Redação Pragmatismo
Compartilhar
Impunidade 17/Oct/2013 às 14:09
15
Comentários

Médica Kátia Vargas tenta fugir de Hospital em ambulância do SAMU

Médica acusada de matar os irmãos Emanuel e Emanuelle tenta fugir de hospital pelos fundos dentro de uma ambulância do SAMU. Ministério Público diz que médica deverá ser presa quando receber alta

médica kátia vargas assassina
Kátia Vargas deverá ter habilitação cassada. Médica tentou fugir de hospital na noite de ontem, quarta-feira (Reprodução)

A médica Kátia Vargas, que está internada no Hospital Aliança e deve deixar a instituição médica para ir direto à 7ª delegacia prestar depoimento, nesta quinta-feira (17), tentou fugir do hospital. A informação foi dada com exclusividade pela TV Record, no início da noite desta quarta (16).

De acordo com a emissora, a médica tentou deixar o hospital utilizando para isso uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência), que deixaria o local pela área de serviço. Ainda não se sabe qual seria o destino da médica, após a fuga. A fuga só não aconteceu por conta do coordenador chefe da vigilância, que proibiu o ato.

Leia também

Estado de saúde

Numa coletiva de imprensa do Ministério Público, realizada na tarde desta quarta-feira (16), foi apresentado o laudo em que a médica Kátia Vargas aparece bem de saúde e sem indícios que a mantenham internada. Por conta disso, a acusada deve deixar o hospital e sair diretamente para a 7ª Delegacia para prestar depoimento. Em seguida, ela pode ser conduzida ainda para o presídio feminino, que fica no bairro de Mata Escura.

Médica deve receber alta e ser presa, diz MP

Numa coletiva de imprensa do Ministério Público, realizada na tarde desta quarta-feira (16), foi apresentado o laudo em que a médica Kátia Vargas aparece bem de saúde e sem indícios que a mantenham internada no Hospital.

O Ministério Público afirmou que a médica já tem condições de receber alta e pode ser presa a qualquer momento.

Por conta disso, Kátia deve deixar o hospital e sair diretamente para a 7ª Delegacia para prestar depoimento. Ela pode ser conduzida ainda hoje para o presídio feminino, que fica no bairro de Mata Escura.

O caso

A médica oftalmologista Kátia Vargas Leal Pereira, de 45 anos, é acusada de matar os irmãos Emanuel e Emanuella. A moto em que os irmãos estavam, uma Yamaha XTZ (placa NTQ-8040), foi atingida por um Kia Sorento branco (placa NZK-6668), guiado por Kátia. Imagens de câmeras de segurança mostram que a médica dirigia em alta velocidade, o que provocou uma discussão com Emanuel, que chegou a bater com o capacete no capô do Sorento. O advogado da acusada, Vivaldo Amaral, justificou a ação afirmando que a cliente teria “se assustado” com a moto e por isso avançou o sinal antes do acidente.

(ATUALIZAÇÃO) – Médica Kátia Vargas é presa e será denunciada por homicídio triplamente qualificado

A médica Kátia Vargas deixou o Hospital Aliança às 9h15 desta quinta-feira (17), em uma viatura da 7ª Delegacia Territorial (DT/Rio Vermelho). A médica, que estava internada desta a última sexta (11), quando provocou a morte dos irmãos Emanuel, 21, e Emanuelle, 23, em um acidente de carro, não foi algemada.

Segundo o repórter Gil Santos, que acompanhou a saída da oftalmologista, Kátia estava chorando, com o rosto entre as mãos, e segurando um terço. Ela estava acompanhada pela titular da 7ª DT, Jussara Souza, sentada na viatura entre dois policiais, enquanto tentava cobrir o rosto.

Kátia foi encaminhada para o Presídio Feminino, no Complexo Penitenciário da Mata Escura, onde chegou às 9h37, onde deve responder às denúncias presa. O advogado de defesa da médica, Vivaldo Amaral, acompanhou tudo e conversa neste momento com a imprensa. O advogado da família de Emanuel e Emanuelle, Daniel Keller, também está presente no presídio.

Assista abaixo ao vídeo do momento do incidente:

com Varela Notícias

Recomendados para você

Comentários

  1. Patric Postado em 17/Oct/2013 às 14:44

    Que absurdo! Discutiu depois atropelou os irmão?! Assassinato na cara dura mesmo?! Certeza que é uma daquelas médicas com cara de faxineiras que vieram de Cuba, né?! Não é?! Que coisa.....

  2. Ramón Postado em 17/Oct/2013 às 14:45

    Em que cidade foi isso????

    • Fernanda Postado em 17/Oct/2013 às 14:53

      Salvador

  3. cristiano cassiano Postado em 17/Oct/2013 às 14:51

    Salvador

  4. Carlos Postado em 17/Oct/2013 às 14:56

    Mais uma médica assassina.

  5. Lourenço Postado em 17/Oct/2013 às 15:02

    O fato de estar atrás do volante não transforma um homicídio em acidente.

  6. renato Postado em 17/Oct/2013 às 15:53

    Não vai demorar, esta na rua de novo. Só espero que não deixem ela se cadastrar no Mais Médicos.E desapaecer no interior do Brasil. Apesar que não precisa disto, não fica na cadeia nem uma semana...querem apostar!!! Mas também não atende mais ninguém no consultório, de medo....quem será o próximo paciente?????

  7. Pedro Borges Postado em 17/Oct/2013 às 20:50

    Só gostaria de saber o por quê da primeira palavra do titulo da notícia ser "Médica" Faz alguma diferença no caso? Senão eu posso interpretar como uma forma de perseguição tola...

    • Rodrigo Postado em 18/Oct/2013 às 10:27

      Poderia ser pior, Pedro. Poderiam ter posto "médica formada na USP/UFRJ, de classe média, branca de olhos azuis'... E a quem já estiver levantando o seu porrete, pegando uma pedra, prontificando-se à agressão, ao linchamento de minha pessoa, mais calma. Não faça prejulgamentos, não tenha preconceitos - sou um feliz brasileiro, nordestino, da linda Bahia (em que pese esteja mais abandonada a cada dia) descendente de índios, brancos e negros, que, sim, me enojo ao ver a eterna busca da categorização, do etiquetamento, como forma de estabelecer de modo imperativo, como verdade universal, quem são os bons e os maus; mais ou menos melanina, origem, opção sexual e gênero, credo ou ausência dele etc., não são critérios definidores de moral e ética. Cuidem saber que o Direito Penal já cuidou fazer isso e sempre foi severamente criticada, então, não façam o mesmo. Não sejam contraditórios.

  8. Leonardo Postado em 17/Oct/2013 às 20:57

    As imagens são para lá de péssimas, eu queria saber porque Thor Batista não foi preso, ou será que rico pode digirir na velocidade que quiser, ele estava muito acima do limite, essa justiça brasileira é muito non-sense !!

  9. Alek Postado em 18/Oct/2013 às 11:27

    Rodrigo, parabéns pelo seu comentário sensato, no meio de tantos pensamentos e ideias estereotipadas (nesse site). O Brasil com certeza seria um país melhor se as pessoas tivessem essa clareza de pensamento. ( opinião de um brasileiro branco, hétero, paranaense e acima de tudo, humano como todos os outros)

    • Rodrigo Postado em 18/Oct/2013 às 11:42

      Pois é, meu caro. Hoje em dia, infelizmente, temos de ter muito cuidado com nossa fala, pois desagradar o conceito, a opinião de outrem, a simples argumentação pode prontamente levar à uma injusta agressão, à tentativa não de contestar o argumento, mas de preguiçosamente destruir quem fala algo em sentido contrário. Abraços.

  10. endrigo Postado em 18/Oct/2013 às 12:05

    Uma briga idiota de transito termina com 2 mortos e uma presa... 3 BURROS... Os dois machoes perseguindo mulher de carro, e a outra que cagou com a vida ao resolver sozinha o problema... O pior é o sensacionalismo em cima do assunto, como se a mulher fosse pior que os outros pq é medica e os dois machões santos...

    • Rodrigo Postado em 18/Oct/2013 às 14:43

      Eram uma irmã e um irmão na moto. Não eram dois machões.

  11. Thiago Teixeira Postado em 21/Oct/2013 às 12:42

    Pelo que entendi no vídeo a condutora do veículo acelerou com o intuito claro de atingir a moto. Homicídio culposo.