Luis Soares
Colunista
Religião 17/Apr/2013 às 12:17
23
Comentários

Sexshop gospel vende 'brinquedinhos' sensuais para evangélicos

Casais cristãos compram pela web artigos para apimentar a relação, como fantasias, jogos eróticos, algemas e massageadores. Dono de sexshop gospel diz não vender artigos para homossexuais

O SexshopGospel, como seu nome já deixa explícito, vende brinquedinhos sensuais a evangélicos. Mas nem todos os brinquedos, só os “leves”, disse Maicon Santos, 30, solteiro, o dono da loja. “Nós não vendemos artigos homossexuais, anais, nem temos artigos sadomasoquistas.”

Em entrevista ao jornal “O Dia”, do Rio, Santos não deu exemplo do tipo de artigo que não vende.

sexshop gospel evangélicos

Evangélicos usam sex shop ‘gospel’ e esquentam a cama. Loja não vende ‘artigos anais e homossexuais’ (Foto: Reprodução/Web)

O que a SexshopGospel tem são vibrador pequeno, algema com pelúcia rosa, gel comestível, anel peniano, a “famosa” pomadinha japonesa, livros e por aí vai.

Santos é evangélico, mas não segue nenhuma igreja. Ele disse que, para criar o sexshop cristão, se inspirou em sites americanos que se destinam a esse público.

Afirmou que tem recebido críticas de religiosos e se defendeu dizendo que “até Cristo foi criticado”.

Argumentou que a compra de brinquedinhos sexuais não é pecado e que eles podem a ajudar os casais a continuarem casados.

O casal evangélico Hugo, 28, e Lorena Brandão, 27, também acha que comprar esses artigos não é pecado.

“Tudo vale a pena com moderação”, disse Hugo. “Fantasias, gel e algemas deixam o relacionamento renovado, surpreendem o parceiro.”

Ele não vê revistas nem vídeos pornográficos para que a sua “esposa” continue sendo o “foco principal do desejo”. Seu casamento tem cinco anos.

Leia também

Os evangélicos Aline Suzano, 31, e André Sanches, 31, casados há três anos, usam lubrificantes, óleos, roupas sensuais e bolinhas para quebrar a rotina.

Aline disse que nunca usou vibrador porque acha que estimula um sexo egoísta, que é proibido pela Bíblia.

Para o pastor Daniel Lopes, da Assembleia de Deus de Rocha Miranda, não há problema na compra por casais casados de produtos que estimulam o relacionamento sexual.

Contudo, ele reconheceu que se trata de um tabu entre os evangélicos — fiéis e pastores.

Afirmou que essas pessoas precisam ler o livro de Cantares, da Bíblia, que diz como deve ser a vida de um casal. “O mais importante é que haja amor. Não existe casamento perfeito, mas existe casamento feliz.”

Santos informou que as vendas do seu sexshop estão indo bem.

Paulopes, com O Dia

Posts relacionados

Comentários

  1. Aldemir Postado em 17/Apr/2013 às 13:37

    Na boa, meus amigos cristãos ou não cristãos, cristão é quem segue as leis de cristo, e esses senhores estão equivocados, com as leis de Deus não existe "jeitinho". Abram o olho. E a luxúria é claramente um dos pecados claramente citados seja pelos católicos, seja pelos evangélicos.

  2. Rodrigo Teixeira Postado em 17/Apr/2013 às 13:54

    Será que eu sou o único que percebo que esse tipo de sensacionalismo e ataque velado contra a igreja evangélica só polariza o diálogo ? Eu não me lembro qual foi a última vez que foi promovido um debate sério sobre a importância de se garantir os direitos civis a todos e mostrar de maneira prática para o grande público como os direitos civis dos homossexuais são tolidos no Brasil, seja de maneira institucionalizada, seja de maneira sutil da convivência diária. Aliás eu não me lembro de nenhum esforço claro, da alta cúpula do ativismo gay, de esclarecer os pontos obscuros da PL 122 ou de pelo menos tentar dialogar sobre pontos de discordância. A postura política de pessoas como Jean Wyllys e Toni Reis é uma só : Atacar e denegrir a imagem de pastores e da igreja evangélica junto a sociedade civil. Resumindo Jean Wyllys : "Nossas propostas e exigências são essas, não aceitamos negociação e faremos qualquer negócio para termos os nossos projetos aprovados. E se alguém se opor, vamos insinuar que nosso inimigo na verdade é gay" (Qualquer semelhança é mera coincidência.) Apesar de não considerar uma postura das mais éticas, do ponto de vista prático, não me chatearia nem um pouco (enquanto ateu que sou) ver a fé e o cristianismo perder força. Porém qualquer indivíduo com o mínimo de inteligencia sabe que não é isso que iria acontecer. As atitudes de natureza contraproducente promovidos pelo ativismo com apoio da esquerda burra, só serviram pra uma coisa : Unir os evangélicos (que são a cada dia mais numerosos) em torno do inimigo em comum. Podem apostar que ano que vem, teremos mais deputados pastores eleitos, para encorpar ainda mais a bancada. Talvez isso seja ótimo para o excelentíssimos Jean Wyllys e Toni Reis, afinal de contas em quanto a causa dos direitos civis dos homossexuais, eles continuam com uma excelente prerrogativa pra continuar mamando nas tetas do estado através das suas ONGs,

    • Ana Cândida Postado em 17/Apr/2013 às 13:59

      Ué, mas o sexo não é só pra fins reprodutivos?

  3. V Postado em 17/Apr/2013 às 14:08

    Rídiculo vai amar sua esposa de verdade, que não precisará de mais nada, hipócrita, não use o evangelho para tal coisa!, é um absurdo, não senta na roda dos escarnecedores, me diga com quem anda que direi que tú es, vc esta igual ao mundo!!!!!!!!!

  4. Vinícius Postado em 17/Apr/2013 às 14:38

    Não entendo a necessidade/utilidade de um Sex Shop evangélico. Se um casal que tá afim de artigos softcore entra num sexshop qualquer, vai achar, ou seria pecado apenas olhar para filmes homossexuais, mas não comprar um vibrador "pequeno"?

  5. Secretário-geral da ONU faz novo discurso em defesa dos gays: “Eu estou com vocês” | EVS NOTÍCIAS Postado em 17/Apr/2013 às 15:10

    [...] Sexshop gospel vende ‘brinquedinhos’ sensuais e evangélicos [...]

  6. Conselho de Ética abre investigações contra parlamentares | EVS NOTÍCIAS Postado em 17/Apr/2013 às 15:10

    [...] Sexshop gospel vende ‘brinquedinhos’ sensuais e evangélicos [...]

  7. Vinícius Alves Postado em 17/Apr/2013 às 17:02

    É impossível não dar umas boas risadas com a ironia as vezes: "Dono de sex shop gospel diz não vender artigos para homossexuais."

  8. Postado em 18/Apr/2013 às 00:52

    Sem vergonhas

  9. José de S.B.Sobrinho Postado em 18/Apr/2013 às 09:31

    Jesus, há 2000 anos, disse:" A ÁRVORE SE CONHECE PELO FRUTO. NÃO PODE A ÁRVORE MÁ DAR BOM FRUTO NEM A ÁRVORE BOA, FRUTO FRUTO MAU". Quem nunca ouvir que certos expoentes do mundo artístico e da mídia, se declararam "evangélicos", mas que vivem em contradição com a doutrina de Cristo? Só pelo fato de se expresarem, são considerados crsitãos? Ninguém pecisa se incomodar para julgá-los. Seus frutos, ou seja, sua maneira de viver atestam em alto e bom som, o que são. Porque será que Jesus dirá naquele dia:"NUNCA VOS CONHECI. APARTAI-VOS DE MIM, VÓS QUE PRATICAIS A INIQUIDADE"? Colegas, o próprio Jesus ainda acrescentou:" NEM TODO O QUE ME DIZ SENHOR, SENHOR, ENTRARÁ NO REINO DOS CÉUS MAS, AQUELE QUE FAZ A VONTADE DO PAI QUE ESTÁ NOS CÉUS". Então, a prática, a vida é a voz que que fala mais alto e não, a voz propriamente falada. Se a pessoa é cristã de fato, que vive e aja como tal, vivendo para a Glória de Deus e não escandalizando Seu Nome.

  10. Joel da silva Postado em 18/Apr/2013 às 11:24

    E como diz a biblia se estes dias nao abreviassem,nenhum carne se salvaria!gente como esse daniel que se intitula pastor o inferno ta cheio.cuidado daniel com a ira de deus vç nao e digno de ser chamado de pastor.

  11. marisa Postado em 18/Apr/2013 às 13:14

    ninguém esta preocupado com Deus e tudo faz pra envergonhar o nome de DEUS Altísssimo.vão ler a biblia e entrar nos principios de DEUS.......

  12. Jean Tempest Postado em 18/Apr/2013 às 16:16

    Rodrigo Teixeira, Seu texto comprova que quem não esta disposto ao dialogo é a turma de evangélicos fundamentalistas, totalmente incapazes de estabelecer uma relação com o mundo, que não seja aquela pautada em princípios religiosos. Não há e nem nunca houve, qualquer perseguição há evangélicos neo-pentencostais no Brasil. Portanto, atribuir a Jean Willys ou a Toni Reis a responsabilidade por muitas pessoas atacarem posições dos fundamentalistas evangélicos, é uma falácia. Quando as pessoas atacam as posições dos fundamentalistas, atacam no quesito de que eles misturam posições de fé com posições de estado. Para manter a isonomia e a paz social é preciso que um conjunto mínimo de garantias seja estabelecido. E entre estas garantias esta de que as pessoas possam ter sua dignidade protegida. Quando se fala em cidadania dos homo-afetivos, com todos os direitos que eles merecem, e que não são ainda contemplados pela lei, se fala em garantia da dignidade deles como seres humanos dentro da nossa concepção atual de sociedade. Portanto, quando se transforma homoafetivos em inimigos, sendo que eles nada fizeram contra vocês religiosos fundamentalistas, o que se esta combatendo é toda uma concepção de sociedade e de estado que tem um papel inclusor e não segregador. Felizmente, com ascensão da modernidade, filosoficamente falando, o estado se afastou da religião, e esta, passou ser algo do âmbito privado, garantido assim, a liberdade de todos. No entanto, uma parcela expressiva dos neo-pentencostais quer abolir isto. Parecem querer transformar o país numa nação de leitores da "biblia" fazendo isto a força, propagando mentiras, agredindo pessoas, fomentando a cizania e principalmente, transformando a política em púlpito religioso. Tudo isto pago com o dinheiro da atividade religiosa, que afinal, não paga impostos diferentemente de outras atividades que também geram lucros, se escorando em partidos de aluguel como PSC e em uma população, ainda pouco instruída e incapaz de entender o que é viver numa sociedade que segue princípios modernos. Portanto, quem deve ser chamado "as falas" aqui são vocês. Que tipo de sociedades vocês querem? aquela em que o estado se confunde com a religião, e as liberdades civis, inclusive da ter ou não uma religião, sejam submetidas a "Bíblia" ou uma sociedade livre e aberta, onde as pessoas tenham garantias mínimas para serem, viverem e escolherem, sem sofrer discriminação e linchamento moral ou físico? Certamente vocês terão mais votos, mas também terão uma parcela significativa da população, certamente a maioria, que dirá não, a opressão religiosa. Neste sentido, o circo criado pelo Feliciano, teve algo de positivo. Dispertou as pessoas esclarecidas e de perfil liberal a acordarem para o perigo do obscurantismo que a suposta "palavra de deus" traz em seu bojo.

  13. marcos Postado em 19/Apr/2013 às 07:39

    Depois d Casados a Vida Intima é Problema do Casal... Nao adianta Vc questionar o Cara q montou o Sexshop( ainda q Eu concorde q a Algema é exagero) E esta namorando e ja transando com sua Namorada, ou Solteiro e fazendo coisas indescentes... Um algo a Mais tipo uma Lingerie apimenta uma Relaçao... Nao sejamos Hipocritas o relacionamento por mais Amor q se tenha uma Hora vai esfriar... E tudo q puder fazer pra Apimentar vai Melhorar...

  14. Thiago Postado em 19/Apr/2013 às 18:38

    é verdade eu concordo com o marcos!! ass: thiago e beatriz..

  15. Rodrigo Teixeira Postado em 20/Apr/2013 às 10:13

    Jean Tempest 1- Não sou evangélico, sou ateu. Se você não notou isso, ou não leu todo o comentário ou não sabe ler.... 2- Eu sei exatamente qual é a sociedade que os evangélicos querem, uma realidade da qual eu tenho muito receio... Meu ponto é um só, o ativismo Gay não está contribuindo em NADA, absolutamente nada. Seu discurso pronto, cheio de verdades óbvias só mostram que você é mais um na massa de manobra, que acha que está combatendo a homofobia achincalhando Marcos Feliciano ( como se ele precisasse de ajuda pra se ridicularizar). Parabéns, continue pensando com a cabeça dos outros. Eu quero uma sociedade com direitos civis para homossexuais tanto quanto você. Eu apenas tenho senso crítico o suficiente pra perceber que o que está sendo feito agora, não só não ajuda como atrapalha...

  16. Rodrigo Postado em 25/Apr/2013 às 13:22

    E a coisa está ficando profissional, encontrei mais um: www.lovegospelsexshop.com.br Muito legal essa iniciativa, é um tipo de preconceito bobo, os casais precisam ser felizes entre quatro paredes também.

  17. Marcio Postado em 30/Apr/2013 às 10:59

    -Esse blog, parece não ter assuntos importantes para se discutir!

  18. Fantasia Postado em 14/May/2013 às 19:44

    Chega de preconceito!

  19. Dr.Clovis Postado em 26/May/2013 às 07:44

    A Bíblia diz realize todos os teus desejos dentro do teu casamento. Quem disse que não se pode apimentar o casamento ?

  20. site Postado em 11/Jun/2013 às 19:40

    eu descobri o site é www.sexshopgospel.com.br

  21. igor Postado em 17/Dec/2013 às 14:12

    Glória a D'us

  22. Adalberto Postado em 29/Dec/2013 às 22:07

    Nada de acessórios, heim, só papai e mamãe, Adão e Eva, José e Maria...

O e-mail não será publicado.