Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 11/Oct/2013 às 10:42
9
Comentários

Marineiros começam a pedir "Fora Campos"

Marineiros radicais já começam fogo amigo e a pedir 'Fora Campos'. "Casamento" de fachada já começa com divergências e pode terminar sem final feliz

marina silva eduardo campos
Marina e Campos: ‘casamento’ já começa com divergências e pode terminar sem final feliz (Divulgação)

Helena Stephanowitz, RBA

Diz a sabedoria popular que casamentos por interesse, e não por amor, costumam ter dois dias felizes: o da cerimônia e o do divórcio. Passada a festa começam a aparecer os problemas em escala crescente.

No “casamento” político de fachada entre Marina Silva e o PSB de Eduardo Campos, com o divórcio já anunciado para depois de o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) oficializar a criação do partido Rede Sustentabilidade, já começam a aparecer as divergências.

Leia também

Nas redes sociais nota-se o sentimento de decepção da grande maioria dos “sonháticos”. Outros, ainda mal informados, acreditam que Marina Silva entrou no PSB para continuar candidata a presidente, ignorando que o partido já tem dono e candidatura própria. E uma minoria, de entusiastas da candidatura da ex-senadora, já faz uma guerrilha virtual para impor o nome de Marina na cabeça da chapa, defenestrando o projeto político de Eduardo Campos.

Alguns marineiros não perderam tempo. No próprio sábado (5) – dia da festança de casamento –, antes mesmo de, digamos, partir o bolo, começaram a disparar panfletos virtuais, iniciando uma campanha viral com a mensagem: “Entre nessa campanha você também. Não quero Eduardo Campos, quero Marina Silva. Curta e Compartilhe!”.

Nas recentes pesquisas eleitorais, Marina Silva aparece com até seis vezes mais intenções de votos do que Campos, dependendo do cenário simulado. Se esse quadro persistir por mais alguns meses (e há grande probabilidade de que persista), as pressões para Marina encabeçar a chapa devem crescer, complicando a vida de Campos – o que pode provocar sérias discussões domésticas sobre a relação.

Opiniões que alimentam essa desconfiança não faltam. Por exemplo, o ex-candidato à Presidência da República pelo Psol Plínio de Arruda Sampaio disse em alto e bom som: “Se Eduardo não se cuidar, a Marina passa a perna nele. Ela é muito esperta e pode tirar a candidatura dele. A Marina é carreirista.”

O jornalista Paulo Moreira Leite, da revista IstoÉ, já especula o deslocamento de Eduardo Campos para uma candidatura ao Senado por Pernambuco, cedendo a candidatura presidencial para Marina Silva, como uma saída honrosa para Campos, caso não decole, sem se queimar entre seus seguidores.

É uma lógica política meio enviesada, mas obedece à mesma lógica de conveniência da entrada de Marina no PSB, caso Campos se sentir que sairá menor do que entrou no processo eleitoral, se queimando para o futuro.

Só não obedece à lógica da confiança do eleitor, diante de tanto malabarismo por ambições políticas pessoais, em detrimento dos interesses coletivos da população, e pior ainda, contrariando toda a pregação de Marina contra a “velha política”, que antecedeu o casório.

Recomendados para você

Comentários

  1. Eduardo Postado em 11/Oct/2013 às 11:05

    que bão, tão devorciando antes do casamento....

  2. gabriel Postado em 11/Oct/2013 às 12:05

    é preciso mais tempo para ver o que vai acontecer.

  3. Roberto Postado em 12/Oct/2013 às 16:30

    Eu já sabia ... Bem feito ... Malandro demais vira bicho ...

  4. Fatima medeiros Postado em 12/Oct/2013 às 18:21

    Vao ter que fazer acordo pre nupicial, partilha dos bens ,acho que o noivo vai se ferrar !ela ficara com tudo! Sera p golpe do bau ?i

  5. Jairo Postado em 12/Oct/2013 às 20:00

    o PT eo pragmapetismo já adiantam seu medinho, chora dilma, chora tucanda, chora pragmapetismo

    • Maurício Postado em 13/Oct/2013 às 21:51

      acho que o choro é para quem dizia que nenhum partido político prestava e agora se alia um bem tradicional, com os mesmos erros da velha política. Para quem batia no peito e se dizia ambientalista e agora se alia ao partido do qual, metade dos seus deputados aprovaram a aberração do novo código florestal. E principalmente para quem vai ser vice (ou ter como vice) uma pessoa que havia se comprometido a indicar ninguém menos que Caiado para Ministro da Agricultura. Haja choro...

  6. FERNANDO MATTOS Postado em 12/Oct/2013 às 20:38

    esse sonhaticos são oligofrênicos...com o que eles sonham?? A marina vai fazer política sem tratar com o Congresso?? E qual a plataforma dela, para temas que não sejam o meio ambiente? Vai deixar a gestão da economia nas maõs do André lara resende?? que já disse que a economia não pode mais crescer, pois não há recursos naturais para isso. O que a Marina representa é a coisa mais reacionária do mundo. Não prega a necessidade de gerar empregos para as pessoas. O André Lara já tem o dele...Pessoas como ele também...E a visão da Marina sobre o costumes?? Vai ser mesmo nada mais que um Feliciano de saias??

  7. Eduardo Postado em 13/Oct/2013 às 12:21

    chorar porque, qual o partido hoje no Brasil tem nomes para comandar este país que o povo(não os metidinhos a elite - pois elite é poucas pessoas) respeita e vota para eleger???? Em 2014 é 13, qualquer voto diferente é caranguejar....e quem sabe o que é o SAÚDE NÃO TEM PREÇO, O BOLSA FAMILIA, O LUZ PARA TODOS, O PROUNI, O REUNI, O PRONATEC, O PRONAF, O MAIS MÉDICOS, ETC... VOTA 13 DILMA e com alegria.

  8. patricia Postado em 14/Oct/2013 às 18:52

    HAHAHAHA! A mulé me entra pela porta dos fundos do partido e com o rabo entre as pernas, como vice, pra não ficar sem concorrer, e os cachorros dela agora estão latindo pro dono da casa? ahuahauhauauhauhau aimeldels. Só rindo mesmo. E queria saber NAONDE ela acha que teria força política pra governar. Só se ela estiver considerando se apoiar na bancada evangélica. Aí é que eu digo não mesmo, e bem grande. Estado evangélico? Fundamentalismo religioso? Tô fora.