Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Mundo 04/Apr/2013 às 16:07
8
Comentários

Coreia do Norte autoriza ataque nuclear contra os EUA

Coreia do Norte autoriza ataque nuclear contra Estados Unidos. Anúncio ocorre logo depois que Washington informou que reforçaria seu sistema antimísseis no Pacífico

A KCNA, agência estatal norte-coreana, informou que o governo de Pyongyang autorizou ataques militares contra os Estados Unidos, permitindo inclusive o uso de armas nucleares.

O anúncio norte-coreano ocorre no mesmo dia em que Washington indicou que reforçaria suas defesas antimísseis no Oceano Pacífico, preparando interceptadores terrestres na base de Guam (pequena ilha de possessão norte-americana próxima à China), como medida de “precaução” perante as ameaças da Coreia do Norte, informou nesta quarta-feira o Departamento de Defesa.

coreia do norte ataque nuclear

Coreia do Norte autorizou ataque nuclear contra os EUA. Seul promete “dura resposta” caso seja atacada

“Nós formalmente informamos a Casa Branca e o Pentágono que a política de hostilidade em escala contínua contra a República Popular da Coreia e seus imprudentes testes nucleares serão massacrados pela força de vontade de nosso povo (…) e por meios de atques nucleares de ponta, menores, mais leves e diversificados. A operação implacável das Forças Armadas Revolucionárias nesse sentido foi finalmente examinada e ratificada”, disse um porta-voz das Forças Armadas norte-coreanas.

Leia também

“O momento da explosão está se aproximando rapidamente”, disse um comunicado das Forças Armadas norte-coreanas, afirmando que “a guerra entre os dois países [que incluiria naturalmente a Coreia do Sul] poderá ocorrer entre hoje e amanhã”, disse um miitar norte-coreano à KCNA citado pela agência France Presse.

O reforço militar norte-americano na região, por sua vez, será feito por meio do sistema antimísseis THAAD (Defesa Aérea Terminal de Alta Altitude), até o momento o único desenvolvido para destruir mísseis de alcances curto e intermediário tanto dentro como fora da atmosfera terrestre.

O movimento é “uma medida de precaução para fortalecer a posição de defesa contra a ameaça regional de mísseis balísticos da Coreia do Norte”, disse o Pentágono. “Este desdobramento fortalecerá as capacidades para defender os cidadãos americanos no território de Guam e as forças americanas que estiverem por lá”, acrescentou.

Antes mesmo do anúncio norte-coreano, o secretário de Defesa dos EUA, Chuck Hagel, afirmou nesta quarta que as ameaças da Coreia do Norte representam um perigo “real e claro” para os interesses dos Estados Unidos e aliados como a Coreia do Sul e o Japão.

Em 26 de março, a Coreia do Norte anunciou que tinha colocado seus mísseis e unidades de artilharia “em posição de combate” em direção a Coreia do Sul, assim como contra o território continental dos EUA e as bases militares do país americano do Pacífico.

O regime de Kim Jong-un tem aumentado suas ameaças contra a Coreia do Sul e os EUA desde que a ONU impôs em 7 de março novas sanções por seu último teste nuclear de fevereiro.

Em resposta às recentes ameaças da Coreia do Norte, os Estados Unidos enviaram os destróieres “Decatur” e “John McCain” ao Pacífico ocidental.

Leia também

No mês passado, o Pentágono anunciou um plano para reforçar os sistemas de defesa antimísseis do litoral oeste dos EUA e estar preparados perante um eventual ataque com mísseis.

Opera Mundi, EFE, Reuters e France Presse e a BBC

Recomendados para você

Comentários

  1. Torres Postado em 04/Apr/2013 às 17:42

    Esse discurso ameaçador da Coréia do Norte é balela... não durariam 10 minutos em guerra aberta...

  2. Hilton Postado em 04/Apr/2013 às 18:09

    A Coréia do Norte é fraquinha pra Guerrear contra os Americanos

  3. Thiago Postado em 04/Apr/2013 às 19:03

    é, fudeu.

  4. Kayla Postado em 05/Apr/2013 às 09:23

    파이트 한국은 우리의 마음은 함께 A minha Preocupação maior é o estrago que pode ocorrer entre as 2 Coreias, pois mesmo que não hajam tantas baixas americanas eles podem "destruir" a Coreia do Sul, o que é a intenção.... Pois a muito tempo o desejo de unificar tornando um só governo existe nos Norte-Coreanos... Já os E.U.A protege o que lhes aparece como aliado perante todo o proveito que eles tiram da Coreia do Sul

  5. Thiago Postado em 06/Apr/2013 às 21:51

    Gente, esses norte coreanos não são fraquinhos não. Possuem um exército muito bem treinado, alto contingente e diciplinados. A Coréia do Norte, Irã e Paquistão são nações que ninguém se mete a besta em enfrentá-los.

  6. Barillo Postado em 26/Jun/2013 às 05:03

    "Gente, esses norte coreanos não são fraquinhos não. Possuem um exército muito bem treinado, alto contingente e diciplinados. A Coréia do Norte, Irã e Paquistão são nações que ninguém se mete a besta em enfrentá-los." KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. Para com isso pequeno. O inimigo deles é o USA,que faz até China e Rússia tremerem na base.....

    • Thiago Teixeira Postado em 31/Oct/2013 às 19:36

      Cara .... você viu o exército Chinês? Viu o desfile militar Russo? USA não estão com toda essa bola não!