Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Ditadura Militar 23/Aug/2013 às 15:20
31
Comentários

Saudosos da ditadura vão às ruas no 7 de setembro

Quem são os organizadores de um protesto que sugere o golpe no feriado do dia 7 de setembro?

As manifestações de junho começaram com a defesa do transporte público gratuito e de qualidade por militantes do Movimento Passe Livre (MPL), mas depois tomaram rumos novos e uma proporção inesperada. Aglutinados pelas redes sociais, milhares de jovens foram às ruas contra “tudo isso que está aí”, sobretudo os partidos políticos. Nas mesmas redes sociais há quem tente articular outra explosão de protestos, agora no Dia da Independência. Não se sabe se o plano vai funcionar, mas uma coisa é certa: ao contrário dos acontecimentos de junho, o movimento nada tem de apartidário.

bolsonaro ditadura 7 setembro

Organizadores da “Operação Sete de Setembro” idolatram Jair Bolsonaro (Divulgação)

O alvo da “Operação Sete de Setembro” é a presidenta Dilma. O caráter político-ideológico da “operação” fica claro quando se identificam alguns de seus fomentadores pela internet. Entre os mais ativos consta uma ONG simpatizante de uma conhecida família de extrema-direita do Rio de Janeiro, os Bolsonaro. E um personagem ligado ao presidente da Assembleia Legislativa e do PSDB paranaenses, Valdir Rossoni.

É uma patota e tanto. Envolvidos em algumas denúncias de corrupção, não surpreenderia se eles mesmos virassem alvo de protestos.

A ONG em questão é a Brazil No Corrupt-Mãos Limpas, sediada no Rio. Seus principais integrantes são dois bacharéis em Direito, Ricardo Pinto da Fonseca e seu filho, Fábio Pinto da Fonseca. Há cinco eles brigam nos tribunais contra a OAB na tentativa de acabar com a exigência de uma prova para obter o registro de advogado. Os dois foram reprovados no exame da OAB. Em sua página na internet e no Twitter, a ONG promove a “Operação Sete de Setembro” e a campanha Eu Não Voto em Dilma: Eleição 2014, Brasil sem PT.

Leia também

Um dos principais parceiros da entidade nas redes sociais é o deputado estadual fluminense Flávio Bolsonaro, do PP. Pelo Twitter, ele compartilha informações, opiniões e iniciativas da ONG. A dobradinha extrapola o mundo virtual. Bolsonaro comanda na Assembleia do Rio uma frente para acabar com a prova da OAB. Em Brasília, a ONG conseguiu um neoaliado, o líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, que encampou a idéia de extinguir o exame.

Filho do deputado federal Jair Bolsonaro, Flávio tem as mesmas posições do pai, célebre representante da extrema-direita nacional. Os Bolsonaro são contra o casamento gay, as cotas raciais nas universidades e os índios. Defendem a pena de morte e a tortura. Chamam Dilma de “terrorista” por ter ela enfrentado a ditadura da qual eles sentem saudade.

“Naquele tempo havia segurança, saúde, educação de qualidade, havia respeito. Hoje em dia, a pessoa só tem o direito de quê? De votar. E ainda vota mal”, declarou o Bolsonaro mais jovem não faz muito tempo.

A ONG adota posturas parecidas com aquela dos parlamentares. Em sua página na internet, um vídeo batiza de “comissão da veadagem” alguns dos críticos da indicação do pastor Marco Feliciano para o comando da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Divulga ainda um vídeo de teor racista contra nordestinos, no qual o potencial candidato do PT ao governo do Rio, o senador Lindbergh Farias, nascido na Paraíba, é chamado de… “paraibano”.

A agressividade no trato com os semelhantes custou aos Fonseca uma denúncia à Justiça elaborada pelo Ministério Público Federal no ano passado. Pai e filho foram acusados de caluniar o juiz federal Fabio Tenenblat. Em 2009 e 2010, ambos entraram na Justiça com duas ações populares contra o exame da OAB e o então presidente da entidade no Rio, Wadih Damous.

A segunda ação parou nas mãos de Tenenblat, que a arquivou em julho de 2011. Na sentença, o juiz acusa os autores de “litigância de má-fé”, pelo fato de manterem outra ação semelhante. “O dolo, a deslealdade processual e a tentativa de ludibriar o Poder Judiciário são evidentes”, anotou.

Na apelação levada ao juiz para tentar reabrir o prazo, os Fonseca e seu advogado, José Felicio Gonçalves e Souza, acusaram Tenenblat de favorecer a OAB “por tráfico de influência ou por desconhecimento”, o que “demonstra claramente sua parcialidade e má-fé como magistrado”.

Em maio de 2012, os três foram denunciados pela procuradora Ana Paula Ribeiro Rodrigues por crime contra a honra. Em novembro, um acordo suspendeu o processo por dois anos. Os acusados foram obrigados a se retratar publicamente, a se apresentar à Justiça de tempos em tempos e a pedir autorização sempre que pretenderem deixar o Rio por mais de 30 dias. Também levaram uma multa. Se descumprirem o acordo, o processo será retomado.

Ari Cristiano Nogueira, outro ativo incentivador nas redes sociais da “Operação Sete de Setembro”, também está na mira do Ministério Público. Morador de Curitiba, é investigado por promotores estaduais por supostamente ser funcionário fantasma do gabinete do deputado Rossoni. Nogueira é um ativo militante na internet sob o pseudônimo Ary Kara.

Por meio do Twitter, foi o primeiro a circular, em meados de julho, a notícia de que Dilma teria recebido na eleição de 2010 uma doação de 510 reais de uma ex-beneficiária do Bolsa Família, chamado por ele de “bolsa preguiça”. Dias depois, a doação, registrada na prestação de contas de Dilma entregue à Justiça eleitoral, virou notícia nos meios de comunicação.

O Ministério doDesenvolvimento Social acionou a doadora, Sebastiana da Mata, para saber se a contribuição era dela mesmo. Ela negou.

Por Twitter e Facebook Nogueira é um dos difusores da convocação para o “maior protesto da história do Brasil”, em 7 de setembro. Sua página no Twitter é ilustrada com o dizer “Partido Anti-Petralha”, forma depreciativa de se referir aos militantes petistas bastante difundida na rede de computadores. No orkut, define-se como “conservador de direita”e manifesta preferência pelo PSDB.

Até junho de 2012, era assessor do presidente do partido no Paraná, como contratado na Assembléia. Deixou o gabinete para trabalhar na campanha à reeleição do então prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, que concluía o mandato herdado em 2010 do atual governador do Paraná, o tucano Beto Richa.

Em 2010, uma série de denúncias levou o MP estadual a abrir um inquérito para apurar uma lista com mais de mil supostos funcionários fantasmas na Assembleia. Nogueira a integrava. Desde então, alguns suspeitos foram denunciados e julgados.

O caso de “Ary Kara” segue em aberto. O promotor Rodrigo Chemim aguarda uma autorização judicial para quebrar o sigilo bancário do investigado. Espera ainda por respostas de empresas de segurança onde Nogueira teria trabalhado, enquanto deveria dar expediente no Parlamento estadual.

Rossoni, antigo patrão de Nogueira, foi investigado pelo Ministério Público por uso de caixa 2 na eleição de 2010, pois parte dos gastos de sua campanha não estava comprovada. Ao julgar o caso em agosto do ano seguinte, o Tribunal Regional Eleitoral reconheceu a existência de despesas de pagamento sem a devida comprovação, mas os valores foram considerados baixos e o deputado acabou absolvido por 4 votos a 2.

Reeleito à presidência da Assembleia, o tucano foi recentemente acusado de receber benefícios de empresas donas de contratos de rodovias privatizadas no Paraná. Durante mais de dois anos, o parlamentar conseguiu barrar a criação de uma CPI do Pedágio no estado. Perdeu, porém, a guerra. A CPI foi instalada no mês passado.

André Barrocal, CartaCapital

Recomendados para você

Comentários

  1. Anon Postado em 23/Aug/2013 às 16:52

    É desse evento que vocês estão falando? https://www.facebook.com/events/601096219921653/ Não vejo nada de errado nele, nós protestamos e não mudou muita coisa, temos mais é que nos organizar e tomar as ruas de novo. Quanto a pauta, ela ainda nem foi postada na página do evento então não posso dizer se apoio ou não, mas tenho certeza de que um golpe militar e ataques contra a Dilma não são do interesse da população. Me parece que esse site está tentando descaracterizar a manifestação antes mesmo de ela começar.

  2. PCS Postado em 23/Aug/2013 às 17:07

    Tá cheio de golpista, desde a grande mídia até no Ministério Público e no Supremo.Porém o que parece bom, até agora, é que as forças militares demonstram terem se vacinado contra esse mal. Somente o restolho inativo dos golpistas de 64 e saudosistas civis são quem buscam chifres em cabeça de cavalo, para se agarrarem a eles.

  3. Maurom Postado em 23/Aug/2013 às 17:16

    Saudosos da ditadura? acho que retardados seria a palavra mais específica!

  4. Reginaldo Postado em 23/Aug/2013 às 17:33

    Isto tem nome: RESSENTIMENTO!! Não demos ouvidos!

  5. GEOCI Postado em 23/Aug/2013 às 17:36

    VEJA,O TIPO DE GENTE,QUE DESEJAM ESSE TIPO DE MOVIEMNTO...TODO CUIDADO É POUCO,PODE VIRAR UMA PRAÇA DE GUERRA.NAO SAIAM DE CASA...APENAS USEM O TITULO BEM USADO....

  6. Cássio Postado em 23/Aug/2013 às 17:42

    Concordo com o Anon, acima!

  7. Vinicius Postado em 23/Aug/2013 às 17:53

    Perfeito comentário Anon. Gosto muito do Pragmatismo Político, mas sem essa de querer blindar a Dilma, pelo amor. Não que ela seja a culpada de tudo e que um impeachment seria bom para o Brasil, longe disso na verdade, mas ela tem suas responsabilidades SIM e dever sofrer a pressão popular junto com Alckmin, Cabral, Serra, Hadad, etc. Abraços

  8. renato Postado em 23/Aug/2013 às 17:55

    Vai ser antes ou depois do Desfile, se for antes, não vou levar as crianças para ver os soldados, as escolas, as motos, a banda, os cavalos, o CTG com seus cavalos são sempre os ultimos...aquilo vai ficando cheio de bosta de cavalo, algodão doce, casquinha pipoca, picolé. Mas se for ter manifestação, não vou deixar nem o maior ir desfilar...é um perigo... Eu acho até que se a policia souber, não vai haver desfile. E se não houver desfile, acho que não vou deixar as crianças ir treinar a marchar. E também nem vão ao ato civil. que a escola ia fazer. Eu acho que não vão nem ficar na praça depois conversando, com acontece aqui. Bom já decidi não vou.. Vou para o campo, o que? Não vão deixar nos passar no asfalto.Barricada.

  9. Fátima de Assis Postado em 23/Aug/2013 às 19:51

    Ainda ha muito resíduo da ditadura, vamos abrir os olhos e a mente para as próximas eleições, temos que avançar na democracia, Ditadura não tem mais espaço em nosso Pais.

  10. Marcos Postado em 23/Aug/2013 às 19:54

    Ditadura? Em um país sem oposição, ser contra a esquerda é dever de qualquer cidadão brasileiro, são 200 mortos por dia no Brasil por bandidos em geral muito mais que 500 comunas em 20 anos, pensem pelo menos uma vez na vida.

  11. Rejane Lima Postado em 23/Aug/2013 às 20:12

    O pior é saber q ainda tem nordestinos, gays e negros que embarcam nessa onda. Deus nos livres desses loucos um dia chegarem ao poder.

  12. Suzana Postado em 23/Aug/2013 às 20:27

    https://www.facebook.com/events/601096219921653/ Eu apoio!

  13. Anderson Alares Postado em 23/Aug/2013 às 23:16

    Quem se dá ao trabalho de ler o evento e suas propostas não cai nessa ladainha. Babacas apoiando fazem parte, tendo em vista o tamanho do evento. Contudo, vejam o post fixado pelo própio evento e tirem suas própias conclusões: Nota Explicativa sobre a #OperacaoSeteDeSetembro, Maior Protesto da História do Brasil A ideia da #OperacaoSeteDeSetembro é APARTIDÁRIA, ou seja, está acima dos interesses políticos de partidos específicos. Se houver alguma bandeira, que seja a das reivindicações populares. Isto permite a união contra qualquer partido que pretenda usar os protestos para promover as intenções de determinadas legendas ou políticos específicos. Os velhos instrumentos de avaliação partidários, incluindo a mídia, não conseguem compreender o cunho dos recentes protestos e, assim, direcionam suas críticas com as mesmas e velhas palavras: "Fascismo", "Direita", "Esquerda", "Direita golpista", "Esquerda Comunista", "Esquerda Socialista", entre outras taxações. Qualquer ato fascista ou conclamando um golpe militar, que disfarçadamente é chamado de intervenção militar, não faz parte da #OperacaoSeteDeSetembro. A Operação não é de esquerda, direita ou centro, não tem partidos, não tem bandeiras, não tem siglas e possui uma pauta bem definida (http://op7desetembro.wix.com/home#!saiba-mais/c90r), que deve ser seguida por todos os eventos participantes. Dessa forma, é extremamente leviano e tendencioso que veículos da mídia tradicional tentem identificar "fomentadores" e "incentivadores" do Maior Protesto da História do Brasil como sendo os responsáveis pela organização do protesto quando há mais de 333 mil pessoas participantes do evento e 4,6 milhões de pessoas convidadas para eventos que, até o presente momento, ocorrerão em 147 cidades, sendo que em nenhum momento os mesmos veículos tentaram entrar em contato com os reais responsáveis pela #OperacaoSeteDeSetembro para obter nosso posicionamento, o qual esta nota explicativa deixa claro mais uma vez. O desejo da #OperacaoSeteDeSetembro é o mesmo de qualquer movimento que lute pelos interesses do povo e de qualquer pessoa que deseje um país mais justo e menos desigual: um país melhor. Nós somos Anonymous; Nós somos muitos; Não esquecemos; Não perdoamos; Nos aguardem.

  14. antonio carlos Postado em 24/Aug/2013 às 01:33

    O que tem de notar das manifestações passadas é de que, tudo aquilo que foi reivindicado, os Deputados, ao meu ver, contrária a Presidenta, engavetaram, como a Lei anticorrupção votada no Senado somente, porém, para dar um contragolpe no povo, a fim de desestimular mais manifestações, como essa, caso venha a ocorrer, votaram recentemente o fim dos 40% (quarenta por cento) de multa sobre o Fundo de Garantia por Tempo de serviço dos trabalhadores demitidos sem justa causa, o que é o pior, com uma PEC (Projeto de Emenda Constitucional), em vista que essa multa está prevista na Constituição Federal, sendo um artigo pétreo, não podendo ser mudado.

  15. renato Postado em 24/Aug/2013 às 13:59

    Rejane e Marcos, ainda bem que estão vivos, e quero que permaneçam assim por longos e longos anos, quero que tenham filhos, e veja-os crescerem, e que eles arrumem companheiros. E que vivam longos e longos anos de vida.. Mas assim, longos e longos dias de vida, que cada dia seja muito longo. E que a vida seja generosa com vocês, lhes proporcionem muitas e muitas surpresas. Que ele transforme-se numa dinâmica profunda de saberes e descobertas. Que a vida seja generosa e abundante em fatos.

  16. Tony Montana Postado em 24/Aug/2013 às 15:08

    esses insanos ainda verão a ira do povo.

  17. Eduardo Postado em 24/Aug/2013 às 15:35

    dia 7 de setembro teremos um monte de caras tapadas na rua de novo... quebrando tudo e gritando chega de ordem, chega de OAB, chega de exame da ordem....legal lutar pelo ilegal....se é lei tem que ser respeitado... o exame da ordem não é para se lutar contra ele é para ser realizado e quem for competente passa, minha filha passou de primeira...um detalhe ela estudava, não ficava bolando balburdia...

  18. Rui Rosato Postado em 24/Aug/2013 às 16:30

    Tem gente que culpa Dilma pela morte de 200 pessoas dia? É esse o problema do Brasil: as pessoas nào tem cultura suficiente para um debate simples como esse. Marcos, a seguranca pública é responsabilidade dos Estados e Municípios, nào do Governo comunista a que vc se referiu. Infelizmente a Direita pode conseguir seu intento de desestabilizar os Governos. Basta reunir os milhões de analfabetos funcionais que existem no Brasil e que nào se esforcam para obter um mínimo de informacào necessária a toda civilizacào e muitos nem possui conhecimento do que se passa, mesmo assim acha que "seus líderes" tem razão. Onde vamos parar? Mas o problema parece ser ainda maior quando indignados assistimos a cenas de quebra-quebra de jovens encarapuçados e a polícia assistindo o vandalismo selvagem dos tupiniquins intolerantes. E tem gente que acha bonito, e quer impedir a polícia de agir corretamente para acabar com o vandalismo apelando para os direitos de bandidos, ou vândalos, é a mesma coisa.

  19. Marcos Postado em 24/Aug/2013 às 17:03

    Rui Rosato a segurança publica não é responsabilidade dos estados e municípios, é responsabilidade de todos, todos devem denunciar traficantes, não estimularem o trafico, não fomentarem a cultura do crime nas periferias, exigir penas mais severas, punção para menores assassinos e também responsabilidade do estado, a policia federal esta jogada as traças, deveria exigir uma policia federal com 10x mais contingente que o atual, o governo não faz isso pois teme a polícia. A cultura brasileira vitimiza o assassino e vilaniza a polícia isso é uma das facetas da esquerda, das centenas que possuem, existe um proposito para isso, os 200 mortos por dia são culpa dos governos estaduais, municipais e federal mas também é culpa da esquerda que impossibilita o progresso e o combate a toda forma de crime

  20. altair ahad Postado em 24/Aug/2013 às 17:07

    Brazil No Corrupt, é isso? os golpistas não sabem fazer protesto na lingua natural do pais em que mora?... protesto ridiculo e golpista!

  21. Rui Rosato Postado em 24/Aug/2013 às 17:20

    Devem mesmo ter saudade do tempo em que pobre só entrava no aeroporto pra carregar a bagagem do Patrão. Essa turma não se conforma em ver negro fazendo medicina na USP. Nem repartir o espaço dos grandes shoppings com novos personagens do consumo ............E só de ouvir falar em casamento gay já sofrem uma alergia mortal. Distorcem o que funciona mal no país para fazer a cabeça dos ignorantes funcionais que pensam que o impostômetro conta apenas o que o Governo Federal arrecada. Mas quando o Governo abaixa o IPI dos carros e das geladeiras, prefeitos e governadores correm até brasília exigindo ressarcimento das perdas decorrentes da diminuicão dos impostos. Gente hipócrita essa do PSDB que fazia mal uso do que arrecadava e ainda pedia mais para o FMI, além de vender as maiores empresas do País, tudo que entrava ainda era pouco, além de vender mal as estatais, ainda se comprometeu junto aos novos donos o compromisso de enxugar a máquina a máquina fazendo com que muitos funcionários dessas estatais se aposentassem com menos de 50 anos. Conheco um eletricista que se aposentou no Governo do FHC com apenas 43 anos de idade onerando sobremaneira as aposentadorias e pensões do Estado, para em seguida, já no Governo LULA, aplicar um novo golpe na economia ao influenciar a opinião pública e acabar com a CPMF que anos antes levou o nobre médico Adib Jatene a fazer o mesmo com a opinião pública, facilitando a aprovacào da CPMF no Congresso. Gente hipócrita essa do PSDB. Hoje esses políticos tem a cara de pau de querer fazer a sociedade acreditar que o PT é o único corrupto, que todo imposto serve apenas ao PT, que a Saúde é responsabilidade única do Governo Federal, assim como a seguranca é péssima por causa do PT. Mas ao seu tempo jamais sonharia em dispor de U$100 bi só para fazer frente a especulacão cambial, imagina sonhar com U$375 bi como reserva. A dívida interna que hoje incomoda corresponde também a dívida de Estados e Municípios, bem como a Saúde e Educacão tem a participacão obrigatória dos 3 aspectos do Executivo e não só do Governo Federal como despejam sua verborréia para a sociedade incitando a desordem pública. O PROGRESSO já se instalou para não mais faltar. Falta instalar a ORDEM. Todos nós desejamos acabar com a corrupcão e melhorar o que precisa ser melhorado, mas não será com engodo nem com mentiras que irão enganar a populacão, pois comecam a se levantar as vozes contra esses abusos que de cabeca sob um capuz querem implantar e fazer calar a polícia que tenta manter a ordem sem desrespeitar o sagrado direito de manifestacões, mesmo que ao tempo do PSDB essas mesmas manifestacões eram taxadas de "políticas"e logo se esvaziavam pois nada parecia afetar a demagogia desse partido que hoje usa a mesma tática com a Siemens: em cima do muro, parece que nào estào falando com eles. Gente hipócrita essa do PSDB.

  22. Pedro Postado em 24/Aug/2013 às 18:22

    Engraçado, tudo muito engraçado. Quando dos movimentos recentes, mais especificamente na cidade de Campinas onde resido, vi depredações, agressões, cenas lamentáveis de vandalismo, na sua imensa maioria promovida por jovens, que espero não sejam o futuro deste país, porque para mim são apenas marginais que escorados na impunidade prevista em nossas leis agem de maneira vergonhosa. Assisti a população mais humilde, refém dessas manifestações, sem conseguir voltar para casa após um dia de trabalho em virtude de tudo que foi feito (de errado) por estes ditos manifestantes. Mas tudo era aceitável, afinal não dá para fazer uma revolução sem danos colaterais li nas redes sociais de alguns jovens certamente com algum distúrbio mental. Se não conseguem distinguir o certo do errado, se acham violência aceitável, como querem mudar o país? A culpa é do PT, da Dilma, da Copa do Mundo, a culpa é de todos, mesmo de nós mesmos, bando de gente hipócrita esse povo brasileiro, são desonestos, tentando levar vantagem em tudo, não tem educação e respeito com seus semelhantes, não tem noção de cidadania, são preconceituosos, mas querem que seus governantes sejam exemplo... Faz alguns dias, tivemos uma paralisação de funcionários do sistema de transporte público em virtude do cancelamento do plano de saúde da categoria que deixou milhares de famílias "na mão", a reação foi imediata da população, inclusive daqueles que se dizem manifestantes em busca de um país melhor, tratava-se de um bando de vagabundos que não tinham respeito pela população. Enquanto não tivermos respeito por nós mesmos, enquanto não mudarmos nossa atitude com relação ao nosso semelhante, enquanto "colarmos" na prova, desrespeitarmos os idosos no ônibus, tentarmos levar vantagem, fizermos piadas com gays e negros e acharmos que só os outros são preconceituosos, e por aí afora, vamos exigir o que? Só vejo pessoas ditas inteligentes, pseudo-intelectuais, e esclarecidos sendo manipulados, gente que não conhece nada da vida se achando o dono da verdade enchendo a boca para falar de coisas que só conhece de livros. Infelizmente ainda estamos longe de ter um país justo e decente, não por falta de manifestações e coisas do tipo, mas sim por falta de competência e vergonha na cara, não de políticos, ou emissoras de TV, mas nossa. Antes de sermos manifestantes, ainda temos um longo caminho a percorrer para nos tornar cidadãos de verdade.

  23. Mércia Gloria Postado em 24/Aug/2013 às 19:31

    Rejane Lima, eu sou nordestina, da Paraíba e tenho muito orgulho de ser. Espero vc nunca precisar vir aqui na Paraíba, e não diga Deus me livre, porque ninguém pode dizer dessa água não beberei, mas bem vinda aqui no nordeste vc não será e louca é vc, sem educação, sem inteligência.

  24. Vera Postado em 25/Aug/2013 às 10:21

    Quantos equívocos. Nem há partidos de direita no Brasil, quanto mais extrema-direita. E não acho que sejam saudosos do regime militar mas de uma época com mais ordem, segurança e até prosperidade econômica. E o PSDB é de centro-esquerda, como a grande maioria dos partidos no Brasil é de esquerda. O que quer a esquerda, hegemonia? Estamos numa democracia e esta prevê pluralidade de partidos e ideologias, o que não há hoje. Se começa a surgir alguma movimentação à direita é mais que justo e democrático. Chega de tanto esquerdismo no Brasil!

  25. Régis Postado em 25/Aug/2013 às 15:34

    Na verdade nenhum partido no Brasil deixa evidente qual é a ideologia de seu partido. O que temos é um bando de ladrão em todos os partidos sem tirar e nem colocar, pois, quem tem poder joga e faz manobras como bem entender com as pessoas, e o que me deixa mais abismado é o fato de que isso realmente funciona. Tem um monte de gente dando sua opinião ser saber se é verdade ou mentira, tal fato.

  26. Rodrigo Postado em 26/Aug/2013 às 09:52

    Não sou saudoso de ditaduras, nem das de direita, nem das de "esquerda". Se eu resolver protestar em tal dia 07 de setembro contra trensalão e mensalão, contra a ampla violação das leis e constituição por todos os políticos, de todos os partidos, se eu resolver que devo exercer minha cidadania não apenas nas urnas, mas também nas ruas, serei prontamente etiquetado de "facista" e ninguém se importará em saber a natureza e origem de minha insatisfação? E quanto à etiqueta do "direitista"? Então imaginemos o cidadão brasileiro, saindo às ruas, com dois outros cidadãos querendo impor-lhe etiqueta: o esquerdista grita "facista, reaça, tucanalha", ao que o direitista brada também "revoluça, petralha, mensaleiro", um arrancando a etiqueta anterior e tentando impor a que quer, ao que o cidadão ficará sem entender em qual momento do processo político ele terá consentido com a pronta desqualificação de sua pessoa, mas não de seus argumentos, sem qualquer justificativa séria, apenas tendente, pelos dois outros atores, a calar-lhe. Ou o cidadão adere cegamente a uma corrente política, de direita ou esquerda, sem poder criticá-la em nada por qualquer de seus erros (comuns a ambas, posto sermos todos seres humanos, sujeitos aos mesmos vícios e virtudes), ou é um traidor da Pátria? É isso? Espero dias melhores, para todos, indistintamente. P.S.: pior é que logo aparece um a bradar "mostre sua verdadeira face", ao que voltamos ao círculo vicioso: o cidadão critica a classe política em geral (envolvendo da esquerda, à direita), o esquerdista querendo impor-lhe a veste direitista, ao que o direitista arranca-lhe tal veste, querendo impor-lhe a esquerdista.

  27. Thiago Teixeira Postado em 26/Aug/2013 às 22:36

    Será que a Ditadura foi tão ruim assim? Essa "democracia" que vivemos ... está legal? É o caminho? Um filho de um funcionário nosso, 5 anos de idade, arremessou um sapato na professora por ela impedir que ele saísse de novo para o banheiro. O cara conta essa história e gaba de felicidade. Isso acontecia na Ditadura? Aquela época, se aprendia a palavra RESPEITO e HIERARQUIA nas escolas. O.S.P.B., Educação Moral e Cívica, não deixaram ninguém alienado ou simpatizante dos militares. Polícia era autoridade. Hoje é piada e ai se eles represarem alguém. O Hino Nacional era cantado nas escolas, hoje é o "Lek, Lek, Lek" Tirou nota baixa? Reprovado. Hoje ... o professor é obrigado a aprovar o aluno. Eu, tinha medo da minha professora, tremia quando ela entrava na classe. Hoje, os professores tem medo de serem agredidos pelos pais dos alunos se chamarem a atenção. Graças a Democracia e a Liberdade de Expressão.

  28. Andrade Postado em 26/Aug/2013 às 22:54

    A idiotice é uma praga, ora, se é expressamente em nossa CF que TODOS tem liberdade de expressão, mas que poucos sabem usar, manifestar-se a favor ou contra depende de um ponto ou de vários pontos de vista, depende também de ideologias políticas( não me refiro às partidárias, pois estas são extremamente perigosas). Aos poucos, as pessoas não sabem ou não fazem bom uso deste sagrado direito, escracham sem ao menos procurar saber a outra versão..., não sou jornalista, mas, uma dos princípios que jornalismo de verdade usa é consultar as fontes, procurar saber a versão da outra parte e por ai vai, lembrando que você pode escolher qual ou quais meios de comunicação pode servir de base para elaboração de SUA OPINIÃO, não compreendam mal, sua opinião é uma construção de diversas análises de diversas fontes, do seu senso critico.

  29. Tony Montana Postado em 27/Aug/2013 às 09:44

    esse thiago não sabe o inferno que foi a DM.

  30. Thiago Teixeira Postado em 28/Aug/2013 às 13:24

    Hoje estamos no Paraíso. Viva a Democracia e Libertinagem de Expressão.