Redação Pragmatismo
Compartilhar
Drogas 03/Oct/2013 às 09:33
42
Comentários

Conheça as doenças que podem ser tratadas com maconha

Uso da maconha é alternativa no tratamento para diversas doenças. O Cultivo e uso da cannabis já são liberados em vários países e em alguns estados dos EUA

A Cannabis, mais conhecida como maconha, é considerada uma droga por agir no sistema nervoso, alterando a percepção das pessoas. Entretanto, estudos médicos apontam que a marijuana pode ser usada em tratamentos de saúde. Dessa forma, a maconha medicinal poderia ser legalizada e comercializada no tratamento de algumas doenças.

O princípio ativo da maconha, o canabinoide THC (tetrahidrocanabinol), atua em diversos sintomas de várias doenças, dependendo da quantidade presente na maconha. Existem tipos da cannabis que possuem um teor de THC mais elevado e servem para certas doenças e outros tipos com um teor de THC mais baixo, para doenças mais simples.

Entre as doenças que podem ser tratadas com a maconha medicinal estão: AIDS, câncer, TDAH (Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade), esclerose múltipla, náusea decorrente da quimioterapia, doença de Crohn, glaucoma, epilepsia, insônia, enxaqueca, artrite e falta de apetite, anorexia, síndrome de Tourette, mal de Alzheimer, distrofia muscular, fibromialgia, caquexia e esclerose lateral amiotrófica.

Existem pesquisas científicas que tentam desvincular o poder curativo da maconha do efeito que altera a percepção das pessoas. Entretanto, os estudos indicam que o THC da maconha medicinal que dá às pessoas “um barato” age juntamente com o seu poder curativo, por isso ainda se tem opiniões contra o uso medicinal da maconha, uma vez que parte da comunidade médica desaprova o efeito de “droga” que ela possui.

Na verdade, o THC da maconha medicinal age ligando-se aos receptores de endocanabinoide do cérebro, ocasionando no usuário uma redução de ansiedade e dor, mas também uma alteração da consciência.

maconha cura doenças tratamento
Uso medicinal da maconha: alternativa no tratamento de diversas doenças (Reprodução)

Importante ressaltar que, nos Estados Unidos, as Leis Federais não permitem o uso da maconha. Entretanto, alguns estados permitem o uso e cultivo da cannabis para fins medicinais. Caso você tenha um problema de insônia, por exemplo, pode ir a um médico que, ao final da consulta, poderá lhe prescrever uma receita para fumar maconha. Na Califórnia, o mercado medicinal da maconha movimenta mais de US$ 1 bilhão, gerando mais de US$ 100 milhões de impostos para o governo.

Leia também

Veja alguns exemplos de doenças em que a maconha ajuda no tratamento:

Câncer: a quimioterapia causa fortes enjoos e os remédios que existem para combater esse sintoma são ineficazes. Ao tratar pacientes com câncer com maconha, enjoos e náuses foram aliviados.

AIDS: como a maconha desperta fome nos usuários, ela é importante para ajudar a recuperar o peso dos portadores do vírus HIV. Isso pode prolongar a vida dos soropositivos, uma vez que, quando magros, ficam com o sistema imune mais debilitado. O único problema é que não existem estudos suficientes na área para provar se a maconha causa interferência no sistema imunológico.

Esclerose Múltipla: a maconha é usada para aliviar os sintomas da esclerose múltipla, como espasmos musculares, dor intensa e mau funcionamento dos intestinos e da bexiga.

Dores em geral: a erva é considerada um analgésico. Os casos mais comuns são de cólicas menstruais. Nos locais onde o seu uso é liberado para fins medicinais, os pacientes que passaram por alguma cirurgia podem optar pelo seu uso.

Glaucoma: para obter eficácia no tratamento do glaucoma, seria necessário uma dose de maconha a cada 3 ou 4 horas. Isso porque a doença aumenta a pressão intraocular e a erva diminui essa pressão. O único problema é o alto nível de “chapadez” do usuário, por isso não é tão recomendada.

No Brasil, o uso medicinal da maconha é proibido. Mas há muitos países nos quais a maconha já tem permissão para ser cultivada ou comercializada (seja para fins medicinais ou recreativos). São eles: Austrália, Canadá, Espanha, EUA, França, Holanda, Israel, Itália, Reino Unido e Suíça. No Brasil, a pena para quem produz ou trafica maconha é de reclusão de 5 a 15 anos e multa de R$ 500 a R$ 1.500.

Jundson dos Santos Silva, Yahoo!

Recomendados para você

Comentários

  1. Vilmar Postado em 03/Oct/2013 às 10:44

    Porem se for usado indiscriminadamente ela causa dependência química e leva a esquizofrenia isso é cientificamente comprovado, então se fosse comercializado deveria ser em farmácia com receita medica controlada como psicotrópico.

    • Marcio Postado em 03/Oct/2013 às 11:07

      Vilmar, conheço várias pessoas que usam a anos (inclusive eu) e te digo que não causa esquizofrenia e nem dependência quimica, isso é lenda urbana criada por governos para não liberar, inclusive não são só para as doenças citadas acima que ela ajuda, leia um pouco mais a respeito e você verá que está equivocado.

    • La Mano Negra Postado em 03/Oct/2013 às 11:09

      Ainda não encontrei uma pessoa que apresente esses tais estudos que "comprovam" que a cânabis causa dependência química (essa não vou nem comentar de tão absurda!) e esquizofrenia. Até porque esses tais estudos NÃO EXISTEM! Em ciência, não se prova nada, O máximo que se consegue fazer é dizer "esta hipótese ainda não foi desprovada". Dito isto, vamos aos fatos. Existe sim uma leve desproporção na quantidade de usuários com esquizofrenia em relação à população em geral. Por outro lado, existem também pequisas que mostram uma melhora nos sintomas de esquizofrenia com o uso de cânabis. Com essa informação, e um pouco de inteligência, não podemos perguntar se os esquizofrênicos não estão se tratando com cânabis por conta própria? Não, não podemos. A proibição também dificulta pesquisas rigorosas, com um produto de qualidade em ambiente controlado etc. Funciona assim: a indústria farmacêutica, do álcool, do tabaco etc (que tem muito em jogo), financiam essas pesquisas acoxambradas, feitas com cãnabis contaminada, sem controle nenhum sobre fatores externos, sem pesquisa de histórico individual de saúde mental... e qual o resultado? Logo em seguida tem gente vomitando as "conclusões" por aí, sem a mínima ideia dos interesses que elas beneficiam. Lamentável.

      • Larissa Postado em 03/Oct/2013 às 11:12

        Minha mãe é assistente social e ve muitos casos de esquizofrenia em usuários de maconha, somente...

      • Marcos Postado em 03/Oct/2013 às 13:53

        Tenho dois conhecidos viciados em maconha. Não é necessário pesquisas para isso.

    • Antonio Postado em 03/Oct/2013 às 11:17

      Não leva à dependência química, tão pouco física. A única depêndencia possível é a psiquica, que é facilmente contornável..E só desencadeia surtos de esquizofrenia se o usuário já tiver a predisposição genética para tanto, portanto pesquise mais.

      • Maria de Lourdes Cardoso Postado em 04/Oct/2013 às 17:39

        Antonio, não nascemos com um bilhete na testa nos dizendo sobre predisposições genéticas, logo deduzo que ninguém deve usá-la. Só descobri que sou portadora de uma doença genética aos 70 anos, mesmo tendo atendimento médico desde os 9 anos. Aqui, ainda vivemos numa terra com um pé no período colonial.

    • BRUNNO Postado em 03/Oct/2013 às 11:19

      RS, DEPENDÊNCIA QUÍMICA , TÁ DE SACANAGEM, TEM CRACK NO MEIO PARA SER QUÍMICA....

    • Diego Postado em 03/Oct/2013 às 11:27

      Esquizofrenia é uma doença de origem genética.

    • Gustavo Postado em 03/Oct/2013 às 11:46

      o uso indiscriminado de alcool causa cirrose, comportamento violento, dependência, etc... o uso indiscriminado de tabaco causa câncer, forte dependência, inúmeros problemas respiratórios, envelhecimento precoce, etc... o uso indiscriminado de água causa afogamento. o uso indiscriminado de oxigênio causa barato e até morte. o uso indiscriminado de comida causa obesidade. o uso indiscriminado de anabolizantes causa disturbios hormonais. o uso indiscriminado de televisão causa burrice. o uso indiscriminado de automóveis causa trânsito e efeito estufa. o uso indiscriminado de churrasco causa infarto. o uso indiscriminado de poker causa dependência e dívidas. o uso indiscriminado de opiniões causa críticas.

      • Daniela Postado em 20/Mar/2014 às 10:39

        Perfeito seu comentário, Gustavo!

    • bruno Postado em 03/Oct/2013 às 12:24

      NÃO existe nenhum estudo cientifico q fala q maconha causa dependencia quimica.

    • Luiz Neto Postado em 03/Oct/2013 às 17:35

      Sou usuário há quase 10 anos e a maconha nunca me trouxe nenhum tipo de problema, exceto ao meu bolso, pois gasto muito com paçoca rolha e bis. hahaha De fato o uso contínuo pode levar a dependência.. mas qualquer coisa pode ! Jogue bolinha de gude todos os dias e logo você estará viciado ! Entendo que cada pessoa tem o auto controle de sua maneira.. Mas acredito que essa ¨dependência¨ a que muitos se referem é um termo muito marginalizado. A dependência da maconha sempre me pareceu , e às pessoas do meu convívio, algo perfeitamente controlável. Ninguém deixa sua casa na biqueira em troca de alguns kilos de maconha.. e há controvérsias sobre maconha e esquizofrenia !

  2. Antonio Postado em 03/Oct/2013 às 10:48

    Vilmar... dependência química não... estude mais, por favor...

  3. Tiago Postado em 03/Oct/2013 às 10:52

    Recentemente vi num desses canais de TV a cabo, um documentário sobre uma família do Colorado, EUA, cuja filha de 4 anos tinha até 300, isso mesmo, 300 ataques epiléticos por semana e nenhum medicamento fazia efeito. Após muita relutância, já que o pai era militar, aceitou a orientação de um médico, que já tratava seus pacientes com o princípio ativo canabinóide e a garotinha melhorou de maneira surpreendente, passando a sofrer apenas 2 ataques por semana. Para se pensar no uso racional desta planta.

  4. Julia Postado em 03/Oct/2013 às 11:35

    Eu fumo há mto tempo e nao sou nem um pouco esquizofrênica, na verdade, consigo levar minha vida bem mais tranquila que antes de ter usado... alivia o stress, as dores, a ansiedade, só da fome pra caramba! haha

  5. Joao Pereira Postado em 03/Oct/2013 às 12:37

    A ignorância ainda é a pior doença, e essa a cannabis não é capaz de curar. Em vez de repetir o discurso proibicionista sem informação à respeito (como feito acima dizendo que causa esquizofrenia), vá se informar amigo. Desligue sua TV e vá ler livros, verá um mundo completamente novo e surpreendente surgir....

  6. stephen Postado em 03/Oct/2013 às 13:06

    owww my gosh... uso medicinal. Esse termo só é usado pelos maconheiros para justificar a legalização. Mas na verdade todos querem usar indiscriminadamente. Álcool tb serve pra uso medicinal, mas nem por isso é benéfico pra ficar usando como recreação.

    • Jaqueline Postado em 03/Oct/2013 às 14:34

      Há relatos de pessoas que fizeram o uso medicinal e quando se curaram não quiseram deixar de usar, o uso recreativo também pode ser bom, basta saber usar. Tenho certeza que se você soubesse dos efeitos (bons!) que lhe causam e as coisas que lhe previnem, você fumaria quase todos os dias depois de chegar do trabalho, duvido que não... Mas prefere (assim como muitos) acreditar no que lhe é dito pela TV, Igreja, Governo... Continua assim, é assim mesmo que eles querem que vocês sejam...

    • Lucas Postado em 03/Oct/2013 às 16:00

      Me cita UM uso medicinal de álcool!

      • Maria de Lourdes Cardoso Postado em 04/Oct/2013 às 17:53

        Vamos para a cachaça. Com idade que tenho, vi meu não usando qualquer tipo de remédio, embora ele tivesse um manual de meopatia. No vaso dele, nunca vi tomar nada. Usava cachaça com mastrunço no caso de um pé machucado, tornozelo torcido. Usava cachaça, após se barbear. No Nordeste eu soube que tratam bronquite com cachaça, assim no inverno eu tomo um gole de café bem quente com uma colherinha de cachaça. Pode-se atear fogo na cachaça com cascas de laranja seca e gengibre e colocar no café. Nada mal!

  7. Marcos Postado em 03/Oct/2013 às 13:52

    Depois reclamam do Amarildo, quem sumiu com o Amarildo a policia ou os usuários? A violência do México quem é o responsável a policia ou os usuários americanos. Maconheiros vcs sabiam que água também cura doenças? A limpeza diária com água previne varias doenças!!!!!!!!!

    • Frank Postado em 03/Oct/2013 às 14:21

      Quanta ignorância e comentário inútil. No campo jurídico o que se discute não é LEGALIZAÇÃO e sim a DESCRIMINALIZAÇÃO. Ou é tranquilo (não digo que é impossível) um jovem (menor de 18 anos) ir a um estabelecimento comercial e comprar cerveja e cigarro? 60% da população carcerária em nosso país é por causa desse maldito "tráfico". Alcapone na década de 20, no século passado agradece por essa ignorância. Ah! não só ele, a indústria bélica, mídia, traficantes etc. agradecem por um PROBLEMA DE SAÚDE ser tratado como CRIME. Pois, alcoolismo ou tabagismo tem que ser "tratado" com cadeia? Diferente é responder pelos seus atos por usar álcool, por ex., ao volante. Vale para qualquer "droga". Não sei porque desço até os comentários. Talvez para restaurar a fé na humanidade, mas, muitas vezes inutilmente.

      • Matheus Kawasaki Postado em 03/Oct/2013 às 14:48

        Parabéns pelo comentário, Frank! Sem babação de ovo, mas sintetizou bem!

      • Marcos Postado em 03/Oct/2013 às 23:59

        E vc acha que a legalização vai acabar com o trafico de drogas huauahhuauh, a unica coisa que acaba com o trafico de drogas é o fim dos usuários, o álcool é legalizado e quantos milhões morrem por causa disso? Eu sou a favor da regulamentação se quer se entupir de bosta de vaca azar o seu porem a violência do trafico que ira permanecer devido a outras drogas velhas e novas a culpa ainda será dos usuários. A esquerda é hipócrita na essência acusam todos de malvados mas esquecem dos próprios erros.

      • Igor Postado em 09/Oct/2013 às 14:05

        Não é nem bom discutir com essas mentes doentías, fundamentalistas desembasados no assunto, Frank. Deixa esses caras discutirem sozinhos, ficam achando bonito quando um pm fica falando merda da cannabis na tv e saem reproduzindo isso na net, é triste, mas é brasil...

    • Jaqueline Postado em 03/Oct/2013 às 14:30

      Entao toma bastante água pra limpar tua cabeça tbm Marcos! Toda essa questão de violência e tráfico só acontece por causa da discriminação da maconha, se os usuarios pudessem plantar para o proprio consumo, nao dependeriam de traficante, nao haveria violencia relacionada ao trafico. E nao vem dizer que maconha é a porta de entrada pra drogas mais pesadas pq nao é! Quais sao as propagandas que voce, filhos, netos e sobrinhos vêm na TV? Propaganda de remédio, cerveja e outras bebidas e cigarro. E pq? Porque nesses produtos o governo ganha MUITA grana em cima, mas e se todos plantassem e produzem as coisas para o proprio consumo (nao me refiro somente à maconha neste caso), tu acha que o governo iria gostar? Eles querem ganhar o nosso dinheiro em tudo, vcs deveriam fumar pra abrir essa mente, isso sim, bando de alienado. Por acaso, alguma vez já visse algum documentário ou texto que não seja financiado por grandes empresas ou governo pra saber a opiniao (inclusive estudos comprovados) sobre este tema? Aposto que nao! Entao... ta na hora...

    • Luiz Neto Postado em 03/Oct/2013 às 17:37

      Não... 'Cê' é burro cara, que loucura. Como você é burro, que coisa absurda. Isso ai que você disse é tudo burrice. Burrice. Eu não, não não consigo gravar muito bem o que você falou porque você fala de uma maneira burra, entendeu?''

  8. Micca Postado em 03/Oct/2013 às 13:56

    A Maconha vai ser a planta que salvará o planeta, mas isso depende da mudança na consciencia das pessoas. Há quem diga que o uso medicinal é desculpa para os maconheiros usarem sua erva com tranquilidade. Portanto, se portam totalmente contra a descriminalização da erva e a despenalização do usuário. Isso é um erro, porque o uso medicinal da maconha é eficiênte. Faz bem para o cotidiano. Pode ser que o cheiro e o efeito não agrade todo mundo, mas dizer que essa falta de afinidade com a erva é motivo para mantê-la no comercio ilegal é dar um passo para trás. Avante! Nossa vitória não será por acidente!

  9. joao morais Postado em 03/Oct/2013 às 14:05

    Acredito sim no uso medicinal da maconha . . . absurdo o cultivo ser proibido aqui no Brasil . . . mas como aqui tudo chega com atraso . . . teremos a maconha liberada para coadjuvante no tratamento de alguma doenças daqui a alguns poucos anos . . .

  10. Jorge amando Postado em 03/Oct/2013 às 14:14

    Não adianta, povo brasileiro é muito burro Quem nunca fumo maconha não consegue ter uma opinião diferente e vomita o que sempre foi falado Isso ai, fuma bastante cigarro e toma bastante álcool que não é droga não. Maconha nunca matou Álcool mata todos os dias, quem sabe você não é a próxima vitima de algum FDP bêbado dirigindo

  11. Jaquelien Postado em 03/Oct/2013 às 15:03

    Quem não sabe dos efeitos, nunca experimentou, não deveria nem estar aqui comentando... Como é que você tem certeza de alguma coisa se nunca a fez? Me poupem, vão fumar um e depois a gente conversa. "PRECONCEITO É OPINIÃO SEM CONHECIMENTO!"

  12. Jeferson Postado em 03/Oct/2013 às 15:44

    Mais algumas informações http://desvendandobiologia.com.br/medicinal-maconha-chama-atencao/

  13. Ricardo Rangel Postado em 03/Oct/2013 às 16:26

    Parece que não adianta resistir, o melhor é começar logo a fumar maconha, talvez eu até componha uma musiquinha e fale Aêêê Valeuuuuu. Estão misturando apologia ao consumo com medicina, estudos mequetrefes e jogo de palavras, descriminalização e liberação, o que querem mesmo é fumar sem ser incomodados.

  14. Reynaldo Postado em 03/Oct/2013 às 19:50

    Blá blá blá... Em algumas pessoas com predisposição causa esquizofrenia sim e é comprovado! Em todo caso o mais indicado aos nobres companheiros dos comentários é... Aperte um baseado de boa qualidade e pronto... Fume e relaxe!

  15. Caio Postado em 03/Oct/2013 às 22:45

    Que sociedade moralista e ingênua. Tratar um efeito dopante de prazer como algo ruim, só para se passar de éticos, já que o efeito desejado é o de medicar. Claro que desejo que seja usada na medicina. Mas a maconha por si só, deveria ser liberada para uso recreativo. Eu fumo e é bom pra caralho. E isto não é apologia, isto é sinceridade! É o que esta em minha alma e paixão.

    • Marcos Postado em 04/Oct/2013 às 00:02

      Se sua alma e paixão seja lá o que for isso se resume em maconha misturada com bosta de vaca, isso me faz ter raiva do darwinismo e da evolução.

      • Jaqueline Postado em 04/Oct/2013 às 09:05

        Maconha com bosta de vaca tu só compra com cara pilantra meu amigo, pega uma bem amarelinha purinha pra ti ver hahah temos que tomar cuidado na hora da compra tbm...

  16. renato Postado em 04/Oct/2013 às 22:33

    CONHEÇA as doenças que pode ocasionar a MACONHA. Uma delas é anus frouxo, ocorre depois de uma " festa", regada a chibabo.....

  17. Isaac Postado em 09/Oct/2013 às 04:00

    O uso medicinal é o mesmo que uso recreativo? ninguém questiona os prováveis resultados medicinais da maconha, questiona-se a entorpecência indiscriminada, e os efeitos disso na família, educação, saúde, trabalho etc.

  18. Igor Postado em 09/Oct/2013 às 14:02

    Esses fundamentalistas que não possuem embasamento NENHUM sobre o assunto, da até vontade de rir, rs. Até o princípio do café é mais concentrado que o da cannabis, eaí, vamos proibir também? aah, isso não pode né, já que vocês usam, seus familiares usam, seus amigos e tudo mais...HIPÓCRITAS!

  19. priscila Postado em 26/Feb/2014 às 21:27

    desconhecimento, ignorancia, tradicionalismos... vamos proibir plantio de cafe, pacoca nao sera vendida tb: deixa as criancas muito ativas na sala de aula!!! estudar e fazer pesquisas sobre plantas na historia da humanidade, bem como seus efeitos, ninguem quer! Vamos estudar mais?? Achalogismos e opinioes sem conhecimento e facil dar!