Redação Pragmatismo
Compartilhar
Homofobia 24/May/2013 às 14:03
30
Comentários

Menino de 12 anos chamado de gay grava desabafo emocionante

Vídeo: garoto de 12 anos chamado de gay grava desabafo emocionante. Theo Chen fala do sofrimento com o 'bullying homofóbico' e diz que não sabe ainda afirmar se é homossexual

homofobia menino gay 12 anos

Menino de 12 anos chamado de gay grava desabafo emocionante. Assista no vídeo abaixo.

Um vídeo com o desabafo de um adolescente de 12 anos, vítima de bullying escolar por homofobia, vem ganhando repercussão no Youtube e nas redes sociais. Talvez pela eloquência e sinceridade de um ser tão jovem, ou pela angústia que o garoto consegue transmitir em apenas seis minutos de gravação.

Até esta sexta-feira (24), o vídeo intitulado “Gay” registrou mais de 200 mil visualizações, sendo que a versão legendada em português foi assistida mais de 80 mil vezes.

No material, postado no dia 6 deste mês, Theo Chen, morador de Cingapura, relata que os maus-tratos e as brincadeiras maldosas aumentaram nos últimos dois meses.

Eu recebi muito ódio online no Ask.FM, Facebook, Youtube (…). Eles basicamente me chamam de bicha ou gay, boiola, coisas assim”.

O bullying seria praticado por internautas, amigos e colegas de escola e teria piorado depois que Theo começou sentir o gostinho da fama por causa do seu canal “Theo Chen”, no Youtube, o tornando uma espécie de “webcelebrity” – celebridade da internet.

Em outro vídeo mais recente, ele dança, dubla a música “Sweet Nothing” de Calvin Harris, além de fazer caras e bocas. Com um dia de postagem, essa publicação havia alcançado 1.076 exibições. Ele também aparece dublando artistas como P!Nk, Bruno Mars e Nick Minaj, e até mesmo falando sobre coisas da vida.

Leia também

Apesar de os comentários serem de cunho homofóbico, Theo afirma, sem pudores, que ainda não sabe afirmar se é gay.

“A verdade é que eu realmente não sei. Vocês pelo menos sabem quantos anos eu tenho? Eu tenho 12 anos, e vocês me chamam de gay? E o que importaria se eu fosse gay? Eu achei que este mundo fosse livre. Vocês não deveriam julgar as pessoas pela sexualidade, mas pela personalidade”.

Em outro momento, ele afirma que, por enquanto, prefere garotas. “Agora eu gosto de meninas, não penso que sou gay neste momento. Não que haja algo errado em ser gay. Ser gay é legal. Não há nada de errado.”

A intenção de Theo ao expor os sentimentos, segundo ele, era fazer com que as pessoas pensassem sobre o que dizem. O menino ainda lamenta e diz que gostaria de estar aproveitando a escola, mas não pode, porque as pessoas o atormentam o tempo inteiro.

Assista abaixo ao vídeo legendado:

com agências e R7

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. ligia Postado em 24/May/2013 às 15:13

    Que triste!!! Não o vídeo, mas seu posicionamento sobre o menino. Quando você coloca o seu ponto de vista pessoal em "Theo começou sentir o gostinho da fama"; " o tornando uma espécie de “webcelebrity” – celebridade da internet."; "ele dança, dubla a música “Sweet Nothing” de Calvin Harris, além de fazer caras e bocas", você está tomando posição em favor dos que cometem bullying contra esse menino, uma criança de 12 anos. Sugiro que você, que aliás não assina essa coluna, reveja seus conceitos e sua forma de passar notícias, você é formador de opinião para muitas pessoas e não tem o direito de direcionar como cada um vê mostrando a SUA forma preconceituosa de encarar a sexualidade dessa criança.

  2. Eduardo Postado em 24/May/2013 às 15:44

    Ligia, ele se expressa da forma que quiser, o vídeo ta aí pra quem quiser tirar suas conclusões. Vc alega que ele é formador de opiniões, mas a culpa não é dele se as pessoas são imbecis a ponto de não tirar suas próprias conclusões.

  3. Geraldo Postado em 24/May/2013 às 15:53

    Achei o texto tendencioso, e em muitos momentos justificando o preconceito sofrido pelo garoto. Parece que quem escreveu o texto não assistiu o vídeo. Ou seja, o apelo feito não tocou o escritor. Uma pena.

  4. Delma Postado em 24/May/2013 às 16:07

    Eu não entendo nada de video...só assisto a alguns...a situação me incomoda,sim, como educadora, como avó. qual a posilçao da escola? E da família? e dos outros companheiros de classe? Esse estigma, essa maldade internalizada nos seres, nas pessoas que se dizem humanas; isto me incomoda muito.O que se ganha causando sofrimento ao outro? Estamos nos deteriorando como filhos de Deus, esquecendo -nos que somos todos oriundos do amor divino, "Do Sopro Divino". Lamento profundamente. Delma Dias Gomes

  5. cinthia Postado em 24/May/2013 às 16:38

    Gente, eu vi os comentários de vcs e fiquei tipo mega confusa, porque o texto acima não correspondem ao que vcs estão criticando. Ele editaram o texto? Bom, devem ter editado pq essas críticas aí não fazem sentido com o que está escrito. O texto está bem ok, isento até, só relatando os abusos sofridos pelo menino mesmo e porque ele fez o vídeo.

  6. Felipe Postado em 24/May/2013 às 17:05

    Ligia, entendo o teu raciocínio, mas o artigo utiliza algumas figuras de linguagem comuns, as quais podem ser meramente descritivas. Até porque "sentir o gostinho da fama" e "fazer caras e bocas" não são expressões pejorativas, a menos que você pense que é "feio" ou "errado" o sentimento de satisfação pelo reconhecimento público, ou uma performance dramática, nesse caso, feita por um menino de 12 anos. O preconceito pode estar vindo da tua interpretação também.

  7. CAMARGUINHO Postado em 24/May/2013 às 17:23

    Está na cara que esse moleque quer mesmo ficar famoso, porque se estivesse realmente incomodado com a tal "situação", não perderia mais tempo fazendo vídeos que o farão se tornar uma pessoa pública muito conhecida. Certamente iria evitar aparecer até esquecerem sua história. Então na minha opinião é que não passa de mais um truque para buscar milhares de acessos e se fazer conhecido, e já está. Uma tremenda palhaçada.

  8. Ivan Postado em 24/May/2013 às 18:55

    Palhaçada, Camarguinho, é alguém que não conhece a criança, nem sua história de vida e, muito menos, o seu histórico de vida. Ele é livre para se expressar do modo como quiser. Se está postando vídeos na internet para ficar famoso, o que você tem a ver com isso? Absolutamente nada. O fato dele se expor não justifica os insultos que vem sofrendo. A única palhaçada que eu vi aqui foi a sua opinião sem nexo.

  9. suyanne Postado em 24/May/2013 às 19:41

    Não importa se o garoto é gay ou não, se o escritor não soube "tocar" ao escrever ou outras coisas pequenas que as pessoas veem. Não, o que importa é que o garoto tá sofrendo Bullying e isso é ERRADO! Simples, é ERRADO!

  10. Pedro Postado em 24/May/2013 às 19:51

    Camarguinho, então quer dizer que você aceita ser julgado e ofendido pelas pessoas, e fica de cabeça baixa para isso, esperando que esqueçam? Sua atitude é desprezível.

  11. Victor Hugo Postado em 24/May/2013 às 20:01

    Claro, e deixar coisas assim passarem impunes? Se mais pessoas se rebelassem contra esse tipo de coisa, como esse menino, quem sabe a situação seria amenizada. Não entendo mesmo qual o problema das pessoas em deixar que as pessoas vivam suas próprias vidas. Isso sim é palhaçada.

  12. ligia Postado em 24/May/2013 às 23:18

    Felipe, todo artigo deve ser escrito isento de opinião, já que ele é público e não controlamos quem vai lê-lo. Hora nenhuma pensei nas expressões como pejorativas, mas como tendenciosas da parte de quem as escreveu. Tudo o que escrevemos, as palavras que escolhemos para nos expressar, nunca são ao acaso, elas sempre passam uma mensagem e quando sabemos que isso vai se tornar público é necessário cuidado para não acontecer isso que está acontecendo aqui. De repente a maneira de colocar, as palavras usadas, nos fazem tomar uma posição que, caso fossem outras, nossa opinião também seria. A função de um bom jornalista é simplesmente informar os fatos, isento de opinião, a não ser que seja uma crítica, o que não é o caso aqui, isso é uma notícia e não uma crítica. Corrija-me algum jornalista se eu estiver errada, por favor.

  13. Lucas Postado em 25/May/2013 às 00:12

    pois é CAMARGUINHO, agora me diz uma coisa... e se fosse com voce?? melhor, e se fosse com teu filho?? voce ia virar pra ele e falar "cala tua boca muleke e deixa todo mundo chamar voce de gay, vc posta videos e as pessoas vao la e comentam nas suas costas, o que há de errado nisso??" puts verdade ne cara?? o que será que há de errado em criticar e ofender uma pessoa pelas costas?? nao há nada de errado nisso, normal, foda-se ele né? ele que aguente isso tudo entao de bico calado.. cara, sinceramente, pessoas como você agente não precisa mais no mundo.. vaza vai! ¬¬'

  14. Guilherme A Postado em 25/May/2013 às 01:40

    Animais, o texto é do R7. Portal de notícias da Record, do Bispo Edir Macedo, evangélicos. O pragmatismo só reproduziu! Claro que um texto oriundo de lá só pode inspirar mais tendenciosidade e transparecer maior conservadorismo e ser mais contido ao tratar de assuntos relacionados a 'gays'!

  15. Nana Postado em 25/May/2013 às 01:51

    Praticamente todos os artigos tem a opinião do autor, mesmo que de forma sutil. Até pesquisas científicas costumam ser direcionadas e interpretadas de acordo com posições filosóficas dos cientistas. O fato é um, mas os pontos de destaque e as interpretações são pessoais. Se alguém opta por ser dependente das palavras de outra pessoa, sem desenvolver crítica própria e capacidade de investigação dos fatos, essa pessoa que se colocou nessa situação e não tem o direito de culpar outros por estarem passando informações tendenciosas. Isenção de opinião é mito e é "overrated". :P

  16. Roger Postado em 25/May/2013 às 09:07

    Eh seu Camarguinho, quer dizer que ao invés de expor o assunto, para que as pessoas possam refletir, expor a doença do bullying, para que a questão possa ser trazida à luz com toda a sua crueldade, você acha que ele deveria era abdicar do direito de resposta, ficar caladinho, e principalmente: abdicar do direito de ser um artista, pra ficar isolado, no silêncio, cumprindo o objetivo de quem o ofendeu. Muito bem! Agindo assim você ajuda o mundo a ser tão cruel. Tenha humildade e mude só por hoje. Todos temos sexualidade e é uma coisa linda cada um ser diferente e nos respeitarmos assim. Não julgue o rapaz por números de audiência que ele conseguiu unicamente fazendo sua arte. Não julgue os outros por você. Paz e Luz.

  17. ligia Postado em 25/May/2013 às 12:43

    Animais? Ainda não tinha visto ofensas até agora, só uma troca de opiniões... que horror!! É justamente pra isso que se usa uma assinatura ou a fonte de onde foi retirado o texto. Outro erro então.

  18. Lua Postado em 25/May/2013 às 18:02

    Sou mãe de um rapaz e 2 moças e como mãe posso afirmar que esta criança é fruto de pais irresponsáveis, pois ele me parece bastante perturbado, sem acompanhamento, sem limites e sem conhecer o amor sublime amor de Deus. Que pena, no ponto que está e pelo que aparenta...o estrago foi bem grande. A criança merece ser orientada a curtir cada fase do crescimento com alegria, amor, segurança e orientação.

  19. Guilherme Augusto Postado em 26/May/2013 às 00:34

    É, vc tem razão. Fui injusto com os outros. Lígia, animal, a fonte tá ali embaixo! Foi você com aquela histeria inicial que causou esse debate sem sentido. Troca de opiniões baseada na discussão que você inaugurou. Debate alicerçado em terreno pantanoso. Não leva a nada, não acrescenta nada, vai falando sem ter certeza e sem averiguar antes. Pra você ter certeza de algo, tem que averiguar antes, ver se o alvo da sua crítica é aquele mesmo ou deveria ser outro?!, aí sim... E aqui, só pra me fazer claro, não estou cerceando o seu direito de se pronunciar sobre o nada e de falar coisas sem sentido, só estou ridicularizando esta sua atitude, fundado no meu direito também de me manifestar sobre o nada! Ah, e menos histeria, de novo, no seu entendimento do que são ofensas, porque de onde eu venho 'animal' não é nenhuma ofensa bárbara pra inspirar tamanho "horror"! Não se sinta humilhada, acuada, ofendida por tão pouco, tá? Até porque, o único que merecia ser ofendido aqui é o Camarguinho, mas como somos pessoas civilizadas não vamos fazê-lo. Vamos tentar argumentar com ele para que ele mude sua visão de mundo. Mesmo sendo claro que ele é uma anta. Esse seria um debate e tanto...

  20. JairPS Postado em 26/May/2013 às 10:18

    Já dizia o Renato Russo: A Humanidade é desumana !

  21. M.: Postado em 26/May/2013 às 14:46

    Irmãos. Parem de perder tempo discutindo isso, não adianta nada ficar reclamando da vida aqui, sim as injustiças humanas existem, mas enquanto não mudarmos a nós mesmos antes de julgarmos uns aos outros e ficarmos discutindo quem está certo ou errado em tais opiniões, pois cada um tem um ponto de vista, nunca haverá mudança!

  22. Patricia Postado em 26/May/2013 às 17:02

    Ao criar conteúdo para a web, para milhares de desconhecidos em potencial, ele era um aspirante a webceleb - ou uma criança tentando se divertir. Ao dar de cara com a repercussão de seus atos - o conteúdo que criou e disponibilizou livremente para estranhos - ele "é só uma criança de 12 anos". Não é querer chamá-lo de hipócrita, isso seria muito forte. Ele realmente é, afinal uma criança de 12 anos. A minha pergunta é: por quê é que hoje em dia uma criança de 12 anos já tem uma webcam, pode publicar conteúdo, tem página no FB (iade mínima 13 anos, não é mesmo?), tem ask.fm (canal de "relacionamento com o público" - não é uma rede social pra adicionar amiguinhos, é uma ferramenta para se expor), publica livremente no Youtube e se torna celebridade? Isso é normal? É aceitável? Essas crianças estão prontas para lidar com as consequências disso? Têm consciência do significado e efeito da superexposição? Têm consciência do valor do direito à privacidade? Percebem em si mesmos o processo da criação de "persona pública" vs. personalidade real? Ele só tem 12 anos. Mas mesmo sendo brincadeiras, o que ele estava fazendo na web era coisa de gente grande, já. Está aí a grande novidade dessa geração, os pais de hoje precisam ter a consciência de monitorar os filhos e orientá-los para que tenham cada vez mais cuidado com a exposição de si mesmos na web. Achar que tudo na internet é bacana ou que não há pessoas malvadas é o novo "se passou na TV, então deve ser verdade".

  23. ligia Postado em 27/May/2013 às 00:12

    Guilherme, eu tenho idade suficiente para não me sentir 'humilhada , acuada, ofendida por tão pouco', não se preocupe, passei dessa fase, mas do lugar de onde venho não usamos o adjetivo 'animal' para tratar com seres pensantes, como todos nós aqui, nem tampouco me senti horrorizada como termo, foi só uma forma de expressão, o que, diferente do artigo, pode expressar minha opinião. Não tive nenhuma intenção de demonstrar histeria, tá aí uma coisa que não sou, só fico indignada com, novamente, uma notícia que se mostra tendenciosa, pra isso temos a Rede Globo ou a R7, etc, não precisaríamos todos estar procurando uma página como a do Pragmatismo Político. Fica como sugestão para a página então, tentar encontrar notícias melhores, com isenção, para que então possamos ler sem ter que questionar...mas honestamente, acho que isso que estamos fazendo aqui extremamente saudável, estamos todos pensando sobre um assunto cada vez mais sério, que é o bullying nosso de cada dia. Sem guerra agora?

  24. Marta Postado em 27/May/2013 às 20:58

    Quanto sofrimento. Mas vou rezar pra ele encontrar forças. E que um dia ele esqueça tudo isso que tá passando. E que o mundo seja mais tolerante.

  25. ed maciel Postado em 05/Jun/2013 às 07:54

    Aíeeeee como sou bandidinhoooooo

  26. Bynho Chávez Postado em 17/Jul/2013 às 08:47

    Quero ver quando é que o mundo vai parar de tanto preconceito!

  27. Rich Postado em 06/Aug/2013 às 20:22

    "O texto é do R7. Portal de notícias da Record, do Bispo Edir Macedo, "evangélicos". EVANGÉLICOS? Aí, pragmatismo, os evangélicos não são a favor de perseguição a gays não. Então porque vocês pelo menos uma vez nesses anos de site não publicam uma mensagem a favor da verdade proferidas por evangélicos? já que vocês explodem de raiva quando o assunto é contra homossexual!!!