Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 25/Jun/2013 às 15:09
9
Comentários

FHC e Aécio já propuseram a mesma coisa que a 'autoritária' Dilma

FHC e Aécio Neves afirmaram que proposta de plebiscito para reforma política sugerida por Dilma é absurda, digna de 'regimes autoritários'. Mas uma rápida pesquisa nos arquivos da imprensa e do legislativo revela que ambos já tentaram a mesma coisa

fhc aecio reforma política dilma

Como no passado, Aécio Neves e FHC estão com os discursos convergentes, só que radicalmente contraditórios (Foto: ABr)

A proposta da presidente Dilma Rousseff para o enfrentamento da crise política foi criticada por lideranças da oposição.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse ontem (24/06) que a proposta de realização de plebiscito para a reforma política é própria de “regimes autoritários”.

Já o senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB e provável presidenciável tucano em 2014, disse que Dilma, em sua fala, “frustrou a todos os brasileiros”. “O que nós ouvimos foi o Brasil velho falando para um Brasil novo. É um Brasil velho onde os governantes não assumem as suas responsabilidades, sempre buscam transferi-las a terceiros, não reconhecem os equívocos que viveram e buscam desviar a atenção com novas propostas.”

Mas uma simples pesquisa nos arquivos do legislativo e da imprensa revela que ambos já propuseram a mesma coisa. Matéria publicada no jornal Folha de S.Paulo, em 26 de junho de 1994, aponta que FHC defende a convocação urgente de uma assembleia constituinte exclusiva [1]. Outro texto do mesmo jornal, datado de 17 de abril de 1998, também revela o desejo do então presidente Fernando Henrique Cardoso pela aprovação de uma proposta de constituinte restrita [2].

Numa outra busca pelos registros da Câmara Federal é possível encontrar o PDC 580/1997, de autoria do então deputado federal Aécio Neves (PSDB/MG). O Projeto de Decreto Legislativo tinha como objetivo convocar plebiscito sobre assembleia nacional constituinte revisora a ser instalada em fevereiro de 1999.

Aécio, à época da gestão FHC, era uma das principais lideranças tucanas no legislativo e estava perfeitamente afiado com o seu mandatário em seus objetivos. O roteiro, em 2013, se repete na forma, mas com mudanças radicais nos posicionamentos. É um exemplo claro para que a população brasileira mantenha aceso (e não acorde só agora, para dormir amanhã) o sinal de alerta que dificulta a propagação de oportunismos políticos.

A série “esqueçam tudo o que disse, fiz e escrevi” tem vida cada vez mais curta com a democratização da informação.

[1] http://www1.folha.uol.com.br/fsp/1994/6/26/brasil/16.html

[2] http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc17049811.htm

Por Pragmatismo Politico. Colaborou: José Nicodemos

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Fabio Postado em 25/Jun/2013 às 15:24

    Esse é o mal do Brasil o povo pede a mudança ai quando as autoridades tentam lutar por ela , a oposição vem e critica algo que eles mesmo sempre quiseram fazer

    • Junior Aleixo Postado em 25/Jun/2013 às 15:25

      Se Aécio criticou, é porque estamos indo pelo caminho certo.

  2. Tomaz E Robinson Postado em 25/Jun/2013 às 15:31

    É que politico no Brasil, sempre conta com a "preguiça mental" do povo, acha que todos tem memória curta e que não registram o que é dito por eles, e que também a maioria esmagadora que os elege, não leem jornal. Assim vão se perpetuando no poder. Este site ou coluna, é lida por quantos eleitores no Brasil, principalmente no Nordeste ou nos Rincões de MG? Lá infelizmente o que conta é uma cisterna feita com dinheiro publico, que é divulgada para a população como sendo um beneficio ou gentileza que algum politico conseguiu, quando na verdade nada mais é do que a devolução parcial daquilo que aquele povo pagou com os impostos, independente que a roupa esfarrapada que alguém lhe deu ou a enxada velha que usa para revirar a terra pobre e seca do lugar onde vive, sempre sobre elas houve a tributação exagerada da maquina publica. Assim os administradores públicos eleitos ou nomeados não fazem nenhum favor para o povo, apenas os exploram em proveito próprio

  3. Miguel Postado em 25/Jun/2013 às 15:42

    Mas os objetivos não seriam diferentes de um plebiscito sobre a reforma politica? Uma assembleia constituinte não visa a criação ou modificação da constituição ( função redigir ou reformar a constituição)? Por sinal seria a chance de realizar todos as reformas de uma vez, não importando o partido no poder. A reforma politica sempre emperrar pelo fato do partido que faz a proposta querer uma vantagem sobre os demais partidos. E convenhamos que o voto em lista fechada, permite a compra de votos para formação dentro do próprio partido e impende a renovação dos mesmos e os políticos continuariam com suas dividas e usando cargo público para fins pessoais.

  4. Silvia Postado em 25/Jun/2013 às 16:14

    A população esqueceu dos tempos de FHC... dólar R$ 4,00, arroz 12,00, vendeu a Vale, o Banespa, e só não vendeu furnas, porque o Itamar Franco não deixou e disse que ia desviar o leito dos rios caso acontecesse... memórias curtas da corja dos tucanos...

  5. schirley Postado em 25/Jun/2013 às 17:55

    É gente é o velho PSDB que ferrou com o Brasil e morre de inveja de Lula e Dilma, ele fazem de tudo pra prejudicar o governo Dilma mas apesar de toda passeata ela tem muito apoio do povo, os que são contra é a verdadeira oposição a um governo que levantou o Brasil, e que não é atendida nas sua reivindicação pelo senador, hoje os mais pobres tem casa própria, tem ajuda do governo e o que foi feito pelo psdb, privatizou cbtu,metrô,vale do rio docê e ainda tentou privatizar a petrobrás, acabou com os estaleiros, parou de fabricar navios nunca deu a minima pra maioria do povo carente, podem falar o que quiser após a ditadura foi a primeira vez que votei primeiro Leonel Brizola segundo Lula terceiro Dilma e não me arrependo, não voto pra governador nem prefeito nem senador nem vereador pois não vou dar o meu voto pra esses calhorda, o salário de um aposentado 674,00 um vereador 26.000,00 mas ajuda de custo ninguém merece essa porra.

  6. Iana Postado em 25/Jun/2013 às 18:25

    sim, corja de tucanos que vendia nosso País a preço de banana, pagava juros sobre juros da dívida do Fundo Monetário Internacional quitado no governo do Lula, etc. Povo miserável sem memória que ainda defende esses miseráveis da esquerda.

  7. julio Postado em 25/Jun/2013 às 19:58

    O que quer que ela dizesse ou fizesse, seria chamada de autoritária e idiota. Aécio, devolva os 4 bilhões da saúde já!

  8. Eduardo Postado em 30/Jun/2013 às 18:55

    ...é de dar medo a visão da foto acima... coitado do Brasil e dos brasileiros, vamos dar passos atrás sob o risco de perder tudo o já conquistado.