Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Religião 07/Jun/2013 às 17:17
45
Comentários

Por que os ateus do Brasil têm medo de 'sair do armário'?

Os ateus no Brasil e seu medo de “sair do armário”. Em um país com a maior população católica mundial, milhões de evangélicos e com muitos fieis do candomblé e do espiritismo, os ateus são considerados estrangeiros

Agência AFP

dilma papa francisco ateus brasl

Dilma durante encontro com o Papa Francisco: a presidente declarou-se sem religião em 2007, mas durante a campanha que a levou à presidência em 2010 garantiu que era, “em primeiro lugar, cristã” (Divulgação)

No Brasil, uma potência religiosa com a maior população católica mundial, onde até a presidente diz ao Papa que “Deus é brasileiro”, santos africanos são venerados e pessoas conversam com os mortos após a missa, os ateus são considerados estrangeiros em seu próprio país.

“É preciso ter muita valentia aqui para dizer que é ateu. Por isso há muitos ateus no armário”, afirma Daniel Sottomaior, presidente da Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (ATEA), que luta contra os preconceitos e a discriminação sofrida por aqueles que não acreditam em Deus.

Sottomaior, um engenheiro civil de 41 anos que mora em São Paulo e que recebeu ameaças de morte anônimas, afirma que no Brasil, que receberá de 22 a 28 de julho a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Rio de Janeiro e a primeira visita internacional do papa Francisco, “o ateu é associado a um criminoso”.

Vade retro, ateu!

No Brasil há mais violência contra os negros ou contra os homossexuais porque “eles não podem se esconder”, mas os ateus também sofrem por vezes ameaças físicas ou são expulsos de seus empregos ou de suas próprias famílias quando tornam público seu ateísmo.

Leia também

“Todas as vezes que se fala de um criminoso, de alguém desumano, de uma mulher que está espancando um cachorrinho até a morte, a expressão que se usa é: ‘Não tem Deus no coração’. Aqui, ser ateu é a causa de todos os crimes”, afirma.

Na primeira condenação no Brasil por discriminação contra religiosos, a justiça condenou este ano a rede de televisão Bandeirantes depois que um de seus apresentadores afirmou que o assassinato de uma criança só podia ter sido cometido por ateus, também acusados por ele “da guerra, da peste, da fome e de tudo o mais”.

“Os ateus sofrem muito (…) São vistos como gente sem moral, como um animal raro, são estrangeiros dentro do Brasil”, considera Renata Menezes, que investiga a antropologia da devoção na Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Para o padre Elias Wolff, assessor da comissão de diálogo interreligioso da Confederação de Bispos do Brasil, esta discriminação e os preconceitos “infelizmente existem”, sobretudo por parte de “alguns grupos religiosos de caráter fundamentalista”.

“A Igreja Católica, como instituição, acredita no direito de não professar fé alguma, entende isso e busca compreender as razões pelas quais as pessoas sem religião crescem no Brasil. E sempre está disposta a estabelecer um diálogo com elas”, disse Wolff à AFP.

Cerca de 84% dos brasileiros votariam em um negro para presidente; 57%, em uma mulher; 32%, em um homossexual… e apenas 13%, em um ateu, indicou uma pesquisa da revista Veja de 2007, a última deste tipo realizada no país.

A presidente Dilma Rousseff, que disse ao papa Francisco durante sua entronização que “Deus é brasileiro”, declarou-se sem religião em 2007, mas durante a campanha que a levou à presidência em 2010 garantiu que era, “em primeiro lugar, cristã e, em segundo lugar, católica”.

No último censo, em 2010, os ateus e agnósticos somavam apenas 740.000 de uma população de 190 milhões de pessoas (0,39%).

Mas Sottomaior, que critica a metodologia do censo, considera que o número é muito maior, 2%, já que muitos ateus são englobados em uma categoria mais ampla, “sem religião”, que agrupa tanto os crentes quanto os não crentes.

ateus do brasil

Campanha da ATEA: “religião não define caráter” – (Foto: Divulgação)

A ATEA, fundada há apenas cinco anos, tem 8.800 associados, mas quase 250.000 “fãs” no Facebook.

Apenas uma é pouca

O brasileiro é, em geral, muito religioso, e para ele uma religião é pouca, razão pela qual pertence muitas vezes a duas ou três de maneira simultânea “para ampliar sua proteção contra o infortúnio”, explica à AFP Fernando Teixeira, especialista em Ciências da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

No Brasil, o catolicismo perde espaço a passos rápidos, caindo de 91,8% da população em 1970 a 64,6% em 2010. Mas os evangélicos – sobretudo os pentecostais – cresceram de forma vertiginosa e representam 22,2% da população, e os “sem religião” passaram de 0,8% em 1970 a 8% em 2010, segundo números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, estatal) baseados no último censo.

Não ter religião não significa necessariamente falta de religiosidade: alguns podem ser ateus, mas há também católicos não praticantes e evangélicos que não têm práticas religiosas institucionalizadas, ou espíritas – seguidores do francês Allan Kardec – que consideram o espiritismo como uma doutrina, e não uma religião, além dos neoesotéricos.

No Brasil, as religiões e os conteúdos religiosos se combinam e cada um cria “seu próprio menu individual”, sustenta Ronaldo de Almeida, professor da Unicamp que investiga o fenômeno do “trânsito religioso”.

“Há muitas formas de ser católico no Brasil”, afirma Teixeira, citando um estudo que sugere que cerca da metade dos católicos brasileiros acredita na reencarnação.

“Aqui há muita reza e pouca missa, muito santo e pouco padre”, conclui, referindo-se à enorme quantidade de católicos não praticantes e ao costume de venerar santos católicos ou afrobrasileiros – às vezes todos ao mesmo tempo – e de tratá-los como se fossem membros da família.

Recomendados para você

Comentários

  1. Priscila Postado em 07/Jun/2013 às 18:08

    se já me olham torto qdo digo que sou espirita imagina se eu dissesse q sou ateia! tá complicado essa teocracia

  2. marco A James Postado em 07/Jun/2013 às 18:21

    Pra mim, tudo um bando de hipócritas, esses ditos cristãos são os piores, adoram criticar, espalhar o ódio e posam de vitimas inocentes. Não tenho medo dessas superstições, não acredito num deus alien. Querem acreditar, fiquem a vontade, mas não me obrigue. Creem o livro mais falso da terra.

  3. Julia Postado em 07/Jun/2013 às 18:29

    Concordo Priscila, também sou espirita e já fui até mesmo insultada por acreditar no ''demonio''. É complicado viver em um pais com essa intolerancia religiosa

  4. Márcio Postado em 07/Jun/2013 às 19:02

    Interessante a foto. Imagino que ninguém lembre que Pol Pot era chefe de um Estado ateu, a foto dele ao lado de Hitler faria mais sentido ou a foto de Chaplin ao lado de Madre Teresa da Calcutá, enfim algo que demonstrasse que religião não define caráter e não algo que indique, de maneira sutil, que um religioso é um monstro.....

  5. Mauricio Augusto Martins Postado em 07/Jun/2013 às 19:05

    É o que se constata na vida cotidiana, pelo advento da Internet onde as notícias são Reais e não editadas, percebemos a enorme carga Boas de informações, para que o próprio leitor possa definir sua opinião no livre Pensamento, porque de livre nada tem, pois tem influências de lobby, geralmente católico, devido alguns numerários financiados e depois financiando a Opus Dei, tem livre acesso as Carreiras dentro do Estado Brasileiro, mais rentáveis e que são capitais a vida cotidiana do País, onde outros com verdadeiras competências são expurgados, é sabido que as religiões são as que mais produzem Guerras e matanças indiscriminadas com a falsa impressão de estarem ainda na Idade Média em plenas Cruzadas "à Serviço de Deus", uma doença de ontem, que se prolifera aos dias de Hoje, e continuará por muito tempo fazendo vítimas de todo o tipo de preconceito, este Aleijão da Evolução Humana a muito já deveria ter sido "Criminalizado" pois trata-se de doença Sociopata e ter um debate de forma Nacional, do que queremos às próximas Gerações, viver de mentiras, dogmas, e pessoas digamos assim Burras ao extremo para ainda praticarem estes tipos de aberrações das religiões, não chegaremos a lugar algum...maumau

  6. Katarina Postado em 07/Jun/2013 às 20:15

    Sou ateia, e penso duas vezes antes de responder isso a quem me pergunta...é complicado mesmo

  7. Ivan Clides da Costa Postado em 07/Jun/2013 às 20:58

    "De que lado batem os sinos"

  8. Halver Minarelli Postado em 07/Jun/2013 às 22:19

    Digo que sou Ateu e pouco me importa o que vão pensar ou dizer. Enchem meu saco, porém com um pouco de Ironia e Sarcasmo consigo deixá-los putos da vida. Com isso eles caem fora. E se ficarem falando que você adora o diabo, diga a eles: - Viva Lúcifer, o demônio é melhor que Deus. Lúcifer te ama cara, o sangue de Lúcifer tem poder. Os crente pira. KKKKKKKKKK

  9. Bertone Postado em 07/Jun/2013 às 22:24

    A questão é que a modernização brasileira não passou por um desencantamento do mundo como aconteceu em outros lugares, mas por um reencantamento voltado para a pluralização religiosa. Não ter religião no Brasil é não possuir, no imaginário coletivo, raízes com a cultura nacional, daí o estranhamento, a rejeição, a incompreensão. http://bertonesousa.wordpress.com

  10. Isac Postado em 07/Jun/2013 às 22:31

    Sinceramente, vocês não saem do armário porque são fracos, porque quem é convicto de algo tem força pra mostrar o que é e o que pensa. Vocês também não sabem o quão difícil é um jovem cristão dizer que vai seguir a Cristo em um mundo onde se prega o sexo desenfreado, a bebedeira ... tudo que nossa doutrina não prega. "A ATEA, fundada há apenas cinco anos, tem 8.800 associados, mas quase 250.000 “fãs” no Facebook." Vocês podem se vangloriar de seus seguidores, mas n têm 1 obra social se quer! Se querem seguir a vida com Deus, ótimo, se não, eu não tenho nada a falar, mas por favor falem menos e ajam mais! Criem algo que possa ajudar a mudar realidades sociais e não religiosas!

  11. Thiago Teixeira Postado em 07/Jun/2013 às 22:46

    No Brasil, para não sofrer discriminação, precisa atender todos os seguintes quesitos: 1 - Branco. 2 - Católico. 3 - Anti-Lula. 4 - Tucano. 5 - Classe Média Alta. 6 - Homem. 7 - Paulistano. 8 - Corinthiano. 9 - Assitir Globo. 10 - Tomar cerveja. 11 - Ter Sobrenome Europeu. 12 - Nível Superior. 13 - Ter uma foto em frente a Torre Eifel. 14 - Heterosexual. Se você não atende alguns desses ítens, será considerado diferente.

  12. Markus Postado em 07/Jun/2013 às 23:21

    Márcio, concordo contigo, seria muito mais interessante a foto do "Anjo da morte" Madre Tereza ao lado de Chaplin. A verdade(parte dela que veio a tona...ao menos) sobre essa senhora desprezível você pode ver em: http://www.youtube.com/watch?v=zjB1YlDE4ok

  13. Vinícius Postado em 07/Jun/2013 às 23:35

    Apenas não entendi os parâmetros da Veja para saber a porcentagem de quantos votariam em negros, para mim esta com um cunho muito racista. Sobre as mesmos condições, você votaria no negro ou no branco ? Você votaria em um negro ? Kennedy ou Obama ?

  14. Markus Postado em 07/Jun/2013 às 23:47

    teste

  15. Aline Postado em 08/Jun/2013 às 00:06

    Márcio, Madre Tereza? Péssimo exemplo.

  16. Silvia Gomes Postado em 08/Jun/2013 às 03:16

    Thiago Teixeira esta com toda a razao!O povo!Se vc nao eh anti-Lula, entao?! Ta perdido!

  17. Osame Postado em 08/Jun/2013 às 12:33

    Aline e Markus, realmente, em vez da Madre Teresa, seria melhor colocar Martin Luter King, Doroty Stang, Bispo TuTu, Nelson Mandela, Bispo Romero, Zilda Arns, Frei Beto, Leonardo Boff etc... Por outro lado, Hitler nao era cristao (sua proposta era eliminar o cristianismo - dado que é uma religiao de raiz judaica - e substitui-la pela religiao pagã dos antigos germanicos. Hitler baixou leis substituindo o Natal pelo 21 de dezembro (Solsticio), perseguiu religiosos e teologos cristaos colocando-os em campos de concentração, impos uma unificação forçada das igrejas protestantes impondo a doutrina nazista sobre elas, elegeu o ateu Nietszche como filosofo central para a educação das SS... Ou seja, infelizmente a ATEA foi infeliz na confecção do cartaz, pois as informacoes que estou usando estao livremente disponiveis na WIKIPEDIA...risos

  18. Carlos Fischborn Postado em 08/Jun/2013 às 15:06

    Pois é, no Irã é teocracia terrorista, dizem. Mas aqui tratam de teocratizar nossa cultura, política e sociedade cada vez mais.

  19. Ewerton Postado em 08/Jun/2013 às 15:26

    Sou ateu com muito orgulho, acho que foi uma das melhores "escolhas" que eu fiz na vida. #LIVREPENSADORES

  20. Paulo Postado em 08/Jun/2013 às 15:42

    Sou ateu e discordo dessa opinião. Não acredito que realmente exista esse medo. De pragmatismo esse site não tem nada, opiniões fracas, esquizofrênicas e ideologicamente distorcidas.

  21. Fátima Félix Postado em 08/Jun/2013 às 16:33

    Precisamos respeitar cada um.

  22. ARMISTRONG DE ARAUJO SOUTO Postado em 08/Jun/2013 às 17:43

    Toda intolerância resulta da ausência de informação, somada, ou acrescida, de sentimentos egóicos. O intolerante acredita ser ele o melhor, em tudo. E, em decorrência, tudo o que a ele estiver ligado. O Espiritismo é uma doutrina (Doutrina Espírita) por que foge, completamente, ao caráter institucional das "religiões" tradicionais. Nele somos estimulados, constantemente, ao estudo da Filosofia, da Ciência, e da Moral. O aspecto Moral nos leva ao elemento espiritual. O caráter de religiosidade se dá na "caminhada", sob perspectiva da Reencarnação, que o Espírita empreende, infinitamente, no melhoramento de si mesmo, rumo à perfeição. Segundo Allan Kardec, são dois os preceitos espíritas a serem observados: "Espíritas, amai-vos, e instruí-vos!" O Amor como base da caridade, e do respeito ao próximo, e a instrução como forma de superação de toda a ignorância, e de todo preconceito.

  23. Laura Mendes Postado em 08/Jun/2013 às 19:00

    Eu ia falar sobre a Doutrina Espírita, mas o Armistrong de Araújo Souto fez uma observação mais completa. Espiritas no Brasil também são vistos com muito preconceito, pelo menos em se tratando em uma fé racional como a nossa. Os ateus também t~em o direito de seguir o que eles acham mais conveniente em suas vidas. Pelo que eu saiba, não é necessário crer em Deus, mas basta refletir sobre suas próprias atitudes, ai quem sabe após a morte os mesmos tenham a verdade que tanto almejam. Bem, essa foi minha palavra de espírita. As pessoas são tão egoístas em julgar os outros, principalmente em se tratando de sua individualidade e de suas crenças, se o mundo seguisse o mesmo padrão, acreditassem nas mesmas coisas, aí sim seria uma verdadeira monotonia.

  24. capi Postado em 08/Jun/2013 às 19:55

    pra não ir pro inferno

  25. Angela Lins Postado em 09/Jun/2013 às 02:25

    Sou atéia! Sim... O preconceito existe. Tenho amigos de todas as religiões (afinal... religião realmente não define caráter). Mas, um dos dias mais felizes da minha vida foi quando, sem querer, acabei assistindo um programa de TV que falava de ateus. Até então, eu achava que era praticamente a única na face da Terra que não acreditava em um monte de coisas que a maior parte das pessoas acredita. Enfim... Senti que havia pessoas como eu (e que, no geral, eram pessoas muito parecidas comigo). Adoro conhecer ateus.

    • Vicente Postado em 06/Oct/2013 às 19:42

      Também sou ateu.Porém,infelizmente, não posso manifestar a minha não crença.Onde trabalho são todos religiosos , não respeitam outras religiões. Se manifestar que não acredito em crença alguma,noutro dia sou demitido.Quando tava lendo "O Anticristo" do Nietzche, quase fui "linchado". Depois,são os ateus que são ignorantes.

  26. Rogério Postado em 09/Jun/2013 às 21:41

    Tiago Teixeira: 1 – Branco. 2 – Católico. 3 – Anti-Lula. 4 – Tucano. 5 – Classe Média Alta. 6 – Homem. 7 – Paulistano. 8 – Corinthiano. 9 – Assitir Globo. 10 – Tomar cerveja. 11 – Ter Sobrenome Europeu. 12 – Nível Superior. 13 – Ter uma foto em frente a Torre Eifel. 14 – Heterosexual. Sou corintiano e tem sãopaulino que zua. Essa semana foi ao serviço com camisa do timão e falaram que é camiseta de presidiário. Substitua corintiano por sãopaulino e terá o "cidadão perfeito".

  27. Barillo Postado em 10/Jun/2013 às 06:12

    Porque os ateus não ESQUECEM isso e seguem suas vidas normalmente?!Agora ele tem que se abrir para o mundo e se tornar um daqueles nerds da ATEA que mostram que são intolerantes com qualquer tipo de fé,até mesmo a racional?!Ah para com isso....Já tive esses pensamentos inúteis de ateu e sei que esses bando de imbecis são movidos a rancor contra religiosos...Façam o seguinte,esqueçam essa besteira vocês também.

  28. Juliana Postado em 11/Jun/2013 às 01:22

    Não saem do armário? Já deram uma olhada no facebook?

  29. Leandro Postado em 11/Jun/2013 às 15:27

    sinceramente acho este tipo de reivindicação um pouco vazia. primeiramente, acredito que TODOS NÓS precisamos entender que desconcordâncias de cultura e costumes sempre haverão. ninguém é = a ninguém. reivindicar que há preconceito contra ateus? o que exatamente a 'ATEA' quer dizer? escancarar para tudo e todos que são ateus? você não pode ser simplesmente ateu e pronto? entendo e dou razão para aqueles que se sentem chateados com a ligações de ateus com pessoas 'ruins'. mas afinal, você ser A, B ou C define alguma coisa do seu caráter? para mim: ser você independente do que os outros dizem ou acham é que realmente vale a pena! vamos gastar nosso tempo, dinheiro e energia por causas mais justas, gaves e importantes para um bem comum?

    • Lu... Postado em 22/Oct/2013 às 19:05

      O que você está dizendo é que o ateu tem que aceitar essa realidade de opressão, abaixar a cabeça e pronto. Mas há algo chamado "liberdade de expressão", sabe? Então se eles querem "se escancarar" eles estão no direito deles e cabe a você aceitar isso. O grande problema aqui é que se você admite ser ateu é automaticamente associado a algo ruim, perde chances de emprego, perde amizades. Por isso começar com conscientização é importante, posts como esse se espalhando na internet dão esperança aos ateus, pois quem sabe assim a população entenda que eles existem e que são pessoas normais, que merecem respeito também.

  30. Leandro Postado em 11/Jun/2013 às 15:29

    ps, esse outdoor(na 2 foto do post) para mim é uma das coisas mais de mal gosto que eu já vi.

  31. Vinícius Postado em 12/Jun/2013 às 02:17

    Já fui ateu e evangélico. Os pentecostais sofrem mais preconceito que os ateus no Brasil, pelo menos na minha experiência.

  32. Flavio Renato (@flaviusrenati) Postado em 12/Jun/2013 às 04:30

    Eu sou ateísta há mais de 25 anos, porém agora a internet glamourizou o Ateísmo e até parece que virou modinha. Quanto á ATEA, estou cagando e andando para eles. Não preciso me associar a este medoicridade para ser contabilizado como Número. Sem falar que a página da ATEA no Facebook é ridícula. Talvez por causa dela, que nós, ateus de verdade, somos ridicularizados. A ATEA é um braço do Sionismo no Brasil.

  33. lucabi brasil Postado em 13/Jun/2013 às 23:54

    Viva a Revolução, sou Ateu, o assumo publicamente, mas o preço que se paga é altíssimo, eu que o diga! Mas vale , não se deve renunciar a Liberdade de questionar e decidir, sem imposições!

  34. Carlooos Postado em 15/Jun/2013 às 20:04

    No Brasil e no mundo. Preconceito é a arma dos ignorantes, tanto que veio um aí dizer que "ateus não saem do armário por que são fracos...". Só que nós temos de pagar nossas contas e garantir a segurança de nossos filhos. Vamos dar a cara a tapa para perder nossos empregos e nossos filhos agredidos na escola? Só por que um cretino acha que é fraqueza? Na boa, se alguém me pergunta minha religião ou para que time eu torço, eu lhe pergunto se ele não tem nada de importante na vida, para se preocupar com esses rótulos estúpidos? Antes que comentem: SIM, eu comparei religião com futebol. São da mesma farinha, somete alienam e geram desinteligências. Leandro: concordo contigo, falou tudo; Isac: ah, vá...

  35. Nilson de Simas Postado em 20/Jun/2013 às 17:40

    RELIGIÃO - A rendição incondicional de todas as inocências e a aceitação da imputação do peso da culpa e do pecado, para que o clérigo lhe venda em suaves prestações, a redenção de um ser imaginário. Seu bebê já nasce um pecador. Imoral e patético FÉ - ...CRER.....SEM....SABER BÍBLIA - "Um livro cheio de fábulas e extremamente infantil" Albert Eisntein JESUS - Este tal de Jesus, que muitos falam, não tinha uma mensagem de pluralidade de crenças, pois mandava seus seguidores venderem a terra, o gado, nada de cuidar do futuro dos filhos, simplesmente segui-lo porque era a luz e ninguém chegaria ao pai a não ser por ele, estabelecendo assim, a exclusividade da senha para a salvação e condenando pela ignorância da revelação, bilhões de pessoas que existiram antes de sua vinda, bilhões de muçulmanos, bilhões de hindus, bilhões de budistas, bilhões de indígenas, bilhões de comunidades insulares mundo afora, que jamais ouviram falar neste tal de Cristo, o que inevitavelmente nos leva à conclusão de que era apenas mais um doido com mania de messias.

  36. Nilson de Simas Postado em 20/Jun/2013 às 17:43

    "Quando te tiveres emancipado dos Deuses do Céu e da Terra, quando te tiveres desembaraçado dos chefes de cima e dos chefes debaixo, quando tiveres levado à pratica este duplo gesto de libertação, então, mas então somente, ó meu irmão, sairás do Inferno em que te encontras para entrar no Céu que tu realizarás! Deixarás as trevas da tua ignorância, para abraçar as puras claridades da tua inteligência, desperta, já, das influências letárgicas das religiões!" Sebastien Faure

  37. fabio Postado em 03/Jul/2013 às 10:14

    Esses ateus são um bando de idiotas que se acham mais esclarecidos e não respeitam ninguém, por mim morreriam todos queimados!!! ATEU TEM QUE MORRER!!!

  38. Felipe Postado em 24/Jul/2013 às 19:11

    É engraçadíssimo como esse pessoa da ATEA mostra-se injustiçado, mas, em sua página no Facebook, vejo sempre imagens ofensivas às mais diversas religiões. Acho que todos, não só ateus e católicos, precisam acordar e ver que, independente de qualquer coisa, todo cidadão merece respeito.

  39. Dr Godinho Postado em 25/Jul/2013 às 17:05

    O que eu acho engraçado é ver umbandistas se dizendo "espíritas"... Vão se informar, espiritismo é uma coisa, umbanda é outra.

  40. Pedro Postado em 30/Jul/2013 às 12:46

    Tudo depende de educação. Durante a maior parte da minha vida, identifiquei-me como espíria. Hoje me identifico como ateu. Nem antes, nem hoje, sou alvo de preconceito, apesar de ver diversas demonstrações de não aceitação do ateu Brasil afora. Faz diferença viver entre pessoas educadas.

  41. Marco Bueno Postado em 31/Jul/2013 às 18:05

    A mentalidade humana está podre e os dejetos estão enraizados em nossas mentes. A discriminação, o preconceito e aquela quedinha de se sentir melhor que o outro se agravou com o uso dos adjetivos: homem branco, homem negro, loiro, japonês, heterossexual, gay. Não contentes com a vulgaridade, acrescentamos outras expressões e na mesma ordem acima: branquelo, negão, alemão, japa, macho, viado. E vamos seguindo fazendo uso exacerbado dos adjetivos, substantivos, sinônimos e todos os derivados. Nos escondemos atrás das palavras. Somos verdadeiros covardes. Abusamos do outro em maior ou menor grau. Coagimos e somos coagidos. Vez ou outra, manipulamos e somos manipulados. Articulamos. Somos todos santos do pau oco. Não nos contentamos com o perfil alheio. Temos rancor de tudo: não interessa se o cara é ateu, agnóstico, evangélico, macumbeiro, deísta; palmeirense, corintiano, são paulino; de esquerda, direita, centro; hétero, gay, lésbica, indeciso; rico, pobre, desgraçado e nu; prostituta, profissional do sexo; inteligente, burro, retardado, ingênuo, bobão, político, padre, pastor, santo, ladrão. Se Cristo tivesse aqui na Terra neste exato momento, ele não seria crucificado desta vez, seria queimado vivo dentro de pneus. Com isso estou dizendo que a gente não vale nada e não levamos nada a sério. Quando há uma suposta seriedade, pode investigar que ali mora o interesse vil. Estamos longe de se portar de maneira sincera e honesta. O sistema social e religioso fizeram de nós pessoas míopes. Assim, o senso comum não consegue enxergar que ateu não é um defeito. Muito pelo contrário, são pessoas que tem inúmera importância no universo, tanto quanto o santo e o pecador. Eles fazem parte da balança como qualquer outro idiota que não consegue entender que esse peso é necessário. Ateus sejam bem-vindo. Acordem e mostrem que nem tudo é religião , misticismo, amor com coração, fantasia, lúdico, palhaçada.

  42. alguém Postado em 01/Aug/2013 às 23:32

    se o cara é ateu ele não acredita em nada nem em deus e nem no demônio ele é ateu se ele fala do demônio ele não é ateu é um atoa

  43. Francisco Paiva Melo Postado em 06/Oct/2013 às 11:54

    Eu sou ateu de carteirinha, não acredito em Deus e digo a quem me perguntar. Acho que o mal da humanidade, não está na religião, mas sim nesta falsa religião que não sai do papel. Fui candidato a vereador de uma pequena cidade, não encontrei uma pessoa que me recomendasse fazer uma campanha digna, entre católicos e evangélicos não tem diferença, todos que falei da minha candidatura me aconselharam a fazer sujeira para ganhar. Realmente não fiz o que recomendaram mas também fui derrotado, tive 15 votos, precisava de no minimo oitenta para me eleger. Com isso concluir que a desonestidade está impregnada nos religiosos como ninguém imagina, se eu tivesse feito o que eles disseram e meus colegas fizeram teria sido eleito. Descobrir então que religião é uma grande farsa, e que na hora de ser digno os religiosos estão fora do jogo. Eles jogam sujo e acreditam em um Deus que concorda. Existe no meio dos evangélicos, mesmo com relação a Deus privilégio. Existe um tal de escolhido por deus, isso prova que não é uma sociedade justa. Não existe Justiça sem igualdade entre os seres humanos. È o que eu penso.