Redação Pragmatismo
Compartilhar
Preconceito social 08/Oct/2013 às 18:55
19
Comentários

Bradesco ocupa calçada com pedras pontiagudas para evitar mendigos

Bradesco resolve "jogar duro" com mendigos e ocupa calçada com pedras pontiagudas. Medida também prejudica trânsito de idosos, cadeirantes e pessoas com problemas de acessibilidade

bradesco pedras calçada
Bradesco coloca pedras pontiagudas em calçada (Foto: Portal Holanda)

A direção da agência Bradesco Parque 10, Conjunto Castelo Branco, zona centro sul de Manaus, tomou uma medida drástica para acabar com o “conforto” dos mendigos que se abrigavam em frente à agência durante a noite. Colocaram pedras pontiagudas em toda a extensão da calçada da agência bancária.

As pedras foram colocadas num espaçamento menor do que vinte centímetros. Ou seja, o trânsito dos clientes da agência também está prejudicado. Idosos, cadeirantes e pessoas com problemas de acessibilidade também sofrem com a medida tomada pelo Bradesco em Manaus.

Pablo, um morador de rua que dormia no local, estava triste e resumiu a situação com uma frase: “eles querem que a gente se f…”, disse o mendigo, em entrevista ao Portal do Holanda. A calçada, com sombra o dia todo, agora é privilégio das pedras e não das pessoas.

O lucro líquido do Bradesco no ano passado foi o maior já registrado na história do banco e o 4º maior do setor no país.

bradesco calçada pedras
(Foto: Portal Holanda)

Portal Holanda

Recomendados para você

Comentários

  1. renato Postado em 08/Oct/2013 às 19:00

    Depositem pedras na frente do BRADESCO....por favor, se cada um colocar uma pedra lá em um ano eles lhe devolvem uma caçamba poupem no Bradesco...não aceitamos pedras menores de dois quilos. Força aí.... Com as pedras no final do ano construiremos um abrigo para o povão. Já que o serviço de vigilancia do local o BRADESCO, perdeu............... E não pagou adicional noturno para o pessoal que cuidava do local.. Agora....cuidado com as manifestações.. Os Quebra - Bloco.

  2. ZENN BELL Postado em 08/Oct/2013 às 19:29

    E a Lei de Acessibilidade??? Eles tem o direito de atropelar a Constituição, estão acima dela???

    • Eduardo Postado em 08/Oct/2013 às 21:39

      devem ter, pois é um dos maiores financiadores de campanhas, temos que ter financiamento público para acabarmos com estes desmandos.

    • Eduardo Postado em 08/Oct/2013 às 21:42

      Tivemos um caso aqui na minha cidade que um cidadão defecou dentro da agência a noite no auto atendimento, eu achei aquilo absurdo, agora depois destas pedras passei concordar com o cidadão, não tem diferença alguma os atos, então vejamos ele fez desculpa a expressão merda dentro da agência e este gerente fez fora da agência, no final o Banco teve que limpar e vai ter que limpar de novo.

      • Consul Postado em 08/Oct/2013 às 23:31

        Infelizmente uma grande parte da população no Brasil, não sabe respeitar o patrimônio dos outros. É a entrada do imóvel dele, ninguém deve fazer o que quer, se os governantes não resolve, que deveria, essa foi a melhor alternativa para ele. Na entrada da minha casa alguns vizinhos estavam fazendo minha porta de bar, tive que fazer modificações.

  3. Thiago Teixeira Postado em 08/Oct/2013 às 19:54

    Só jogar uns trapos, maço de jornal e um colchão em cima que já era, gerente otário.

    • renato Postado em 09/Oct/2013 às 17:23

      THiago, se eu fosse mendigo faria o mesmo, pegava até uma tabua e fazia pezinho, evitava umidade.. e ficava esperando a jogada do Gerente.

  4. Fabio Gunkel Postado em 08/Oct/2013 às 20:02

    Isso se chama eugenia... Tinha um austríaco que morava na Alemanha que pregava muito isso...

  5. Daniel Coelho Postado em 08/Oct/2013 às 20:22

    É um clichê eu sei,mas o capitalismo desenfreado é isso mesmo...quanto mais rico,mais ódio aos pobres.

  6. Luís Serpe Postado em 08/Oct/2013 às 22:04

    Estão disponibilizando pedras para quebrar as vidraças do banco? Mas que ideia estúpida

  7. ed carlos Postado em 08/Oct/2013 às 23:29

    Atitude elitista e pouco altruísta!

  8. Silvio Gomes Postado em 09/Oct/2013 às 02:36

    A atitude do banco é claramente higienista e isso pode e deve ser discutido. Mas temos que ter cuidado ao repassar informações. Isso não é uma calçada. Pelo que consigo ver nas fotos o espaço em questão não é de trânsito de pessoas, é só uma área junto às vidraças, coberta de cimento pra evitar o respingo de terra do jardim. Podemos ver isso observando o que certa o calçamento. Dos dois lados maiores temos um canteiro de um lado e a vidraça do banco de outra. O lado menor (onde em uma foto aparece um homem de camisa amarela e na outra, em detalhe, um de camisa azul) também é encostado no prédio e vizinho a rampa de acesso, que como podemos ver, tem dois lances, então a entrada não é pelas pedras. O único lado que não aparece claramente é o outro lado menor, mas pela quantidade de plantas da primeira imagem, parece também ser cercado por jardim. Mesmo que não tivesse pedras e o segundo lado menor não tenha plantas, a área ligaria nada a coisa alguma, visto que não dá passagem e não serve de entrada, já que não existe portaria ali. Não é, pois, calçada, não atrapalha o trânsito de pessoas. A única atitude a discutir é o enxotamento dos mentigos. Não manipulem notícias, não façam como as instituições que vocês criticam.

  9. Danilo Souza Postado em 09/Oct/2013 às 06:10

    Eu não pagaria minhas contas nem faria saques sabendo que tem mendigos morando em frente a porta do bando, alguns deles são ladrões. Acredito que isso trás insegurança para quem usa os serviços do banco.

  10. Alejandra Postado em 09/Oct/2013 às 08:51

    Sim, é horrível. Mas, não, o Bradesco não é o grande vilão, não sejamos hipócritas. Quem de vocês se sentiria confortável de entrar num caixa eletrônico de noite ou sozinhos tendo um mendigo dormindo do lado? Respondo que ao menos uns 80% ficariam receosos. É uma realidade terrível, que mostra como é cruel a desigualdade social do nosso país. Mas não podemos fingir que nós olhamos pra cada mendigo que encontramos na rua com toda a humanidade que deveria ser-lhe própria. Ignoramos à toda hora essa pobreza para seguirmos as nossas vidas. O Bradesco apenas agiu de acordo com como agem os seus clientes.

  11. Geovane Postado em 09/Oct/2013 às 09:41

    Danilo e Alejandra, sinceramente nunca vi, fui ou tive amigos assaltados por mendingos. Já pelos bancos sou assaltado todos os dias com taxas, juros, cobranças indevidas, etc, etc, etc..... E não adianta dizer: "então não usa banco..." porque somos obrigados, se não tiver conta não recebo meu salário. Além do mais, mesmo se tratando de um imóvel particular existem leis, regras que resguardam o interesse público. Esse povo idiota tem que perder essa mania de achar que só porque é a propriedade do cara pode fazer o que quiser, não é assim que funciona!!! E outra coisa, adoro ver os mendigos na rua. Explico: enquanto os vejo não me permito esquecer que existem abismos sociais entre uma classe e outra. Temos que resolver o problema, e não apenas afastá-lo dos nossos olhos, como fazemos com o lixo.

  12. Alejandra Postado em 09/Oct/2013 às 15:03

    Sim, Geovane, não disse que é certo, que é bom, que é ok. Disse que o Bradesco faz de acordo com o que faz a grandessíssima maior parte da população, que é não ajudar, não querer conviver intimamente com mendigos e, em algum grau, ter medo deles. Se tu não tem medo de ser assaltado por um mendigo, bom pra ti. A maioria teria receio de tirar dinheiro no caixa, sim. O banco precisa que seus clientes possam sacar e reage ao que querem os seus clientes. Aquela parte é uma parte pertencente ao banco (não é a calçada), não atrapalha o fluxo de pessoas, não privatiza nenhuma parte pública, mas impede que se alojem moradores de rua do lado de suas portas. É ruim? É. Mas não é mais ruim do que a nossa conduta diária com moradores de rua. Ou tu paras pra tentar ajudar cada vez que vê um? O problemático é vilanizar o Bradesco como se fizéssemos muito diferente, como se fôssemos achar tranquilo sacar dinheiro com um mendigo na frente.

  13. Alejandra Postado em 09/Oct/2013 às 15:04

    E eu não, não adoro ver os mendigos na rua. Me sinto mal de viver num país assim, com esse tipo de abismo de pobreza, mas também não doo todas as minhas coisas para tentar corrigir isso.

  14. Alejandra Postado em 09/Oct/2013 às 15:06

    Ah, e duvido que o Bradesco tenha descumprido alguma 'regra que tutela interesse público" ao colocar pedras no seu jardim.

  15. Adalberto Postado em 10/Oct/2013 às 17:48

    No di aque um clente deles levar um topada, quebrar um simples e entrar na justiça e cobrar alguns milhares de reais, logo as pedras serão retiradas.