Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Truculência PM SP 15/Jun/2013 às 14:01
8
Comentários

Coronel da PM 'parabeniza' manifestantes antes de ataque

Antes de ataque do Choque, coronel da PM deu ‘parabéns’ aos manifestantes. Ben Hur Junqueira Neto, que comandou a operação, pediu que os manifestantes aguardassem nova negociação, mas deixou o local às pressas

coronel pm são paulo

Antes de ataque do Choque, coronel da PM deu ‘parabéns’ aos manifestantes (Foto: Estadao)

O tenente-coronel Ben Hur Junqueira Neto, oficial da PM responsável pela operação que terminou transformando o centro da cidade em uma zona de guerra nessa quinta-feita, 13, parabenizou lideranças do movimento passe livre pela forma pacífica como a passeata seguia instantes antes de a Tropa de Choque iniciar os ataques aos manifestantes.

Os parabéns foram dados quando o coronel procurou lideranças do movimento, na Rua da Consolação, para saber se os jovens iriam seguir adiante ou não. Sem ordenar expressamente que a marcha recuasse, avisando que haveria avanço do Choque, o coronel pediu que os manifestantes aguardassem ali uma nova negociação, mas deixou o local às pressas.

Momentos após a saída do coronel, diversas bombas de gás e efeito moral começaram a ser lançadas contra a massa, numa batalha que durou mais de 10 minutos, dando início ao confronto que se espalhou pelo centro.

Leia também

Antes de se desaparecer da Rua da Consolação, a massa ficou gritando “sem violência” para os policiais, que não cessaram as bombas. Depois disso, perseguiram jovens pelas rua do bairro atirando balas de borracha e lançando bombas. Alguns manifestantes responderam com pedras e rojões.

A truculência só se encerrou horas depois, na Avenida Paulista, por causa da exaustão e dos poucos manifestantes que restaram.

Assista ao vídeo:

informações da Agência Estado

Recomendados para você

Comentários

  1. Selton Postado em 15/Jun/2013 às 17:34

    "Parabéns" não aliviará a dor nem o hematomas que os manifestantes sofreram.Já chega dessa repressão policial!

  2. Alysson Augusto Postado em 15/Jun/2013 às 23:23

    Provavelmente este "parabéns" foi para que as "lideranças" (aspas pois creio não haver) dos movimentos protestantes se pronunciassem - já que é tão lindo ver um PM aliado ao povo, vamos ser legais com eles também, né? - e eles, PMs, pudessem ter ciência de quem coloca fogo no pavio da multidão.

  3. Jean Postado em 16/Jun/2013 às 13:10

    Sempre fico a favor da polícia quando é pra lidar com bandido! mas essa atuação da polícia em relação as manifestações está vergonhosa! péssimo comportamento! Esse é o ano da revolução!

  4. ELIANA Postado em 16/Jun/2013 às 13:49

    NOME DE GUERREIRO, ATITUDES DE COVARDES.

  5. Maxmiller Postado em 16/Jun/2013 às 20:09

    A policia só vai parar de atirar em gente desarmada quando começar aparecer uns loucos como no Afeganistão! atirando pra todo lado e soltando bomba! Não é apologia a violência, mas uma hora dessas alguém surta com essa situação de só apanhar!

  6. Zeca Postado em 17/Jun/2013 às 03:19

    Antes de julgarmos esse coronel temos que levar em conta que ele está sob ordens, e é o governador que manda na polícia, não adianta ficarmos brigando com essa gente, tem que ir logo em cima na cabeça porque se brigarmos com o coronel vai entrar outro igual no lugar e não vai mudar nada.