Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Mulheres violadas 10/Jun/2013 às 18:05
33
Comentários

Estuprador é enterrado vivo

Estuprador é enterrado vivo na Bolívia com o caixão da vítima sendo colocado por cima do seu. Jovem era acusado pelo estupro e morte de uma mulher de 35 anos

Um jovem acusado de estuprar e matar uma mulher foi enterrado vivo na Bolívia por uma multidão em fúria, informou nesta quinta-feira a promotoria local.

estuprador enterrado vivo bolívia

Estuprador é enterrado vivo na Bolívia

“O suposto agressor, Santos Ramos Colque, de 18 anos, foi enterrado vivo em uma fossa, com as mãos amarradas e a barriga para baixo, com o caixão da vítima sendo colocado por cima. Depois cobriram tudo com terra”, relatou o promotor Gilberto Cruz à rádio Erbol.

Leia também

O incidente ocorreu no domingo passado, no povoado de Colquechaca, 400 km ao sul de La Paz, revelou Cruz.
De acordo com investigações preliminares, o jovem foi acusado pelos camponeses pelo estupro e morte de uma mulher de 35 anos. “Bateram muito e depois o enterraram, ainda vivo”, disse o promotor.

O pequeno contingente policial de Colquechaca não pôde conter a turba “de cerca de 100 pessoas”, explicou o promotor.

AFP

Recomendados para você

Comentários

  1. Sergio Postado em 10/Jun/2013 às 18:41

    Vamos fazer isto no Brasil?????

  2. Sil Postado em 10/Jun/2013 às 18:47

    boa ideia , eu apoio

  3. Criminovaldo Justissilva Postado em 10/Jun/2013 às 18:50

    Tá. Quer dizer agora que a justiça popular é mais útil, funcional e humanitária que a justiça de um Estado que não pratica a pena capital de morte? Acho que esta matéria tem mais cara de Veja que de Pragmatismo Político. Sei não hein? As coisas parecem estar ficando estranhas...

  4. Adriano Postado em 10/Jun/2013 às 18:53

    Não, não vamos.

  5. Méle Postado em 10/Jun/2013 às 19:01

    Que horror. Não vamos punir a barbárie com outra barbárie, por favor.

  6. Francisco Postado em 10/Jun/2013 às 19:02

    O problema em se fazer esse tipo de coisa é a dúvida sobre a culpabilidade do acusado. E se ele não for o agressor? O sistema judiciário foi criado por uma razão.

  7. Mônica Postado em 10/Jun/2013 às 19:08

    Olha não sou a favor da pena de morte pelo simples fato do perigo que seria (aqui no Brasil)o culpado ficar impune o o inocente morrer.Mas em caso de estupro...só matando mesmo.E Méle horror foi o que ele fez...quem ja passou por estupro sabe que ele mereceu.Pode ter sido de um jeito meio torto mas a justiça foi feita.

  8. Gandhi Postado em 10/Jun/2013 às 19:12

    Ser acusado é muito diferente de ser realmente culpado. E um erro não justifica o outro!

  9. bazuka Postado em 10/Jun/2013 às 19:13

    Tem que fazer com ladroes, sequestradores, estupradores, assaltantes, politicos corruptos comprovados.... como cantou e verso o Lulu Santos " assimcaminha a humanidade....

  10. Yogue Postado em 10/Jun/2013 às 19:15

    Não, vamos punir com amor né? tsc tsc...

  11. Guilherme Postado em 10/Jun/2013 às 19:22

    O grande problema nesses casos é, além de fazer justiça com as próprias mãos, e se mataram a pessoa errada?

  12. Alexsandro Caim Postado em 10/Jun/2013 às 19:48

    quem tem coragem de participar disso aí, ou mesmo pedir para que isso seja feito indiscriminadamente aqui no Brasil, deve ser santo em todos os sentidos... pq somente quem nao tem manchas, falhas e defeitos é quem pede esse tipo de "justiça". Sinceramente o ser humano, seja lá onde for, é muito impiedoso, de cultura tribal e com prazer em ver atrocidades...isso não é criatura divina em lugar nenhum.

  13. Postado em 10/Jun/2013 às 19:51

    Vamos fazer o quê então? Deixar vivo este animal para fazer novas vítimas?

  14. Ribeiro Postado em 10/Jun/2013 às 19:51

    A lei de causa e efeito.

  15. José Postado em 10/Jun/2013 às 20:09

    Absurdo foi permitir o corpo morto da vítima passar o resto de seu estado de morte junto daquele que a estuprou...

  16. Bruno Postado em 10/Jun/2013 às 20:30

    Que barril isso ai, e se o cara não for o estuprador mesmo?

  17. BLEING Postado em 10/Jun/2013 às 20:47

    Poxa, galera, o estuprador foi um produto da sociedade. Não era culpa dele!

  18. Pedro Postado em 10/Jun/2013 às 21:01

    Não sei o que é mais ridículo essa reportagem de revista Veja ou os comentários dos que apoiam esse tipo de justiça. -.-

  19. Michel Postado em 10/Jun/2013 às 21:15

    Esse papo de produto da sociedade é foda mesmo (eu entendi a sua ironia) , nós temos que lembrar que cada um é responsável pelos seus atos , e ao contrario do que essas ongs pseudo humanitarias pregam . A única coisa que tem que ser cuidadosamente averiguada é se o sujeito é o culpado ou não , mas se for , eu acho plenamente justo o que fizeram com ele , e mais , plenamente justificável , essa historia de justiça educativa é bobagem , porque tenta por a culpa na sociedade e não no criminoso , a justiça tem que ser punitiva ,para que as pessoas pensem duas vezes antes de transgredir a lei, e sejamos sinceros , a lei não deve ser feita para aliviar as pessoas que tem "manchas" (para as quais eu tenho outro nome) , ela deve ser feita para proteger as que não tem.

  20. Bernardo Gavião Postado em 10/Jun/2013 às 21:33

    interessante !!! logo logo iriam pensar duas vezes antes de estuprar alguém um boa com certeza.

  21. Francisco Luz Postado em 10/Jun/2013 às 21:41

    O título do artigo não deveria ser "Acusado de estupro é enterrado vivo"?

  22. anônima Postado em 10/Jun/2013 às 21:52

    que horror!!!

  23. Pedro Postado em 10/Jun/2013 às 22:02

    O estuprador é criado por mulheres seminuas, não existe estupro no Afeganistão, enquanto tiver quadradinho de 8, fio dental, top less e mídia do corpo, o estupro vai aumentar, como tem aumentado drasticamente nos últimos anos no Brasill.

  24. David Postado em 10/Jun/2013 às 22:05

    Poxa vida, eu sou totalmente contra o crime de estupro, mas o cara era só suspeito, talvez nem seja o verdadeiro culpado, talvez um inocente tenha sido morto brutalmente enquanto o estuprador esta a solta por ai, talvez até no meio da multidão.

  25. Márcio Campos Postado em 10/Jun/2013 às 22:08

    tantas vezes o "diz-que-me-disse" acaba envolvendo gente inocente, tão fácil acusar sem provas, tão comum achar que foi fulano sem certeza e essa versão de boca em boca virar "verdade". Pra não dizer que morte não é pena proporcional a estupro, execução seria medida extrema, no pior caso para quem também matou. Uma vez julgado sob tribunal legítimo, e não um amontoados de populares co vontade de sangue, que nem conhecem todos os fatos, que se fizesse o réu sentenciado pagar uma pensão de indenização à vítima, além da cadeia, coisa assim. Quando alguém aqui que julga todos rapidinho se vir sob acusação injusta e sem provas lembrará dessas palavras acima.

  26. Fábio Moreira Postado em 10/Jun/2013 às 22:26

    Sociedade fazendo justiça com as próprias mãos. Depois do crime todo mundo quer julgar e vingar , mas antes do crime ninguém discute as causas da violência e algum modo de resolver , só punição e vingança resolve. " Olho por olho e o mundo acabará cego ". Nâo confundam vingança com justiça.

  27. Ana Paula Postado em 10/Jun/2013 às 22:33

    Pow que sacanagem enterrar a mulher junto com ele!

  28. maicon Postado em 10/Jun/2013 às 23:14

    SINCERAMENTE.. ESTOU ESPERANDO O 2° DILUVIO, PARA COMEÇAR DO ZERO. PQ TA DIDICIL!!!!

  29. Nayara Postado em 10/Jun/2013 às 23:26

    Bacana ver o seguinte. Sou a favor da vida, mas em um estrupo a pessoa te rouba em questão de minutinhos o que há de mais valioso para uma mulher, e neste caso seguido de morte.Ele não teve amor à vida, amor ao ser humano. A maior parte dos comentários foi escrito por homens, não estou julgando vocês. Mas é muito fácil defender os direitos humanos, e se fosse a irmã, a filha, a esposa, a mãe, a prima de algum de vocês? Acreditariam na reabilitação deste tipo de sujeito? Guardariam para si o sentimento de impunidade aguardando o juízo de Deus e das autoridades ?? E como reagiria com a dor de sua parente?? Pois este marco infeliz ela levara consigo para o resto de sua vida.

  30. Diego Postado em 11/Jun/2013 às 06:50

    O que leva determinada pessoa cometer esse tipo de crime? O que podemos fazer para diminuir a incidência desse tipo de crime? Estabelecer o que é certo ou errado fazer com o criminoso é ingênuo. Pena maior ou menor, por si só, não vai impedir que novas práticas daquele crimes ocorram. O discurso e o debate deveria girar em torno da prevenção. Afinal, ninguém quer ser estuprado ou ter alguém próximo que sofra tamanha barbaridade. Funciona como uma fonte de água contaminada. Não importa quantas pessoas você esterilize, se não resolver na fonte, o problema continuará surgindo!

  31. Cacique Postado em 11/Jun/2013 às 13:47

    Vamos fazer assim então. Ladrões, estupradores, assassinos e corruptos vão todos ser enterrados vivos por uma multidão de justiceiros. E quando descobrirmos que um inocente foi enterrado no lugar de um culpado, então todos os justiceiros que o condenaram por engano serão enterrados vivos junto com o verdadeiro culpado. Justo, não é???

  32. Paulo Abreu Postado em 12/Jun/2013 às 03:02

    "Pedro, em 10 de junho de 2013 às 22:02 disse: O estuprador é criado por mulheres seminuas, não existe estupro no Afeganistão, enquanto tiver quadradinho de 8, fio dental, top less e mídia do corpo, o estupro vai aumentar, como tem aumentado drasticamente nos últimos anos no Brasill." Ô amiguinho, já que vc tem um ótimo argumento pro momento atual e é especialista até na realidade de outros países, poderia explicar os estupros em épocas em que não existia quadradinho de 8, fio dental, top less e mídia do corpo? Outra coisa. Um político ou qualquer outro funcionário público que desvie verbas da saúde pode ser responsável por mutilações, agravamento de doenças crônicas, mortes por todo tipo de negligência, entre outras catástrofes. Então, gostaria de entender essa ânsia por uma justiça dolorosa e vingativa quando o problema é estupro, considerando que um facínora corrupto que provoca mortes no sistema de saúde pode estar entre aqueles que defendem a pena de morte para estupradores.

  33. renato Postado em 12/Jul/2013 às 19:15

    Eu não ia querer o cara morto junto comigo se ele tive me estuprado e me matado..... Eu hein... Ah, ele ficou de barriga para baixo...para a eternidade? Ah, tomara que eu possa me mexer. Sinto muito, mas não resisti! Humor Negro.