Redação Pragmatismo
Compartilhar
Corrupção 17/Jul/2013 às 16:42
31
Comentários

Senador emprega namorada, sogra e cunhado no setor público

Depois de empregar a namorada e a sogra na prefeitura e Câmara de Campina Grande, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) conseguiu mais um “serviço” para a família

cássio cunha lima emprega família

Senador Cássio Cunha Lima (Foto: ABr)

Após conseguir vitória em Campina Grande elegendo Romero Rodrigues (PSDB) para prefeito, o senador tucano Cássio Cunha Lima embarcou numa encruzilhada pouco discreta de agrados a pessoas muito próximas e queridas.

Primeiro, emplacou a sogra, Iolanda Alves de Azevedo, como assessora especial do gabinete do prefeito de Campina Grande. A nomeação de Iolanda aconteceu no dia primeiro de maio, um feriado, e data em que se comemora o “Dia do Trabalhador”. O salário de Iolanda é de R$ 3,5 mil.

A namorada do senador, Jacilene Azevedo, também ganhou emprego. Ela ocupa um cargo na Câmara de Vereadores de Campina Grande.

Agora, o senador empregou seu cunhado, Jackson Azevedo, no cargo de supervisor da UPA (Unidade de Pronto Atendimento), da cidade de Campina Grande.

Leia também

Cássio, conhecido por falar grosso no plenário do Senado Federal, tem bastante influência na mídia local e goza de excelente relação com os barões da imprensa do estado da Paraíba.

Veja abaixo a nomeação da sogra:

iolanda alves cassio cunha lima

(Divulgação)

Blindado no estado, mas com telhado de vidro

Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) foi cassado pelo TSE quando era governador do Estado da Paraíba pela prática de abuso de poder político e econômico nas eleições de 2006. O atual senador foi condenado, à época, por distribuir 35 mil cheques a cidadãos carentes durante a campanha eleitoral daquele ano.

Apesar de uma carreira política instável e manchada por uma cassação de mandato na instância máxima da justiça eleitoral, Cássio goza de idolatria na Paraíba e mantém firme seus currais eleitorais, a exemplo de outros quadros, como Fernando Collor, José Sarney e Jader Barbalho, também Senadores da República.

Pensão vitalícia como ex-governador

Mesmo com o mandato de governador cassado, Cássio figura na lista dos oito ex-governadores que recebem aposentadoria vitalícia do Estado. Além dele, seis ex-primeiras-dama também recebem o benefício. O pagamento não é ilegal, de acordo com as leis estaduais, mas mostra o quanto as pensões são controversas.

A Ordem dos Advogados do Brasil da Paraíba (OAB-PB), seguindo recomendação da entidade nacional, afirma que o benefício contraria a Constituição de 1988. Segundo a OAB, o pagamento das pensões fere principalmente os princípios constitucionais de moralidade e da isonomia.

Pragmatismo Politico, com Diario do Sertao

Recomendados para você

Comentários

  1. Fernanda Postado em 17/Jul/2013 às 18:09

    Outra coisa que precisa acabar... onde já se viu aposentadoria de quem foi governador por quatro anos? E cassado então?? Reforma política já!!!!

    • Jose Alexandre do Nascime Postado em 03/May/2016 às 23:16

      E UMA VERGONHA A VIDA DESSES POLITICOS , JA NAO BASTA PELO QUE ROUBA TANTO, AINDA TEM O DIREITO DE SER APOSENTADO POR UM MANDATO DE 4 ANOS.

  2. Carlos Lyra Postado em 17/Jul/2013 às 18:36

    Alguém da Paraíba, por favor, me explique essa notícia. Cássio Cunha Lima se divorciou oficialmente ou estão se referindo a uma "outra família" do senador?

    • Thalita Fonseca Postado em 17/Jul/2013 às 20:59

      Carlos Lyra, Cássio não se divorciou oficialmente. Essa menina é a amante do senador, que já foi flagrada com ele em vídeo e fotos, aos beijos. A mulher do senador o abandonou por um tempo depois que o escândalo explodiu, mas depois voltaram. Tudo indica que a esposa de verdade e mãe dos filhos do senador aceitou o caso, já que ele sustenta essa outra família. A esposa verdadeira de Cássio, diga-se, é uma mulher simples, discreta e de boa índole, nunca foi de aparecer na mídia.

    • João Carlos Postado em 21/Jul/2014 às 10:42

      Se separou oficialmente eu não sei, mas que separou da esposa Silvia Cunha Lima, isso é verdade, e, já faz um tempão.

  3. Fernando Postado em 17/Jul/2013 às 19:11

    E graças a esse senador nós não temos mais o Dr. Antônio Ivo, que foi colocado por ele em um esquema que de tanto querer o fim dele (Antônio Ivo) acabaram vendo de forma drástica, só com pressão. Assim deixou escrito Antônio Ivo.

  4. O Milagreiro Postado em 17/Jul/2013 às 19:23

    E enquanto ele fica arrumando emprego pro "cunhado", a dita cuja já vai se refestelar nos braços do AB... Quer uma capa pro chifrimM???

  5. Renato Postado em 17/Jul/2013 às 21:04

    Vamos retirar os salários de aposentadoria dos Politicos, é só por na agenda dos plebiscitos. O salário deles pagam varios funcionários publicos, que definham por falta de plano de carreira.

  6. Jaquiê Postado em 18/Jul/2013 às 02:42

    E o pior é que muitos babam até os ovos deste picareta, o filha da mãe é envolvido em muitas trambicagens, lavagem de dinheiro, fraudes e etc.. esse tal de "Cássio Cunha Lima" faz o que quer com a Paraíba! e muitos viram a cara pra não ver. Esse caso ainda é fichinha comparado os podres que estão por traz das cortinas desse... Mas fazer o que??? ele vai se reeleger novamente graças ao seu voto!! Então acabei me conformando...Não vou tirar a razão deste simpático homem! Ora! Pra que besta com alguma coisa??? " O mundo é dos mais espertos".... Esperando Agora vocês votarem nele novamente nas próximas eleições bando de Paraíba esfomeados, vamos continuem a serem estuprados! que estarei aqui lindo! Rindo da cara de vocês... KKKKkkk

  7. Paulo Silva Postado em 18/Jul/2013 às 07:50

    "Senador emprega namorada, sogra e cunhado no setor público" Oh, nossa, sério?! Não brinca!! Puts, que novidade, heim?

  8. Ivan Postado em 18/Jul/2013 às 10:13

    Amigo, só tem lei para pobre, preto e branco, que infelizmente é quem pode mudar este quadro deixando de votar em quem for condenado e não elegendo os parentes nem quem for indicado por eles. Daí acaba o nepotismo e estes arrumadinhos de conseguir emprego para parentes de outros. E tome impostos. Acorda povo brasileiro, 2014 tem eleições!

  9. José Elias Postado em 18/Jul/2013 às 10:39

    Políticos brasileiros desconhecem o que é ética e moralidade e, vergonha na cara quase ninguém tem mesmo.

  10. Maria Grossi Postado em 18/Jul/2013 às 12:26

    Se ele é senador é porque obviamente alguém votou nele. Agora chora na cama que é lugar quente KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Todo o Povo tem o político que merece!!!

  11. Palmira Postado em 18/Jul/2013 às 12:33

    Quero novidade, isso aí é a regra, agora se OAB sabe que é inconstitucional e deixa correr frouxo tem culpa no cartório,

  12. Italia Fanfa Postado em 18/Jul/2013 às 13:38

    Primeiro genro que eu vejo valorizar a sogra! kkkkkkkk A falta de vergonha na cara é extensiva! E como é!!!!!! Passou a ser "quase" característica política. Mas lá dentro do Senado,eu coloco minha mão no fogo por 1 senador da República: Cristovam Buarque. Tenho certeza que não vou queimar a mão, porque o perfil é de homem honesto!

  13. Altair Ahad Postado em 18/Jul/2013 às 15:59

    Tucanagem ta de brincadeira. Os caras desse partido ficam ainda pedindo ética no congresso! Que absurdo!!! Teto de Vidro bem fino!!!

  14. Tammy Postado em 18/Jul/2013 às 17:59

    Olá Carlos Lyra e Jaquiê!! Queriam alguém da Paraíba? Eis-me aqui! Cassio Cunha Lima é para a Paraíba um caso de amor e ódio. Resquícios de um novo velho coronelismo ele é filho do Ronaldo Cunha Lima (isso mesmo... aquele que atirou num desafeto político em 93 e renunciou o cargo de deputado para não ser julgado pelo STF em 2007) e mantenedor de um curral eleitoral chamado cidade de Campina Grande - a segunda maior do Estado e com os melhores índices de educação. Caso de amor e ódio porque é um antigo jeito de fazer política com uma maneira mais "moderna" de administrar. A administração de Cássio foi relativamente boa se compararmos com usurpadores do patrimônio público que já passaram por esse Estado. O relativamente bom significa roubou mas pelo menos fez alguma coisa. Junte-se a isso a sua grande oratória e sua juventude (à época do início de sua carreira política). Pronto! Está aí a receita para o populismo! E nós já sabemos onde isso dá... Não é privilégio da Paraíba. De Getúlio a Lula o brasileiro gosta dessas coisas. A gente pensa "agora vai"!!! Mas não vai... é assim com Cássio. Ele fez a sua carreira em cima de propostas de modernidade para o nosso estado mal cuidado e sua juventude. Fez 20% do que é obrigação para qualquer político e em terra de cegos quem tem um olho é Rei. Quanto ao seu mandato de Senador após a cassação é o que lhe resta dessa fama. Sombras dos cheques distribuídos outrora. Quem tem fome se alegra com um Prato Feito sem saber que tem direito à cesta básica. E quem tem certa consciência disso precisa se resignar com a decisão da maioria. O fato dele ter conseguido se eleger engloba vários pensamentos: Os do que votam nele por convicção; os que votam nele pensando nos seus empregos comissionados; os que votam nele porque é o menos ruim; e os que votam nele porque já é conhecido e tem medo dos novos candidatos de oposição que se apresentam como radicais demais. É triste mas é verdade. Mas isso não é privilégio nosso. Esse é o jeito de fazer política no Brasil. O nosso problema se agrava mais porque temos um grande número grande de servidores públicos, principalmente comissionados, que dependem e, por conseguinte, se alinham aos que estão no poder. Como São Paulo não é uma cidade dependente do serviço público essas manobras acabam não interferindo tanto nos resultados das eleições. Mas é triste meus caros... é muito triste. Esse nosso povo já muito sofrido merecia coisa melhor! Tenho um exemplo para dar da nossa constante luta para mudar: Aqui no nosso estado nós tínhamos um político com uma carreira muito honrada. Desde vereador o seu trabalho sempre foi muito ético. Seu nome nunca foi envolvido em nenhum tipo de escândalo. Seu nome era Ricardo Coutinho, do PT. Naquele grande cisma do PT ele acabou indo para o PSB e conseguiu ganhar as eleições para prefeito de João Pessoa. Fez um ótimo mandato e se reelegeu. Depois disso começou-se a cogitá-lo como governador para competir com antigas raposas políticas como José Maranhão. Só que para derrubar o ex-governador ele precisava do apoio de Campina Grande e do Sertão (territórios de Cássio Cunha Lima) pois ele era desconhecido fora da Capital. A quem o seu partido pediu apoio? Sim... à Cássio Cunha Lima. E então vimos algo totalmente improvável... Ricardo e Cássio abraçados no mesmo palanque. Mas votamos nele mesmo assim pois ele já havia tido o apoio de Zé Maranhão para a prefeitura da Capital e assim que foi eleito fez questão de dar-lhe um pé na bunda. A última medida de Ricardo Coutinho como atual governador do Estado foi sancionar um código de ética para servidores estaduais que proíbe que eles participem de qualquer ato político ou manifestação a favor ou contra candidato ou partido dentro ou fora de seu expediente. E proibiu que eles "conversem" sobre política dentro e fora das dependências do trabalho. A que conclusão eu chego? Ou a política destrói o bom gestor ou o mal gestor destrói a política. Em ambos os casos estamos lascados!!!!!

    • Luciano Rufino de Araújo Postado em 30/Jan/2014 às 19:57

      Olá Tammy. Vi seu comentário a partir de uma indicação deste sitio. Achei muito interessante e centrado, dentre os outros que li. No entanto, tenho uma visão mais singular do senário político da Paraíba; não temos representação política popular. Quando me refiro a "representação popular" me refiro ao signo estrito da palavra. Infelizmente, temos representação hoje de grupos, sejam oligárquicos ou pseudossocialistas, Cássio e Ricardo. Foi bom enquanto durou o pensamento oportuno da mudança e do idealismo socialista. Mas, a medida em que fazemos aliança com o retrógrado, automaticamente, nos tornamos retrógrados - Grupo Maranhão e Cunha Lima - representantes do que se tem de mais pretérito no Estado. Confesso que não tenho forças mais para gritar por mais nenhuma mudança significativa; vejo sempre mais do mesmo... Invejo os que conseguem. Poder e Glória cegam e vituperam, a humanidade pede socorro. Ninguém mais me representa. Adeus "politics"! Há Deus por nós...

    • Alana Fernandes Postado em 26/Jul/2014 às 11:00

      Parabéns pela brilhante aula de história!

  15. CMenezes Postado em 18/Jul/2013 às 18:28

    O cara é do PSDB mas acho que a culpa de tudo é do Lula.

    • enganado Postado em 21/Oct/2015 às 01:00

      Também acho que a culpa deve ser do PUTIN, FIDEL, ZÉ DIRCEU, ASSAD, CHÁVES, GENUÍNO, MADURO, CRISTINA KIRCHNER, MADURO, RAPHAEL, IRMÃO DO FIDEL, XI JINPING, aiatolá HASSAN ROHANI, DILMA, ... ETC, Pois esse pessoal vem aqui roubar para abrir contas na Suíça, penso até que foram os mesmos que abriram as contas do CÚnha-PMDB/RJ só para desgastá-lo com os 6P´s e cassar seu mandato. Será que o FHC vai conseguir salvá-lo da saga dos Petistas? Coitadinho, indefeso, desamparado, ...

  16. Edclécia Nunes Pinheiro Postado em 20/Jul/2013 às 08:25

    É ao mesmo tempo inaceitável e entendedor as manobras dos políticos brasileiros. Como conviver com injustiças, roubos, conchaves e falcatruas e ainda acreditar que "O Gigante acordou"? Não sei como mas, ainda fico estarrecida e totalmente perdida com essa política avassaladora negativa e nossa impotência diante de tudo. Não sei realmente o que dizer. Não votar é a saída? Não sei mais o que pensar ou sentir...

  17. Martins Postado em 02/Dec/2013 às 20:52

    Isso é uma inveja da oposição... Quero saber qual o crime que ele conte ao conseguir emprego para sogra e namorada... Seria ruim se ele tivesse um namorado, mas Cássio é foda mesmo e hétero...

  18. Erika Postado em 27/Jul/2014 às 23:29

    Qualquer um no lugar dele (Cássio) faria a mesma coisa!!!Hipocrisia geral do povo.

  19. Thaïs Postado em 17/Sep/2014 às 23:30

    É sério que o cara acha que só na Paraíba que se elege governador corrupto? Já que tá na moda, vai estudar, criatura.

  20. Luiz Parussolo Postado em 16/Feb/2015 às 15:02

    Esse é brasileiro do topo, encontrado em todos os partidos, na burguesia folgada e sem fundamentos, em trabalhadores que troca stafe e bate na roda do trem, em oradores de vida fácil e exploradores da mentira distorcida a partir da verdade, de capitalistas e milionários/bilionários que se fosse às custas de conhecimento e trabalho próprio morreriam de fome, de políticos ordinários de extrema direita e extrema esquerda notáveis por ser picareta e sem caráter. O dia que o ente aqui hospedado desde 1531 conseguir a evolução para ser integrante do território nacional passará a ser reconhecido pelo território e toda a sua interação desde a barisfera à ionosfera ele será incorporado como brasílico e será solidário e honrará as vestimentas, estas não poderão ser calças e vestidos porque persistiram na calça e no vestido como honra e vergonha na cara e olha no que deu. Se ainda existir território o brasileiro hóspede parasitário desde àquela época deixará a transição e conseguirá ter a oportunidade de sentir-se verdadeiramente homem ou mulher. Até lá vamos brincando de brasileiros.

  21. walter p de sousa Postado em 17/Feb/2015 às 11:14

    Quando um politico começa aparecer no pig cheio lorota, falando muito e criticando o p t. É só pesquisar o passado dele que é um baita de um picareta.

  22. Márcio Alan Postado em 19/Feb/2015 às 11:38

    Cássio se divorciou oficialmente. Não por opção dele, mas da mulher. Tanto é que a ex-primeira dama retirou o Cunha Lima de seu nome, sendo agora Silvia Almeida, em referência ao dela Elpídio de Almeida, ex-prefeito de Campina Grande. Na campanha para governador Cássio foi acusado de receber ilegalmente a pensão de ex-governador visto que com o salário de senador ultrapassa o teto. Mas ele alegou que essa pensão dá a ex-mulher. Cássio pagou com dinheiro do contribuinte uma farra em Brasilia. Além disso, é acusado no escândalo da Sudene, caso que na época resiultou numa tentativa de homícidio pelo pai de dele, Ronaldo, contra Burity, que acusava Cássio. "acerca do suposto envolvimento do candidato a governador, Cássio Cunha Lima, na CPI do Finor, que está sendo tratada na imprensa local como "escândalo da Sudene". Na outra campanha, Cássio jogou milhares por um edificio chamado Concorde em João Pessoa. Não será difícil mostrar que o líder da oposição é mais sujo que pau de galinheiro como se diz por aqui na Paraíba. E tenho muito mais coisas sobre este cidadão. Não só eu, mas toda a massa crítica da PB.

  23. Jorge Dib Postado em 30/Mar/2015 às 17:22

    Pilantragens no PSDB não é novidade....

  24. Anilton Moccio Postado em 21/Apr/2016 às 16:52

    Mas Paraíba é um estado muito rico, pode fazer isso (rsrsrsrsrsrsrsrsrs).

  25. Anilton Moccio Postado em 21/Apr/2016 às 16:52

    Mas Paraíba é um estado muito rico, pode fazer isso (rsrsrsrsrsrsrsrsrs).