

Comentários

  1. Peterson Silva Postado em 19/Nov/2013 às 12:37

    Também não devem cagar ou tirar meleca do nariz, em suma, devem ser absolutamente perfeitas.

    • Luminus Postado em 19/Nov/2013 às 13:14

      Perfeito cara? muito obrigado pelo elogio hahaha

    • Aken Postado em 19/Nov/2013 às 13:56

      Po cara, se tá aqui pra tentar mudar o que você faz de errado ou simplesmente se conformar que as coisas são assim? A perfeição é um estado inatingível, mesmo por ser algo muito discricionário e relativo. Porém, não é impossível você buscar um ideal de ser e mudar suas atitudes para atingir esse estado. Eu confesso que me identifiquei bastante com o texto e fico muito feliz com os valores que cultivei nessa vida e sempre que cago e tiro meleca do nariz faço isso no meu canto, pois isso também é uma forma de respeito rs

    • Marcelo Amaral Postado em 19/Nov/2013 às 20:56

      Parabéns, champs. Você foi reprovado já no ponto 1!

  2. Robson Postado em 19/Nov/2013 às 14:12

    Me identifiquei com a maioria, também fico feliz, mas estou sempre me policiando para ser sempre melhor comigo e com os outros!

  3. Nem sei... Postado em 19/Nov/2013 às 17:37

    O nome disso é Cristão...não há como ser assim totalmente sem nenhuma falha vivendo no mundo q vivemos sem ter uma base espiritual em Jesus Cristo (digo base espiritual REAL e não estes charlatões que dizem viver o Evangelho)...quem tenta dizer que consegue só prova que quer se identificar com algo acabando por ser igual à qualquer um....

    • Douglas Postado em 19/Nov/2013 às 22:56

      Não é necessário Jesus para isso e muito menos uma base espiritual. Na verdade base espiritual deixa a pessoa bem longe da verdadeira educação, pois o verdadeiro educado é educado por condição humana própria e não por medo de ir para o inferno.

    • Pedro Postado em 19/Nov/2013 às 23:28

      Se alguém precisa de religião para ser bom, a pessoa não é boa, é um cão adestrado.

    • Luiz Reis Postado em 20/Nov/2013 às 00:44

      Filho, fale por você que precisa de ser guiado. Aliás, o autor era ateu...

    • Ariel Postado em 20/Nov/2013 às 11:54

      Não acho que precisa ser religioso para fazer esse tipo de coisa e se destacar. Tem muitos ateus por aí que fazem questão de fazer o bem aos outros, como tem muitos religiosos que falham com suas responsabilidades. A religião pode até fazer com que um indivíduo aja de forma correta por causa de suas leis, mas o que importa mesmo é fazer o bem a próximo simplesmente por pensar que aquilo é o certo e que não vai fazer mal a ninguém.Simples assim.

    • Heron Postado em 20/Nov/2013 às 12:50

      Não necessariamente, uma pessoa pode muito bem ser educada com bons princípios éticos/morais sem seguir uma base religiosa, ao contrário também. É claro que uma pessoa com base religiosa tem bem mais acesso a esta cultura e sofre bem menos defasagem do meio cultural social, mas não é regra.

    • Thiago Postado em 20/Nov/2013 às 15:39

      Então por ser ateu estou fadado a maldade ? A bondade é algo moral não espiritual, e diga-se de passagem a moral cristã não foi muito amigavel para com os outros nesses 2 mil anos. Diga-se de passagem os escravos, indios, fariseus, pagões, etc, etc, etc;

  4. Ivonildo Cezar Postado em 19/Nov/2013 às 17:43

    Um bom texto. A leitura sempre nos leva a refletir e relaxar. Tentar entender a sociedade não é tarefa fácil, mas o importante, às vezes, é entender a si, depois tudo fica mais fácil, quem lida com isso como eu, sabe muito bem!

  5. vick Postado em 19/Nov/2013 às 19:41

    8 qualidades das pessoas educadas. mas aparentemente estao se referindo so as homens!!!

    • Fábio Postado em 20/Nov/2013 às 11:18

      O texto é uma tradução livre da carta, escrita por um homem

  6. Manuel Guerrero Postado em 19/Nov/2013 às 21:20

    . Essas idéias estao nos seus livros... Lembro da Olga ajudando as pessoas desabrigadas depois do incendio. Fico tao feliz de ter sido criado num lar, e nao num lixeiro

  7. BARBOSA® Postado em 19/Nov/2013 às 21:24

    Respeitam a propriedade de outros e, em conseqüência, honram todas as suas dívidas. Ou seja, são capitalistas (KKKKKKK). Ótimo.

    • Martha Pessoa Postado em 20/Nov/2013 às 00:21

      rsrsrsr parei neste ponto rsrsrs.

    • Daiane Postado em 20/Nov/2013 às 15:25

      Tenho certeza que você aprecia que respeitem a sua propriedade, seja lá qual for.

    • esquerdopatite Postado em 20/Nov/2013 às 21:52

      Tente entrar na minha propriedade e vc Barbosa levara um tiro de 12 na cara bem educadamente para não estragar o funeral.

  8. anna Postado em 19/Nov/2013 às 23:05

    a maioria das características podem servir como um norte. se a maioria das pessoas estivessem dispostas a se direcionarem ao menos para 1/3 dessas atitudes, a existência certamente seria menos pesada. mas obviamente cumprir a risca tudo isso é bem improvável considerando a natureza humana.

  9. luiz sales Postado em 19/Nov/2013 às 23:13

    Tudo isto no contexto da época em que vivia eh compreensível.mas se ele vivesse hoje vendo as babaquices de Lobão,rafinha bastos,gentil,Ferreira gullar ,etc, decerto isto jamais seria escrito.

  10. glenda Postado em 20/Nov/2013 às 01:20

    só li merdas conservadoras.

    • Ricardo Postado em 21/Nov/2013 às 11:15

      O que é conservador em 2013 pode não ser em 1886

  11. deselegantes S.A. Postado em 20/Nov/2013 às 11:40

    Nossa, esse site tá pregando manual UNIVERSAL de boa educação agora? I-GRE-JA.

O e-mail não será publicado.