Redação Pragmatismo
Compartilhar
Cultura 30/Apr/2013 às 13:55
23
Comentários

Roberto Carlos é o rei da censura?

Como o maior cantor popular do Brasil se transformou numa máquina de proibir livros sobre ele

Kiko Nogueira, Diario do Centro do Mundo

Roberto Carlos é o chamado control freak. Sempre foi, mas piorou nos últimos anos. Sua obsessão por controlar sua imagem é notória e o leva a tomar decisões absurdas, na melhor das hipóteses, ou autoritárias, na pior. Cercado de agentes que o protegem de tudo, ou tentam protege-lo, Roberto vive num mundo de fantasia, uma casca de ovo que ele pretende inexpugnável.

livro roberto carlos censurado

A capa do livro censurado. Jovem Guarda: moda, música e juventude (Reprodução)

A nova de RC e seu time foi a notificação extrajudicial ordenando o recolhimento de um livro chamado Jovem Guarda: Moda, Música e Juventude, de Maíra Zimmermann. É a tese de mestrado de Maíra, professora da FAAP, e fala do surgimento do, na opinião da autora, mercado consumidor adolescente nos anos 60. Tiragem: mil exemplares. Mil.

Os advogados do cantor alegam que ele traz detalhes sobre a trajetória de sua vida e de sua intimidade e que a capa “contém caricatura do notificante e dos principais integrantes da Jovem Guarda sem que eles nem sequer fossem notificados”. Seu empresário declarou à Folha que recebe todo mês vários casos desse tipo e que “já passa direto para o escritório jurídico”.

Leia também

Roberto se especializou no papel de censor. Não adianta o empresário dizer que “a lei nos protege” (o artigo 5º da Constituição veda a violação da intimidade e da vida privada e sua “exploração indevida”).

roberto carlos censura

Roberto Carlos é o rei da censura?

Em 2007, ele já havia proibido a boa biografia Roberto Carlos em Detalhes, de Paulo César de Araújo, com os mesmos argumentos. Roberto se cerca de gente amedrontada que segue essa omertá. Há dois anos, numa matéria para a revista Alfa, o repórter Marcelo Zorza Netto entrevistou um músico de sua banda. Durante algumas semanas, ele ligou para a redação, preocupadíssimo com o que havia contado sobre Roberto (uma história sobre uma manifestação do TOC, o transtorno obsessivo compulsivo de que RC sofre).

Para Roberto, a amputação de sua perna, na altura da canela direita, aos 6 anos, é um tabu que ganhou dimensões gigantescas. Em sua melhor fase, meados dos anos 70, ele mesmo abordou esse drama na canção O Divã. O roteiro de seu famoso cruzeiro leva sua condição em consideração. Os shows precisam acontecer em águas calmas para que ele não se desequilibre. Mas isso não pode ser dito (aliás, foi dito numa reportagem da Viagem e Turismo. A antiga assessora de imprensa passou também alguns dias telefonando).

Por isso as entrevistas de Roberto são sempre insossas. Sua participação no documentário Uma Noite em 67, sobre um festival da Record, é frustrante. Ele não sabia de nada, ele não tem nada a dizer que não seja protocolar. Faz uma piada sobre o fato de que havia uma turma organizada para vaiá-lo quando defendeu sua música, Maria, Carnaval e Cinzas, dando sua clássica risada. Só. Existe um acerto anterior de não se tocar em qualquer assunto que não seja de seu agrado. Não é que ele seja recluso ou avesso à mídia. Ele aparece bastante na Caras ou na Contigo, mas sempre do jeito que quer.

Você já deve ter lido ótimos livros, e outros nem tanto, sobre Frank Sinatra, John Lennon, Billie Holiday, Keith Richards etc. No ano passado, os Stones completaram 50 anos de carreira. Houve uma enxurrada de biografias. Uma delas, a de Mick Jagger, escrita pelo bom crítico Philip Norman, dava um excelente panorama dos anos 60 e 70 e dissecava, claro, o vocalista dos Stones: suas mulheres, a prisão por posse de drogas e por aí vai. Não houve nenhum movimento do escritório de Jagger para proibi-la ou tirá-la de circulação (continua sendo vendida na Amazon, aliás).

Você pode achar que Roberto Carlos, bem, quem se importa com Roberto Carlos? Isso é uma questão. Outra, bem diferente, é como o maior cantor popular do Brasil virou um campeão da censura. Ele afirma que está preparando sua biografia. Maravilha, bicho. Uma coisa é certa: de tudo o que ele não vai dizer, suas proibições maníacas a livros não serão encontradas em página alguma.

Recomendados para você

Comentários

  1. Renan Postado em 30/Apr/2013 às 14:10

    Esse cara sempre foi um lixo como pessoa.

  2. caio Postado em 30/Apr/2013 às 14:53

    Esse cara canta nada, parem de dar atenção a lixo, tem muito cantor brasileiro muito melhor com musica muito melhor

  3. Tales Kiss Postado em 30/Apr/2013 às 15:52

    "Esse cara já deu"... Vaza velho louco! É uma puxação de saco tão grande em torno desse babão que dói nos meus ovos.

  4. Rudi Postado em 30/Apr/2013 às 16:24

    As entrevistas do Roberto Carlos realmente são um saco, insossas e sem graça. Já o fato de proibir que divulguem sua vida pessoal, ou sua biografia é uma decisão pessoal, a qual ele tem direito. Ao público deve, ou deveria, pelo menos, interessar o lado profissional, porque pública é a vida profissional dele, não a pessoal. É claro que nós, meros mortais, gostaríamos de saber detalhes da vida de uma pessoa famosa, especialmente os detalhes sórdidos, embora não gostaríamos que os nossos fossem revelados. Mas está no direito de cada um querer ou não expor a sua vida. Quanto ao comentário acima, é direito de cada um gostar ou não do trabalho do RC, mas chamar o cara de lixo é de uma pequenez sem tamanho. É de uma ignorância absurda não admitir que um profissional com mais de 50 anos de carreira, e que ainda faz sucesso, não faz nada de bom.

    • Pedro Postado em 21/Jan/2015 às 02:35

      Comentário top, sou português e nem sou grande fã de Roberto Carlos. Chamar um profissional que é acarinhado mundialmente de lixo, só mesmo gente pobre de espirito!

  5. Thiago Teixeira Postado em 30/Apr/2013 às 17:40

    Roberto Carlos = GLOBO.

  6. Caio Amorim Postado em 30/Apr/2013 às 17:45

    Esse cara é um bobão fabricado pela Globo e Sonopress. Botou muito dinheiro no bolso dos Marinhos e da alta direção da TV Globo. Filhotinho da ditadura com canções de água-açúcar...

  7. Everton Postado em 30/Apr/2013 às 20:47

    Contestando alguns dos comentários, a mítica sobre o Roberto Carlos foi criada anos antes ainda nas tarde da TV Record. Lembremos que as letras dos Beatles também não eram tão profundas. Lembremos também que estamos falando de um cantor que começou sua carreira e precisava sobreviver com sua arte em um período de ditadura.

  8. marcos Postado em 30/Apr/2013 às 21:45

    Pra quem fala que ele é um lixo,lixo são certos comentários sem sentido por não ver o quanto este senhor é de alma carregadas de bons sentimentos,tanto é verdade que suas músicas so tradusem tais sentimentos,agora fazer o que se Jesus Cristo não agradou a todos quem ele pra agradar.Puro recalque de gente sem sentimentos .REI REI REI ROBERTO É NOSSO REI..................

  9. Denia Santana Postado em 30/Apr/2013 às 22:18

    TEm o direito de ter sua vida privada.

  10. Marcos Postado em 01/May/2013 às 10:18

    Rei? Só se for da sua turma, xará!

  11. Ivan Postado em 01/May/2013 às 10:35

    Tenho uma dúvida: o que significa a frase no link que aparece nos posts do feed do Pragmatismo Político, como por exemplo "O post Roberto Carlos é o rei da censura? apareceu primeiro em Pragmatismo Político."? O post deste artigo, que foi publicado aqui hoje (30/04), já havia sido publicado no dia 23 no site original ( http://www.diariodocentrodomundo.com.br/roberto-carlos-o-rei-da-censura/ ).

  12. Leann Cantrell Postado em 01/May/2013 às 17:55

    Na segunda metade dos anos cinquenta , Roberto Carlos mudou-se para Niterói e, seguindo a tendência juvenil da época, entrou em contato com um novo ritmo musical, o Rock , passando a ouvir Elvis Presley , Bill Haley , Little Richard , Gene Vincent e Chuck Berry . Em 1957 , Arlênio Lívio , um colega de escola, levou Roberto Carlos para conhecer um grupo de amigos que se reunia na Rua do Matoso, no bairro da Tijuca , no Rio de Janeiro . Lá conheceu Sebastião (Tim) Maia , Edson Trindade , José Roberto "China" e Wellington. Formou com Arlênio, Trindade e Wellington o primeiro conjunto musical, The Sputniks . Certa vez, ele precisava da letra de "Hound Dog" - e o grande fã de Elvis Presley daquela turma de amigos era Erasmo (Carlos) Esteves . Desta forma, Roberto Carlos conheceu aquele que se tornaria o maior parceiro musical.

  13. Larissa Postado em 02/May/2013 às 13:52

    Dissertação de mestrado, tese é no doutorado. Há diferenças!

  14. JC Postado em 04/May/2013 às 17:46

    Agora também é proibido cantar ou citar músicas do R.C (escrevo em sigla para não ser processado). É o que dizem os jornais de hoje (4/5/13). R.C processará o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, poder ter citado trecho da música "Detalhes" - sem autorização - em discurso. Cuidado: Se você ainda tem um pingo de paciência para o R.C e suas canções enfadonhas, contente-se em apenas escutá-las. Nunca cante-as. Você pode ser o próximo censurado.

  15. Chico Lobo Postado em 05/May/2013 às 17:39

    Roberto Carlos Rei do que? só se for Rei da Brega, pois não há artista dos mais bregas que não se espelhe nele. Roberto Carlos é filhote da ditadura, no mínimo financiada por ela para alienar e despolitizar a cabeça daquela juventude anos 60 e 70.

  16. luiz paulo neto Postado em 11/May/2013 às 03:09

    mas que tanto medo,tantas ''pernas'' passadas no Tim Maia,Jorge Ben,Erasmo Braga e tantos outros que realmente acredito que o título de majestade não seria muito adaptado a sua verdadeira história.Mas num país onde temos em nossa ''família real'',Xuxa e Pelé,Roberto Carlos pode até ser o cara...

  17. Paulo Roberto Tiecher de Jesus Postado em 27/May/2013 às 08:47

    baita de um dedo-dur e x9...deve ter medo deu os livros revelem a verdade, qu ele entregou e dedurou muita gente na época da ditadura miitar brasileira e também falem dos seus múltiplos encontros e bajulações pros ditadores de plantão não somente no brasil como no chile, pinochet, na argentina, videla......

  18. O MILAGREIRO Postado em 11/Jun/2013 às 23:07

    ESSE, COMO GENTE, NUNCA PRESTOU; DESDE QUANDO ANDAVA DE GALAXIE PRETO EM 67. NA ÉPOCA NÃO SE PODIA OUVIR NADA QUE ERA DO CONTRA, SÓ ESSE QUE ERA CONSIDERADO BREGA... PRA MIM CONTINUA, POIS O CONHECI NUMA DE SUAS PERALTICES NO PARANÁ..

  19. Jose Carlos Postado em 14/Jul/2013 às 14:53

    Muito chato, brega, quando jovem gostava mais de Chico, Milton, Gonzaguinha, Gil e Caetano.

  20. Rick Postado em 31/Aug/2013 às 01:09

    -Isso tem alguma coisa em comum com os DVD's da série '' OS LUMINATES ''

  21. cacawn1 Postado em 05/Oct/2013 às 10:53

    Roberto Carlos é um cantor que dá orgulho de ser Brasileiro(musicalmente falando)! Quanto a vida pessoal dele eu tô cagando! E se pra ele é importante que não divulguem, é importante respeitar! Isso é coisa de aproveitador querendo ganhar dinheiro nas costas dele!

  22. Maria Soares Postado em 28/May/2014 às 23:07

    RC é o caçula da família sempre foi muito mimado pelos pais depois pelos fãs a vida inteira ele sempre foi cercado de muito amor é natural que ele queira que as coisas sejam do jeito que ele gosta,ele foi acostumado assim ele não faz por mal !!!