Redação Pragmatismo
Compartilhar
Religião 24/Sep/2013 às 16:15
14
Comentários

Leonardo Boff: O cristianismo em poucas palavras

"Jesus não começou anunciando a si mesmo ou à Igreja. Anunciou o Reino de Deus, que significa o sonho de uma revolução absoluta"

leonardo boff cristianismo
Leonardo Boff

Por Leonardo Boff

Não são poucos, cristãos ou não, os que perguntam: o que o cristianismo pretende? Cristo, de onde vem “cristianismo”, o que pretendeu quando passou entre nós, há mais de dois mil anos?

A resposta deve, por um momento, esquecer todo o aparato doutrinário criado ao longo da história e ir diretamente ao essencial. E esse essencial deve ser expressado de forma que pessoas simples possam entendê-lo.

Jesus não começou anunciando a si mesmo ou à Igreja. Anunciou o Reino de Deus, que significa o sonho de uma revolução absoluta, que se propõe transformar todas as relações que se encontram deturpadas, no pessoal, no social, no cósmico e, especialmente, com referência a Deus. Esse reino começa quando as pessoas aderem a esse anúncio esperançador e assumem a ética do Reino: o amor incondicional, a misericórdia, a fraternidade sem fronteiras, a aceitação humilde de Deus vivido como Pai de infinita bondade.

Leia também

Além de proclamar o Reino de Deus, qual é a intenção original de Jesus? Os apóstolos fizeram essa pergunta diretamente a Jesus, usando um rodeio linguístico típico daquele tempo: “Senhor, ensina-nos a rezar” (Lucas 11,1). Isso é o mesmo que pedir: “Dá-nos um resume de tua mensagem; qual é a tua proposta?” Jesus responde com o Pai Nosso. É a ipsissima vox Jesu: a palavra que, sem dúvida, saiu da boca do Jesus histórico.

Nessa oração está o mínimo do mínimo da mensagem de Jesus: Deus-Abba e seu reino, o ser humano e suas necessidades. Mais resumidamente: trata-se do Pai nosso e do pão nosso no arco do sonho do Reino de Deus. Aqui, encontram-se os dois movimentos: um rumo ao céu, e aí encontra a Deus como Abba, Pai nosso querido e seu projeto de resgate de toda a criação (o Reino); outro rumo à terra; e aí encontra o pão nosso sem o qual não podemos viver. Observe-se que não se diz “meu Pai”, mas “Pai nosso”; nem “meu pão”, mas “pão nosso de cada dia”.

Somente podemos dizer amém se unimos os dois polos: o Pai com o pão. O cristianismo se realiza nessa dialética: anunciar um Deus bom porque é Pai querido que tem um projeto de total libertação e, ao mesmo tempo, e à luz dessa experiência, construir coletivamente o pão como meio de vida para todos.

Conhecemos a tragédia que aconteceu com Jesus. O Reino foi rechaçado e seu anunciador executado na cruz. Porém, Deus tomou partido por Jesus: o ressuscitou. A ressurreição não é a reanimação de um cadáver; mas, a emergência do “novo Adão” (I Coríntios 15,45). A ressurreição é a realização do sonho do Reino na pessoa de Jesus como antecipação do que vai acontecer com todos e com o universo inteiro.

A execução de Jesus e sua ressurreição abriram um espaço para que surgissem o movimento de Jesus, as primeiras comunidades em âmbito familiar e local e, por fim, a Igreja como comunidade de fieis e comunidade de comunidades.

“Cristianismo. O mínimo do mínimo” recolhe o que significou o cristianismo na história, em seus momentos de sombras e de luzes, até chegar ao dia de hoje, com o desafio de encontrar seu lugar no processo de mundialização da humanidade. Esta descobre-se vivendo em uma única Casa Comum, o planeta Terra, agora gravemente ameaçado por uma crise ecológica generalizada, que pode pôr em risco o futuro de nossa civilização, e, inclusive, a sobrevivência da espécie humana.

O cristianismo pode contribuir com elementos salvadores porque Deus, segundo as Escrituras judaico-cristãs, é “o soberano amante da vida” (Sabedoria 11,24) e não permitirá que a vida e o mundo, assumidos pelo Verbo, desapareçam da história.

*Leonardo Boff é teólogo e filósofo

Recomendados para você

Comentários

  1. renato Postado em 24/Sep/2013 às 17:08

    Verbo, damos graças que podemos ler estas palavras, como a do Cristo. Pela ação amorosa, piedosa e solidaria de todo ser para com o outro. Belas palavras como sempre Sr. Boff.

  2. Josimar Postado em 24/Sep/2013 às 22:39

    Isso se você acreditar que ele realmente existiu.

    • poisé Postado em 25/Sep/2013 às 18:10

      vcs ateus são fodas, é claro q o texto não é pra vc, mas a parte mesquinha de vossa natureza não se aguenta não é mesmo?

  3. Pedro Henrique de Abreu Postado em 24/Sep/2013 às 22:54

    Mas oi? É um texto tão cheio de contorcionismos retóricos que me pergunto como Boff consegue ser tão claro e lúcido em suas críticas sociais.

  4. Marcos Abraxas Postado em 24/Sep/2013 às 23:22

    O QUE é o essencial aqui? SE NÃO se está abrindo mão do dogma imbecil da "Queda do Homem" (i.e., o """fato""" de que um casal de imbecis desencadeou TODA a desgraça, miséria, mortalidade universal, degradação generalizada da Matéria, predação [ a encantadora ideia divina de só sustentar a vida com a morte de outros seres vivos] etc.), então, mantendo-se este DOGMA, só se pode chegar novamente a estrutura da ICAR TAL E QUAL é e tem sido há 1700 anos (isto é, desde Constantino...)

  5. Ricardo Postado em 25/Sep/2013 às 02:10

    Ultimamente o Cristianismo está sendo uma falácia, nas mãos de muitos. Está sendo mais um instrumento opressor, um mecanismo de enriquecimento ilícito, uma barganha de influências por poder, alimentador de esperanças consumista, para enaltecer o ego capitalista, um investimento onde a bondade em servir as pessoas, em suas necessidades, é uma ostentação e um retorno de Deus em espécie.($), e por fim, um Marketing pessoal, estampado em camisetas "eu sou cristão", nas tatuagens, nos sites de relacionamentos. nos estabelecimentos comerciais. Ia esquecendo usando frases como deus de ilumine, vai com deus e deus tenha piedade de ti, no sentido de expressar "piedade" que na real serve mais como uma substituição dos palavrões quando dizemos em momentos de raiva. E observando a situação antes de Cristo e Depois de cristo, tudo continua do mesmo jeito como se Não tivessem escutado o sermão da montanha. O carrasco mudou de nome, mas usa os mesmos instrumentos pra torturar.

  6. Lázaro Antonio Postado em 25/Sep/2013 às 03:29

    Lê-se em Lucas, Capítulo 17: 20E, interrogado pelos fariseus sobre quando havia de vir o reino de Deus, respondeu-lhes, e disse: O reino de Deus não vem com aparência exterior. 21Nem dirão: Ei-lo aqui, ou: Ei-lo ali; porque eis que o reino de Deus está entre vós. 22E disse aos discípulos: Dias virão em que desejareis ver um dos dias do Filho do homem, e não o vereis. 23E dir-vos-ão: Ei-lo aqui, ou: Ei-lo ali. Não vades, nem os sigais; 24Porque, como o relâmpago ilumina desde uma extremidade inferior do céu até à outra extremidade, assim será também o Filho do homem no seu dia. 25Mas primeiro convém que ele padeça muito, e seja reprovado por esta geração. 26E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do homem. 27Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos. 28Como também da mesma maneira aconteceu nos dias de Ló: Comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; 29Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma choveu do céu fogo e enxofre, e os consumiu a todos. 30Assim será no dia em que o Filho do homem se há de manifestar. 31Naquele dia, quem estiver no telhado, tendo as suas alfaias em casa, não desça a tomá-las; e, da mesma sorte, o que estiver no campo não volte para trás. 32Lembrai-vos da mulher de Ló. 33Qualquer que procurar salvar a sua vida, perdê-la-á, e qualquer que a perder, salvá-la-á. 34Digo-vos que naquela noite estarão dois numa cama; um será tomado, e outro será deixado. 35Duas estarão juntas, moendo; uma será tomada, e outra será deixada. 36Dois estarão no campo; um será tomado, e o outro será deixado. 37E, respondendo, disseram-lhe: Onde, Senhor? E ele lhes disse: Onde estiver o corpo, aí se ajuntarão as águias. Em algumas traduções consta: "21Nem dirão: Ei-lo aqui, ou: Ei-lo ali; porque que o Reino de Deus está dentro vós." _________________________________________________

  7. Rohger Castilhos Postado em 25/Sep/2013 às 07:47

    Assim falou Zaratustra!

  8. Famado Postado em 25/Sep/2013 às 08:53

    Que liga?

  9. Claudio Postado em 25/Sep/2013 às 08:57

    Deus morreu, matou-o a piedade que tinha pelos homens. Se é teologia, não pode ser de libertação.

  10. rich Postado em 27/Sep/2013 às 21:55

    Gálatas 1 . 8

  11. Arnaldo Ribeiro ou Israel Postado em 16/Jan/2015 às 15:12

    D I V I N A C O N V O C A Ç Ã O (MC.12.10) AINDA NAO LESTES ESTA ESCRITURA:(SL.108.7) DISSE DEUS NA SUA SANTIDADE: (ÊX.4.22) ISRAEL É MEU FILHO, MEU PRIMOGÊNITO; (IS.49.3) POR QUEM HEI DE SER GLORIFICADO: (IS.30.12) PELO QUE ASSIM DIZ O SANTO DE ISRAEL: Todo Cristão desperto deve ingressar no ciclo da Nova Ordem Mundial, que chega com a criação do Reino de Deus na terra: (MT.25.34) VINDE, BENDITOS DE MEU PAI! ENTRAI NA POSSE DO REINO QUE VOS ESTÁ PREPARADO DESDE A FUNDAÇÃO DO MUNDO: (JB.6.27) TRABALHAI, NÃO PELA COMIDA QUE PERECE, MAS PELA QUE SUBSISTE PARA A VIDA ETERNA, A QUAL O FILHO DO HOMEM VOS DARÁ; PORQUE DEUS, O PAI, O CONFIRMOU COM O SEU AMOR: (IS.42.21) FOI DO AGRADO DO SENHOR, POR AMOR DA SUA PRÓPRIA JUSTIÇA, ENGRANDECER A LEI E FAZE-LA GLORIOSA; (LC.12.32) PORQUE O VOSSO PAI SE AGRADOU EM DAR-VOS O SEU REINO; (1CO.15.45) POIS ASSIM ESTÁ ESCRITO: (JB.14.17) O ESPIRITO DA VERDADE, QUE O MUNDO NÃO PODE RECEBER, PORQUE NAO NO VÊ, NEM O CONHECE; VÓS O CONHECEIS, PORQUE ELE HABITA CONVOSVO E ESTARÁ EM VÓS; (PV.1.4) PARA DAR AOS SIMPLES PRUDÊNCIA, E AOS JOVENS CONHECIMENTO E BOM SISO; (1PE.4.17) PORQUE A OCASIÃO DE COMEÇAR O JUIZO PELA CASA DE DEUS É CHEGADA: (RM.13.11) E DIGO ISTO A Vós OUTROS QUE CONHECEIS O TEMPO, QUE JÁ É HORA DE VOS DESPERTARDES DO SONO; (2PE.3.4) PORQUE, DESDE QUE OS PAIS DORMIRAM, TODAS AS COUSAS PERMANECIAM COMO DESDE O PRINCIPIO DA CRIAÇÃO: (HB.5.11) A ESSE RESPEITO TEMOS MUITAS COUSAS QUE DIZER E DIFICIL DE EXPLICAR; PORQUANTO VÓS TENDES TORNADO TARDIOS EM OUVIR: (LC.16.9) E EU VOS RECOMENDO: Estudai e praticai os fundamentos cristãos, que temos divulgado através da internet, em particular no blog de Arnaldo Ribeiro ou Israel e no Site: arnaldoouisrael: (TB.5.21) FAZEI BOA JORNADA, E DEUS SEJA CONVOSCO NO VOSSO CAMINHO, E O SEU ANJO VÁ EM VOSSA COMPANHIA:

  12. Arnaldo Ribeiro ou Israel Postado em 27/Feb/2015 às 16:41

    DEUS É AMOR: E É O EXERCÍCIO DESTE AMOR PRÓPRIO QUE PROVA A SUA EXISTÊNCIA: (JR.5.21) Ouvi agora isto, ó povo insensato que tendes olhos e não vedes, tendes ouvidos e não ouvis; (1TS.4.3) pois esta é a vontade de Deus: A vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; (LS.1.12/13) porque Deus não fez a morte, nem se alegra na perdição dos vivos: Não queirais buscar ansiosos a morte, no descaminho da vossa vida, nem adquirais a perdição com as obras das vossas mãos: (HC.2.19) Ai daquele que diz ao pau: Acorda! E à pedra muda: Desperta! Pode o ídolo ensinar? Eis que está coberto de ouro e de prata, mas no seu interior não há fôlego nenhum: (AT.3.15) Dessarte, matastes o Autor da Vida, a quem Deus ressuscitou dentre os mortos, do que nós somos testemunhas: (JB.7.48) Porventura creu Nele alguém dentre as autoridades, ou algum dos fariseus? (RM.3.3) E daí? Se alguns não creram, a incredulidade deles virá desfazer a fidelidade de Deus? (JB.3.23) Ora, o seu mandamento é este: (MC.12.33) Amar a Deus de todo o coração, de todo o entendimento e de toda a força, e amar ao próximo como a si mesmo: (JB.4.23) Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores: (LS.19.23) E há quem fala francamente e não diz senão a verdade, (RM.4.3) pois que diz a escritura? (JB.4.24)Deus é Espírito;e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade, (RM.1.20) porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade; claramente se reconhecem desde o principio do mundo, sendo reconhecidos pelas cousas que foram criadas: (HB.11.1) Ora, a fé é a certeza de cousas que se esperam, a convicção de fatos que não se vêem: ((SL.100.3) Sabei que o Senhor é Deus, foi Ele quem nos fez e Dele somos; somos o seu povo e o rebanho do seu pastoreio: (CL.3.23/24) Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como sendo para o Senhor, e não para homens; cientes de que recebereis do Senhor a recompensa da herança: A Cristo, o Senhor, é que estais servindo; (DT.1.38) porque Ele fará com que Israel a receba: (SL.32.11) Alegrai-vos no Senhor e regozijai-vos, ó Justos, exultai-vos, todos que sois retos de coração; (1TS.3.8) porque agora vivemos, se é que estais firmes no Senhor: (1cO.15.38) Portanto, amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e abundantes na Obra do Senhor, Sabendo que no Senhor o vosso trabalho não é vão: (AP..21.8) Quanto, porém, aos covardes, aos incrédulos, aos abomináveis, aos assassinos, aos impuros, aos feiticeiros, aos idolatras, e a todos os mentirosos; a parte que lhes cabe será no lago que arde com fogo e enxofre, a saber; a segunda morte: (LE.12.13) De tudo o que se tem ouvido a suma é: Temei a Deus e guardai os seus mandamentos;porque isto é dever de todo Homem: (JR.21.8) Eis que ponho diante de vós o caminho da vida e o caminho da morte: (JB.14.6) Eu sou o caminho a verdade e a vida: (LV.19.4) Não vos virareis para os ídolos, nem vos fareis deuses de fundição: Eu sou o Senhor Vosso Deus: (IS.41.4) Quem fêz e executou tudo isto?(DT.27.26) Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, não as cumprindo: (IS.46.8) Lembrai-vos disto e tende ânimo, ó prevaricadores; (LS.14.12) porque o culto aos ídolos é o princípio da corrupção da vida: (AT.3.17) Agora, Irmãos, Eu sei que o fizestes por ignorância, como também as vossas autoridades; (IS.9.16) porque os Guias deste povo são enganadores, e os que Por eles são dirigidos, são devorados:(TG.121) Portanto, despojando-vos de toda impureza e acumulo de maldade; acolhei, com mansidão, a palavra em vós implantada, a qual é poderosa para salvar a vossa alma: PAUSA PARA UM ALERTA GERAL: (AP.2.12) ESTAS COUSAS DIZ AQUELE QUE TEM A FACA AFIADA DE DOIS GUMES: O mundo já viu e já sabe que: (JZ.6.8) EU É QUE VOS FIZ SUBIR DO EGITO E VOS TIREI DA CASA DA SERVIDÃO, (SL.33.19) PARA LIVRAR-LHES A ALMA DA MORTE, E, NO TEMPO DA FOME, PRESERVAR-LES A VIDA: Agora, porém, cumpre-me alertar à todos os povos que: (1JB.3.10) NISTO SÃO MANIFESTOS OS FILHOS DE DEUS E OS FILHOS DO DIABO: Caso os manipuladores da mídia mundial à partir do Brasil; persistam em ignorar a Augusta Presença de Deus entre nós, em esconder e boicotar a Santa Obra da criação do seu reino na terra; eis que, simplesmente, EU ME CALAREI! (PV.1.31) PORTANTO, cOMERÃO DO FRUTO DO SEU PROCEDIMENTO, E DOS SEUS PRÓPRIOS CONSELHOS SE FARTARÃO: (MT.23.13) AI DE VÓS, ESCRIBAS E FARISEUS HIPÓCRITAS, PORQUE FECHAIS O REINO DOS CÉUS DIANTE DOS HOMENS, POIS VÓS MESMOS NÃO ENTRAIS, NEM DEIXAIS ENTRAR OS QUE ESTÃO ENTRANDO! (MT.23.33) SERPENTES, RAÇA DE VÍBORAS! COMO ESCAPAREIS DA CONDENAÇÃO DO INFERNO? (ÊX.16.28) ATÉ QUANDO RECUSAREIS GUARDAR OS MEUS MANDAMENTOS E AS MINHAS LEIS? (EZ.18.4) EIS QUE TODAS AS ALMAS SÃO MINHAS, COMO A ALMA DO PAI, TAMBÉM A ALMA DO FILHO É MINHA; A ALMA QUE PECAR, ESSA MORRERÁ! (MT.20.15) PORVENTURA, NÃO ME É LICITO FAZER O QUE QUERO COM O QIE É MEU? (LC.21.19) È NA VOSSA PERSEVERANÇA QUE GANHAREIS A VOSSA ALMA! Arnaldo ou Israel

  13. Arnaldo Ribeiro ou Israel Postado em 12/Aug/2016 às 17:25

    LIBERDADE PARA AGIR VIVA JESUS! Boa-noite! queridos irmãos. “O homem tem livre-arbítrio nos seus atos? – Pois se tem a liberdade de pensar, tem a de agir. Sem o livre-arbítrio o homem seria uma máquina.” (Questão 843, de “O Livro dos Espíritos”- Allan Kardec.) Podendo contar com a liberdade para pensar e agir, a criatura humana tem plenas condições de escolher seus caminhos, tomar suas decisões e direcionar seus passos em busca da perfeição, trilhando com independência, embora absorvendo os benefícios do relacionamento social. E essa autonomia é que permite a cada um de nós escolher se desejamos mais trabalho ou mais sofrimentos, pois que é da Lei Natural que colhamos os reflexos daquilo que fazemos, e, obviamente, se sondarmos nossas atitudes presentes, logo haveremos de concluir como foi o nosso comportamento no passado, em outras existências. Como tudo nos leva a crer que ontem erramos mais do que acertamos, pela lei de causa e efeito, por justiça, hoje temos a obrigação de reparar, para com as sábias leis de Deus, os danos causados. Isso podemos fazer de duas formas: sofrendo ou trabalhando. Quem trabalha mais sofre menos ou vice-versa. Um homem desde muito jovem, com frequência, tinha a impressão de que ficaria cego. Algo na intimidade lhe afirmava que num dado momento ficaria sem a visão. Isso o atormentava muito. Os anos foram passando e a tal impressão perdurava. Tomando conhecimento de que próximo à sua casa uma menina havia perdido os pais, se propôs a adotá-la, diminuindo assim seu infortúnio. Educou-a sob suas diretrizes morais e religiosas. A jovem cresceu, mas infelizmente não aceitou as orientações que recebera daquele generoso senhor. O tempo inexorável seguia seu curso e a ideia de que ficaria cego insistia em fazê-lo temeroso, mas continuava determinado, ajudando aquela jovem que se preparava para o casamento. Casada, viu nascer o primeiro filho. Separou-se do primeiro marido, do segundo, do terceiro... Foram cinco casamentos, tendo um filho em cada relacionamento. E, ante seu comportamento leviano e inconsequente, acabou assassinada, ficando para o prestativo senhor, cinco “pequenos” para criar. A impressão da cegueira iminente continuava firme. Será que ficaria mesmo cego? As crianças cresceram, estudaram, formaram seus lares... e o homem generoso conheceu a velhice, mas a ideia de que ficaria cego não desapareceu. A morte roubou-lhe o corpo físico, voltando para a Pátria Espiritual. Logo que lá chegou perguntou ao Benfeitor, que o acolhera, qual a razão de carregar durante a vida toda a impressão de que ficaria cego, recebendo a seguinte informação: deveria mesmo, como consequência de erros de vidas passadas, adquirir a cegueira, mas, como se prestou a socorrer a menina órfã, não poderia privar-se da visão, pois teria que trabalhar para sustentá-la, e, posteriormente, laborar para cuidar das cinco crianças, e o tempo foi passando, tendo necessidades dos olhos bem abertos. A existência terrena chegou ao fim, tendo substituído o sofrimento pelo trabalho. Caso não se prestasse a socorrer a dor alheia, teria a dor em si mesmo, devido a faltas cometidas em outras encarnações, mas, como tinha liberdade para escolher, escolheu o trabalho em favor do próximo, afastando assim um sofrimento maior. Usou o livre-arbítrio, acertadamente. Todos temos a mesma prerrogativa: a liberdade de escolher qual caminho seguir, se preferimos mais sofrimentos ou mais trabalho. A decisão, obviamente, é totalmente nossa. Amparando a criança necessitada, socorrendo uma mãe em desespero ante a fome dos filhinhos, ajudando um doente abandonado e sem recursos, trabalhando pela paz entre os homens..., enfim, servindo ao próximo, a dor que por ventura viria nos atormentar toma outra direção. Waldenir Aparecido Cuin Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/accao-do-dia/liberdade-para-agir/#ixzz4H3MlJGDx À propósito, eis o que extraímos da seguinte Parábola Bíblica: (JÓ.20.17) NÃO SE DELICIARÁ COM A VISTA DOS RIBEIROS, E DOS RIOS TRANSBORDANTES DE MEL E DE LEITE? (AR.(AR.69.3) (Recomposição das 69 letras e 3 sinais acima): E NESSA LEI DE ARNALDO RIBEIRO, OS CRISTÃOS TEEM LIBERDADE EM CRISTO E VIDA DE SANTOS? (IL.69.3) “LIBERTAS QUAE SERA TAM