Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Juristas 13/Aug/2013 às 16:39
23
Comentários

Reprovados na OAB fazem greve de fome: "sairemos mortos daqui"

Bacharéis em Direito fazem greve de fome em Brasília. Eles protestam contra supostos erros na correção das provas da OAB deste ano

greve fome oab

Antônio Gilberto da Silva, primeiro a fazer greve de fome em frente ao Conselho Federal da OAB (Foto: Arquivo / Redes Sociais)

Mais um manifestante começou greve de fome em frente ao Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Brasília. Sandro Pereira, 50 anos, reprovado no 10º Exame de Ordem, uniu-se ao examinando Antônio Gilberto da Silva, 47 anos, também reprovado no exame, que completou uma semana de jejum ontem (12/8). Os bacharéis, que prestaram exame para Direito do Trabalho, protestam contra supostos erros na correção das provas deste ano.

“Não vou suspender a greve enquanto a OAB não se pronunciar. Só saio daqui morto ou com a revisão do décimo exame. Não é questão de corrigir só a minha prova, mas as irregularidades que atingiram todos os examinandos reprovados”, afirma Antônio Gilberto.

“Estamos dispostos a sair mortos daqui para resolver essa situação. Temos esperança de que alguma coisa se resolva amanhã”, diz Sandro Pereira, que também é presidente do Sindicato de Locatários de Brasília. Outros dois candidatos armaram barracas em frente ao conselho na segunda-feira.

Leia também

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados promoverá uma audiência pública nesta terça-feira (13/8), às 14h, para discutir “a violação dos direitos humanos pela Ordem dos Advogados do Brasil”. A comissão convocou a participação de professores representantes das áreas afetadas pelo exame, do representane da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e do presidente da OAB, Marcus Vinícius Coêlho. A audiência acontecerá no plenário 9 do Anexo II da Câmara.

Correio Braziliense

Recomendados para você

Comentários

  1. Bruno Postado em 13/Aug/2013 às 17:31

    às vezes, a fim de poupar trabalho extra, dá para estudar... Não estou supondo que esses grevistas não tenham estudado o suficiente, mas sim que não se pode ter como verdade o discurso deles apenas por estarem fazendo greve de fome.

  2. renato Postado em 13/Aug/2013 às 19:10

    Não gosto da OAB. Não sou chegado em advogados. Não me sinto confortável tratando com um deles. E acho a OAB, um poder...perigoso.. Me cheira a policia.

  3. fabio Postado em 13/Aug/2013 às 19:40

    Vão estudar e não fazer greve de fome

  4. GFA Postado em 13/Aug/2013 às 20:08

    Tche, vão estudar mais que passam... simples. Quanta frescura...

  5. Marcos Postado em 13/Aug/2013 às 20:33

    A OAB sobrevive do crime, não existem leis que regulam o pagamento de criminosos a advogados, ou seja traficantes pagam milhões assim como políticos corruptos pagam milhões de dinheiro do crime sujo de sangue para os membros da OAB, ou seja é uma mera transferência de valor, dinheiro ilícito não deveria servir como pagamento de advogado algum.

  6. Lurana Glória Guimarães Postado em 13/Aug/2013 às 20:52

    Ahhhhh vá, não consegue passar no exame e vem fazendo drama....

  7. Luciana Postado em 13/Aug/2013 às 21:12

    A OAB não sobrevive do crime, mas da anuidade paga por seus membros, que em sua grande maioria não advoga para criminosos. Como em qualquer outra profissão, os honorários, inclusive os milionários, são definidos a partir de ajuste entre cliente e profissional. Se advogados de bandidos sobrevivem de produto de crime, assim tb são os médicos que atendem essas pessoas, os arquitetos e engenheiros que constroem suas mansões, as escolas que educam seus filhos. Dinheiro sujo remunera todo o tipo de serviço. E, quem o recebe sempre agradece com um sorriso.

  8. Vander Postado em 14/Aug/2013 às 01:54

    Renato, só bandido tem medo de policia.

  9. Daniel Cidade Postado em 14/Aug/2013 às 02:13

    Corrigindo o Vander. Só bandido NÃO tem medo de polícia.

  10. Felipe Postado em 14/Aug/2013 às 06:35

    Corrigindo ambos: Todo mundo tem medo de polícia porque ninguém vigia o vigilante.

  11. pedro Postado em 14/Aug/2013 às 08:45

    Corrigindo Vander (2) A única coisa que funciona em BH é a boca de fumo. Só bandido NÃO tem medo de polícia

  12. Roberto Postado em 14/Aug/2013 às 10:50

    Infelizmente, acredito que estão mudando o foco do problema. Na realidade é inegável a legitimidade e prestígio que a OAB possui. Referido tipo de Exame deve ser valorizado, munido de uma correção mais justa, eficaz e transparente. Deveriam até estendê-lo para outras áreas profissionais, como Medicina. Certamente 90% dos Médicos e estudantes de medicina que estão protestando devido ao simples medo de que profissionais do exterior mostrem mais competência e interesse nos serviços prestados ao cidadão que precisa. Pois bem, a realidade está na Educação, ou melhor, na péssima formação acadêmica oferecida pelos Cursos Jurídicos. A OAB deve ser cobrada e agir junto aos Órgãos Governamentais Responsáveis para frear esse fato insustentável. De outra maneira, como explicar o número excessivo de pessoas prestando e reprovando cada vez mais no Exame da Ordem? Há faculdade nem estrutura decente possui, mas oferece o Curso de Direito. Como assim? Infelizmente, a maioria se prende a opiniões vazias e sem fundamento.

  13. Rodrigo Postado em 14/Aug/2013 às 14:28

    A quem teve problemas com a correção, caso procedente a reclamação, além do devido protesto, lembrem que cabe Mandado de Segurança contra ato que seja tido por ilegal - judicialmente será obtida a defesa do direito que assiste a vocês. Desejo sucesso!

  14. José Carlos Postado em 14/Aug/2013 às 14:52

    Alguém ai se habilita a trabalhar de graça.

  15. Rodrigo Postado em 14/Aug/2013 às 15:39

    A fome não faz greve, ela vem de qualquer jeito.

  16. Juliana Postado em 15/Aug/2013 às 09:15

    Acho que se eles estivem gastando esse tempo estudando, eles ganhariam mais. A OAB não pode acabar, é um filtro de profissionais. Aqui no Brasil há mais faculdade de direito do que existe no mundo inteiro, imagine se todos saissem e virasse advogados? Esse tipo de seleção deveria haver em todoso os cursos!!

  17. Francisco Postado em 15/Aug/2013 às 10:03

    Seu Doutor! esse exame da ordem é ridículo, seria o mesmo que pedir permissão ao clube dos padeiros da cidade para abrir uma padaria, eles tem interesses contrários. Só quem pode e deve reconhecer diplomas é o MEC. Pobre do país onde o clube dos doutores (OAB) é levada á sério e o legislativo (eleito) não.

  18. Cícero Postado em 19/Aug/2013 às 11:10

    O cara foi reprovado em 10 exames da ordem. Deve ser problema com as provas, mesmo...

  19. edson Postado em 21/Aug/2013 às 12:12

    BOM DIA, GOSTARIA DE EXPRESSAR MEU DESCONTENTAMENTO, NÃO SÓ POR SE TRATAR DE COLEGAS, DOS QUAIS FORAM LESADOS, PELO EXAME DE ORDEM, MAS TAMBEM, PROTESTAR O QUANTO A CLASSE DOS ADVOGADOS SÃO DESFAVORECIDAS, POIS, NÓS SÓ ADQUIRIMOS RESPEITO E STATUS APÓS A CONCLUSÃO DO EXAME, E OS MÉDICOS, VCS,CAROS LEITORES, NÃO ACHARIAM QUE SE TRATANDO DE VIDAS,DE SALVAR VIDAS, DE SEUS PAIS, IRMÃOS, ENFIM SEUS PARENTES E AMIGOS DEVERIAM TER COLOCADO UM EXAME PARECIDO PARA SABER ATÉ ONDE UM MÉDICO E CAPAZ DE CUIDAR DE SUAS VIDAS, OU COMO DIZ O AMIGO ACIMA,'' É UM FILTRO DE PROFISSIONAIS'', CONCORDO PLENAMENTE,VAMOS PARTIR PARA O PRINCIPIO DA IGUALDADE (ONDE ESTÁ).

  20. Giseli dos Santos Postado em 28/Aug/2013 às 14:16

    A ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL precisa começar a rever seu discurso ao sair em defesa da FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS, que não consegue mais esconder as trapalhadas que vem cometendo EXAME após EXAME e, pior, às nossas custas. Colocar a culpa nos candidatos e nas Universidades já não engana mais ninguém. Talvez a ORDEM "pense" que somos alienados e "engolimos" qualquer coisa que ela diga. Pode ser que a maioria dos leigos ainda acreditem nessa justificativa sem nexo, repetitiva e descabida, mas nós, bacharéis de TODO O BRASIL, depois das vergonhas seguidas do IX, X e XI EXAME viemos para esta luta para mostrar ao BRASIL onde realmente se encontram os problemas do EXAME DE ORDEM. O primeiro deles encontra-se na justificativa para a sua manutenção. Dizem que o EXAME é necessário para avaliar a competência técnica mínima que garanta que o futuro advogado não venha lesar seu cliente. QUEM ACREDITA NISSO quando vemos todos os dias no noticiário brasileiro que a maior lesão à Sociedade causada por advogados nada tem a ver com falta de competência técnica, mas sim com falta de caráter, idoneidade e moral? Uma rápida pesquisa e a constatação é essa. Outro fato que nos chama a atenção é o formato do EXAME feito em duas fases: a primeira, uma prova composta de oitenta questões com quatro alternativas cada onde, com sorte, muitos candidatos passam através do famoso "chute". Que fique claro, digo muitos candidatos, não todos. Outros tantos têm, sim, seu mérito por estudarem. A segunda fase é composta pela confecção de uma peça prático-profissional e quatro questões para serem respondidas discursivamente. Faço o seguinte questionamento aos defensores da manutenção do EXAME DE ORDEM ao justificarem a reprovação em massa: Que culpa têm as faculdades ou os candidatos ao serem reprovados por uma prova com questões mal formuladas, cheia de omissão de dados que impedem o candidato de respondê-la de forma acertada, com erros crassos de português (sinto até vergonha de dizer isso, mas é a pura verdade - VIDE PROVA DA 1ª FASE DO XI EXAME)... uma prova cheia de lacunas, informações que induzem o candidato a erro, questões práticas que nada têm a ver com a realidade vivida no dia a dia do advogado, erros de formulação, respostas incorretas nos padrões de respostas da FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS, violação ao seu próprio EDITAL e as famosas e recorrentes "pegadinhas"? Avaliação de competência técnica mínima para o exercício da profissão? Ora, façam-me o favor. Reúnam-se e procurem uma justificativa melhor para a manutenção do EXAME, mas por favor, que seja plausível e coerente, pois a atual não convence mais ninguém. Pior que a primeira fase, em que muitos passam no "chute", é a segunda, em que o candidato se inscreve em uma determinada matéria, logra êxito e, ao pegar a carteira, atua em outra área que nada têm a ver com a que o aprovou no EXAME. Pergunto novamente? Esse EXAME existe mesmo para avaliar a competência técnica? Quem avaliou a competência técnica, por exemplo, de um candidato que foi aprovado em DIREITO ADMINISTRATIVO na segunda fase e resolveu se aventurar como penalista em sua vida profissional? Bem, diz a ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL E A FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS, que este profissional teve sua competência atestada pelo EXAME DE ORDEM. Eu duvido. Nem vou falar sobre a falta de correção dos recursos ou, quando muito, sobre os recursos muito mal corrigidos.Respostas padronizadas para recursos diferentes e negativa de recursos de questões das quais o candidato sequer recorreu. Também não vou me alongar sobre o fato de estarmos bastantes preocupados em saber exatamente onde são empregados os R$ 75.000.000,00 arrecadados por ano somente em inscrições para o EXAME DE ORDEM. Como consumidores, FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS, queremos saber detalhadamente como são distribuídos esses recursos oriundos de nossos bolsos.Ainda, em seu discurso, defendem a manutenção do EXAME sob o pretexto de estarem defendendo a Sociedade de uma lesão em seus vários direitos. Como demonstrado acima, esse não é o caminho. Querem evitar uma lesão a direitos? Criem, então, o EXAME DE IDONEIDADE E MORAL para todos os inscritos e para os que pretendem se inscrever nos quadros da ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL. Esse sim, eu tenho certeza, evitará muitas lesões, lesões essas que já vem ocorrendo há vários anos porque o atual EXAME, meus caros, não protege a Sociedade de lesões por falta de competência técnica como exposto acima e, menos ainda e mais preocupante, da LESÃO POR ATOS IMORAIS, DESONESTOS E ÍMPROBOS cometidos por vários dos inscritos nos quadros da inquestionável ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL. Somos a favor de um EXAME que realmente avalie a competência técnica e a idoneidade moral em TODAS AS PROFISSÕES, desde que aplicados por quem tem competência para isso, ou seja, o MEC. Somos a favor de todos os meios possíveis de proteção à Sociedade como um todo. E, em relação ao X EXAME, registro mais duas questões que não querem calar: O que a FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS entende por ISONOMIA quando faz a distribuição de pontos nos quesitos da prova de segunda fase? Não conseguimos enxergar o real significado de ISONOMIA quando comparamos a distribuição de pontos extremamente discrepante entre os quesitos nos padrões de respostas de todas as matérias, privilegiando os examinandos de uma em específico, em detrimento de todos os outros. Explique esse fato FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS e, por favor, sem o velho chavão "critério da banca examinadora"... esse já não convence mais ninguém. PENSEM NISSO!!!

  21. Rogério Postado em 28/Aug/2013 às 16:40

    Bela manifestação de um cara que busca a Justiça de muitas lágrimas que escorrem pela Injustiça e Incoerência. Infelizmente no Brasil as coisas só acontecem quando as manifestações chegam ao extremo. A varios comentários aqui feitos são julgamentos infundados de pessoas q não sabem sequer o que aconteceu no X exame... Com certeza esses manifestantes não estão lá por drama, são pai de família e trabalhadores e também tem conhecimento o suficiente pra desafiar qualquer presidente de OAB a fazer uma prova lado a lado. MERECEM MEU RESPEITO

  22. Edson Postado em 29/Aug/2013 às 20:51

    ESTES CORAJOSOS E VALOROSOS HOMENS, ESTÃO ENTRANDO PARA A HISTÓRIA! ESTE PEQUENO MAS PODEROSO GRUPO QUE COMANDAM A OAB, DEVERIA ACEITAR A LIVRE CONCORRÊNCIA, NÃO HÁ MOTIVOS PARA ESSA IMPLACÁVEL RESERVA DE MERCADO, A FALSA JUSTIFICATIVA DE ESTAR PROTEGENDO A SOCIEDADE, NÃO PROCEDE, SABEMOS DISSO. O PRÓPRIO MERCADO DE TRABALHO É UM FILTRO NATURAL, ALÉM DISSO, O QUE NÃO FALTA É LEI REGULANDO AS PROFISSÕES EM CASO DE INFRAÇÃO, INCLUSIVE PARA OS PRÓPRIOS OPERADORES DO DIREITO. SOMANDO-SE A TUDO ISSO PERGUNTO, SE NUM PAÍS COMO O NOSSO, REPLETO DE INJUSTIÇAS POR TODOS OS LADOS, FALTARIA TRABALHO PARA ADVOGADOS? VAMOS PENSAR COM ISENÇÃO E HONESTIDADE SOBRE ISSO!

  23. Oliveira Postado em 01/Sep/2013 às 21:43

    Estes colegas que fazem greve de fome , são verdadeiros heróis anônimos! Que Deus esteja com vocês!!!