Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 21/Oct/2013 às 15:49
16
Comentários

Marco Feliciano fala em candidatura à Presidência: "Me tornei um símbolo"

Pastor Marco Feliciano não rechaça candidatura à Presidência da República, revela ressentimento com Dilma Rousseff e afirma: “Eu me tornei um símbolo”

marco feliciano presidente
Marco Feliciano não descarta candidatura à Presidência da República (Agência Câmara)

Em entrevista ao Blog da Folha de Pernambuco, publicada nesta segunda-feira (21), o deputado federal Marco Feliciano (PSC) não nega a possibilidade de se candidatar à presidência da República, em 2014. “O futuro a Deus pertence”, afirmou o parlamentar.

Feliciano disse, na entrevista, que o PSC recebe, em São Paulo, mil ligações diárias pedindo sua candidatura à presidência. “Eu não sei o que pode acontecer daqui pra frente”, afirma o pastor.

Leia também

Ainda sobre o pleito eleitoral de 2014, Feliciano afirmou que se “tornou um símbolo” no Brasil, desde que assumiu a Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), e que manda “para o segundo turno qualquer candidato”. A respeito das eleições de 2014, o parlamentar afirmou que tem “grande apreço” por Eduardo Campos (PSB). “É um rapaz brilhante, tem um entusiasmo tremendo.”

Aécio Neves também foi lembrado pelo deputado. “Tancredo Neves, seu avô… Naquele momento, eu era um adolescentezinho, mas que ouvia a música ‘Coração de estudante’ e chorava sem entender o por quê”, afirmou Feliciano

Mágoa

A presidenta Dilma Rousseff magoou Feliciano. O deputado alega que contrariou seu partido, o PSC, e apoiou a petista nas eleições de 2010. Porém, após os protestos que ocorreram por conta do pastor ter assumido a presidência da CDHM, a presidenta não se manifestou. “E, de repente, no momento que eu mais precisei da presidente, ela se calou. O governo não se manifestou através da boca da presidente, acerca de eu ter assumido a presidência da Comissão de Direitos Humanos”, afirmou.

Em outro trecho, o parlamentar conta que após ser “traído” decidiu “vasculhar a ideologia” do PT e descobriu que “a filosofia deles é enraizada no marxismo, e com ‘M’ maiúsculo, em que se vê a religião como um freio no progresso do mundo. Eu descobri que eu estava lutando do lado de meu inimigo.”

Orientação política

Apesar de invocar o “marxismo petista”, Feliciano afirmou, na entrevista, que no “nosso país não tem mais isso”, de esquerda e direita. “Meu partido é um partido de centro, né? Eu falar que sou de direita pode soar pretensioso demais.”

Revista Fórum

Recomendados para você

Comentários

  1. Amanda Postado em 21/Oct/2013 às 16:16

    Caraaaleo, pior que esse puto tem condições de conseguir essa merda!

  2. João Carlos Postado em 21/Oct/2013 às 16:40

    “a filosofia deles é enraizada no marxismo, e com ‘M’ maiúsculo, em que se vê a religião como um freio no progresso do mundo. E tem algo de errado nisso.? a religião é a maior merda que pode existir, só separa povos, causa guerras e mortes de inocentes pelo mundo afora

  3. Amanda C Postado em 21/Oct/2013 às 16:55

    Voto na Dilma mas não voto nesse panaca.

  4. Igor Postado em 21/Oct/2013 às 16:57

    Ele ficaria em último lugar. Esse canalha já ta ficando esquecido. Ta acabando

  5. Maria Aparecida Jube Postado em 21/Oct/2013 às 17:23

    Marco Feliciano se tornou o símbolo do atraso, da intolerância, do homofobismo, do desrespeito à religião alheia, do racismo, do fundamentalismo e de tudo o que há de mais atrasado na face da terra. Ainda se acha capaz de desbancar a presidenta DILMA na eleição de 2014, se enxerga mané.

  6. Carlos Postado em 21/Oct/2013 às 18:16

    Senti vergonha alheia

  7. Lena Postado em 21/Oct/2013 às 19:08

    Centro? CENTRO? Really? Caralho, ele não deve ter noção nenhuma de política

  8. Peterson Silva Postado em 21/Oct/2013 às 19:45

    O cara apoia o partido sem conhecer - já começa por aí. Mas depois vem dizer que ficou surpreso quando a descobriu? "Ai meu deus o PT é marxista" - NO SHIT SHERLOCK!

  9. Thiago Teixeira Postado em 21/Oct/2013 às 19:58

    Símbolo???? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  10. Adalberto Postado em 21/Oct/2013 às 21:14

    nao duvido muito. Elegeram Collor e Lula, um Feliciano a mais nao fara diferenaca.

  11. Eduardo Postado em 21/Oct/2013 às 21:25

    Será criado mais um imposto no Brasil, o DIZIMO FEDERAL ÚNICO..... É um absurdo, uma comissão que trata de direitos humanos ser usada para promover este tipo de coisa, todos os GLBLTs vão votar nele.

  12. Eduarda Postado em 21/Oct/2013 às 23:01

    Não me surpreenderia que ele fosse eleito, numa sociedade preconceituosa em que vivemos, espero que algumas pessoas abram os olhos...

  13. Ari Kailash Postado em 22/Oct/2013 às 01:19

    Como tem muitos gays 'que se dao o respeito', nao me espantaria ve-los fazendo campanha para esse débil mental, que deveria ser exilado no Congo.

  14. Juniperos Postado em 22/Oct/2013 às 09:18

    Movimento falofilo! Mas não importa e Deus é Bom, e não penalizaria seus filhos brasileiros dando a ele um presidente com ideologia fálica! Mesmo candidatando ele se tornaria um caricato como tantos outro candidatos estranhos que surgem para "dar volume". Embora de um pouco de medo, afinal, até Tiririca foi eleito... se elegeram analfabetos, por que não nazistas? A amarga população criou uma forma de protesto perigosa: a eleição de inúteis. Acho que é hora de parar, mas como saber quem agira pelo povo e para o povo?

  15. Rita Candeu Postado em 22/Oct/2013 às 10:58

    só se for símbolo de ignorância, preconceito, incapacidade política, e afins

  16. Fernando Postado em 22/Oct/2013 às 11:23

    ele é símbolo do quê? Da ignorância, do fascismo tupiniquim, da viadagem encubada, do sionismo cristão, da ladroeira e do surreal? Só se for isso. Ele não me prepresenta mas representa milhões que o idolatram e estão eternamente à epera de um "salvador da pátria", da moral, blablablá. E, como a ignorância não conhece limites (vide o aumento do nº de crentes no país), ele poderia se transformar numa arma bem à mão da direita raivosa.