Redação Pragmatismo
Compartilhar
Especial 05/Jun/2013 às 15:47
334
Comentários

Por que na Finlândia bebês dormem em caixas de papelão?

Bebês de todas as classes sociais dormem em caixas de papelão na Finlândia. País que já foi pobre na década de 30 hoje é símbolo de igualdade e apresenta as ‘mães mais felizes do mundo’

Há 75 anos, todas as mulheres grávidas na Finlândia recebem um kit de maternidade do governo. O kit inclui uma caixa com roupas, lençóis e brinquedos, e a ideia é que a própria caixa seja usada como cama durante os primeiros meses de vida do bebê.

Muitos acreditam que o kit ajudou a Finlândia a alcançar uma das mais baixas taxas de mortalidade infantil do mundo.

É uma tradição com origem na década de 1930, desenvolvida para dar a todas as crianças na Finlândia um começo de vida igual, independente da classe social.

O kit de maternidade é um presente do governo e está disponível para todas as gestantes.

bebê caixa papelão finlândia
Bebês de todas as classes sociais dormem em caixas de papelão na Finlândia. Todas as gestantes finlandesas tem a opção de receber um kit maternidade ou uma ajuda financeira. (Foto:Milla Kontkanen)

Ele contém macacões, um saco de dormir, roupas de inverno, produtos de banho para o bebê, assim como fraldas, roupas de cama e um pequeno colchão.

Com o colchão no fundo, a caixa torna-se a primeira cama do bebê. Muitas crianças, de todas as classes sociais, têm seus primeiros cochilos dentro da segurança das quatro paredes da caixa de papelão.

Acompanhamento pré-natal para todos

As mães podem escolher entre receber a caixa ou uma ajuda financeira, que atualmente é de 140 euros (R$ 390), mas 95% optam pela caixa, que vale muito mais.

A tradição começou em 1938, mas inicialmente o sistema só estava disponível para as famílias de baixa renda. Mas isso mudou em 1949.

“A nova lei diz que para receber o kit ou o dinheiro, as gestantes têm que visitar um médico ou uma clínica pré-natal municipal antes do quarto mês de gestação,” disse Heidi Liesivesi, que trabalha no Kela, o Instituto de Seguro Social da Finlândia.

Leia também

Na década de 1930, a Finlândia era um país pobre e a mortalidade infantil era alta ─ 65 em 1.000 bebês morriam. No entanto, os números melhoraram rapidamente nas décadas que se seguiram.

Mika Gissler, professora do Instituto Nacional para Saúde e Bem-Estar em Helsinque, acredita que o kit de maternidade e os cuidados pré-natal para todas as mulheres introduzidos na década de 1940, um sistema de seguro de saúde nacional e um sistema central da rede hospitalar na década de 1960 foram fundamentais para reverter essa situação.

As mães mais felizes do mundo

Aos 75 anos de idade, o kit é agora uma parte estabelecida do rito finlandês de passagem para a maternidade, unindo gerações de mulheres.

“É fácil saber em que ano os bebês nasceram, porque as roupas do kit mudam um pouco a cada ano. É bom comparar e pensar: ‘Ah, aquele menino nasceu no mesmo ano que o meu'”, diz Titta Vayrynen, de 35 anos, mãe de dois filhos pequenos.

Para algumas famílias, o conteúdo da caixa seria inviável se não fosse gratuito.

“Um relatório publicado recentemente dizia que as mães finlandesas são as mais felizes do mundo e na hora eu pensei na caixa. Somos muito bem cuidados pelo governo, mesmo agora que alguns serviços públicos sofreram pequenos cortes”, diz ela.

O conteúdo da caixa mudou muito ao longo dos anos, refletindo a mudança dos tempos.

Símbolo de igualdade

“Os bebês costumavam dormir na mesma cama que os pais e foi recomendado que esse costume acabasse”, disse Panu Pulma, professor de História Finlandesa e Nórdica da Universidade de Helsinque. “Incluir a caixa no kit serviu como um incentivo para os pais colocarem os bebês para dormir separados deles.”

Em um certo momento, mamadeiras e chupetas foram removidos para incentivar o aleitamento materno.

“Um dos principais objetivos de todo o sistema era fazer com que as mulheres amamentassem mais e funcionou”, diz Pulma.

Ele também acha que incluir livros infantis teve um efeito positivo, encorajando as crianças a segurar os livros e, um dia, lê-los.

Pulma acredita que a caixa é um símbolo da ideia de igualdade, e da importância das crianças.

BBC

Posts relacionados

Comentários

  1. Carlos Alberto Postado em 05/Jun/2013 às 17:58

    Isso que é um país

    • Fernando Postado em 09/Jan/2014 às 23:05

      Lá é que existem leitores e não um certo qualquer

    • ariel Postado em 27/Jan/2014 às 15:17

      Correção, religião.

      • Chris Postado em 05/Feb/2014 às 12:11

        Não tem a ver com religião. Tem a ver com cultura, tradição e principalmente "educação"!!!

      • Leoo Postado em 11/Jan/2015 às 14:05

        Falou pouco mas falou besteira, na minha opinião...

      • Luis Postado em 21/Jan/2015 às 09:44

        onde que você viu religião nisso?? em momento algum se fala de religião na matéria.

      • Julia Postado em 21/Jan/2015 às 12:00

        Que? Religião?

      • Amanda Postado em 21/Jan/2015 às 15:52

        Religião? Na cabeça de quem?

      • Leonardo Postado em 22/Jan/2015 às 09:01

        De acordo com uma sondagem do Eurobarómetro de 2010, 33% dos cidadãos finlandeses responderam que "acreditam que existe um Deus", 42% responderam que "acreditam que existe algum tipo de espírito ou força vital" e 22% que "não acreditam que haja algum tipo de espírito, Deus ou força vital"41 — fazendo da Finlândia um dos países com maior porcentagem de ateus no mundo.

    • Chris Postado em 05/Feb/2014 às 12:10

      E que Pais!!!!!!! Abençoado!

    • Souza Postado em 05/Aug/2014 às 20:45

      Isso se chama desenvolvimento. Parece que quanto mais subimos no mapa mais as coisas melhoram para o ser humano. Grande Europa, grande Finlândia.

      • Rafael Postado em 09/Jan/2015 às 11:10

        Mais educação, menos religião. Isso desenvolve um país.

      • Jéssica Postado em 12/Jan/2015 às 19:27

        Na sua lógica boçal, Souza, a África entra onde? Grande Europa que se fez assim através da exploração dos recursos de suas colônias, e do trabalho escravo. Em vez de "subir no mapa" talvez você devesse voltar na história.

      • André Anlub Postado em 21/Jan/2015 às 12:14

        Souza, vai-te já para Groenlândia então! ...rsrs

      • Renata Postado em 21/Jan/2015 às 15:44

        Claro, com o filão que arrancou das Américas, da África, da Ásia a Europa só podia mesmo ser grande...

      • Lindomar Postado em 22/Jan/2015 às 03:07

        Souza, esse André é um retardado. Toda vez que escuto alguém responder: "então vai para lá", me lembra um porco na lama e todo feliz. Esses não percebem que algumas pessoas querem ver alguns desses exemplos no seu próprio país e nao mudar para o país dos outros.

      • renato Postado em 22/Jan/2015 às 06:48

        Groenlândia é Dinamarca e não Finlândia.....

      • Douglas Postado em 22/Jan/2015 às 11:18

        Não sabia que a Groenlândia fazia parte do território da Dinamarca, pensei que fosse um território distinto, vivendo e aprendendo.

    • Luiz Postado em 12/Jan/2015 às 18:28

      No Brasil os politicos fariam cobrança superfaturada das caixas de papelão e desviariam o dinheiro para suas proprias contas.

    • lycia Postado em 12/Jan/2015 às 19:43

      Legal, só que no Brasil, pelas dimensões continentais, o governo aqui teria que contar com o apoio dos gov. estaduais e municipais!

    • JEAN PAUL Postado em 13/Jan/2015 às 07:56

      FERNANDA A RELIGION QUASE NO EXISTE EM FINLANDIA OK 85% DA GENTE SÃO ATH[EES E POR ISSO QUE TUDO FUNCIONNE !!! VAI LA VER E DEPOIS ME FALE .PASSEI MUITO TEMPO A HELSINKI

    • Soraia Postado em 13/Jan/2015 às 11:54

      Enquanto que por aqui, papais e mamães vão para os EUA fazer o enxovalzinho do baby...grandes coisas!

  2. kARIN Postado em 05/Jun/2013 às 18:15

    Que País incrivel. Além de estimular a amamentacao as criancas têem um valor imenso aos olhos do governo . Idéia genial a do simbolo da igualdade. Desde cedo já colocam na cabeca das criancas que ninguém é melhor que ninguém, todos sao iguais perantes as leis. Isso que é desenvolvimento humano e acima de tudo ser Cristao. Realmente com essa ideologia deve predominar mais pessoas com auto estima , solidárias e mais felizes...

    • Polyana Postado em 12/Nov/2013 às 02:31

      "De acordo com uma sondagem do Eurobarómetro de 2010, 33% dos cidadãos finlandeses responderam que "acreditam que existe um Deus", 42% responderam que "acreditam que existe algum tipo de espírito ou força vital" e 22% que "não acreditam que haja algum tipo de espírito, Deus ou força vital"37 — fazendo da Finlândia um dos países com maior porcentagem de ateus no mundo."

    • PJDisouza Postado em 28/Dec/2013 às 01:07

      Lembrando que la são quase todos ateístas só pra corrigir seus aspecto "cristão" Religião não tem nada haver com educação. Ponha por ex: A Suécia que em sua quase totalidade é de ateístas e é um dos países mais desenvolvidos culturalmente e financeiramente.

      • tiago Postado em 08/Jan/2014 às 20:53

        Você esta equivocado, a população da Finlândia é de 90% de luteranos. E quem diz isso são dos dados oficiais do governo finlandês.

      • AnttiofBrazil Postado em 09/Jan/2014 às 18:38

        ...desculpa aí mas isso não é verdade. Sou brasileiro e moro em Helsinki a mais de vinte anos . Conheço acho que melhor a Finlândia do que meu querido Brasil e aqui a população não é quase ateísta como o Sr está dizendo e sim luterana . Acho melhor se informar melhor antes de comentar alguma coisa.

      • Caio Postado em 16/Jan/2014 às 23:42

        Amigo a maioria é cristão, faça uma pesquisa e vai descobrir isso. Só não são católicos.

      • ariel Postado em 27/Jan/2014 às 15:17

        Exato, religião serve apenas para FODER com a mente das pessoas e convencê-las a dar dinheiro para suas igrejas.

      • Emanuel Postado em 16/May/2014 às 13:30

        "...A Suécia quase em sua totalidade é de ateístas..." ta "serto".

      • Arnold Postado em 09/Jan/2015 às 08:23

        No entanto é o país com maior índice de suicídio do mundo, junto aos outros países nórdicos.

      • Fernanda Postado em 12/Jan/2015 às 20:47

        Me desculpe, mas a religião dominante na Finlândia é o Evangélico, sim, e eles tem uma das maiores igrejas Lutheranas do mundo, que tal pesquisar antes de falar asneira. No entanto eles respeitam muito a culta de seus ancestrais.

      • Eduardo Postado em 14/Jan/2015 às 17:27

        Com cerca de 4,1 milhões (ou 76,4%34 da população no final de 2012) de adeptos, a maioria dos finlandeses são membros da Igreja Evangélica Luterana da Finlândia. Não são maioria ateístas não...

      • jhonatan Postado em 16/Jan/2015 às 10:32

        agora so porque a maioria é ateu, a cultura vai ser melhor, a economia vai ser melhor, "véi se é burro" na real pesquisa direito... boa Fernanda

      • Rúbia Graziele Rautiainen Postado em 16/Jan/2015 às 19:56

        Eu moro na Finlândia a dez anos. E reafirmo que sua afirmação está correta PJDisouza. Aqui a igreja predominante é a Luterana sim, porém só nas em pesquisas eles são luteranos, na realidade eles são mesmo ateístas. TODOS os meus amigos finlandeses são ateus. Todos os meus colegas de trabalho também são ateus. Meu marido é finlandês, ele não é batizado, a mãe dele não é batizada, o pai dele também não. São todos ateistas.

      • Natalya Postado em 21/Jan/2015 às 12:24

        A Fernanda acha que está arrasando. Basta ter um pouco menos de preguiça e força de vontade para encontrar reportagens com fontes, assinadas e datadas referentes aos elevados números de ateístas na Suécia, Finlândia entre outros. Muito fácil acusar informações de terceiros de "asneiras" quando se lê apenas um livrinho arcaico, né? Talvez se a senhorita sentasse o rabicó em uma sala de aula com mais vontade de entender o mundo, ao invés de ficar ajoelhada idolatrando costumes antigos e um deus ilusório, falasse menos ASNEIRAS também. Como se fosse novidade existir edifícios cristãos imensos espalhados pelo mundo. Sua corja apenas ostenta e não me convence que se preocupa com o próximo. Ter uma porcaria de templo na Finlândia não altera os números, números os quais mostram sim que o ateísmo ainda é predominante. Não perca tempo se desculpando. Suma da internet e abra outros livros

      • Malak Viana Postado em 21/Jan/2015 às 12:51

        Fernanda, o cristianismo é a maior religião na Finlândia, mas 60% da população é ateísta. Ter uma das maiores igrejas cristãs não quer dizer nada.

      • Luiz Parussolo Postado em 21/Jan/2015 às 15:07

        O Ariel além de falar sem conhecer mostra-se pagão e sem berço (não berço material, mas berço moral) observando apenas pelo seu vocabulário.

      • Carol Postado em 21/Jan/2015 às 19:15

        Não acredito que a religião tenha a ver nesse caso, uma vez que quem fez tudo isso foi o estado - e até onde eu sei, o estado é laico. Independente se o país é predominantemente ateu ou Evangélico.

      • Felício José Postado em 21/Jan/2015 às 22:05

        Ateístas ou religiosos houve um momento de criação e evolução ,para alguns pelo vocabulário e dissidente de Berço Moral regrediu . Em muitos países aplica-se o respeito a vida com a pratica de " Deixai a cizânia crescer com o trigo , ceifadas serão no final e separadas cada qual com seu destino...Alguns países dedicados a qualidade de vida , cuida preventivamente de seus Campos , suas Sementes e da evolução da espécie...

      • Maria Postado em 22/Jan/2015 às 17:52

        Fernanda, cerca de 60% dos finlandeses declaradamente ateus.

    • monica Postado em 31/Dec/2013 às 18:07

      você está corretíssima

    • Emerson de Lima Postado em 01/Jan/2014 às 01:31

      '...22% que "não acreditam que haja algum tipo de espírito, Deus ou força vital"37 — fazendo da Finlândia um dos países com maior porcentagem de ateus no mundo..." se deus fosse vital no desenvolvimento de um país, o Brasil seria primeiro mundo e o Oriente Médio Hors concours ...

      • Alexandre Postado em 23/Jan/2014 às 14:39

        Como eu gostaria que todos os brasileiros tivessem esta visão.... Com certeza estaríamos mais perto da Finlândia.

      • Lourdes Postado em 12/Jan/2015 às 17:15

        Emersoson de Lima, concordo com suas palavras muito bem colocadas.

      • André Luiz Postado em 21/Jan/2015 às 10:37

        Confundir Deus com religião, ficou tão comum, que poucos percebem a diferença. Religião é criação do homem e de seus interesses, Deus existe independente dele, delas e de se acreditar ou não.

    • Orlando Postado em 02/Jan/2014 às 09:48

      É belíssimo mesmo, mas diria que é ser humanista acima de tudo. Na Finlândia 62% da população é atéia.

    • carla Postado em 05/Jan/2014 às 00:43

      A Finlandia é dos paises com menos "cristaos" no mundo. Aparentemente, os paises com mais cristaos sao os que tem mais desigualdade e mais pobreza. Religiao é uma merda!

      • Milah Postado em 09/Jan/2014 às 21:45

        Quanta ignorância! Na verdade, é bem ao contrário que as coisas acontecem.

      • Erich Postado em 28/Jan/2014 às 14:49

        Sinto , Carla, mas a visão que tenho é exatamente a de que devido a bosta que o país subdesenvolvido está (desigualdade, pobreza, etc...), os pobres e desinformados habitantes destes recorrem desesperadamente à uma salvação, seja ela real ou não, seja ela alimentada pela sua crença/esperança... É o seu ponto de fuga da m... que está o país. Então... Religião não é uma merda. A crença deles não te afeta (tendo, aqui, o Brasil como exemplo diferentemente do Oriente Médio...). A merda mesmo continua sendo o desrespeito, continua sendo o egoísmo... A merda continua sendo a humanidade.

      • Aroldo Postado em 11/Jan/2015 às 09:43

        Religiosidade não tem nada ver com religião. Pense religião como filosofia e religiosidade como atitude.

      • Lourdes. Postado em 12/Jan/2015 às 17:19

        Carla, certíssima religião, serve para construção de templos faraônicos as custas dos mais humildes.

      • Gidele Postado em 21/Jan/2015 às 10:00

        Porque religião é uma merda? Todas são? Vc já conviveu dentro de uma instituição religiosa?O que ensinam as religiões? Vc é extremistas, aliás a maioria dos ateus são, não sabem nada e julgam! Vc mata? Vc rouba? Vc ama o próximo? Vc sabia que isso está no decálogo?Lá em de Moisés lembra?Cuidado vc está vivendo o cristianismo e não sabe!

      • lucas medeiros Postado em 21/Jan/2015 às 11:32

        Comentário de uma tola, vai estudar antes de falar bobagem

    • Renan Postado em 06/Jan/2014 às 19:08

      Ai vc se engana, a Filandia e um dos países com menos pessoas cristans em todo o mundo, por isso que eles são tao bons, na verdade

      • Michael Postado em 11/Jan/2015 às 16:21

        Hahahaha voce nao sabe nem escrever cristao e eh "cristan". E ainda por Cima inventa que a Finlandia eh o pais com o maior numero de cristaos. Sim eu nao acentuei minhas palavras porque meu teclado eh americano.

    • Deus pagão Postado em 07/Jan/2014 às 11:54

      Só esqueceu do fato de que a Finlândia não eh um pais cristão.

    • Dick Postado em 08/Jan/2014 às 14:20

      De "cristãos" ou religiosos eles não tem nada, para o bem deles, diga-se.

    • ariel Postado em 27/Jan/2014 às 15:19

      Cristão de cu é rola. A Finlândia é praticamente toda ateista.

      • Guilherme Postado em 10/Jan/2015 às 14:44

        Numa boa Ariel, leia os comentários dos outros acima do seu. Precisa ser estúpido desse jeito para dar uma opinião?

    • Karin Postado em 08/Jan/2015 às 12:44

      Toda educaco de qualidade se baseia em preceitos cristaos, por mais que nao sejam adeptos a religiao. Ser cristao é ser humano, solidário, é ter amor ao próximo independente de classe social, raca ou religiao.etc. É saber respeitar os limites e as diferencas de cada um. Fraternidade, igualdade e liberdade sempre...

    • Rafael Postado em 09/Jan/2015 às 11:11

      Ser cristão ou religioso nao faz uma pessoa ser melhor. Acima de tudo, é a EDUCAÇÃO..!!

    • Roger Postado em 09/Jan/2015 às 12:01

      Cristianismo iria detonar tudo por lá. Como disseram, é um feliz país de maioria ateia e agnóstica.

      • Caio Postado em 13/Jan/2015 às 08:58

        76% da população é luterana, ateus são 21%. É considerado um dos países com maior número de ateus, porém a maioria da população é cristã. Informe-se antes de fazer comentários.

      • hugo Postado em 13/Jan/2015 às 11:49

        Colocam a culpa na religião kkkkk A ignorância é a desculpa de vocês... A bíblia nunca foi o problema, mentes doentias que as lêem sim. Mentes que deturpariam um oi escrito em papel de pão. A religião é o ópio do mundo, para tentar tirar a dor de uma humanidade gangrenada

      • marcio Postado em 13/Jan/2015 às 13:17

        A falta de cultura e de conhecimento da verdade ou da palavra de Deus faz com que pessoas ignorante falem tantas asneirãs ,mas um dia todos esses teram que dar conta de tudo isso que falam !!!! E aí eu quero ver a arrogância destas pessoas diante de Deus . Então aí vai conselho : Antes de falar mal de alguém ou daquilo que você não sabe, pense primeiro antes que seja tarde .

    • Natália Postado em 11/Jan/2015 às 04:43

      Religião não define caráter, não garante educação, não faz de ninguém um ser mais ou menos evoluído que o outro. Esse é um pensamento cru, sem conteúdo e preconceituoso a partir do momento que você inclui pessoas educadas e desenvolvidas como cristãs e apenas cristãs. Ao contrário deste projeto do governo finlandês, que não exclui e nem divide um do outro. Trata todos igualmente. Reveja seu ponto de vista sobre o mundo. Abra um livro de verdade e o leia. Eu ateísta, espero que pessoas com esse pensamento tão mesquinho abram suas mentes. Acreditar ou não num ser superior não faz ninguém melhor que o outro. Se religião fosse tão educativa não faria pessoas como você julgarem os outros por suas crenças ou falta delas.

    • Rafael Postado em 11/Jan/2015 às 21:34

      Imbecil vem mencionar o cristianismo como fator de desenvolvimento social num país de predomínio ateu. Esses cristãos estragam tudo com e querem lograr de tudo que é bom neste mundo.

    • danilo Postado em 21/Jan/2015 às 15:48

      Quase toda população é ateísta. ..

  3. Vieira Postado em 05/Jun/2013 às 18:48

    Isso me faz lembrar o nascimento de um ser humano, que veio ao mundo e mudou a sua História.

    • Emerson de Lima Postado em 01/Jan/2014 às 01:31

      Buda?

      • Fernanda Postado em 10/Jan/2014 às 11:25

        Cristo, homem e Deus ao mesmo tempo.

      • Thaís Postado em 10/Jan/2014 às 12:00

        Buda!

      • Luís Viégas Postado em 04/Feb/2014 às 17:47

        Buda nasceu rico.

    • Morais Postado em 05/Jan/2014 às 18:24

      Seria uma pena se a maioria da população da Finlândia fossem ateus e preferem agir ao inves de acreditar na magica desse ser ;)

    • Renato Postado em 09/Jan/2014 às 02:42

      Na verdade sr. Vieira, não vi mudança nenhuma no mundo depois do nascimento desse "ser". Se for o ser humano de 2000 anos atrás...?

    • Horus-Rê Postado em 12/Jan/2014 às 10:53

      Goku!

    • Gustavo M. Gomes Postado em 26/Jan/2014 às 19:10

      Einstein? Darwin? Newton? Da Vinci? Galileu? Sagan? Hawkings? A quem exatamente está se referindo?

      • renato Postado em 22/Jan/2015 às 06:50

        é mais um xarope. ele não percebe que Jesus mudou o mundo sim, mas para pior.

    • ariel Postado em 27/Jan/2014 às 15:19

      Mudou pra pior né?

      • Lidia Postado em 22/Jan/2015 às 10:55

        kkk chega a ser Ilário, mudou pra pior? Não fale sobre Jesus se você nunca leu nada sobre ele. Jesus não mudou o mundo, e quem tornou o mundo pior foi homens ignorantes como você.

    • Alex Postado em 28/Jan/2014 às 23:54

      "Deus" é o Papai Noel dos adultos. Cresça, Vieira!

    • Nemo Postado em 04/Feb/2014 às 16:06

      O cara que inventou o fogo? O cara que inventou o pudim de leite?

    • Roger Postado em 09/Jan/2015 às 13:17

      Thomas Edson? Tesla? Aristóteles? Watts? Dumont? Gandhi? Chaplin?

    • José Geraldo Gouvêa Postado em 12/Jan/2015 às 00:39

      A Eva Mitocondrial!

  4. Marcos Postado em 05/Jun/2013 às 19:04

    Buda?

  5. lilian Postado em 05/Jun/2013 às 19:45

    Kkkkk, todo o respeito a Buda, mas Jesus foi fundamental.

    • André Postado em 27/Dec/2013 às 02:41

      É, parece que será preciso caixas de papelão também para os religiosos do mundo inteiro. Quem sabe assim não começam a se tratarem como iguais.

    • Davi Postado em 08/Jan/2014 às 10:22

      fundamental pra atrasar o desenvolvimento humano

      • Guilherme Postado em 08/Jan/2014 às 13:43

        Hahaha, atrasar o desenvolvimento humano? Se liga, quem atrasou o desenvolvimento humano foram nós mortais. Escuto muito o que falar sobre o quanto a igreja e a religião é a fonte de todos os males, mas antes mesmo de existir a religião moderna o homem já se preocupava com guerras fomes e desigualdade social. Só para constar, se não fosse a igreja cristã estaríamos todos falando latim, em uma sociedade organizada entre escravos, plebeus e patrícios. A queda do Império Romano e seu sistema economico (baseado na escravidão) acabaram por causa do cristianismo que pregava justamente a igualdade. Procurem saber um pouco antes de fazer acusações tão "precisas".

      • Cyntia Postado em 16/Jan/2014 às 12:29

        Fundamental pra ser criada a religião que mais matou na História e que mais dissemina desigualdade...

      • Gustavo M. Gomes Postado em 26/Jan/2014 às 19:11

        Exatamente!

      • ariel Postado em 27/Jan/2014 às 15:20

        Exato! Religião é um lixo.

      • Melina Postado em 10/Jan/2015 às 14:08

        O problema não é Jesus, Buda ou a religião...o problemas são as pessoas q são ignorantes e desvirtuam a mensagem q um dia eles deixaram, interpretam da maneira que seja mais benéfica a elas...eu sou cristã, porém Jesus não era cristão, e tenho ctz q o cristianismo atual não chega perto da verdadeira msg que Jesus deixou...mas enfim, o q tem a ver com religião o fato de uma caixa ser entregue nas maternidades da Finlândia? Nada...é uma ótima ideia que deveria ser reproduzido em outros países, independente se ele seja um país cristão, muçulmano, budista ou ateísta :)

      • Maurício Postado em 10/Jan/2015 às 23:39

        Errado. Religião não é um lixo. Lixo são as atrocidades que muitos cometem em nome dela. Lixo são os dirigentes gananciosos que tudo deturpam em benefício próprio e colocam o santo nome do Criador em vão.

      • gidele Postado em 21/Jan/2015 às 10:36

        A maioria dos ateus são extremistas, violentos e prosmícuos como aqueles .......Al- Qaeda, só que eles são são prosmícuos, e falam pouco , elimina......Mas os ateus, aposto que na hora do medinho chama por DEUS e mamãe!!!!!!!!!!!!!!!

      • Gidele Postado em 21/Jan/2015 às 10:38

        Ariel ser ateu e agnóstico é uma religião, sustentam uma filosofia e lutam por ela , sobe até que existe templos de ateus!

      • edi de franca Postado em 21/Jan/2015 às 11:14

        Nao foi jesus que fez as pessoas serem hipócritas.ele era manso e humilde de coraçao.se as igrejas que se dizem cristas sguissen realmente o exe plo dele,nao seriam tao corruptas.ele nao inventou a religiao.ele só foi alguém q queria uma vida igual a todos.nao é culpa dele q as pessoas utilizem o nome dele para enriquecer!e que saiba que eu tmb acho q o estado tem q ser laico.nao sigo nenhuma realigiao exatamente p isso.pela corrupçao que há nelas.

      • Ines Postado em 21/Jan/2015 às 16:33

        Gente, eu sou agnóstica, acho que quem ferrou com o pensamento de Jesus, Maomé, Moisés foram as religiões, as instituições, eles pregaram paz e amor!

    • Wellington Postado em 15/Mar/2014 às 11:17

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Roger Postado em 09/Jan/2015 às 13:18

      Fundamental para as matanças futuras em nome da religião. Imagine quantas vidas inocentes teriam sido poupada se Jesus e Maomé não existissem sequer como ideias...

      • Edmilson Oliveira Postado em 11/Jan/2015 às 00:51

        Seu comentário foi instigante, direto é preciso. É pra se pensar...

      • Victorya Postado em 13/Jan/2015 às 16:34

        Por mais que eu mesma seja atéia eu acho que Jesus foi um homem incrível e eu acredito que ele tenha realmente vivido. Religião é um lixo, mas independentemente da existência dele ou não, as pessoas teriam arranjado outro mártir e outra desculpa pra segregar, como sempre. Os ensinamentos de Jesus não tem nada a ver com o cristianismo, infelizmente. Se tivessem, a religião não seria esse atraso que nos vemos hoje.

      • Willian Postado em 21/Jan/2015 às 10:53

        Quanta ignorância em... seja lá quem foi Jesus, pregou amor, respeito, igualdade e compaixão, morreu pregado numa cruz, num escreveu bíblia nenhuma, num criou nem cristianismo nem catolicismo, pra vir um ignorante e escrever um negocio desse. Por favor amigão...

      • André Anlub Postado em 21/Jan/2015 às 12:20

        O maior Deus de todos ninguém repara; mas o idolatram e até matam por ele... o dinheiro! In GoLd we trust!

    • Marco Postado em 13/Jan/2015 às 18:17

      Fundamental para se criar toneladas de religiões e seitas que são usadas para retirar dinheiro dos desesperados que empregam suas "ancoras de salvação" na religião. Tudo se tem limite. Não para esses caras...

  6. Caio Postado em 05/Jun/2013 às 19:52

    Com certeza Luke Skywalker.

    • Mario Postado em 07/Jan/2014 às 15:27

      Gênio.

    • Fernando Postado em 21/Jan/2015 às 13:37

      Mestre Yoda, rules! “Treine a si mesmo a deixar partir tudo que teme perder.”

    • renato Postado em 22/Jan/2015 às 06:51

      Gênio

  7. tiago Postado em 05/Jun/2013 às 20:23

    Maomé?

    • Dulce Almeida Postado em 22/Jan/2015 às 07:01

      Maomé contra ou núpcias com uma criança de dez anos de idade. Casou-se com ela aos seis, e esperou que completa see dez para consumer o ato do casamento. Paciência!... Nada a ver com traço cultural, criança é sempre criança, gente. Hoje os muçulmanos justificam casal com crianças, seguindo o exemplo do "deus" deles. Em quanto isso, Jesus abençoou as criancinhas.

  8. José de Almeida Postado em 05/Jun/2013 às 21:17

    Hitler, talvez?

  9. John Postado em 05/Jun/2013 às 21:23

    Karl Marx!

  10. Vieira Postado em 05/Jun/2013 às 21:38

    Apesar de ter sido um ser humano que alcançou a sabedoria e a iluminação, não é a ele que me refiro, pois Gotama, o Buda nasceu em berço de ouro.

    • Rodovalho Postado em 30/Dec/2013 às 18:04

      Thor Batista, então?

    • Hani Postado em 11/Jan/2014 às 23:39

      Sidarta Gautama

    • miriam Postado em 20/Jan/2015 às 15:56

      Então se refere ao buda dos últimos dias da lei, Nitireen Daishonin.

  11. Fernando Postado em 05/Jun/2013 às 23:30

    kkkkkkkk certo tipo de gente eh mesmo uma praga, nao perde a oportunidade.... Devia ser tratado como doença mental....

    • Maria Postado em 06/Jan/2014 às 09:41

      Concordo com vc.

  12. Mauricio. Postado em 06/Jun/2013 às 00:16

    "Presente do Governo", cara pálida? O Estado não gera riquezas. Isso é tão somente o retorno de uma pequena parte dos impostos que o próprio povo paga. Kit fuleiro, por sinal.

    • Ronaldo Postado em 26/Dec/2013 às 22:43

      Usar a expressão "cara pálida" é assinar seu atestado de tiozão. Tiozão recalcado e policamente ignorante, por sinal.

      • Maurício Postado em 10/Jan/2015 às 23:43

        Politicamente ignorante talvez seja você que NÃO entendeu a mensagem dele. Algo contra "tiozões", bebê? Se o Brasil revertesse corretamente a fortuna que arrecada em impostos a favor da população, seríamos uma Finlândia.

    • Glauco Fernando Postado em 27/Dec/2013 às 00:42

      Provavelmente vc deve votar no PSDBosta!!!

    • Kleber Postado em 27/Dec/2013 às 16:35

      Eu estava me segurando, mas estava mesmo convencido que ia ter gente dizendo que isso não serve, que é fuleiro, que é uma ofensa aos pobres, etc... O problema do brasil é todo mundo quer ser melhor que outros, gastam-se mundos e fundos para ostentar coisas que realmente n fazem muita diferença.

      • Doris Postado em 10/Jan/2015 às 18:30

        Exatamente. Eu li o texto e pensei: vai surgir algum brasileiro dizendo q é um kit vagabundo... E eis q... Pimba! Pior é q as pessoas se acham muito boas, modernas e elegantes, e são apenas ignorantes, nada mais que isso...

    • Márcio Postado em 29/Dec/2013 às 19:17

      Fuleiro é você, que - como é típico da classe média tupiniquim - imagina que os membros de sua "prole" devem ser criados como pequenos príncipes mimados em berços vindos de Miami (e educados em clubes e escolas privadas caríssimas para não se misturarem com a "ralé"). Sim, o presente do Governo finlandês é simples e modesto. E é justamente essa a ideia (só você, com a insensibilidade típica das elites que apreciam a exclusão, não percebeu). Ele é simples para lembrar aos cidadãos finlandeses de que todos são iguais, de que ninguém é melhor do que ninguém e de que não são o luxo e a ostentação os elementos essenciais para se criar uma criança (mas sim o cuidado na medida da necessidade em uma sociedade igualitária). Muito republicano, austero e justo, o que é típico da social-democracia escandinava (nada parecido com as oligarquias das "esquerdas bolivarianas" ou das "direitas oligárquicas" da América Latina). Patética a sua manifestação (e, também, reveladora: não indica porque uma sociedade como a brasileira jamais será como a finlandesa).

    • Walter Postado em 31/Dec/2013 às 13:23

      Sem dúvida, acho no mínimo engraçado o pessoal louvando essa iniciativa do governo, quando na verdade em um país desenvolvido economicamente, entenda-se de livre mercado (Para os esquerdinhas que citarem os países nórdicos como exemplos de Estado atuante sugiro olharem o índice de liberdade econômica dos mesmos), a taxa de mortalidade infantil é NATURALMENTE baixa. Não existe mágica, nem caridade do governo.

    • Ana Menezes Postado em 05/Jan/2014 às 01:33

      Excelente observação, Maurício !! A melhor de tudo o que li aqui até agora.

    • Mario Postado em 07/Jan/2014 às 15:28

      Pois é, o retorno do imposto deles é um kit lindo, o do nosso é? Me lembre, porque eu esqueci...

      • Cyntia Postado em 16/Jan/2014 às 12:33

        Eu te lembro, Mário... O retorno do nosso é: mais e mais impostos, sistema de saúde e educação precários, humilhação nas filas de hospitais públicos, corrupção... Esqueci de algo?

    • Wagner Oliveira Postado em 08/Jan/2014 às 15:16

      Aqui no Brasil não se ganha nada do governo quando nasce... nem enquanto vai crescendo... e muito menos perto do leito de morte. Se quiser alguma coisa: compre. Não tem dinheiro, é pobre?: azar é o seu.

    • Souza Postado em 05/Aug/2014 às 20:50

      Tu não sabe nem o que é Finlândia e fica falando asneira. Quer comparar lá com o lixo daqui? Aqui a gente paga imposto como se fosse dízimo, lá os impostos são ínfimos se comparados aqui. Ve se aprende pelo menos a história do Brasil pra depois estudar "as terra dos otro cara palida"

      • Ed Santos Postado em 09/Jan/2015 às 09:38

        Ínfimos? fazer uma pesquisa não faz mal não, paga-se "uma tonelada" de imposto tanto aqui quanto lá, se for em porcentagem eles ganham disparado do Brasil, a diferença é que lá tem retorno.

      • Maurício Postado em 10/Jan/2015 às 23:49

        Ih, acho que alguém aqui precisa abaixar-se para pegar o nível que caiu no chão. Acho que quem precisa de aulas de história e português aqui é você. Lá, a arrecadação de impostos é JUSTA. Por mais que o valor seja baixo, é empregado correta e honestamente pelos governantes. Aqui, você paga zilhões de taxas e tem retorno mínimo em questões de saúde, segurança e educação. Sim, podemos comparar a Finlândia com o "lixo" do Brasil, como você mesmo ao nosso país se refere. Quem você acha mesmo que está dizendo asneiras? Preste atenção ao que VOCÊ diz e aprenda a ser mais polido nas discussões.

      • Leoo Postado em 11/Jan/2015 às 14:11

        Amigo, duas coisas: 1 - Ele não fez comparação nenhuma. 2 - Finlândia é um dos países com maior recolhimento de impostos, quase 50%. Veja se você larga essas pedras ai e se informa um pouco mais.

      • fabiola Postado em 11/Jan/2015 às 16:00

        nos paises nordicos os impostos sao altissimos o iva esta entre 22%- 25% e o imposto sobre a renda gira em torno a 40-50% ..

    • Johnny Postado em 21/Jan/2015 às 09:57

      A carga tributária da Finlândia é 46% do PIB. No Brasil é 36%. Impostos elevados são característica essencial dos países nórdicos, que estão entre os mais desenvolvidos do mundo. As alíquotas mais altas do imposto sobre a renda ultrapassam a faixa dos 50%. Quem ganha mais, paga muito mais, gerando mais igualdade. Estas civilizações são regidas por um princípio bem simples: ninguém é melhor que ninguém. Eles acreditam nisso pra valer. São países capitalistas com princípios socialistas. Lá, um lixeiro dá aula na universidade à noite. Aqui, valorizamos a meritocracia além da conta. Trata-se de uma diferença cultural quase insuperável.

      • Felipe Postado em 21/Jan/2015 às 10:50

        Meritocracia de nascer com dinheiro, da cor certa e se submeter a uk sistema idiota ou conseguir se pendutar em um cargo público ou abrir uma igreja e explorar os ingênuos ou corromper meio mundo ou apoiar ditaduras e sair com uma rede de teve ou migalhas de eletrodomésticos, só se for.

    • Mariana Postado em 21/Jan/2015 às 11:22

      Ignorante você. Moro na Suécia e posso dizer que o governo daqui gera riqueza sim. O Finlandês deve ser igual. Investindo o dinheiro dos impostos em empresas lucrativas o estado Sueco gera riqueza. Só um exemplo.

  13. VANDERLEI Postado em 06/Jun/2013 às 01:33

    LULA??????

  14. VANDERLEI Postado em 06/Jun/2013 às 01:36

    KARIN, Lamento em lhe informar, a FINLÂNDIA é predominante atéia 60% - da população. http://girouniversal.wordpress.com/2011/02/10/os-paises-com-os-mais-elevados-indices-de-ateismo/

    • Vitor Postado em 26/Dec/2013 às 19:54

      Estranho... esse artigo diz justamente o contrário... será que são protestantes ateus então? http://pt.wikipedia.org/wiki/Finl%C3%A2ndia#Religi.C3.A3o

      • Marcos Postado em 13/Jan/2015 às 14:43

        A faculdade sempre ensina, nunca use wikipedia como fonte oficial de informação

      • julio Postado em 17/Jan/2015 às 09:05

        fundamentar com wikipedia é para acabar né...kkkkkkkkkkkkkkk

      • Mariana Postado em 21/Jan/2015 às 11:26

        Uma tradição cristã não implica prática. A cultura é historicamente cristã mas quase ninguém vai em igreja nenhuma. Moro na escandinavia e ja fui a finlandia varias vezes.

    • Bruno Fehr Postado em 06/Jan/2014 às 16:59

      Isso é incorrecto 21% é oficialmente ateu! 76,04% são oficialmente Lutheranos e 1% Ortodoxos e 1% Islâmicos. Agora a taxa de praticantes isso sim é abaixo dos 40%.

    • vasco Postado em 07/Jan/2014 às 23:32

      O que provavelmente é uma das causa-efeitos para ser um dos países mais desenvolvidos. A religião anda de mãos dadas com o analfabetismo...não desfazendo as crenças pessoais de cada um, claro.

      • Wellington Reis Postado em 09/Jan/2014 às 01:15

        Vasco, diferencie religiões de religiões, até mesmo dentro do cristianismo. Uma das maiores conquistas vindas da Reforma protestante foi o incentivo aos estudos e acesso a educação. Se analisarmos os países de matriz protestante e os de matrizes católicas vemos que os primeiros são mais desenvolvidos, tanto economicamente quanto na educação. E por sinal a escola pública surgiu com a Reforma Protestante. Posso te passar inúmeras fontes, artigos acadêmicos e cia. Se o site permitir vou postar um link de um artigo acadêmico mostrando a relação entre IDH do país e o percentual de protestantes e suas relações. http://repositorio.pucrs.br/dspace/bitstream/10923/2583/1/000388420-Texto%2bCompleto-0.pdf

      • Pr. Josué de Almeida Postado em 09/Jan/2014 às 09:23

        As grandes universidades do mundo iniciaram suas atividades com os seminários, Harward é um exemplo disso. Além do mais a Finlândia têm um dos maiores índices de suicídios do mundo, talvez ai esteja sim faltando mesmo um pouco de religião e de fé...

      • alvaro Postado em 21/Jan/2015 às 09:55

        Errado. A alfabetização foi fundamental para os luteranos, que ao contrário dos católicos, defendiam o direito de todo cristão ler ele mesmo (e interpretar) a bíblia, em vez de ouvir o padre falar qualquer coisa no sermão de domingo. Daí Lutero ter traduzido ela para o alemão. Esse foi sem dúvida um dos fatores de desenvolvimento dos países nórdicos, que tinha taxas baixas de analfabetismo já no século XIX.

      • Sul do Brasil Postado em 21/Jan/2015 às 11:18

        Caro vasco, tem religião e religião, não coloca tudo num mesmo saco. A religião Cristã com denominação Luterana, que é a de maior proporção na Finlândia e que tem como difundidor e não criador, Martinho Lutero tem um lema: No lado de cada igreja, um escola. Justamente para que todos que aí frequentavam aprendessem a ler e escrever. Diferentemente do que era pregado antes de 1500 pelas igrejas espalhadas pela Europa.

  15. giuliana Postado em 06/Jun/2013 às 08:04

    Pois é.. o duro que em nosso país isto acontece, mas as criancinhas são encontradas no lixo, ou melhor dentro de sacolas de lixo.... Enquanto nossos valores não forem moldados no amor, na igualdade e na fraternidade, tal idéia não funcionará...O que se esperar de um país como o nosso onde o povo vende voto pex, por uma cesta básica?!? é uma pena.... .

  16. Debora Postado em 06/Jun/2013 às 12:10

    ATEUS OU NÃO, ELES REPRODUZEM O ENSINAMENTO DO(S) GRANDE(S) MESTRE(S) MUITO MAIS QUE NO BRASIL, UM PAÍS COM A MAIORIA CRISTÃ.

    • Edson Postado em 03/Jan/2014 às 20:32

      perfeita a sua análise....as vezes eu me pergunto o porque que os países mais violentos do mundo são tido como os mais religiosos, por exemplo: México e Brasil no caso, cristãos e da India, que tem centenas de religiões e prega atrocidades contra as mulheres.....sem esquecer os países árabes mulçumanos radicais que se matam e matam milhares de pessoas, além de colocar a mulher como escrava e sem direitos.....triste realidade, parece que a religião esconde o caracter!!!!!!

      • Jenifer Postado em 09/Jan/2014 às 10:38

        Nem toda religião segue ao mesmo Deus... tem que separar o que é "religião" do que Cristo ensinou,,, sobre amor ao próximo. As pessoas distorcem muito as coisas e depois Deus é quem paga a culpa

    • ariel Postado em 27/Jan/2014 às 15:21

      porque evanjégues sempre uasm a porra do caps lock?

    • Gidele Postado em 21/Jan/2015 às 10:17

      Dizer que é cristão e ser é totalmente diferente, muitos usam o nome de CRISTO para outros fins, mias a maioria não segue o Cristianismo! Vc já estou a fundo a vida de Cristo? perfeita!

  17. Karine Postado em 06/Jun/2013 às 12:13

    Genial, tudo começa à partir daí. Promover a igualdade já de "berço". :)

    • Luiza Postado em 08/Jan/2014 às 22:06

      Não, de caixa.

  18. monica Postado em 06/Jun/2013 às 12:16

    Não somente a Finlândia mas a maioria dos países escandinavos. A religião nesses países só enfraquece.

  19. Tomaz Brick Postado em 06/Jun/2013 às 12:25

    Outra vez esse papinho? Pow assunto tão maneiro e termina sempre do mesmo jeito? Sacanagem...... Pq essas pessoas não se limitam a falar disso em páginas próprias? Ta se tornando desinteressante ler posts sobre qualquer coisa por causa disso....

    • Renata Postado em 03/Jan/2014 às 12:38

      Desanima né :/

    • Rose Postado em 09/Jan/2015 às 23:57

      isso mesmo Tomaz Brick, qquer que seja a noticia, acaba em religiao ou politica e ofensas e discussoes desnecessarias.o jeito é ler a noticia, tirar suas proprias conclusoes e compartilhar ou nao de acordo com cada caso.Comentarios desnecessarios, ofensivos e arrogantes que nao levam a nada. como dizem, os incomodados que se mudem, entao to indo nessa, parar de perder tempo com comentarios inuteis ,sem falar no assassinato da lingua portuguesa .

    • Camila Postado em 21/Jan/2015 às 13:58

      A única colocação sensata que pude ler aqui.

  20. Adalberto Cesari Postado em 06/Jun/2013 às 12:28

    Reportagem sobre bebês: "vamos correr e comentar sobre Jesa e seus Palestinos"; Reportagem sobre política: "vamos correr e comentar sobre Jesa e seus Palestinos"; Reportagem sobre direitos iguais: "vamos correr e comentar sobre Jesa e seus Palestinos" Reportagem sobre a mulher: "vamos correr e comentar sobre Jesa e seus Palestinos"; Reportagem sobre a natureza: "vamos correr e comentar sobre Jesa e seus Palestinos"; Reportagem sobre escândalos envolvendo pastores: "isso é cristofobia!".

    • DEBBY Postado em 18/Jun/2014 às 12:37

      Concirdo, adoram atacar os cristãos, que chatos!!

  21. Raquel Postado em 06/Jun/2013 às 12:52

    Os comentários são ótimos!

  22. DrB Postado em 06/Jun/2013 às 14:03

    Sendo 60% ateia, deve ser por isso que são tão prosperos né?!

    • Rosana Postado em 27/Dec/2013 às 09:26

      Não, DrB. Ateísmo não é o motivo da prosperidade. Ateísmo é a consequência.

    • Leila Postado em 03/Jan/2014 às 11:50

      Sim, deve ser por isso mesmo. Sendo ateus pensam apenas em causa e consequência e não ficam esperando deus 'dar' alguma coisa a eles. E trabalham pelo que querem, e nunca perdem tempo discutindo sobre religião, acabam mais focados no que dá resultado prático, ou seja, são mais pragmáticos que os países religiosos. É fácil comparar, busque estatísticas sobre países de maioria atéia para entender.

      • Regina Postado em 08/Jan/2014 às 14:38

        "Na Finlândia existe liberdade total de culto desde 1923. A Igreja Evangélico – Luterana é a principal instituição religiosa do país, com 85% da população baptizada segundo os rituais luteranos. A Igreja Ortodoxa Finlandesa conta com 1% da população como fiéis. Embora o cristianismo muito provavelmente, chegado à Finlândia ainda antes do fim do primeiro milénio, foi apenas no século XII que a Igreja Católica Romana se estabeleceu, após acções missionárias no sudoeste do país dirigidas pelo rei Erik da Suécia e pelo bispo inglês Henrique. A Igreja Ortodoxa foi introduzida no país a partir do Leste." Fonte: http://www.finlandia.org.br/public/default.aspx?contentid=123956

    • Bárbara Postado em 05/Jan/2014 às 14:29

      Lá vem esse papinho de novo. Preguiça

  23. marilene prates paiva Postado em 06/Jun/2013 às 14:28

    Eu não tinha entendido ,fiz questão de ler e tentar entender mais ainda tô com dúvidas ,espera aí pelo que entendi é muito aconchegante ?? Na minha opinião ............ cara ! não tem nada demais né?Por quê Jesus nasceu numa manjedoura ? E mudou toda nossa história .

  24. Ramón Postado em 06/Jun/2013 às 14:56

    Pra que discutir religião aqui? Pelamor! Achei bem interessante o kit, mas no Brasil (em que uma calça para uma jovem de 16 anos custa mais de 300 reais) a população iria chamá-lo de compra de votos. Além disso, na nossa cultura dormir em uma caixa de papelão reflete mendigagem, o que não seria bem visto.

    • ganso Postado em 28/Dec/2013 às 07:33

      Nossa cultura? mendigagem? mas que bah! tem que ler cada coisa. Quem sabe então um berço de ouro prá cada bebe nascido assim aumenta a "auto-estima" e passa a ser "bem visto"

    • Gustavo Postado em 05/Jan/2014 às 16:43

      Verdade. Aqui na Brasil a maioria das mães iriam querer o dinheiro.

    • Flaviano Alves Postado em 17/May/2014 às 13:53

      Disse bem,Ramón, se o atual governo lançasse um kit como este, já estaria sendo acusado de estar comprando votos da população, fazenso propaganda política antecipada, criando curral eleitoral e etc. e tal.

  25. Vitor Postado em 06/Jun/2013 às 15:11

    Desculpem-me os ateus e religiosos de plantão, mas como pode uma notícia pautada na ideia de política para a família ser reduzida a uma discussão sobre religião. Com todo o respeito, mas as informações são muito escassas na própria reportagem para defender ou negar valores cristãos. Sou ateu e me incomoda muito toda vez que alguém noticia algo que soa como bondade e igualdade alguém vem e fala "Jesus!". Como se a doutrina cristã fosse o único meio de se fazer o bem. Ao mesmo tempo, também me incomoda o fato de ateus acharem que o ateísmo torna as pessoas mais inteligentes e ficarem ironizando os religiosos com argumentos fracos como "Os finlandeses são uma sociedade 'avançada' porque a maioria é composta por ateus". Não há qualquer relação de causa e efeito nisso. É apenas um discurso conveniente à situação, como é o de se alguém fez alguma coisa boa é porque possui os valores cristãos em seu coração. Além de ser uma discussão surperficial de ambas as partes, o que deveria ser enfatizado sempre acaba ficando em segundo plano ou mesmo esquecido.

    • Márcio Postado em 27/Dec/2013 às 10:36

      Enfim um comentário sensato.

    • Danielle Postado em 30/Dec/2013 às 10:31

      Vítor, assino embaixo do que você falou. O que está em questão é o fato de que medidas simples podem salvar vidas e promover o bem estar das pessoas. Sim, trata-se do retorno dos impostos na forma de uma ajuda às mães, obviamente houve uma campanha de conscientização junto. A população valoriza o kit e ele já adquiriu mais funções, no sentido de educar os pais e os bebês, quando se estimula que a criança durma na caixinha, que a mãe amamente, que a criança aprenda a segurar um livro. Qualquer povo pode adotar uma medida como essa pois não afeta a liberdade de crença nem a opção política de ninguém além de favorecer a valorização da iniciativa governamental, através de medidas simples, em prol do bem-estar da coletividade. Valoriza também o sentimento e igualdade entre as pessoas em oposição a vaidade e a competição egoísta. Aqui no Brasil gasta-se tanto com estádios e para locupletar juízes e políticos enquanto a população poderia receber algo semelhante, talvez nossa caixinha e seu conteúdo tivessem que ser adaptados devido a nosso clima, só isso.

    • MARLON Postado em 30/Dec/2013 às 10:49

      Parabéns, sou cristão e compartilho da mesma opinião que a sua.

    • Emerson de Lima Postado em 01/Jan/2014 às 01:34

      Parabéns pelo comentário.

    • solange Postado em 01/Jan/2014 às 04:19

      concordo com vc Vitor, a discussão é outra...e olha que eu tb sou cristã.

    • Janaina Postado em 01/Jan/2014 às 09:39

      Melhor comentário de todos até agora!

    • Marcos Postado em 03/Jan/2014 às 18:22

      Este foi o comentário mais sensato que eu li aqui.

    • Mariene Postado em 05/Jan/2014 às 13:54

      Verdade.... Mas continuando no mesmo pensamento religioso: Jesus veio ao mundo viver o Amor e não implantar nenhuma religião... As religiões, hoje no planeta, só disseminam discórdia!! Se você não é dessa ou daquela religião você não presta... Por isso que não tenho religião! Viva o Amor, viva a Compreensão, viva a Sabedoria, viva a Verdade e abaixo a religião!!

    • Patrícia Postado em 06/Jan/2014 às 20:50

      Enfim um comentário consciente!

    • Reni Postado em 06/Jan/2014 às 21:11

      Vitor sou ateu e você esta certo!

    • Dora Postado em 08/Jan/2014 às 17:11

      Muito bom, Vítor. Afinal um comentário que vale ler. Engraçado que não se falou na igualdade política, no acesso igualitário à Saúde, nem na carga tributária da Finlândia, que ouvi ser a mesma que a brasileira, sendo que os serviços do Estado são prestados ao povo de forma eficaz, ao contrário do que acontece aqui.

    • Laércio Postado em 09/Jan/2014 às 08:00

      Concordo com você Vitor. Parem de comparar, e falar de, Ateu (que já está virando um deus), Jesus, Buda, Maomé, Zeus, Lutero, Confúcio, Amon, Inti, Pachamama etc, e passem a AGIR conforme seus ensinamentos, Coisa que parece que os humanos nos últimos 10.000 anos ainda não aprenderam a fazer.

    • Érica Postado em 09/Jan/2014 às 11:07

      Vitor, também sou ateu, e estava a questionar o mesmo. Enfim, o melhor comentário feito aqui.

    • Milah Postado em 09/Jan/2014 às 21:50

      PArabéns pelo comentário!

    • Eliana Postado em 25/Jan/2014 às 23:23

      Falou tudo, cada coisa em seu lugar, o assunto do texto não tem nada a ver com ateísmo ou com cristianismo, os comentários poderiam se ater ao fato em si!

    • ariel Postado em 27/Jan/2014 às 15:22

      ", também me incomoda o fato de ateus acharem que o ateísmo torna as pessoas mais inteligentes " Errado, se tornar mais inteligente com estudo de qualidade torna as pessoas atéias.

      • Celso Postado em 12/Jan/2015 às 13:26

        Vitor sou Cristão e considero o teu comentário como o melhor, parabéns. Ser cristão ou ser ateu não é motivo para discussões e sim respeito. E assim se perde a oportunidade de comentar o que realmente interessa e que motivou está reportagem. Uma iniciativa muito boa do governo da Finlândia e que poderia ser adaptada para o Brasil.

      • Silvia Postado em 21/Jan/2015 às 14:08

        Então o que você quer dizer é que você é mais inteligente que nós, é isso ? Você teve educação de qualidade e se tornou muito inteligente superando o conceito de religião, certo ? Desculpe Ariel, mas não acredito que uma pessoa de educação tão superior à nossa usaria as palavras de baixo calão que você usou em quase todos os seus comentários...

      • Silvia Postado em 21/Jan/2015 às 14:29

        Gente ! Assustada com esses comentários ! Acabaram com a discussão sobre o assunto real e criticam loucamente toda e qualquer religião. O primeiro comentário envolvendo religião foi exatamente de um ateu ou agnóstico ou chame como quiser, daí vieram mais 300 comentários anti-religião, um massacre, todos muito furiosos com os comentários sobre Jesus, que na verdade nem passaram de 5 ! Kkkkk Estou começando a achar que ateísmo é uma nova religião. E estou com medo de seus seguidores enraivecidos e fanáticos, sim, fanatismo ! Também não tenho religião definida mas não acho que devo ficar massacrando quem tem. Falta de educação tremenda, chega a ser infantil. Parece que querem se mostrar superiores atrelando falta de religião a excesso de inteligência. Ridículo !

    • juju Postado em 13/May/2014 às 20:33

      clap clap clap! Bravo! Enfim um comentário sensato [2]!

    • Vanessa Sanches Postado em 10/Jan/2015 às 01:07

      Excelente comentário!

    • Celia Buendia Postado em 13/Jan/2015 às 15:58

      Até que fim coerência no óbvio da matéria de fato, sem desmerecer qualquer outro comentário.

    • Juliana Postado em 14/Jan/2015 às 10:31

      Sensato comentário. Agora, comentários acerca de Jesus não deveriam incomodar tanto os outros... Acho engraçado os liberais-je-suis-charlie defensores da liberdade de expressão se incomodarem em tolher e ofender senhorinhas católicas e crentes ao invés de simplesmente respeita-los e passar batido se não os interessa. A propósito, Ariel, você é extremamente preconceituoso e mal educado, e comenta em absolutamente todos os comentários... talvez devesse usar seu tempo para estudar mais um pouquinho ver se além de ateu, vira gente educada. Empregue melhor suas horas.

    • Camila Postado em 21/Jan/2015 às 14:01

      Tiro meu chapéu , falou tudo! Parabéns!

  26. Marcos Sabbad Postado em 06/Jun/2013 às 16:44

    Ateus são tão mais sensatos que essa gente que adoece em cima do livro-cristão-mitológico... ai, ai...

    • Guilherme Postado em 08/Jan/2014 às 13:53

      Sou católico, o engraçado para mim é que vejo pessoas que se alegam ateias agir com um preconceito perante pessoas que tem uma religião, que me faz questionar sua alegação. Tem comentário estupido tanto de religiosas quanto das pessoas não religiosas, a matéria é boa, não sei de onde religião entrou no meio. Mas já que aconteceu, deixe me te dizer que vejo muito mais caridade entre as pessoas que se apegam a alguma religião do que as que não tem.

  27. @NunoMorelli Postado em 06/Jun/2013 às 19:43

    A intenção do governo pode até parecer boa, pois satisfaz uma necessidade comum a todas as mães e bebês, e o que torna o ser humano especial é a identidade, não discordo que diante de Deus somos todos iguais na condição de homens mortais e passíveis de erro, mas a coisa deve parar por aí... Se não existissem pequenas diferenças (as melhores idéias surgem das diferentes necessidades de solução) tudo o que conhecemos talvez nunca teria existido.. igualitarismo é coisa de socialista água-com-açúcar e sem sustentação, que melhoria pode oferecer um ser medíocre, digo, mediano, comum, dentro da média é incapaz de atingir novos patamares, não é? Penso que a diferença é fundamental para mover nossas ideias. Tudo que é igual também é relativo, sem diferenças.. ou seja, uma massa relativista onde tudo é igual e ninguém conhece nada melhor, e que pode assumir a forma que alguém quiser dar para manobrá-la. Pensem nisso.

    • Danielle Postado em 30/Dec/2013 às 10:37

      Os países que incorporaram o igualitarismo são os que têm o melhor padrão de vida para sua população ou você nunca ouviu falar no Estado de Bem Estar Social? O retorno a ortodoxia liberal, que você defende, lançou o mundo na atual crise e fez os países mais prósperos assistirem a uma piora considerável do nível de vida de seu povo, inclusive com o retorno da mendicância onde ela havia desaparecido, caso da Europa. Mesmo os EUA viveram e vivem esse processo hoje devido à barbárie liberal. Quando colaboramos uns com os outros para que todos possam viver bem a sociedade melhora, quando apenas competimos para vencer uns aos outros a sociedade se converte em espaço para a barbárie social.

    • Fernando Postado em 08/Jan/2014 às 18:15

      Tem um erro muito grave aí, que é o seguinte: As mães finlandesas AINDA tem a liberdade pra colocar o filho um berço ou comprar as próprias roupas de acordo com o gosto delas ou o que for. Isso só impede alguns bebês de ficarem sem o mínimo. Ninguém é necessariamente medíocre por ter o mesmo tanto de dinheiro que os outros, ou pelo menos um tanto próximo dos outros. Nenhuma igualdade comportamental ou mediocridade é forçada por isso. Muito pelo contrário, a desigualdade iimita e acaba igualando as pessoas com menso rennda por baixo, pela falta de liberdade de escolha que isso gera. Igualdade de renda não significa igualdade de comportamento e a sociedade finlandesa é bem plural por sua liberalidade. Entrando no mérito da religião, há muitas pessoas religiosas lá (de variadas religiões), como também há muitos ateus. Aí já se demonstra uma diversidade. Deve-se notar também que é é uma sociedade tecnologicamente avançada e fonte de pesquisa científica. Ou seja: não há estagnação intelectual por isso. Muito pelo contrário. Como todos tem a chance de estudar, cada um pode optar pelo que melhor lhe convém (não pode escolher simplesmente qualquer coisa há regras de mercado, mas há uma liberdade maior que no Brasil que alcança uma porcentagem muito maior da população). Tudo isso com um estado que é, sob quase todos os aspectos, socialista.

  28. Vieira Postado em 06/Jun/2013 às 21:14

    Substituindo a Religião, surge o pensamento e comportamento Ético, com base, inclusive, nos seres que inspiraram as Religiões, mas que não as fundaram. A França parece estar seguindo na mesma direção, o que me leva a crer que dentro de mais algumas dezenas de anos não haverá mais religiões na Europa, mas algo que a supera a Ética Humanista.

  29. Maria Olimpia Postado em 07/Jun/2013 às 05:14

    Cada mãe que recebe esta caixa sente-se igual as outras e isso promove o amor entre as pessoas.

    • Reginaldo Postado em 31/Dec/2013 às 09:25

      Se essa caixa fosse adotada no Brasil, com certeza ia ser superfaturada!!!

      • Plínio Postado em 08/Jan/2014 às 20:04

        Se essa caixa fosse adotada no Brasil, o que ia ter de coxinha chamando-a de caixa-esmola, ou coisa parecida...

  30. André Postado em 07/Jun/2013 às 08:04

    Enquanto isso a gente discute aborto :(

    • talita Postado em 01/Oct/2013 às 11:48

      Na Finlândia o aborto é legalizado. :)

      • Danielle Postado em 30/Dec/2013 às 10:41

        Talita, no Brasil o aborto já legalizado. Sempre que se faz uma fertilização por meios artificiais aproveita-se apenas parte dos óvulos fecundados, o excedente é descartado. Aborto de pobre, onde as mulheres morrem, é motivo de horror aqui, mas o aborto de rico, onde para se chegar a gravidez de um filho se descartam de 30 a 45 embriões, é aceito e ficam todos caladinhos. Pura demagogia que ainda é usada eleitoralmente... uma lástima...

      • ariel Postado em 27/Jan/2014 às 15:23

        Ainda bem que é legalizado lá.

      • Souza Postado em 05/Aug/2014 às 20:55

        Agora veja a taxa de estupro e a taxa de analfabetismo e a taxa de educação e a taxa de mulheres que se amancebam com homens. Isso não é aqui!! Isso que é país por isso o aborto é legal pq pouquissimas abortam.

  31. Zen Postado em 07/Jun/2013 às 11:03

    Faço como Jesus, sigo o Buda.

  32. Schmertelling Postado em 07/Jun/2013 às 16:49

    Estas pessoas nestes paises nao sao ateistas. Elas nao sao fanaticas, outras coisas na vida delas tem mais valor, como a igualdade social, respeito com o proximo, educaçao, segurança publica etc... É diferente de ser fanantico ou Ateista. Religiao é uma coisa vivida dentro das pessoas, que cada um sente em si e nao é necessario acusar o mundo todo de ser ateista, so por nao ser fanatico. Mas resumido, observem o desenvolvimento destes paises e comparem os religiosos, nao falo so do brasil, tem a africa, os paises arabes... E tirem suas conclusoes proprias porque qualquer outro comentario que na seja a favor da religiao, a pessoa se tornam automaticamente na boca de qualquer um ATEISTA. .

    • Bruno Fehr Postado em 06/Jan/2014 às 17:03

      Segundo sondagens de 2012 mais de 21% dos Finlandeses é Ateu, 76% Lutheranos dos quais 27% são praticantes. Sim, é uma sociedade que colocou há muito a religião de parte e desta forma se libertou e lidera o mundo em termos de igualdade entre sexos.

      • Anne Postado em 07/Jan/2015 às 18:37

        Nao entendo esta Matematica. Se mais de 70% ainda se declaram lutetanos, mostra que a religiao ainda esta muito na vida das pessoas.

      • AMSA Postado em 21/Jan/2015 às 17:56

        Lá quando se nasce se é registrado luterano. A grande maioria não segue a crença, mas continuam registrados como se seguissem. Lá é preciso pedir ao governo para deixar de ser considerado luterano. A maioria não se dá ao trabalho e simplesmente continua declarando seguir a religião que não segue.

  33. Vieira Postado em 08/Jun/2013 às 08:35

    O interessante é quando digo que não tenho religião isto é interpretado como sendo ateu.

    • Nina Postado em 28/Dec/2013 às 14:50

      correto é agnóstico, não é mesmo?

    • Cláudia Postado em 31/Dec/2013 às 08:28

      O mesmo acontece comigo

    • Juliana Furtwangler Postado em 08/Jan/2014 às 22:51

      O pior é dizer ser politeísta e com isso, alegar ser pagã e ser chamada de "mulher de satã", até mesmo desejarem que morra queimada porque sou "bruxa".

  34. GLACI Postado em 09/Jun/2013 às 13:13

    O interessante é notar a diversidade de opiniões que uma simples matéria causou. Isto é democrático, por isso, como cidadão devemos entender o mundo e nosso país. Nosso país precisa muitas transformações em todos os campos sócio-econômico-político-cultural, mas para tanto NÓS CIDADÃOS precisamos entender o que acontece ao nosso redor. TODOS OS GOVERNOS tiveram boas e más ações,e, este não é diferente e nem o próximo, seja lá quem for, o será. PARA TANTO PRECISAMOS UM JORNALISMO REAL, SÉRIO, ANÁLISES BEM ELABORADAS PARA QUE O POVO CONSIGA SER PARTÍCIPE PARA UM PAÍS JUSTO.

  35. Tê Nolasco Postado em 17/Jun/2013 às 23:20

    Gente, seja com que intenção for que tenha esse governo, está se saindo bem melhor que no Brasil. Aquil, como disse acima a Giuliana, crianças são achadas em latas de lixo. Quem dera elas estivessem recebendo um kit desses (repito, seja com que intenção for) e terem um mínimo de dignidade e respeito humano. Não estão entre o lixo. Estão dentro de casa, com os pais, em um colchãozinho limpo. Não é que tenha necessidade de ser assim. Mas acho que devemos viver com mais simplicidade. No final não levamos nem berço de madeira nem de caixa de papelão pra debaixo da terra. Só olhar pro Brasil um pouquinho e ver a merda que está pra ver com bons olhos esse kit... Acho válido sim o pensamento do texto.

  36. Rogério Postado em 03/Jul/2013 às 09:57

    http://ceticismo.net/religiao/a-maior-farsa-de-todos-os-tempos/

  37. Amar Yasmine Postado em 05/Jul/2013 às 04:00

    Olha, a ideia é muito interessante mas eu só consigo pensar no quanto me sentiria mal dentro de uma caixa, mesmo sem tampa... Eu sou muito claustrofóbica... *:-(

    • Tales Bolgar Postado em 15/Jan/2015 às 19:33

      Nossa, mas aí vc está propondo, a priori, um tipo de fobia inata! Será? Nunca ouvi falar de estudos sobre tal...

  38. christine natura Postado em 06/Jul/2013 às 16:28

    li toda os posts, gostei da ideia da cx e seus desdobramentos...

  39. regina Postado em 09/Jul/2013 às 23:05

    Eu devo ser muito burra pq até agora não entendi o real motivo da caixa de papelão.

  40. Aléxia Postado em 10/Jul/2013 às 01:44

    Só vim aqui elogiar o comentário muito feliz do Vitor. Acho um ponto de vista muito simples, mas dificilmente vejo ateus pensando assim, então só posso dizer que li várias vezes e achei genial, muito pertinente a essa intromissão de religião na notícia. Quisera conviver com mais ateus desse tipo!

  41. T. Postado em 10/Jul/2013 às 07:47

    @André, só para conhecimento, o aborto é permitido na Finlândia até a 12a semana caso a gestaçãoo represente perigo à saúde da mãe ou se a mãe não tiver recursos. Para mulheres maiores de 40 ou menores de 17, por questões de idade.

  42. kelli Postado em 10/Jul/2013 às 12:34

    Amei a ideia vou fazer isso quando meu filho(a)nascer,só nao seioque minha familia dira.hahah...amei a ideia do livro..eu ja disse pra meu noivo:"Quando tivermos nosso bebe nao darei carrinho ou uma vassoura oucoisa do genero,darei lçivros..^^"

  43. Gamma Postado em 10/Jul/2013 às 12:59

    Enquanto aqui no brasil nós vamos de caixa de sapato e umidade nos hospitais porcos e nas casas sem condições pra grande massar enquanto alguns com o dinheiro dessa massa dorme em berço de ouro!

  44. Cavalle Postado em 10/Jul/2013 às 19:57

    Se um governo do PT fizer isso, no Brasil, a Av. Paulista será pequena para tantos idiotas revoltados com a ação. Lá, eles acham lindo.

  45. Opinião K Postado em 11/Jul/2013 às 17:14

    Pessoas que só falam de Jesus neste espaço reservado aos comentários sobre o artigo, vcs já leram algum livro sobre política? Ou só leram a bíblia? Se vcs só leram a bíblia até hoje, eu entendo vcs. Se não for esse o caso, então vocês não sabem interpretar texto direito, já que o artigo está falando de estratégias política e sociais do governo finlandês.

    • ariel Postado em 27/Jan/2014 às 15:25

      crente nem a biblia lê...

    • Manuela Postado em 21/Jan/2015 às 13:28

      É, to achando engraçado isso... to esperando os papais e mamães virem comentar sobre o que pensam dessa medida adotada na Finlândia, quais os prós e contras segundo o seu ponto de vista, e porquê isso daria ou não daria certo no Brasil. E deixem Jesus/Deus/Maomé/Alan kardec/ a mula sem cabeça/ o saci pererê/ a Dilma / o Aécio fora do assunto.

  46. cyll Postado em 12/Jul/2013 às 09:55

    alarmante é julgarmos os outros pela religião ou não religião deles. como se ser religioso fosse prova de bom mocismo. e não ser fosse certificado de maldade.... triste é num país como o Brasil tanta gente ficar perdendo tempo discutindo uma coisa tão pessoal e particular como religião. Até parece idade média...

  47. Chuck Postado em 12/Jul/2013 às 15:40

    Quem não tem religião é Agnóstico; quem despreza religião é Ímpio, Ateu é quem não acredita em Deus.

  48. Bira Postado em 14/Jul/2013 às 15:56

    É uma pena que os interessados em boas informações tenham que assistir um monte de palermas discutirem sobre religiões. Essas, verdadeiras discussões estéreis, aprendidas por iniciação infantil e prolongadas por seres de mentes vazias que, ao invés de procurarem desenvolver conhecimentos mais profundos, perdem-se em lucubrações.

  49. Denise Postado em 18/Jul/2013 às 01:05

    Francamente, alguns comentários são de dar vergonha ao ser humano. O artigo se refere ao modo igualitário, higiênico, asséptico, amoroso, educado, e tantas outras coisas que não sejam relacionados à religião ou ateismo. Paremos de analisar as coisas do ponto de vista anarquista, retrógrado, inútil. Os finlandeses estão se utilizando de uma prática que serve ao bem comum. Não se trata de socialismo, cristianismo ou ateismo. Trata-se de cuidar de bebês de forma correta para seu desenvolvimento físico, mental, psicológico e social. O fato de ser uma caixa de papelão não tem nada a ver com o fato de ser vexatório, como foi sugerido acima, nem com o fato de ser humilde como Jesus. Tem a ver com a praticidade, higiene, conforto e individualidade da família como um todo. Se havia o hábito de fazer os bebês dormirem na mesma cama que os pais, os riscos de matar o bebê sufocado durante o sono dos adultos, era muito grande. O fato de ser uma caixa de papelão, não invalida o ato governamental de ajudar as famílias. É barato, prático, aconchegante, pois retém calor, descartável, ocupa pouco espaço, enfim, mil e uma utilidades. As roupinhas do kit, são novas e, se bem utilizadas, poderiam servir para outros bebês, na sequência. É muito fácil criticar quando não se tem soluções práticas para fazer melhor. O fato de ser igual para todos, é melhor ainda, pois somos todos iguais, enquanto seres humanos. Por que deveria ser diferente? Os bebês não ligam para moda, riqueza ou posição social. Eles querem somente ser amados e bem cuidados, que é o que a reportagem mostra claramente. Ah! Sou enfermeira, educadora e cristã.

    • Rodrigo Assis Postado em 10/Jan/2014 às 17:52

      Parabéns, o melhor comentário até aqui. Inclusive respondeu minhas dúvidas quanto aos aspectos funcional e de saúde do bebê :))) coisa que a matéria não fez.

    • Rui B Good Mesquita Postado em 10/Jan/2014 às 21:39

      Parabéns pela visão esclarecida e correta e descomprometida !

    • angelica Postado em 25/Aug/2014 às 09:13

      Alem de todas as boa palavras ditas por Denise acrescento que na Finlandia há muito frio e é sabido que o papelão, quando coberto, como é o caso dos "bercinhos", possibilita melhor conforto ao bebe, fora a praticidade, como bem colocou a enfermeira

    • Ubirajara Postado em 27/Oct/2014 às 20:36

      Excelente comentário!

  50. Pampilho Postado em 20/Jul/2013 às 04:19

    Não será possível dizer apenas que é uma idéia genial, sem a conspurcarem com religião ?

  51. Cristina Ribas Postado em 24/Jul/2013 às 22:29

    a matéria é um tanto confusa. é problema de tradução? o que salva o bebe da mortandade não é caixa, mas o pré-natal, certo? e o governo finlandês certamente dá uma ajuda mensal para as famililas, portanto acho que deve ser revista a estatística de optar por isso e não aquilo... qual o objetivo da matéria mesmo? estimular as pessoas a fazerem pré-natal???

  52. FERNANDO ANTONIO Postado em 26/Jul/2013 às 02:03

    QUE EXEMPLO MARAVILHOSO DE IGUALDADE SOCIAL, E RESPEITO AO SER HUMANO,PARABÉNS A ESTE PAIS.

  53. Miguel MAtos Postado em 27/Jul/2013 às 18:43

    Deus não está em nenhuma igreja. Não precisa de dinheiro, não vende nada.

  54. Cíntia Postado em 08/Aug/2013 às 22:35

    A humanidade tem diferenças suficientes para alimentar mudanças sem precisar das diferenças de classes. Einstein, se tivesse nascido numa família de agricultores pobres, teria plantado batatas e se preocupado com a sobrevivência, e não elaborado a teoria da relatividade.

  55. Dp Postado em 15/Aug/2013 às 18:04

    Ser próspero está relacionado a ser ateu? Qual é mesmo a potência econômica (ainda que com altos e baixos .. durante sua história) lhe vem à mente em primeiro lugar? Sim, e com base PROTESTANTE, pois seus pioneiros o eram e, inclusive, fundamentaram a constituição do país com base na lei moiseana, que pode ser lida desde inscrições talhadas nas portas. Aliás, as escolas mistas ou simplesmente o ingresso de meninas nas escolas (antes relegadas apenas ao rapazes) é fruto dos princípios protestantes, onde ambos (homem e mulher) são igualmente importantes e valorizados. A valorização do indivíduo e o fortalecimento de sua identidade, além do incentivo ao empreendedorismo fazem parte das premissas judaico-cristãs. E não é preciso necessariamente ser cristão para receber os frutos de 'obedecer' à Lei Divina. Todo o que é benevolente com o menos favorecido, por exemplo, torna-se credor de Deus, não importando se sequer tenha ouvido falar de Deus. Imagina quem cuida dos 'pequeninos' .. não é preciso ser muito inteligente para entender a recompensa divina por isso. Sem mais.

  56. Ernesto Postado em 15/Aug/2013 às 19:19

    Um assunto de utilidade pública. Uma ação de administração e política de como bem aplicar o bem público desbancar para "Religião" é, no mínimo triste. Não vejo nenhuma das religiões "oficiais" aplicando o que arrecadam em benefício social. A não ser que os seus "fieie seguidores" banquem, deixando uma parte para eles, obviamente. Lamentável!

  57. Osvaldo Aires Bade Comentários Bem Roubados na "Socialização" - Estou entre os 80 milhões Postado em 27/Aug/2013 às 12:03

    Deus pode até nem existir, mas os países socialista já mostraram sem duvida nenhuma onde acaba o ateísmo. PIO XII FOI O “PAPA DE HITLER”, PORQUE DURANTE SEU PAPADO A IGREJA CATÓLICA NADA FEZ PARA IMPEDIR A MATANÇA DE JUDEUS PELA ALEMANHA http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2013/08/pio-xii-foi-o-papa-de-hitler-porque.html

    • Thiago Teixeira Postado em 16/Oct/2013 às 20:13

      E o medo?

      • solange Postado em 01/Jan/2014 às 04:23

        não foi medo...eles os papas sempre receberam muito dinheiro dos alemães.

      • Reni Puls Postado em 06/Jan/2014 às 21:15

        O medo e a conveniência, o Vaticano era migo dos países do Eixo. Eles (a Itália) através do Duce doaram o Estado do Vaticano à igreja.

    • Emerson de Lima Postado em 01/Jan/2014 às 01:36

      Só lembrando que a II Grande Guerra Mundial teve cunho político e religioso, de um cristão que odiava os Judeus ...

  58. Noemi Postado em 09/Nov/2013 às 23:39

    Gente !!!! como esse assunto virou uma bagunça !!! não da pra separar religião , politica , de "Igualdade" que pode começar no berço sim e que nesse país deu tão certo que ele faz parte dos melhores do mundo.

  59. Aline Postado em 26/Dec/2013 às 19:37

    Legal, mas ainda é assistencialismo.

  60. Ingrid Rosso Postado em 31/Dec/2013 às 10:48

    Gente, quanta discussão em torno de assunto que o foco não é religião, nem compra de votos. Fato: começou numa época onde muitas crianças morriam, estudo, crianças que dormem no meio dos pais, correm maiores riscos de sufocamento, morte súbita. Em berços maiores as mães, tentem a encher a caminha de cobertor para aquecer ( eu sei, pq sou mãe via isso direto na maternidade e na convivência com outras mães), a caixa de papelão, que cabe um bebê e junto o colchão, saco de dormir e roupinhas, incentiva a mãe a agasalhar o filho, colocar no saquinho de dormir ( onde ele não irá se enrolar em cobertor> sufocamento) e caminha própria, com laterais altas que também protegem do frio, criando um ambiente com temperatura adequada, quase uma incubadora, o que muda é só o material. Então o porque? saúde, pediatria preventiva. Nada mais. Que mania de tudo quanto é tema direcionar a discussão para religião/politica. Se todos páises, aderissem à esse sistema, com certeza teríamos mais crianças seguras num período em que elas são tão frágeis.

    • sonia figueiredo Postado em 22/Jan/2015 às 05:28

      E que está dando certo há 7 décadas.

  61. Carol Postado em 31/Dec/2013 às 14:08

    Se distribuem kits no Brasil, é assistencialismo, manobra eleitoreira do governo. O povo é um bando de vagabundo que ao invés de trabalhar, sai fazendo filho pra ganhar esmola. Mas na Finlândia é tudo lindo, isso que é país!!!

    • Thais Postado em 09/Jan/2014 às 12:08

      Pois é. Trabalhei com pre-natal e o vínculo que fazíamos com as maternidades que distribuiam o kit do rede cegonha ajudou a aumentar a assiduidade nas consultas. Acho que ainda falta muita coisa no nosso kit, como roupas de frio e cobertores, a a ideia da caixa é genial, mas já vi muitas mães que sem o kit do rede cegonha não teriam condições de vestir seus filhos.

  62. Elenilson Postado em 31/Dec/2013 às 15:55

    enquanto aqui no Brasil nem se sabendo e comprovando que o vigarista do politico está roubando ainda não é preso, particularmente não acredito que temos soluções, os poucos que querem fazer algo de VERDADE são submetidos a prova: - Ou está conosco ou está fora! este país num tem mais jeito, esperança? nenhuma.

  63. Gradius Postado em 31/Dec/2013 às 18:04

    Ratos de igreja, me irritam muito! Muito mesmo! E essa raça é o que mais infestas os comentários de blogs e portais de noticias.

  64. rossiley ponzilacqua Postado em 03/Jan/2014 às 06:51

    Ficaram todos preocupados com religião e etc e tal e não perceberam a real razão para o povo finlandês ser assim: "Ele também acha que incluir livros infantis teve um efeito positivo, encorajando as crianças a segurar os livros e, um dia, lê-los." LEITURA GENTE!!! quem lê se torna uma pessoa crítica e melhor, INTERPRETAÇÃO DE TEXTO é tudo. EDUCAÇÃO É A BASE DE QUALQUER SOCIEDADE.

  65. Márcio Postado em 03/Jan/2014 às 14:13

    Para os nórdicos, Deus é Odin, o pai, Jesus é Thor, seu filho e o Coisa ruim é o Locki, seu irmão... vocês não viram Avengers não ?... e afinal, é fácil administrar um país desses pois existe nesse mundo muito menos finlandês do que cearense, por exemplo. Ah sim, e o principal, lá a profissão mais respeitada e uma das mais bem remuneradas - e o que todos querem ser quando crescer, mas só os melhores conseguem - é a de professor.

  66. Laize Nunes Postado em 03/Jan/2014 às 19:47

    É o que basta para um bebê,O importante é o amor que se dá. Gosto desse povo evoluído,realista e verdadeiro.Parabéns! amei!!

  67. Quyrian Postado em 04/Jan/2014 às 11:30

    Qual é mesmo a religião oficial na China??? Mas realmente... moral e caráter são coisas de cultura. Isso nos falta.

  68. Carlos Marques Postado em 05/Jan/2014 às 12:18

    Ora, mas é claro que a questão religiosa aparece sempre nos comentários das notícias por aqui. Apesar de não ter um "livro mitológíco" que baseie sua visão, a agenda esquerdista é tão clara e coesa que questionar um dos seus itens é automaticamente atingir todos os seus outros. O fanatismo desse discurso é ainda pior, uma vez que se pinta de não fanatismo, e as pessoas acreditam! OH Finlândia atéia, terra prometida! Ó Finlândia igualitária, das mães mais felizes do mundo! OH, como somos sensatos e esclarecidos! Oh! Oh! OH!

  69. Gemari Marcia Postado em 05/Jan/2014 às 12:53

    No Rio de Janeiro, sei que doam um pequeno kit... Em Curitiba, o kit é beeem menor, apenas uma bolsa. Não digo que seria uma solução aos problemas adotar esta ideia, mas deixaria as mamaes beeem menos preocupadas. Aí, DILMA! Copie coisas que sirvam para os brasileiros! (E pare de reformar o país para A COPA! )

  70. daniel da floresta Postado em 05/Jan/2014 às 16:31

    Cristao ou Muçulmano, um se baseia no calendario lunar, outro no calendario solar... pra a VIDA ocorrer na Terra do jeito que é, dependem de ambas... Acho que a uniao das religioes (uniao de ragioes hehehe) ou nenhuma delas é o mais saudável, mas sem queimar livros, "bruxos" ou mutilar clitoris...

  71. Rogério G. Santos Postado em 06/Jan/2014 às 13:58

    Essa é apenas uma ação que demonstra a prioridade em se construir um país melhor. A matéria é superficial em relação ao todo da saúde finlandesa mas chama atenção quando esclarece que a medida foi tomada com o intuito de reduzir a mortalidade infantil e prover um desenvolvimento melhor para os pais e para as crianças. Aqui no Brasil, provavelmente, seria fortemente criticado, pq a classe que domina os meios políticos, por incapacidade mental, prefere dar esmola a incentivar políticas de desenvolvimento social.

    • Deivid Leonel Postado em 08/Jan/2014 às 12:43

      http://www.pragmatismopolitico.com.br/2013/04/melhor-educacao-do-mundo-finlandia.html Essa outra matéria sobre a Finlândia é incrível também.

  72. Alvaro Postado em 06/Jan/2014 às 20:03

    É sério que desviaram o assunto da matéria para um bate-boca religioso.Sinceramente meu povo, sinceramente...

  73. Mario Postado em 07/Jan/2014 às 15:26

    É realmente difícil para o brasileiro entender igualdade. O único conceito que se aproxima é o do pobre. Aqui no Brasil todo pobre é igual e todo rico é errado por ser rico. No momento em que todas as mães, indiferente de sua classe social, adotam o mesmo estilo de criação dos filhos, uma comunidade começa a exercitar na prática o conceito de igualdade. Como não sabemos aceitar uma bondade sem reclamar, também não sabemos explicar coisa tão bonita sem inserir uma figura mitológica. Somos um povo pior que ignorante, somos desinteressados.

  74. Isabel Fernandes Postado em 07/Jan/2014 às 20:17

    Adorei.

  75. Paulo Postado em 07/Jan/2014 às 20:38

    Em Portugal oferecem o cartão da caixa com a conta para pagar da maternidade, os remédios e qualquer dia imposto por ter tido um filho sem consentimento da troika = Passos Coelho

  76. josafá Postado em 07/Jan/2014 às 23:22

    em todos os debates que eu assisti os ateus mais "sábios" sempre perderam. vide debate entre william lane craig vs ... ou entre Dave hunt vs... interessante que até o diretor do projeto genoma Francis collins se rendeu e abandonou o ateísmo e se converteu ao cristianismo. por que será hein?

  77. Deivid Leonel Postado em 08/Jan/2014 às 12:21

    Incrível.

  78. Bruno Postado em 08/Jan/2014 às 13:36

    Esperando o Pragmatismo político postar algo relacionado com o Caos no Maranhão.

    • Dora Postado em 08/Jan/2014 às 17:02

      Beleza ....Isto mesmo ! Ou não atacarão o clã Sarney , por ser base de sustentação do governo petista ?

  79. Pereira Postado em 08/Jan/2014 às 14:19

    Meu Deus sempre quando eu entro nesse site eu levo um susto com tamanha desinformação : "Com cerca de 4,1 milhões (ou 76,4%34 da população no final de 2012) de adeptos, a maioria dos finlandeses são membros da Igreja Evangélica Luterana da Finlândia. A Igreja Evangélica Luterana da Finlândia é uma das maiores igrejas luteranas no mundo" . "sem nenhuma afiliação religiosa, 21,0% da população do país" fonte : wiki se não gostar dessa posso passar outras fontes

  80. Pereira Postado em 08/Jan/2014 às 14:21

    evangélicos finlandeses 76,4% x 21,0% Ateus indices finlandeses hemmm

  81. Pereira Postado em 08/Jan/2014 às 14:53

    É Realmente .... vendo outras fontes na suécia 65 % da população é cristã ... na finlândia achei 77,5 % de evangélicos .... embora tenha caído alguns pontos percentuais desde 1980 . o povo ta bem desinformado mesmo

  82. Dora Postado em 08/Jan/2014 às 17:00

    Por quê ? Certamente o governo de lá não é petista, aquele que faz caridade através da bolsas eleitoreiras, arrancando o couro da classe média; e incentiva planos de saúde , ao não fazer da saúde no país aquilo que os brasileiros merecem, uma vez que certamente o finlandês paga menos imposto do que o brasileiro. Na Finlândia, pelo que diz o artigo, a Saúde é para todos. Ao passo que todos sabemos como estão nossos hospitais públicos. Se a verba de propaganda fosse usada para melhorar um pouco as condições dos hospitais, para ao menos evitar que os médicos tenham que atender os pacientes no chão dos corredores, teríamos alguma esperança. Mas não, o povo é massacrado de inverdades via propaganda regiamente paga. Alguém lembra do Goebbels, , o Duda Mendonça do Hitler? Qualquer semelhança NÃO é mera coincidência.

    • Sérgio Postado em 21/Jan/2015 às 11:04

      Na Finlândia se paga muito mais impostos que no Brasil. No ranking mundial os países mais desenvolvidos do mundo são os pagam mais impostos. A diferença é que nesses países o dinheiro dos impostos realmente é direcionado para políticas públicas e não vai parar todo no bolso dos corruptos. O problema do Brasil é a corrupção. E não estou me referindo a partido A ou B. Refiro-me a política brasileira em geral. Na realidade, o problema é na cultura do brasileiro de sempre levar vantagem em tudo.

  83. Jack Postado em 10/Jan/2014 às 03:26

    Eu estive na Finlândia e achei fantástico o quesito segurança, diferente do Brasil, lá quando faz sol as mães colocam seus bebês para tomar sol na frente da casa, e vai fazer o serviço doméstico com a maior tranquilidade pois ninguém rouba ou sequestram crianças. Sem contar de como é bom percorrer por toda parte sem ter o terror que vivemos aqui...Não estamos em condições de sair de casa nem com uma bijouteria, pois corremos o risco da violência que se alastra em consequencia das drogas (crack).. Sem contar com o panico que vivemos a nova fobia, não se pode ir a nenhuma ...ria... ou seja: Padaria, Loteria, Drogaria, pior falta pouco para que passemos a comprar uma roupa na internet e comida também e ficar em casa trancafiados se possivel com monitoramento pela casa toda pois a situação está alarmante... O impostos altissimos e nenhum respeito ou ressarcimento do que pagamos... É muito triste...

  84. Enio Miyahira Postado em 13/Jan/2014 às 03:48

    Independente de crença religiosa, partido político ou qualquer fanatismo, a verdade é que o pensamento é no coletivo, no bem estar do povo. Sem sentimentalismo e com muito pragmatismo, o pensamento é se "Todos estão bem, eu também vou usufruir deste bem estar". Isso faz toda diferença.

  85. Anne Postado em 24/Jan/2014 às 16:53

    Simplesmente foi uma idéia interessante e que fincionou. Ao mesmo tempo mostrando que o bebê deveria ter seu espaço distinto para dormir, assim evitando morte por sufocamento e, num momento em que o país enfrentava dificuldades, ao despertar o desejo da família em receber essa ajuda concreta, para proteção de seu amado filho, também, vinculando seu recebimento aos cuidados pré-natal, garantiu elevação dos índices de natalidade e sobrevivência. Hoje, com certeza, a grande maioria dos finlandeses não necessita dessa ajuda, mas virou uma tradição, um símbolo que expressa o orgulho da nação, pela resolução do problema passado e, a meu ver, sempre traz a lembrança de que juntos, com consciência social e honestidade, avança-se para um futuro onde todos devem e podem prosperar! Na verdade, aqui, cada um utiliza a caixa como quer, pode simplesmente servir como espaço para guardar coisas do bebê, ou realmente acomodar o bebê no quarto do casal nos primeiros meses, leva-se no carro quando em viagem e lá no destino serve de berço, serve tb para o bebê de algum visitante que recebe em sua casa dormir, guardar brinquedos, enfim, o que a imaginação e necessidade de cada um sugerir. Sei que todo o conteúdo é de muito boa qualidade e, que mãe não gostaria de receber um presente desses para seu bebê... e tb, como foi dito acima, é uma maneira de retornar imposto recolhido, e que bom quando vemos que é utilizado para a população em vez de ir para cuecas ou paraísos fiscais... Também, por outro lado, gostaria ainda de comentar, que não entendo como o simples comentário de uma pessoa, que elogiou a iniciativa e a relacionou a princípios cristãos, possa ter gerado tantos comentários que em nada constroem. A motivação do governo ao adotar essa atitude, pode não ter sido justificada como cristã (não era esse o enfoque: fazemos isso por sermos cristãos! Não...claro que não), mas em essência, não tem nada de errado em se dizer que é uma atitude cristã, pois vai de encontro aos ensinamentos que Cristo deixou, assim se é um cristão que diz, se é um budista ou outra coisa, diria de outra maneira, mas sempre fazendo referência a valores de vida, fraternidade, igualdade... que sim, devem ser, de primeiríssima relevância a todas as pessoas que se dispõem a ocupar cargos públicos. Outro ponto que me chama a atenção foi o comentário de alguém que disse: ainda assim é assistencialismo. Esse termo aqui não se aplica, aqui se tem bem claro o que é direito de todos, nesse país ninguém fica sem teto, sem vestimentas adequadas, sem boa alimentação e educação de primeiríssima qualidade! O termo "assistencialismo" é muito usado no Brasil, onde infelizmente, pela realidade política/econômica/social que enfrenta, foi muito bem implantado (lavagem cerebral) no discurso, de pessoas que diretamente trabalham na assistência social sobretudo, pois, não teriam o que fazer de melhor pelo bem das pessoas se assim não fosse. Dizem: não podemos dar o peixe, temos que ensinar a pescar! Ensinar a pescar!!!kkk como? Em lagos secos? Ah, deixa pra lá, é só um desabafo...está tudo errado, e daqui, de fora, vejo que parece que nunca terá jeito, é uma questão maior, de falta de caráter, princípios, falta de ética, que nada mais é do que aquilo que democraticamente se resolve e cumpre para o bem comum... Na Finlândia o paradigma é outro, as leis existem e funcionam, assim desde cedo cada um sabe qual é seu papel na sociedade, quais são seus direitos e deveres, e sentem prazer em contribuir para esse equilíbrio, se sentindo parte de um todo que como numa engrenagem, precisa cada parte estar ajustada pra que funcione... é bonito de se ver! O sol é escasso, mas quando brilha, é para todos!

  86. Graça Virmond Postado em 26/Jan/2014 às 10:37

    É um absurdo,a falta de informação de nosso povo... Lamentável....Tergiversaram,completamente do texto publicado,fizeram afirmações mentirosas e levianas... enfim, demonstraram sua total ignorância e despreparo... me poupem...! Morei na Finlândia,trabalhei como medica Neonatologista ,durante 10 anos... Estou realmente decepcionada,com tanta desinformação e ignorância.

  87. Amanda Postado em 29/Jan/2014 às 16:27

    Pessoal... acho que o Governo nunca pensou em dar a caixa como parte do kit para que servisse de berço, mas na falta de um berço um pai criativo e uma mãe necessitada inovou adaptando o item a necessidade. E se uma mãe já dividisse sua cama com outras 2 crianças além do pai, onde colocaria o bebê para dormir em segurança e aquecido? E se fosse tão frio e o lugar tão úmido e com insetos que o único lugar seguro para o bebezinho fosse dentro de uma caixa? A necessidade de um povo pobre e sem recursos criou uma tradição entre as mães. Isto não tem nada haver com religião ou educação. Uma mãe age primeiramente pelo instinto, seja ela ignorante, analfabeta e ateísta ou não.

  88. Sávio Postado em 18/Feb/2014 às 11:41

    Para os trocentos gatos mestres de plantão - e com a internet nunca foi tão fácil parecer sabichão - basta consulta o Wikipedia: "Com cerca de 4,1 milhões (ou 76,4%34 da população no final de 2012) de adeptos, a maioria dos finlandeses são membros da Igreja Evangélica Luterana da Finlândia. A Igreja Evangélica Luterana da Finlândia é uma das maiores igrejas luteranas no mundo, embora sua participação tenha entrado em declínio, especialmente durante as últimas duas décadas e ainda mais em 2006, depois que a adesão diminuiu quase um por cento ao ano.34 O número de membros saindo da Igreja Luterana da Finlândia tem vindo a aumentar rapidamente em 2010, com um número estimado entre 70.000 - 80.000, ou cerca de 2% em 2010;35 com base no número de 56.000 resignações nos primeiros 10 meses de 2010. O segundo maior grupo - e o que cresce mais rapidamente - é a população sem nenhuma afiliação religiosa, sendo 21,0% da população do país.34 Uma pequena minoria pertence à Igreja Ortodoxa Finlandesa (1,1%). Outras denominações protestantes e a Igreja Católica Romana na Finlândia são significativamente menores, assim como os muçulmanos, judeus e outras comunidades não-cristãs (totalizando 1,4% dos habitantes)." E, sim, o país tem a maior taxa de ateus do mundo, com 22% da população. Isso talvez demonstre que não é necessariamente essa ou aquela religião que molde um país, mas a responsabilidade que a população tem consigo mesma. Educação voltada para as pessoas e não ao mercado, valores morais consolidados e a ideia de que o Estado está a serviço do povo podem fazer diferença. E, no caso da Finlândia, uma história que levou a investimentos pesados no pós-guerra para combater a pobreza, para não dar brecha ao clima pró-soviético, inclusive pela proximidade geográfica.

  89. Esdras Pereira Alves Neto Postado em 15/Mar/2014 às 14:34

    Isso que chamo de POLÍTICAS PÚBLICAS. Como sonho que aconteça assim em nosso Brasil, ou seja, que nossas POLÍTICAS PÚBLICAS também sejam tão eficaz quanto.

  90. Guilherme Augusto Postado em 13/May/2014 às 09:51

    Se fosse no Brasil, como um típico comentário de internet se comportaria: - "governo corruPTo, gastando o dinheiro público com bolsa-esmola pra grávida"; - "enquanto milhões morrem nas filas dos hospitais e a educação está às favas, o governo gasta com bolsa-grávida? Quis dar, quis ter bebê, o problema é seu!!" - "este senhor [nome do governante ou político responsável] deveria se envergonhar." - "Minha mulher teve bebê e jamais precisou de ajuda e esmola desses bandidos." - "volta ditadura! aquilo que era tempo bom, grávida não ganhava assistencialismo com nosso dinheiro público" - "estou pagando impostos para serem gastos com essas folgadas que não usaram camisinha?" - "Morte às grávidas! Morte aos bebês!" E notícias do tipo: "linchadores matam grávida" surigiriam nos noticiários. E uma comentarista de jornal diria que é compreensível a atitude deles. E por aí vai... o Brasil... onde a mídia controla o que pensa e o que fala seu povo.

    • juliana Postado em 05/Aug/2014 às 01:13

      Perfeito, Guilherme Augusto. O melhor comentário de todos. Obs: na Finlândia se paga MUITO mais imposto do que no Brasil, sendo este um dos motivos pelos quais a extrema direita tem crescido por lá. Os finlandeses não querem que seus impostos sejam gastos com imigrantes.

    • Ana Paula Postado em 09/Jan/2015 às 11:03

      Fato! :(

    • juliano Postado em 10/Jan/2015 às 18:17

      ai que você se engana! se fosse no brasil, essas caixas seria adquiridas pelo governo (todos não interessa o partido) superfaturadas e esse esquema alimentaria uma cadeia de protegidos politicos de tudo quanto é partido. e seria chamado de "caixoduto" ou "caixolão"

    • eliane Postado em 15/Jan/2015 às 00:42

      Eu riiiiiiiiiii !

  91. João Postado em 20/Jul/2014 às 18:52

    Em todo o mundo, o estado deveria ser voltado, priortariamente, para o bem da coletividade pagadora de impostos. No nosso caso, uma faxina geral com penalidade severa para governantes e todos os corruptos e sonegadores que impedem ser adotadas políticas sociais que atendam à população.

  92. Daia Postado em 12/Sep/2014 às 22:23

    "Ser próspero está relacionado a ser ateu? Qual é mesmo a potência econômica (ainda que com altos e baixos .. durante sua história) lhe vem à mente em primeiro lugar? Sim, os EUA, e com base PROTESTANTE, pois seus pioneiros o eram e, inclusive, fundamentaram a constituição do país com base na lei moiseana, que pode ser lida desde inscrições talhadas nas portas. Aliás, as escolas mistas ou simplesmente o ingresso de meninas nas escolas (antes relegadas apenas ao rapazes) é fruto dos princípios protestantes, onde ambos (homem e mulher) são igualmente importantes e valorizados. A valorização do indivíduo e o fortalecimento de sua identidade, além do incentivo ao empreendedorismo fazem parte das premissas judaico-cristãs. E não é preciso necessariamente ser cristão para receber os frutos de ‘obedecer’ à Lei Divina. Todo o que é benevolente com o menos favorecido, por exemplo, torna-se credor de Deus, não importando se sequer tenha ouvido falar de Deus. Imagina quem cuida dos ‘pequeninos’ .. não é preciso ser muito inteligente para entender a recompensa divina por isso. Sem mais."

  93. mauricio Postado em 10/Jan/2015 às 12:25

    Isso chama-se igualdade social ,responsabilidade e pais que emprega muito bem o dinheiro publico.sem corrupção.

  94. Bhagavan Dasa Postado em 11/Jan/2015 às 12:26

    Talvez o termo "presente" para a caixa não seja muito apropriado, pois é pago pelos impostos. O presente é os políticos usarem a inteligência e coração para usarem bem os impostos.

  95. Marta Postado em 11/Jan/2015 às 22:27

    A sabedoria da velha EU!

  96. Anastacia Wobeto Mayer Postado em 12/Jan/2015 às 16:12

    Maravilha,cultura é outra coisa.Parabéns.

  97. carlos Moraes Postado em 21/Jan/2015 às 14:43

    Poxa que povo cego ,tem nada ver o projeto da Finlândia com Jesus,não sabe que basta apenas a falange do dedo mindinho do dono de td que nele há para bummmmmmmmmmmm, pronto acabou td ,não sobra 1 sequer para contar história.

  98. Abel Postado em 21/Jan/2015 às 15:11

    Pra um país laico como o nosso, que deveria respeitar a diversidade de pensamento, de fé entre outras coisas, vejo por aqui muita gente que não combina com essas características. Acho, por exemplo, que um evangélico desejar que ateus queimem no inferno, o torna tão imprestável quanto um ateu que trata evangélicos como jegues. É uma generalização tosca, que não deveria ser utilizada e que gera ódio. Aí vemos uma discussão tola, onde alguns querem atribuir as qualidades da Finlândia ao fato do país ter um maior número de ateus ou de cristãos. Não demora muito, surge a solução mirabolante para o Brasil - Exterminem as religiões (ou os religiosos) e nos tornaremos tão igualitários quanto qualquer país nórdico. Exterminarem os ateus, pois Deus não se agrada deles e trazem o mal para nosso país. É guerra! Não estou aqui negando que muitos não se aproveitem da fé para manipular mentes (infelizmente é o que predomina). Mas daí generalizar? Ou dizer que em um mundo ateu predominaria a paz...Que burrice! Nem um,nem outro.

  99. Luis Postado em 21/Jan/2015 às 15:20

    Querer comparar um país com 5 milhões de habitantes a um com 200 milhões é bem cretino.

    • Claudia Postado em 22/Jan/2015 às 09:27

      realmente..quanto mais gente, mais dificil fica tudo: educacao, moradia, hábitos saudaveis, etc. Vejo isso aqui, na Suica onde moro. É só juntar o povo que vira caos!

  100. David Postado em 21/Jan/2015 às 15:43

    A questão é que lá eles sabem se portar como gente, é cultural se importar com o bem-estar da nação, do próximo, de quem precisa, enfim, é cultural ser altruísta. Aqui, é cultural achar a opção mais fácil, se safar mesmo que sacrifique-se alguém no caminho, tirar proveito dos outros. O problema é que o governo reflete a população, querendo ou não, lá dá certo por isso, aqui eu não preciso explicar de novo.

  101. Gal Postado em 21/Jan/2015 às 18:07

    O texto nada fala sobre religião. Não dá pra entender o porquê da discussão. Será que li o texto errado?

  102. Manu Postado em 21/Jan/2015 às 18:32

    Brasileiro é um poço de ignorância e desrespeito, né?! Claro, há exceções. Mas em geral... Jesus, Maomé, Alá, Jeová... NADA têm a ver com guerras religiosas ou atraso socioeconômico. Muito menos com o tema em questão! O que gera ATRASO e guerras é O ÓDIO ENTRE O SER HUMANO e a GANÂNCIA, que se tornaram uma constante em nosso mundo pseudocivilizado! Votamos e agimos SEM A MENOR CONSCIÊNCIA POLÍTICA - elegendo corruptos -, independentemente de se tratar de partido A ou B. Quando o brasileiro tiver caráter, combater o mau-caratismo já nos pequenos gestos (furar fila, fazer gato, etc) e aprender o RESPEITO BÁSICO (independentemente de teísmo ou ateísmo, opção sexual, classe social, etc) e CRESCER POR SI MESMO, sem precisar de "cotas" ou favorecimentos, talvez consiga chegar ao cerne da beleza colocada na tradição e nos valores embutidos nesse ritual da caixa da papelão! Talvez se consiga compreender a grandiosidade que reside numa simplicidade como essa! Quem dera eu morasse na Finlândia, e não em um país ridículo como o nosso... :'(

  103. Ayanna Postado em 21/Jan/2015 às 18:44

    Nem li. Já sabia que iriam atacar a cama compartilhada com esta falácia de morte súbita. É sempre assim, toda as vezes que o assunto é maternidade a criação com apego é criticada.

  104. Fabio Postado em 27/Dec/2013 às 00:19

    ??????????????????????????????

  105. Bianca Postado em 06/Jan/2014 às 00:44

    Tbem estava fazendo o mesmo questionamento. O texto e longo mais não comunica. E aí vem um monte de inveterados com várias filosofias de igualdade.

  106. Deborah Postado em 09/Jan/2014 às 20:06

    “Os bebês costumavam dormir na mesma cama que os pais e foi recomendado que esse costume acabasse”, disse Panu Pulma, professor de História Finlandesa e Nórdica da Universidade de Helsinque. “Incluir a caixa no kit serviu como um incentivo para os pais colocarem os bebês para dormir separados deles.” Ou seja foi um costume adotado pelo uso dos kits que acabou se tornando uma tradição.

  107. LUCIANA CANDIDO DE LIMA _ Postado em 13/Jan/2014 às 01:44

    Leia o texto que você ficará sabendo o porque elas dormem em caixas de papelão ué

  108. Max Ricardi Postado em 27/Jan/2014 às 12:15

    "Pulma acredita que a caixa é um símbolo da ideia de igualdade, e da importância das crianças." você leu até o final, meu filho?

  109. Ivi Canedo Postado em 28/Jan/2014 às 19:44

    Você não leu o texto? Até o final????

  110. diego Postado em 15/Mar/2014 às 07:31

    Para incentivar que o bebe nao dorma junto com os pais na cama. imagine que na cama uma criança possa ser derrubada, sufocada ou ate esmagada. muitos nao tinham dinheiro para o berço e logo, a caixa resolve o problema em um momento em que o bebe eh muito sensivel.

  111. Louro Postado em 08/Jan/2014 às 21:23

    Explica sim, é só ler. Para encorajar os pais a não terem o bebé na sua cama, a que todos ricos ou pobres tivessem um começo de vida igual, está lá .

  112. Claudio Postado em 10/Jan/2014 às 21:32

    Como assim o texto não comunica? Voce o leu antes de falar isso? Acho que não....

  113. Márlowa Postado em 11/Jan/2014 às 16:40

    95% preferem o kit. Vcs realmente acreditam que atualmente 95% precisavam do kit? Está muito claro que uma medida benéfica do Governo, que tinha um objetivo de trazer melhorias a população (diminuindo o indice de mortalidade) foi inserida na cultura do país. Parabéns a Finlândia!

  114. Karen Postado em 12/Jan/2014 às 19:25

    Eles explicaram... era um incentivo para que os bebês dormissem separados dos pais (que é perigoso para o bebê e ruim para o casal)... acabou virando uma nova tradição.

  115. Katita Postado em 13/Jan/2014 às 19:42

    Acho que é por causa do frio, o papelão pode funcionar como isolante térmico, acústico, etc.

  116. Cyntia Postado em 16/Jan/2014 às 12:27

    Tentou ler o texto??? Claro que explica, é só ler... ¬¬'

  117. Max Ricardi Postado em 27/Jan/2014 às 12:15

    "Pulma acredita que a caixa é um símbolo da ideia de igualdade, e da importância das crianças." como não comunica?

  118. Márcio Durães Alencar Postado em 25/May/2014 às 20:11

    O governo percebeu que os filhos não deveriam dormir na mesma cama que os pais e por isso teve a ideia de colocar a caixa de papelão no kit. Não é seguro um bebê dormir com adultos, adultos se mechem, rolam, e várias crianças já morreram asfixiadas pelos próprios pais por esse motivo.

  119. Bruna Postado em 16/Jan/2015 às 17:58

    Discordo de alguns comentários dizendo que se fosse no Brasil as pessoas reclamariam que o Governo gosta com bolsas grávidas e que é compra de voto.Sendo um benefício de todos como é na Finlândia, o problema que aqui apenas uma parcela da população tem direito, passando assim ser de acordo com os interesses eleitorais.Lá todos tem direito independente do poder econômico.

  120. Ana Santos Silva Postado em 09/Jan/2014 às 15:30

    A caixa de papelão da imagem é a caixa que contém todo o kit que é entregue à mãe. Para não haver desperdícios, a mesma caixa serve também de bercinho!

O e-mail não será publicado.