Redação Pragmatismo
Compartilhar
Preconceito social 18/Oct/2013 às 09:51
7
Comentários

Bradesco retira pedras pontiagudas que impedia presença de mendigos

Após repercussão negativa nas mídias sociais, banco Bradesco resolveu remover as pedras pontiagudas que havia colocado para impedir a presença de moradores de rua

*dica do leitor Tiago Aranha

Pressionado, o Banco Bradesco, agência do Parque 10, em Manaus, resolveu remover as pedras pontiaguadas colocadas na parte externa da agência. A medida se destinava a impedir que o local fosse ocupado à noite e durante a manhã por mendigos.

A retirada ocorreu, segundo apurou o Portal do Holanda, após uma intervenção da direção geral do banco, que monitorava a repercussão negativa que a iniciativa acabou provocando, inclusive em alguns de seus clientes. Esta manhã alguns mendigos comemoraram a retirada das pedras e voltaram ao “velho lar”.

Como ficou após a retira das pedras

bradesco1
bradesco2

Como estava com as pedras

bradesco3
bradesco4

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 18/Oct/2013 às 10:27

    E o gerente deve ter sido transferido para Higienópolis.

  2. neto Postado em 18/Oct/2013 às 10:42

    está errado...se não é passagem de pedestres , o poder público deveria se preocupar com mendigos no local e não o banco! espero que os mendigos sejam acolhidos na varanda da casa de quem reclamou das pedras...que durmam e vivam acampados sobre o amparo de quem reclamou!

    • patricia Postado em 18/Oct/2013 às 10:46

      Mas, foi uma atitude mesquinha e egoísta. E foi isso que fez as pessoas se irritarem. Pq bancos são vistos assim, como gananciosos, mesquinhos e egoístas. E são mesmo. Todo mundo sabe "com as coisas deveriam ser", isso não impede um pouco de condescendência e generosidade, mesmo que seja algo pequeno. Isso fez toda a diferença pra esses coitados.

    • Eduardo Postado em 18/Oct/2013 às 13:24

      meu amigo não é só pelos mendigos, é pelo direito geral, até o seu de ir e vir sem obstáculos que podem colocar em risco a segurança de todos. O Banco fez certo em corrigir um atitude errada. E Governo é todos nós, quem tá á em cima está nos representando, cobremos deles diretamente, eu faço isto sempre que tenho oportunidade. Posso não ser ouvido, mas eu faço minha parte, cobro.

    • renato Postado em 18/Oct/2013 às 15:43

      Se estiver chovendo e for se abrigar aí, VOCÊ vai lá e empurra ele para fora. Se estiver fazendo muito frio, você vai lá e empurra ele para fora. Se ele insistir, você vai lá e mete a cacete nele. Chama a Policia e diz que ele estava roubando. Mas não deixe ele ficar lá. E se ele sair de lá, chame a Policia e faça ele FICAR, no abrigo, não sai do abrigo público,que lá é o lugar dele. Mande dar uma banho, corte a barba e o cabelo, e cuide das feridas. De-lhe sapato, chinelo e brega e não aquece. Na hora do almoço, ele tem que comer, se fumar de-lhe um tapa na boca. Se persistir, interne-o. E vá visita-lo, sempre.Se ele tentar sair, camisa de força. PENSE....depois vai lá e pergunte o que é liberdade para esse MANÉ. Veja se ele gosta do Brasil.

      • Thaís Postado em 21/Oct/2013 às 08:48

        Há de ser o mesmo Renato, autor do pior comentário possível em "como criar um filho gentil(...)"

  3. Danilo Postado em 21/Oct/2013 às 10:55

    Aqui no Jaçana o Banco Itau foi mais prático, retirou toda a cobertura e deixou a faixada bem perto da parede, e os mendigos foram para outro banco para se alojarem. Lembro bem de um discurso sobre a questão de mendigos na minha empresa: Fomos comer pastel em um feira justo no carro de um dos funcionários que defendeu os mendigos, mas quando achamos uma vaga (bem disputado na hora do almoço) o cara se recusou, quando perguntamos o porque ele falou que é porque tinha mendigo na frente...., vai entender né...