Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mulheres violadas 10/Oct/2013 às 10:15
75
Comentários

"Sou, sim, gorda e... puta"

"Após experiências, leituras e conversas, entendi que qualquer mulher que fuja do padrão do mito da beleza e da heteronormatividade passará pelo mesmo que eu. Em maior ou menor grau, dependendo das circunstâncias"

gorda puta preconceito mulheres
(Reprodução / Ilustração)

Nádia Lapa, em Feminismo pra quê?

Gorda feia do caralho! HUAHEHAUHEAUHEA

Tem q ter coragem e estar bebado e drogado pra transar com essa chupeta de baleia HAUEHUAHE Tá loko..

feia, gorda e puta. doido é quem come isso!

Puta pelo menos cobra e ganha. É mais digno. Essa gorda faz de graça.

caralho como tem filho da puta que tem coragem de transar com esse pudim de banha?

Tem que ser muito doido para te encarar, porque tu é muito feia! hahahahahahahaha

Eu poderia colocar infinitos comentários parecidos com esses. Todos direcionados a mim. Nos últimos dois anos, fiz uma coleção deles – estes aí de cima são apenas os que surgiram na minha página do Facebook após a minha participação no programa A Liga, da Band, há alguns dias.

Para quem não me conhece, sou, sim, gorda. E “puta”, no sentido corrente que se dá à coisa. Corrente e injurioso, diga-se. Tudo isso surgiu na minha vida depois que escrevi um blog no qual contava sobre minhas experiências sexuais. No início ele era anônimo, em seguida algumas pessoas descobriram minha identidade, depois me identifiquei abertamente, com nome, sobrenome, fotos, biografia, tudo.

Desde o início, a questão da minha aparência física era uma dúvida entre os leitores. Para ter uma vida sexual plena, feliz e variada, eu TINHA que ser gata. Tinha que. Não existia a possibilidade de eu ser gorda, porque afinal de contas gordas são seres nojentos, indesejáveis, ~pudins de banha~.

Leia também

A história toda começou no primeiro semestre de 2011, e desde então li toda sorte de absurdos a meu respeito (a ponto de eu fazer um tumblr, o Cem Homens Sem Noção). Durante vários meses, os xingamentos me fizeram muito mal. Fiquei péssima, quis largar tudo, desaparecer da face da Terra. Quando passei a falar de feminismo, as ofensas mudaram. Recebi todo o pacote de xingamentos comum a qualquer uma de nós: “odiadora de homens”, “falta uma rola para resolver sua vida”, “sua feia-peluda-gorda”.

Naquele momento, porém, a fase mais difícil já havia passado. Justamente porque o feminismo havia me empoderado. Mais do que nunca, conversando com outras militantes, lendo muito, estudando mais ainda, eu entendi que qualquer mulher que fuja do padrão do mito da beleza e da heteronormatividade passará pelo mesmo que eu. Em maior ou menor grau, dependendo das circunstâncias. Eu estava em capa de revista, lancei um livro, participei de entrevistas na televisão. Eu era o alvo fácil, mas tais agressões acontecem o tempo todo, em todos os lugares, contra todas as mulheres que não se encaixam naquele quadradinho mínimo que nos reservaram (seja bem magra para caber nesse quadradinho, lembre-se).

O bullying e as perseguições online também acontecem contra homens; não estou menosprezando a experiência deles. Mas mesmo neste caso, é contra homens e garotos que não se conformam com os papéis de gênero que lhes foram impostos, como os gays.

A minha grande pergunta a respeito disso é: pra quê? O que se consegue tentando acabar com a autoestima de uma pessoa, levando-a a consequências extremamente danosas? Eu, por exemplo, tive uma crise depressiva no final daquele ano em que fui soterrada em tanto ódio.

O que estamos fazendo quando nos unimos a outras pessoas tão más quanto nós, e atacamos em conjunto uma pessoa que sequer conhecemos? O que estamos fazendo quando compartilhamos quadrinhos, fotos e histórias que atacam a honra de alguém?

Eu aprendi a lidar com tudo isso. Não vou dizer que os xingamentos não me atingem. Às vezes dói. Na maioria delas, pra ser honesta, eu começo a rir e depois sinto pena, muita pena. No entanto, eu demorei a chegar a esse ponto de simplesmente deixar pra lá. Antes, atingi o fundo do poço. Ao contrário do que dizem por aí, no fundo do poço não tem mola, não, e sair de lá foi o maior desafio da minha vida. Quem me empurrou lá pra dentro não fez isso só comigo; faz sempre, com qualquer pessoa, com qualquer gorda, com qualquer puta, com qualquer lésbica ou gay, com qualquer transexual, com qualquer pobre, com qualquer negro.

Não existe gente com caráter mais ou menos. Ou se tem, ou não se tem, é bem simples. Está na hora de pararmos de dar aquele sorriso amarelo com piadas lesbo ou homofóbicas, e nos posicionarmos diante de gente que agride. Eles não são tão fortes assim, eu garanto.

Recomendados para você

Comentários

  1. mary Postado em 10/Oct/2013 às 10:33

    Toda pessoa tem direito de fazer o que gosta, então você faz o que gosta e é feliz diferente desses caras nojentos que precisam ficar na internet xingando e agredindo outras pessoas para se sentirem bem, esses nunca serão felizes. Não liga pra esse povo, eles só mostram que não são homens de verdade. Você sabe quem você é... isso é o que importa.

  2. Luis Postado em 10/Oct/2013 às 10:42

    A maior motivação para estes "comentarista" são seus traumas internos, pessoas mal resolvidas e no fundo da alma com desejos latentes de assumirem estes papéis que tanto criticam!!

  3. Gabriela Barbosa Postado em 10/Oct/2013 às 11:01

    Ninguém tem o direito de ofendê-la,isso é certo! Mas,quem se expõe a esse ponto(de contar sobre a sua vida sexual na internet),tem que está preparado para ouvir as críticas! Pensar que todo mundo tem que achar legal o fato de você transar com 35 homens em 1 ano é muita ingenuidade,ainda mais em um país machista como o Brasil!

    • Vini Lages Postado em 10/Oct/2013 às 11:34

      Critica: Análise, feita com maior ou menor profundidade, de qualquer produção intelectual (de natureza artística, científica, literária, etc.)

    • Vini Lages Postado em 10/Oct/2013 às 11:35

      Ofensa: Comportamento ou discurso que faz com que uma pessoa seja vítima de injustiça; palavra que deprecia; que possui a capacidade de injuriar ou afrontar.

    • Vini Lages Postado em 10/Oct/2013 às 11:35

      Espero que tenha esclarecido sua dúvida ;]

    • Deka Postado em 10/Oct/2013 às 12:07

      Qual é a média de transas/ano para um homem? Se houvesse um homem que expusesse a sua vida sexual, com um número semelhante de transas/mês e ainda..seria um 'super comedor/macho/herói. Não sei se levariam em conta ele ser gordo ou deixar de ser.

    • mayara Postado em 10/Oct/2013 às 13:52

      não defeque pela boca

    • Lucas Postado em 10/Oct/2013 às 15:51

      Tem que estar, mas não deveria estar...essa é a questão, se vc não gosta de algo, não acessa, não veja, não escute. O que está em discussão é essa corrente de ódio pelo diferente e a máscara da "ordem natural" que o machismo impõe.

    • Gabriela Piana Postado em 10/Oct/2013 às 15:55

      O grande problema aqui é o entendimento sobre "a crítica". Criticar e agredir são coisas distintas. Quando se faz um posicionamento negativo sobre a ideia ou a ação de outrem, que tem como objetivo a sua ridicularização e a sua desmoralização e não se acrescentam argumentos que (re)costroem a ideia ou a ação, não estamos falando de críticas, estamos falando de AGRESSÃO e DESRESPEITO.

  4. Fábio Postado em 10/Oct/2013 às 11:12

    Entendo o seu ponto de vista, mas não seja ingênua. O mundo não tem que se adaptar a você, mas você a ele.

    • Gládis Ludwig Postado em 10/Oct/2013 às 11:33

      Acho que nem uma coisa e nem outra. Se todos nos adaptarmos ao mundo que aí está, jamais as coisas irão se transformar. Por outro lado, se algumas vezes, não entendermos o contexto em que vivemos, vamos sofrer muito e pagar o preço. É uma questão de fazermos a síntese e avaliarmos o que é melhor pra nós em cada momento e contexto e em que medida nossos atos "libertários" podem contribuir para a mudança da realidade opressora. Realmente não é fácil para as pessoas que decidem romper radicalmente com o status-quo. Mas muitas vezes as coisas só mudam com atos bem radicais. É muito difícil lutar contra preconceitos.

    • Samuel Cadis Postado em 10/Oct/2013 às 11:50

      Sério que você pensa assim Fábio? Que triste. "Viva e deixe viver" Apenas isso para um mundo melhor. Nádia Lapa, parabéns por escolher não se adaptar ao mundo dos autômatos, seja feliz.

    • Léo Rohen Postado em 10/Oct/2013 às 11:52

      O "mundo" nao irá de adaptar a ninguém, pois ele é um planeta, e só gira. A sociedade, as pessoas, e todo o resto, podem sim se moldar e se adaptar à outras pessoas. Basta apenas você ter a iniciativa e pagar o preço.

      • Lucas Postado em 28/Oct/2013 às 09:49

        Sério mesmo que você não entendeu "Mundo" como direcionado ao Planeta? Você apenas repetiu o que ela já tinha dito, Mundo=Sociedade.

    • Rita Postado em 10/Oct/2013 às 11:56

      Prefiro MORRER a "me adaptar a esse mundo podre" e de pessoas tão cruéis. Adapte-se você.Cada um faz o que quer e quando não temos nada agradável a dizer, devemos permanecer de boca fechada. Só devemos dar nossa opinião quando formos chamados a fazê-lo. Acho que a moça da matéria não pediu a opinião de ninguém sobre sua aparência e profissão.

    • Priscilla Postado em 10/Oct/2013 às 12:10

      Ou apenas fingimos que nos adaptamos a ele.

    • Rodolfo Postado em 10/Oct/2013 às 12:15

      Será saudável se adaptar a um mundo de pessoas doentes?

      • gertrudes munhoz Postado em 10/Oct/2013 às 12:28

        Penso que ninguem tem que se adaptar a nada pra ser aceito. Tem é que respeitar o direito de ser do outro, gordo, magra, muxo, melancia, banana, o que for, e o principal e mais importante SE ACEITAR COMO É. Conheço mulheres que sao muxas e querem um pouco disso ou daquilo, magras que precisam arrumar isso ou aquilo e as gordas que ficam achando desculpas pra sua gordura. Pra que..sou assim e pronto...´´E ACEITAÇAO DO SER ESTAR.

      • Flavia Postado em 10/Oct/2013 às 15:25

        falou tudo.....

    • aislin Postado em 10/Oct/2013 às 12:23

      o mundo não tem que se adaptar, o mundo precisa aprender a respeitar e as pessoas nao tem que se adaptar a este mundo mediocre, prefiro ser a ovelha negra...

    • Lara Postado em 10/Oct/2013 às 12:44

      então quer dizer que em um mundo racista o negro tem que se tornar branco para "se adaptar ao mundo"? por favor né!!

    • Telma Postado em 10/Oct/2013 às 12:52

      O mundo é feito de pessoas, e o direito delas termina onde começa o dos outros.

    • Roberta Postado em 10/Oct/2013 às 13:20

      hahaha, sem palavras pra esse seu comentário absurdo, Fabio...

    • Thais Postado em 10/Oct/2013 às 13:31

      Em um mundo doente, pessoas adaptadas me assustam.

    • Raabe Postado em 10/Oct/2013 às 13:46

      O texto fala justamente sobre o quanto ela mudou para o mundo, o quanto ela aprendeu e evoluiu. A questão é justamente quanto as pessoas que não mudam pra um mundo que não é só composto por pessoas fabricadas nos mesmos moldes.

    • Rejane Postado em 10/Oct/2013 às 13:46

      ai, nessas horas é que a gente tem que dizer: o mundo tem que aprender a aceitar diferenças, ou então, as pessoas tem que aprender a calar o bico e parar de defender gente que só diz asneira e usa a internet pra mostrar o quanto são idiotas. Esse seu post, Fábio, só mostra que do mundo você só conhece o seu terço. Existem muitos mundos e muitas realidades, para além do comercial de cerveja ou de tantos outros que você está acostumado a engolir. Só porque você engole e "se adapta", não quer dizer que todos devem fazer o mesmo. Só porque você se cala, não quer dizer que todos tenham que ficar calados. Só porque um fala besteiras e xinga e agride, não quer dizer que tenhamos que aguentar ou nos conformar.

    • Chris Postado em 10/Oct/2013 às 14:25

      Nossa, como seria bom se pessoas como José Bonifácio, Joaquim Nanuco, Martin Luther King, entre outros, pensassem como você. Hoje ainda teríamos escravos...

    • Stefane Postado em 10/Oct/2013 às 15:03

      HAHAHAHAHAHAHHA, é pensando assim que o mundo nunca vira um lugar melhor mesmo. Ainda bem que existiram grandes visionários que realmente fizeram a diferença no mundo, ao invés de "se adaptarem ao mundo", eles o tornaram um lugar bem melhor. Caso contrário, você nem teria o direito de estar postando uma besteira como essa.

    • Gabriela Piana Postado em 10/Oct/2013 às 16:00

      Isso é conformismo. E que aceitemos para todo o sempre a escravidão, a presença de estupradores na rua, o machismo, a falta de saúde e educação, políticos corruptos e um governo corrupto, etc etc etc... O "mundo" não é um objeto ou sistema imutável, ele é formado e reformado continuamente. Não seja ingênuo, não seja paciente, seja agente.

    • siurt Postado em 10/Oct/2013 às 16:28

      Não, Fábio, aí q tá : ninguém TEM que nada.

  5. Stella Postado em 10/Oct/2013 às 11:16

    Gabriela, ela nunca pediu para ninguém achar legal. É a vida dela. Assim como vc tem a sua. Alguns vão gostar outros não. E quem não gosta o mínimo que podia fazer era respeitar (já que entende o outro (diferente de vc) parece impossível para essas pessoas. Vc está reproduzindo a mesma coisa que ela disse no post. Em um "grau" menor, pode ser. Mas está fazendo a mesma coisa. Ouvir críticas é bem diferente de ouvir ofensas.

    • joao Postado em 20/Feb/2014 às 23:36

      eu adoro foder uma gordinha cheirosa elas não tenho descriminação como qualquer mulher magra gorda afinal a buceta são todas iguais o prazer é o mesmo alguns homens imbecil acham que tem alguma diferença

  6. Samyra Lobino Postado em 10/Oct/2013 às 11:22

    Bom, mas um dos argumento dos agressores e da violência é justamente esse. É a mesma lógica de "não quer ser estuprada, não use mini-saia". É óbvio que a autora não é ingênua, ela só não acha que o fato de expor-se como ela é (mulher, gorda e com vida sexual ativa) dá ao direito de outras pessoas de agredi-la. Acho muito louco essa sua lógica de achar "natural" pessoas serem agredidas. Não é natural é naturalizado, algo muito diferente. Eu fico enojada com o fato de pessoas acharem ok agredir ou violentar outras e não com o fato da pessoa ter transado com sei lá quantos homens. É aquela sentença: mini-saia não causa o estupro, é o estuprador.

  7. Henrique Goes Postado em 10/Oct/2013 às 11:23

    Ótimo! Obrigado por sair do poço e vir pra onde pode inspirar pessoas

  8. Alan Postado em 10/Oct/2013 às 11:27

    A agressao verbal é uma forma de externar uma dor, um trauma, uma decepçao interna. É mais facil julgar o outro do que a si proprio. Os bons costumes sao a hipocresia da sociedade, e aqueles que nao se enquadram sao julgados. Os maus costumes às vezes sao revolucionarios, fazem parte do processo de mudança de perspectiva sobre a vida privada, e sobre o lugar da individualidade na sociedade. Creio que a sociedade brasileira chegara la, e você esta contribuindo para isto.

  9. wellington santos Postado em 10/Oct/2013 às 11:29

    Envio meus mais sinceros cumprimentos à você, pela coragem e pela dignidade em ser garota de programa. Minha namorada, amor da minha vida é gorda, e uma puta deliciosa (não no sentido corrente) Infelizmente a rede está cheia de pessoas assim, é um mau a ser combatido, o mais importante é que você não se deixe mesmo levar pela opinião medíocre de fedelhos. Abraços !

  10. Priscila Postado em 10/Oct/2013 às 11:44

    Vira puta quem não tem medo de assumir seus desejos e suas vontades aquela que não faz sexo só por fazer, aquela que não reprime seus desejos. Quem chama uma mulhe de puta deve ter sido trazido pela cegonha, vou explicar : Tua mãe sentiu vontade de dar, procurou teu pai e fudeu com ele até vc aparecer em forma de esperma, de outras maneiras também houve penetração ou ela é virgem? PUBLICA AÊ

    • Alessandra Postado em 15/Oct/2013 às 09:08

      Onde está o botão de curtir esse comentário? PALMAS!!!

  11. Thiago Postado em 10/Oct/2013 às 12:07

    existem pessoas que gostam de magros, outras gostam de gordos. Isso vale também para cabelos curtos, longos, as variáveis são infinitas. O que falta hoje em dia é bom senso para a maioria. O gordo que é zuado hoje, sem perceber, acaba satirizando o "funkeiro" que escuta musicas com o celular no ultimo volume, ou aquele que se veste de forma escandalosa. Isso é do ser humano. Cabe a cada um saber relevar o comentário que não te engrandece, mudar aquilo que está dentro do seu alcance e aceitar aquilo que não pode ser mudado

  12. Mariana Zanetti Postado em 10/Oct/2013 às 12:33

    Moça, parabéns, realmente as mulheres do Brasil se acham poderosas mas na verdade vivem sobre uma ditadura moral muito forte e isso causa muita angústia (se ainda não causou, algum dia vai causar pq afinal ninguém é mulher melão até os 70 anos). é preciso muita coragem pra assumir o valor que está dentro de nós, isso sim é ser mulher, e isso é o que faz transbordar nossa verdadeira beleza. beleza a que muitos (a maioria) são insensíveis, pois isso é o que a nossa sociedade nos ensina. a sociedade nos ensina a ver a beleza de forma unilateral. A notícia boa é que a beleza da mulher que é mulher não some com o passar dos anos... Por isso, parabéns, afinal vc é e vai ser bonita pro resto da vida. :)

  13. Luís Augusto Postado em 10/Oct/2013 às 12:36

    Lindo o "depoimento". :)

  14. Guilherme Postado em 10/Oct/2013 às 12:48

    depois das 22h, enqt caminho pra casa, no centro da cidade, acabo cruzando com uma ou outra puta. Tem uams q são tão feias e gordas q eu pago R$100,00 pra fazer uma faxina lá em casa, mas não como nem por R$10,00

    • Maria Postado em 10/Oct/2013 às 12:51

      Ba cara que legal. Parabéns.

    • Monica Postado em 10/Oct/2013 às 13:02

      Tava demorando pra um escroto aparecer! Seu comentário é totalmente desnecessário e pelo jeito você só come mulher pagando, seu palha! Com você, eu não transaria nem por um milhão de dólares

    • Aline Postado em 10/Oct/2013 às 13:07

      ...com certeza tem mulheres que não transariam com você por dinheiro nenhum deste mundo, seu ridículo. E vá fazer uma faxina nesta sua cabeça preconceituosa e cheia de complexo de inferioridade, pq pra se auto afirmar não precisa diminuir os outros, babaca!!

    • siurt Postado em 10/Oct/2013 às 16:29

      Então tá.

    • EmiErri Postado em 10/Oct/2013 às 16:57

      Que bom... Sinto lhe informar que você não está sendo mais homem com isso kkkkk. Assim também como teria mulheres que não iria querer nada com você nem de graça, mas nem por isso iria querer ficar te criticando. Porque gosto cada um tem o seu. ;) beijos... rs. PArabéns pelo comentário@ PALMAS#kkkkkkk

    • poisé Postado em 10/Oct/2013 às 16:57

      um ser tão ignóbil como vc só merece a morte mesmo.

    • patricia Postado em 10/Oct/2013 às 21:25

      E as magras e feias, vc paga quanto e pra fazer o quê?

  15. Davi Bomfim Postado em 10/Oct/2013 às 12:52

    A verdade é que, todos queremos gozar, independentemente de quem será gozado, e o fato de alguém gozar e deixa isso explicito para os demais, provoca inquietude, pois o gozo dos "abertos" parece ser mais prazeroso que os dos que não tem coragem para expor, e isso provoca a ira, o ódio, a repulsa e todo tipo de negação possível.

  16. Felipe Vieira Postado em 10/Oct/2013 às 12:59

    Bem, em primeiro lugar, quero dar parabéns à autora desse texto maravilhoso! É difícil encontrarmos uma pessoa com essa coragem, de escrever e jogar na cara dessa sociedade machista (ultrapassadíssima). Em segundo lugar, venho perguntar que diabos leva uma pessoa a criticar outra, baseada em um padrão que elas nem sabem de onde veio? Um padrão que, naturalmente, foi inventado (sim, com isso, quero dizer que quem segue esse padrão não está fazendo nada senão se deixando ser BUCHA) por uma pequena parcela e vomitada em cima da grande maioria? Lembro-me de um sujeito na história que também adorava padrões, um sujeito que odiava, repudiava e perseguia quem saía desses padrões. O nome desse sujeito é Adolf Hitler. Sou jovem, tenho 17 anos, faço parte da União da Juventude Comunista (juventude do PCB) e uma das coisas que me dá NOJO, MUITO nojo, é a discriminação. Quem diabos são esses vermes pra criticar outra pessoa baseada em um padrão que ela não segue? Ou melhor, quem diabos é qualquer pessoa pra criticar uma pessoa pelo que ela faz ou deixa de fazer com sua vida sexual, artística...? Sim, existe uma resposta: ninguém. Talvez se esse pessoal se preocupasse mais em evoluir o pensamento (porque, pelo jeito, não desenvolveu-se da infância ainda), agora não estaríamos vendo essa quantidade lamentável de comentários REPUDIANTES na internet ou em qualquer outro veículo de mídia. Parabéns, outra vez, à autora desse texto maravilhoso e, outra coisa: esquece essa gente retardada, não dá motivo pra ninguém te fazer mal. Só pelo fato de conseguir se livrar do mal que esses PARASITAS te fizeram, você já é MUITO, mas MUITO superior a eles. Grande abraço, Felipe Vieira

  17. Carol Postado em 10/Oct/2013 às 13:01

    O Guilherme provavelmente não leu e, se leu, não entendeu nada.

    • Alessandra Postado em 15/Oct/2013 às 09:11

      Ou talvez o Guilherme não tenha um pensamento de gente mesmo. É um escroto medíocre. Tem que se fuder na vida esse idiota.

  18. Nina Postado em 10/Oct/2013 às 13:15

    Gostei do que vc escreveu. Realmente, o que se ganha agredindo alguém por nada? Por que todo mundo tem que ser magra, hétero, etc? Por que se podemos definir o ser humano através de uma palavra: pluralidade? Me preocupo, não com quem escreveu esse texto corajoso , mas com as mentes adoecidas e infelizes que atacam os outros para esquecer suas vidas pequenas e o quantos ,também, são seres pequenos.

  19. carol freitas Postado em 10/Oct/2013 às 13:18

    apenas parem com as agressões contra as magras ser magra nem sempre é uma escolha (como ser gorda tbm nao é) apenas aceitem o corpo como ele é. sou magra e sofro tanto bullying quanto uma gorda, por ser magra de mais e nao faço nada para ser assim, e humilhar magros/brancos para aumentar outras autoestimas é o mesmo que usar o gordo/negro como piada

  20. Bárbara Postado em 10/Oct/2013 às 13:26

    Deixe de ser estúpido, Fábio. O mundo não tem que se adaptar à ela e muito menos ela ao mundo. As pessoas são diferentes e isso que as torna únicas e especiais, e por isso o mundo é mundo. NINGUÉM TEM DE SE ADAPTAR A NADA!

  21. Otavio Cezar Postado em 10/Oct/2013 às 13:42

    Infelizmente uma realidade do ser humano. Temos nossas dosagens de preconceitos e hipocrisias, as veze o que parece é que nossa sociedade é extremamente dependente disso. Para ter qualquer tipo de relação, vamos confrontar pessoas dispostas a não permitir que você consiga. No caso, dona de um Blog, a quantidade de pessoas que não possui a capacidade de criar seu próprio conteúdo tendem a querer se destacar na criação de outros para se autopromover. Eles fazem isso da maneira mais fácil, denigrem a obra e seu autor. Veja o exemplo desse Guilherme acima... "depois das 22h, enqt caminho pra casa, no centro da cidade, acabo cruzando com uma ou outra puta. Tem uams q são tão feias e gordas q eu pago R$100,00 pra fazer uma faxina lá em casa, mas não como nem por R$10,00" Isso é uma prova da falta de personalidade, estar por trás de uma tela e não se expor fisicamente para realizar tal critica... Os que fazem, desconhecem leis, são ignorantes, e sim! Os verdadeiros Marginais! Não existe padrões de estética, existem padrões de comportamentos, de ideais, de pensamentos.... A pessoa que esta acima do peso, abaixo, preta, amarela ou branca... Não pode e nem deve se curvar diante de padrões estéticos! A estética é apenas o molde de um espelho... Alguns possuem o espelho e uma imagem para ser refletida, outro, apenas o molde frágil e opaco.

    • Alessandra Postado em 15/Oct/2013 às 09:15

      Otávio, concordo com você, só acho que pecou quando disse que "Não existe padrões de estética, existem padrões de comportamentos, de ideais, de pensamentos....", não acredito, na verdade, existir padrão para nada. Somos seres humanos, racionais, todos completamente diferentes. Padrão só existe quando você lida com números, na minha opinião.

  22. Leonardo Postado em 10/Oct/2013 às 13:49

    Olha, seja sincera, se vc pudesse ter um corpo legal, e consecutivamente ja ser mais saudavel (ser gorda não é saudavel) vc não iria preferir? Ninguem tem o direito e ofender, mas quando vc se expoe, vc esta sujeita a tudo, portanto, não finja viver em um mundo cor de rosa, querer se opor aos agressores se aliando ao feminismo só a coloca em um mundo de fantasias ainda maior, não é sendo obtusa que se resolve uma situação. Primeiro, eu eu de vc, não permaneceria gorda, procuraria atividades fisicas, cuidaria do meu corpo e da minha saude, isso elevaria sua auto estima e te tornaria uma pessoa mais ativa, com certeza vc deve sentir falta de fazer coisas normais como ir ao cinema, passear etc. Não viva em um mundo atras de um computador digitando sobre como as pessoas zoam vc, de como são cruesi etc, procure melhorar o seu ser, querendo ou não, as pessoas que não cuidam do seu proprio corpo, acabam perdendo o amor proprio e consecutivamente distorcem a realidade, acham bonito ser gordas etc, essa não é a solução definitivamente. Te desejo reflexão sobre sua vida e boa sorte. abraço.

  23. Michel Postado em 10/Oct/2013 às 13:56

    Muitas pessoas só conseguem se sentir vivas seguindo o rebanho, guiado pela cartilha do consumismo hipócrita, que estabelece muito mais do que o que consumir, mas também IMPÕE a necessidade constante de julgar e ter postura de dono da verdade e sabichão que se acha muito melhor que os outros viventes, servo de besteiras para controle de massa e que se acha "in". Eu valorizo pessoas, não rótulos imbecis !

  24. Ilgefonso Postado em 10/Oct/2013 às 14:43

    É engraçado esses textos do tipo, mulher é um bicho muito sacana, também... aí vem com esse papo de "só quero ser respeitada e tratada de forma semelhante aos outros". Eu sou homem heteresexual, não me insiro nas suas aspas dos homens que sofrem, mas já sofri muito por causa de vagabunda me ofender pq tenho o pênis pequeno, nessas horas os ideais de "respeito e igualdade" são esquecidos, né? Hipocrisia é uma merda mesmo!!

  25. jackeline Postado em 10/Oct/2013 às 15:27

    "Não existe gente com caráter mais ou menos. Ou se tem, ou não se tem, é bem simples." Perfeito, isso define muito a nossa sociedade como um todo.

  26. Egle Postado em 10/Oct/2013 às 16:05

    Chorei... sorri...

  27. Adriano Postado em 10/Oct/2013 às 16:42

    Nada justifica uma pessoa ter comportamentos que se desviam do caminho do bem, da moral e do caráter ... não digo desviar-se do caminho do que é certo, porque o meu certo é o meu certo, o seu é o seu e assim por diante ... mas o desvio daqueles valores que de maneira inquestionável são inerentes a todos e todas as pessoas não pode ser justificado com meros argumentos por mais justos que possam aparentar ser.

  28. Mateus Silva Postado em 10/Oct/2013 às 16:58

    Nossa, como é bom ler coisas sinceras como a que você escreveu. Vivemos uma época em que ser autêntico está virando um verdadeiro ultraje. Nesse mundo de mentiras, gente hipócrita e sem caráter, que não hesitam um segundo sequer em ofender pessoas que nem ao menos conhecem, para tentar dar um significado as suas vidinhas miseráveis e medíocres. Continue assim, sendo você e não ligue para esses comentários maldosos, cheios de ódio, porque por trás desses comentários existem sempre pessoas perversas, cruéis, más, sem caráter e que não valem a pena perder tempo tentando compreendê-las. Parabéns!!!

  29. Anonimo Postado em 10/Oct/2013 às 17:52

    Cara gordinhas são as coisas mais deliciosa que tem na cama, peito, bunda tudo em fartura. Quero falar nada não eu gosto de uma gordinha, são muito caliente.

  30. Sandra Mara Postado em 10/Oct/2013 às 21:52

    Nós estamos em pleno século XXI e quando vejo certas atitudes preconceituosas das pessoas que gastam seu precioso tempo depreciando seus semelhantes, seja por sua sexualidade ou outras desculpas, penso estar vivendo na idade média.

  31. renato Postado em 11/Oct/2013 às 10:18

    Este é nosso mundo, deste jeito mesmo. Não vai mudar, nunca. Sempre terá maus e bons, os maus acham que são bons, e os bons as vezes querem ser maus, mexer com o outro. Já viu macacos,...tem aquele que poe o dedo no c...do outro sai correndo, e depois quietinho no canto cheira, daí poe no dele e compara. Há outro tipo de macaco que antes de comer uma jabuticaba, vê se ela passa lá, se passar come. Com certeza absoluta nos temos nossos pares que nos fazem felizes a beça. Agora, é interessante você se cuidar, cuidar de você, demonstra o amor que sente por si. A partir daí, nínguem segura... Outra coisa, no face, você encontra só o que você quer, ninguem entra em sua vida se você não deixar....

  32. Aline Masera Postado em 11/Oct/2013 às 10:21

    Só 35 homens em um ano para te chamarem de puta??? Bom, transou com um número alto, mas e daí? Pois caras devem ter atacado teu físico pq sentiram-se ameaçados. És uma mulher forte, porém o brasil é um lugar composto por homens e mulheres machistas... Este tipo de consequência é prevista, comentários agressivos... Saiba que apesar de tudo pelo que tu pagou de ruim, isso serviu para empoderar as mulheres. Muito obrigada!

  33. Diego Postado em 16/Oct/2013 às 14:33

    Só um ponto: "O bullying e as perseguições online também acontecem contra homens; não estou menosprezando a experiência deles. Mas mesmo neste caso, é contra homens e garotos que não se conformam com os papéis de gênero que lhes foram impostos, como os gays." Se os gays aqui foram citados apenas para exemplificar, tudo bem. Se foi para delimitar quem são os homens que sofrem bullying por não se conformar com os papéis que lhe são impostos, foi um comentário limitado. Sou hétero, e só por não cuspir, não falar alto, não brigar na rua e não gostar de futebol, sofro um pouco de bullying.

    • eu daqui Postado em 19/Jan/2015 às 10:19

      Sei bem o que é dicotomia de gênero: sou mulher hetero, cuspo, bato, xingo, questiono, contesto, independo, brigo na rua e mais ainda na justiça. Sofrer bullying dessa sociedade de merda pra mim é lisonja: coroação de minha superioridade !

  34. poliana Postado em 04/Jun/2014 às 11:23

    é o preço q se paga por expor escancaradamente sua intimidade sexual na internet! não existe certo ou errado, existem as consequências dos nossos atos. num país tão machista como o nosso, e onde as mulheres tb carregam um grande ranço de machismo dentro delas, expor a intimidade sexual na rede mundial de computadores, e esperar q sociedade encare isso de uma forma natural e tranquila, é um tanto qto inocente, eu diria. só seres muito "evoluídos (!?) como vc q tem uma mente tão aberta a esse ponto. eu sempre me perguntei o pq dessa necessidade de super exposição!!!!! o corpo é seu, vc é emancipada e independente, faça dele o q quiser. quer dormir com 100 homens, faça isso, com prazer..mas pra q se expor?! e ainda acha q vive num mundo perfeito onde os seres humanos são maravilhosos a ponto de achar tudo isso normal?! eu realmente n entendo!

  35. bianca Postado em 23/Jan/2015 às 21:33

    que idiotice desde quando uma pessoa é legal ou não pelo seu tamanho por isso é que exista as Vanessa Urach da vida fazendo cirurgia para se tornarem maravilhosas e depois quase morrerem

  36. Filipe Postado em 23/Jan/2015 às 23:48

    Nádia, na minha terra quando alguém é acima da média se diz que esta pessoa é diferente. Tu és diferente e te respeito muito por tua coragem e força. E a propósito do teu depoimento fui procurar tua imagem no internet e.... te achei... linda.