Luis Soares
Colunista
Compartilhar
EUA 08/Aug/2013 às 10:32
5
Comentários

“Eu ficaria orgulhoso de cumprir parte da sentença de Bradley Manning”

Quase 4 mil pessoas se oferecem para cumprir pena no lugar de Bradley Manning. Justiça já diminuiu a pena máxima de Manning dos 136 anos iniciais para 90

bradley manning eua

Bradley Manning denunciou crimes de guerra dos EUA (Foto: Divulgação)

Mais de 3 mil norte-americanos já assinaram uma petição intitulada “Eu ficaria orgulhoso de cumprir parte da sentença de Bradley Manning”. O soldado, que foi absolvido do crime de ajuda ao inimigo, mas considerado culpado de outras acusações, como roubo e espionagem, pode ser condenado a até 90 anos de prisão.

A petição, que precisa angariar 4 mil assinaturas, deve ser entregue ao Major General Jeffrey S. Buchanan, encarregado de rever a sentença depois que a juíza militar Denise Lind decidir qual será a pena de Manning, em um processo que pode levar semanas. Até a tarde desta terça-feira (06/08), quase 3.200 pessoas já haviam assinado.

Hoje, a juíza Lind diminuiu a pena máxima de Manning dos 136 anos iniciais para 90, por considerar que algumas das acusações pelas quais ele foi condenado deveriam ser fundidas, segundo informações da Al Jazeera. A sentença começou a ser analisada na semana passada e o processo deve durar, no mínimo, até sexta-feira (09).

Leia também

“Se cada um de nós se dispuser a cumprir parte da sentença dele, isso traria atenção para a quantidade de tempo a que esse jovem foi sentenciado e, esperançosamente, reduziria sua pena”, está escrito na página inicial da petição.

Sua criadora, Charlotte Scott, escreveu que a iniciativa é importante porque Manning fez um “favor” à sociedade norte-americana ao fornecer informações “que o próprio governo não forneceria” e, por isso, ela estava “ansiosa para cumprir parte de sua pena”, que, se for dividida entre todos quatro mil peticionários esperados, se reduz a pouco mais de uma semana para cada um.

Homens, mulheres, jovens e idosos estão entre os que assinaram a petição. Alguns deixam depoimentos na página, como Gerry C., que considera que Manning não deve passar “tempo nenhum na cadeia” por ter tido “coragem de fazer a coisa certa”. Peggy L., de 68 anos, afirma que os EUA “estão em dívida profunda” com o soldado e, por isso, todos deveriam estar dispostos a cumprir parte da pena por ele.

Outras mensagens de apoio afirmando que os EUA precisam de “mais e não menos delatores” e que Manning “teve a decência de revelar provas da indecência do governo e dos militares” também podem ser lidas. Charlotte, a dona da petição, chegou a postar na página seu código postal para que pessoas estrangeiras que quisessem assinar pudessem fornecer um endereço válido no país.

Apesar de reconhecerem que as chances de a proposta ser aceita e a pena de Manning, realmente dividida, são muito pequenas, os peticionários afirmam que são sinceros ao dizer que cumpririam parte da pena por ele e consideram que a petição pode ser efetiva no sentido de pressionar os juízes que decidem a sentença e vão rever o caso.

Opera Mundi

Recomendados para você

Comentários

  1. Fernando Postado em 08/Aug/2013 às 23:35

    Até que tem estadunidense gente boa!!! Não acreditava nisso há anos...

  2. Fernando Postado em 09/Aug/2013 às 15:05

    Existe gente boa e ruim em todos os lugares e em todos os níveis, pensar o contrário é idiotizar-se tanto como o que de pior vemos no que não concordamos.