Luis Soares
Colunista
Compartilhar
EUA 26/Apr/2013 às 11:10
40
Comentários

Bombas em Boston: tiro saiu pela culatra

O FBI tem poder suficiente para impor aos EUA e ao planeta qualquer roteiro fantasioso sobre “dois jovens tchechenos do mal”. Consideremos então um cenário alternativo crível, para ver a que nos leva…

Pepe Escobar, em Asia Times Online. Tradução: Coletivo Vila Vudu

As bombas em Boston foram tiro pela culatra. Disso já não há qualquer dúvida. O que ainda não se sabe é que nível de tiro saiu-lhes pela culatra.

Pode ter sido operação clandestina que deu/saiu totalmente errada. Pode ter sido tiro que saiu pela culatra de ex “combatentes da liberdade” – nesse caso chechenos étnicos – reconvertidos em terra-rists [como Bush pronunciava a palavra terrorists (NTs)]. Pode ter sido tiro saído diretamente pela culatra da política externa dos EUA contra muçulmanos, que só existe para mandá-los para Guantánamo, Abu Ghraib ou Bagram, entregá-los “extraordinariamente” (mas frequentemente) para serem torturados em solo estrangeiro ou para assassiná-los “legalmente”.

O FBI, como se poderia facilmente prever que faria, não admite nenhuma dessas opções. Mantém-se agarrado a um roteiro enroladíssimo, digno desse pessoal mais completamente movido à cocaína. Noites hollywodianas dos anos 1980s: uma dupla de bandidos que “odeiam nossas liberdades”, porque… odeiam.

Como já escrevi, numa espécie de preâmbulo ao que aqui se lê, há buracos de dimensões intergalácticas na história dos irmãos Tsarnaev. Já se sabe – pela mãe dos dois rapazes (vídeo, em inglês, no final do parágrafo) – que o FBI (Federal Bureau of Investigation) seguia o irmão mais velho, Tamerlan, há, no mínimo, cinco anos. Em entrevista posterior a Piers Morgan da CNN, a mãe falou, sim, claramente, sobre “orientações” que o filho recebera.

Simultaneamente, o FBI foi obrigado a admitir que, no início de 2011 aceitou o pedido de “um governo estrangeiro” (expressão-código para “Rússia”) para não perder de vista o mais velho dos irmãos, Tamerlan. Aparentemente foi o que fizeram – e nada encontraram que sugerisse atividade terrorista.

Leia também

Assim sendo, o que aconteceu depois? Alguém no FBI, dos que têm QI superior a 50, devem ter percebido que, por causa do pedido dos russos, o FBI “descobrira” um precioso “operativo” checheno-americano. E Tamerlan tornou-se informante do FBI. Podia ser tocado como se toca rabeca, para produzir qualquer som – como tantos outros tolos antes dele.

Portanto, se não o afinaram corretamente, pode-se acusar o FBI, com todo o direito, de incompetência devastadora (e não seria a primeira vez). Porque o FBI está dizendo agora que jamais suspeitou de que seu “operativo” estivesse construindo alguma bomba, que desejasse testá-la ou que andasse de bomba da mochila pelas calçadas da Maratona de Boston.

O que o FBI jamais, em tempo algum, dirá é quando monitoraram/ controlaram/ chantagearam Tamerlan pela última vez. Não esqueçamos: trata-se do mesmo FBI que nos ofereceu aquele “plano” tipo “Velozes e Furiosos”, mancomunado com um cartel mexicano para assassinar um embaixador saudita – plano que foi desmascarado e exposto apenas em alguns dias.

Tamerlan, é claro, pode ter dado uma de FBI p’ra cima do FBI (embora, talvez, nem tanto) e, depois de anos de monitoramento/ controle/ chantagem, passou a trabalhar como agente duplo. Ao que se sabe, trocou os EUA pela Rússia por longo período – de janeiro a julho de 2012. Ninguém sabe o que fez nesse período; o FBI adoraria provar que participou de treinamento terrorista tático. Mas, se era de fato “operativo” tão interessante, bem pode ter sido mandado infiltrar-se nos grupos de jihadis chechenos comandados por Doku Umarov no vizinho Daguestão.

sibel edmonds boston bombas

Sibel Edmonds (Foto: Reprodução)

Quanto às relações complexas, cheias de nuances, como são todas as relações muito íntimas, desde os anos 1990s, entre Washington e os terra-rists chechenos – absoluto tabu na imprensa-empresa dos EUA – ninguém precisa ler mais que o interessantíssimo e surpreendente Sibel Edmonds [19/4/2013, “USA: The Creator & Sustainer of Chechen Terrorism” (EUA: Criador e mantenedor do terrorismo checheno)].

Sobre o tal exercício

O FBI tem poder suficiente para impor aos EUA e ao planeta qualquer roteiro fantasioso sobre “dois jovens chechenos do mal”. Consideremos então um cenário alternativo crível, para ver a que nos leva.

Em vez de dois sujeitos (estrangeiros) do mal, totalmente americanizados, que repentinamente são inoculados pelo vírus do ódio “contra nossas liberdades” mediante doutrinação jihadista feita principalmente online, vejamos quem realmente se beneficia com o que aconteceu em Boston.

O Boston Globe foi forçado a “fazer desaparecer” a informação sobre um exercício de contraterrorismo – que incluiria cães que farejam bombas – e que aconteceria durante a maratona. O FBI bem pode ter dito ao seu “operativo” Tamerlan que ele participaria do exercício. Tamerlan podia ser sujeito durão, mas seria facilmente chantageado, se sua família fosse ameaçada no caso de ele não cooperar.

Então, entregaram a Tamerlan uma mochila preta com uma falsa bomba de panela-de-pressão e disseram-lhe que a pusesse num local determinado – como um dos procedimentos incluídos no exercício. Nesse ponto, todo o (nosso) cuidado é pouco: não há nenhuma prova conclusiva que autorize a confirmar que se tratasse de simples exercício. Não há como saber se a bomba era falsa ou se estava armada para explodir ou ser explodida.

Digamos que Tamerlan, homem durão, e seu irmão, o impressionável Dzhokhar, tenham sido realmente responsáveis (sem o FBI no quadro). Depois de tanto planejamento, com certeza haveria rota de fuga planejada – transporte, passaportes, dinheiro, bilhetes de avião. E nada disso havia. Dzhokhar foi à escola, treinou na academia, enviou mensagens por Twitter.

Não há absolutamente nenhuma testemunha que diga ter visto os irmãos depositarem as bombas. Eles puseram as bombas onde as puseram, porque essa foi a instrução que receberam do FBI. E dali em diante, já ninguém entende mais nada. Roubaram um Mercedes num posto de gasolina e deixaram partir o motorista – depois de dizerem a ele que eram responsáveis pelas bombas da Maratona. Dzhokhar e a Mercedes conseguem sair vivos de tiroteio cerrado, furando uma muralha de policiais – mas, no percurso, o Mercedes passa por cima do corpo de Tamerlan enrolado em explosivos. Dzhokhar deixa uma trilha de sangue. Mas nenhum cachorro seguiu a trilha.

E há o saborosíssimo exercício em cidade sob lei marcial: toda a cidade foi esvaziada e paralisada – o prejuízo gerado por essa operação é incalculável – por causa de um adolescente em fuga pela cidade. Atenção, EUA! A coisa está só começando!

O que é certo é que os irmãos Tsarnaev absolutamente não eram militantes jihadis; só os viciados nos veículos de esgoto de Murdoch algum dia engolirão a ideia de que fossem.

Basta passar os olhos por uma página de jihadistas autênticos, como o Kavkaz Center, muito bem estabelecidos e plenamente representativos do que se conhece como o Emirado Islâmico do Cáucaso, de insurgentes. Ali se fazem boas perguntas. E o Centro Caucasiano desmonta completamente a versão de que os irmãos seriam jihadistas empedernidos.

A [empresa] Craft, que tudo sabe

Poucas empresas paramilitares e respectivas griffes no ocidente industrializado são mais sinistras que The Craft. Craft foi responsável pelo exercício de guerra. O símbolo é uma caveira, parecida, até, com O Justiceiro, personagem Marvel. O motto chega a ser tímido, ante o que a empresa faz: “Não importa o que sua mãe diga: a violência resolve”. A imprensa-empresa nos EUA fez simplesmente sumir qualquer vestígio da multidão de empregados-agentes da Craft que estavam em todos os pontos, muitos deles, no local da Maratona. Pode-se falar em um blecaute, pelas empresas-imprensa.

Mas a imprensa independente não se intimidou. Encontram-se fotos, em Natural News, um achado, um perfeito tesouro de fotos e mais fotos que mostram empregados da Craft no local da Maratona, em uniforme completo de combate, mochilas pretas, equipamento tático, portando até detector de radiação. As fotos, portanto, existem. E como reagiu o FBI? Impôs total blecaute. Censura total de imagens, coisa do tipo “nenhuma outra imagem será confirmada” – só imagens que mostrem os irmãos Tsarnaev. A empresa Craft é intocável.

O problema é que tudo que tenha a ver com a empresa Craft nesse cenário é problema.

(1) A invisibilidade da Craft – toda a imprensa-empresa obedecendo como ovelhinhas ao que o FBI ordenou e apagando do noticiário todos os fatos.
(2) A qualidade da expertise “de segurança” – um exército de mercenários ao qual se paga uma fortuna… e os tais hiper treinados “especialistas” armados com o mais pesado armamento high-tech do planeta não conseguem capturar uma dupla de amadores?! E
(3) a sinistra possibilidade de tudo tenha sido operação clandestina executada pela empresa Craft.

Se nos mantivermos fieis à realidade, deixando de lado as histórias em quadrinhos by Marvel, todas as evidências apontam para alguma coisa bem semelhante ao modus operandi da galáxia soturna de franquias da al-Qaeda. Consideradas as provas recolhidas da história e do comportamento dos irmãos – nenhuma atividade passada, nem militar, nem de sabotagem – elas também sugerem que não teriam experiência suficiente para planejar e executar tudo aquilo, sozinhos. Mas pode-se entender sem dificuldade uma operação copiada da al-Qaeda e atribuída a dois rapazes que não teriam como defender-se – algo que, pelo menos em teoria, a empresa Craft poderia facilmente planejar.

Por tudo isso, eis a que nos leva um cenário perfeitamente realista: falsa operação construída por FBI/Craft, a qual:

(1) pode ter dado terrivelmente errado, motivo pelo qual os autores tiveram de encontrar dois bodes expiatórios, no prazo de algumas horas; ou
(2) a sinistra possibilidade de que tudo tenha sido planejado como joguinho de gato-e-rato para produzir exatamente o resultado que produziu – e levar à militarização, agora já quase total, de toda a vida civil nos EUA.

Vale o escrito (em sangue). Estão sumindo os últimos vestígios de Estado de Direito nos EUA – agora que um painel bipartidário de especialistas já descobriu que todos os funcionários em postos de comando do governo George W. Bush estiveram, sem dúvida possível, implicados em torturas; e que a tortura foi prática sistemática, mesmo que jamais tenha conseguido impedir qualquer ato terrorista.

Washington está a um passo de ver-se incluída na lista cintilante de estados como o Egito na era Mubarak, Bahrain e Uganda. Como o coronelão-senador Lindsay Graham já declarou, “a pátria é o campo de batalha”. E você, leitor, é “combatente inimigo”. Se decidirmos que é.

Recomendados para você

Comentários

  1. Vinicius Martins Postado em 26/Apr/2013 às 12:14

    Seria legal colocar a fonte, o blog Ah Duvido, o texto foi tirado praticamente do mesmo jeito.

    • Moderação Postado em 26/Apr/2013 às 13:55

      Olá, Vinicius. O texto é de Pepe Escobar, publicado originalmente no Asia Times Online e traduzido pelo Coletivo Vila Vudu, como indicado no topo da publicação. O blog que você menciona, ao contrário, não fez referência nem linkagem para o autor original. Abraços.

  2. João Silva Postado em 26/Apr/2013 às 12:23

    Tenho uma colocação, que parece fantasiosa como todo o resto. Foi apresentada na Globo que o irmão mais novo, escondido num barco em um quintal, trocou uma hora de tiros com a polícia. Sangrando, havia ficado ali por várias horas, enrolado e o proprietário viu "algo enrolado ali" e manchas de sangue. Imagino a logística que demandaria a uma pessoa para levar um arsenal a um pequeno barco que permitisse uma hora de tiroteio. Lembrando, apenas que era dito que a pessoa em questão estava ferida e que o tamanho do barco (onde se viu uma pessoa enrolada) não me parecia muito grande para comportar tal arsenal, carregado pelo irmão ferido sem que ninguém visse... Já diria capitão Mathias, no filme Tropa de Elite 2, "isto está cheirando m...".

  3. Janaine Calgaro Postado em 26/Apr/2013 às 12:23

    Para quem nao entende o que esta acontecendo o filme Wag the dog é um bom exemplo de como os EUA controlam toda a midia!

  4. Emerson Sousa Postado em 26/Apr/2013 às 12:25

    Dangerous!!!

  5. Cássio Rocha Postado em 26/Apr/2013 às 12:26

    Nunca engoli essa estória! Para mim, esses irmão estão sofrendo nada mais do que xenofobia. As imagens não comprovam nada! NADA! O governo mais terrorista do mundo os chamam de "terroristas" só pelo lugar onde nasceram! Que tipo de "terrorista" iria à faculdade depois de estourar um bomba? Vá à merda, Estados Unidos da Guerra.

  6. Renato Postado em 26/Apr/2013 às 12:35

    Vinicius, lá em cima: "Pepe Escobar, em Asia Times Online. Tradução: Coletivo Vila Vudu"

  7. Christiano Postado em 26/Apr/2013 às 12:48

    Um resumo em fotos: http://imgur.com/a/Nx8EU

  8. Ligia Postado em 26/Apr/2013 às 13:11

    Não me surpreende, os EUA fazem de tudo pra se tornarem os "coitadinhos" do mundo. Só Deus sabe as atrocidades que esses caras fazem por aí, quiçá com seus próprios cidadãos. É de se arrepiar!

  9. Sergio Postado em 26/Apr/2013 às 13:28

    Os estados unidos da américa fazem o que querem, eles são os verdadeiros mercenários. Bandidos!!!!

  10. Isabel Postado em 26/Apr/2013 às 13:52

    Panela de pressão! Depressão! O serviço secreto norte americano e a sua polícia federal sempre me divertem.

  11. Lucas Postado em 26/Apr/2013 às 14:06

    O Governo deu um jeito de matar o Chris Kyle, fundador da Craft. Duvido muito que se o Chris estivesse vivo, a situação seria a mesma. Um guerreiro que deu a sangue, suor e a vida pelo patriotismo jamais faria algo assim, mas enfim... Ele morreu em Fevereiro e o que restou foi a ignorância.

  12. eliana camara Postado em 26/Apr/2013 às 15:09

    Isso tudo sem falar sobre o corte no orçamento dos EUA relativo a despesa de segurança.... alguém deve estar levando prejuízo.....

  13. jane sandes Postado em 26/Apr/2013 às 16:07

    Só não encaixa neste delírio surrealista é como duas pessoas chantageadas pelo FBI não saíram correndo de Boston para seu país de origem. A mãe revela que os flhos são dois santinhos. Pergunto: por que os santinhos não estavam morando com a mãe, sabendo ela, quando foi pega roubando, que os USA, como falou, é um país ruim. Por qual razão escolheram os USA para morar? e por que a mamãe deixou cedo o país? VOCÊS SABIAM QUE SÓ TRABALHA PARA O FBI quem tem ficha limpa e que tenha nascido nos Estados Unidos? Este comentário, portanto, tem que buscar atores verdadeiros para montar um texto tão fantasioso. Se os fatos não encaixam, muito menos o que está escrito aqui.

  14. Rosana Postado em 26/Apr/2013 às 17:21

    Concordo com a matéria. Se Tamerlan estava sendo monitorado há anos, é óbvio que ele se ausentou seis meses como agente duplo infiltrado nas Jihad. Assim como na derrubada do WTCenter, eu fico com o pé atrás. Desde a guerra do Vietnã eu tenho sempre a sensaçao desconfortável de que o FBI e a CIA fazem todos nós de otários. O governo americano "produz" episódios hollywoodianos, para depois surgir como herói. O resultado disso são bilhões de dólares em venda de armas para as guerras e invasões que eles promovem, usando como justificativa a "retaliação" em nome da democracia mundial, ou a "vingança" pela morte de civis em solo americano. Com esse episódio claramente produzido (tipo São Paulo Fashion Week), o FBI está que nem pinto no lixo, e tem agora um prato cheio: um grupo "soviético-muçulmano" como inimigo "convenientemente declarado", ou seja, a Chechênia da antiga União Soviética e o Islã (ambos eternos vilões dos filmes americanos), tudo junto e misturado no mesmo caldeirão, ou melhor, na mesma panela de pressão. E com vitória garantida dos EUA, por ja saber de todos os segredos de ação dos chechenos, contados pelo chantageado Tamerlan, e calado agora pelo Dzokhar, que certamente vai ser "morrido" em Guantânamo. Aguardemos os desdobramentos, que possivelmente serão tropas americanas enviadas para o "mother f...cker...quistão", com a aprovação mundial para deitar e rolar. Portanto, está aberta nova temporada de lançamento da coleção primavera-verão de armas americanas de última geração. Aceitam-se cartões de crédito de países aliados e inimigos, tanto faz. O objetivo é bater metas e esvaziar os estoques. Os test-drive ocorrerão durante os combates, serão feitos por imigrantes pobres que viraram soldados americanos para obter visto, e estarão disponíveis para apreciação no you tube. Para encomendas, falar com Nicholas Cage, o senhor das armas. The End. Seria cômico se não fosse trágico. Seria ficção se não fosse realidade.

  15. Carla Postado em 26/Apr/2013 às 19:28

    Concordo plenamente com Jane Sandes.

  16. Sergio Postado em 26/Apr/2013 às 22:07

    Os criticos que inventam estorias de que quem fez o atentado é a CIA ou FBI, sao totalmente ignorantes e nao entendem nada de democracia, sao partidarios das ditaduras comunistas , chamadas de "esquerda" onde os títeres eliminavam todos os opositores, homosexuais, aleijados , padres, freiras, pastores, etc. Como dizia Willy Brandt: a Democracia pode ter defeitos mas é o unico sistema que da liberdadea todos e nao inventaram nada ate hoje melhor. Imagine sem democracia, todos os islamitas na America seriam expulsos e seus bens confiscados bem como todos os comunistas....o pais dá bolsas de estudos e o privilegiado faz atentados...Nós latinos de republicas de bananas e caudilhistas nao conhecemos nada de DEMOCRACIA.E viva o Fidel ditador e pai eterno dos pobres da Ilha....

  17. Anon Postado em 26/Apr/2013 às 22:30

    Qualquer otário também concorda com Jane Sandes

  18. fabiana Postado em 26/Apr/2013 às 22:46

    Anon..PARABÉNS, pelo comentário, nível elevadíssimo de IGNORÂNCIA, quem disse que só por que estamos acompanhando um artigo significa que concordamos com a posição apresentada...DUVIDAS? todos temos, até mesmo o autor deste site, e sempre apresenta com muita classe, já não é o teu caso!!!

  19. Daniela Postado em 26/Apr/2013 às 23:04

    É a história do 11 de setembro se repetindo. FBI sabia de tudo e deixou acontecer pra terem um pretexto pra invadir Iraque e Afeganistão... Bando de FDP!

  20. Fábio Postado em 26/Apr/2013 às 23:23

    Rosana, seu comentário foi um do mais bem escritos que já vi pela internet. Sempre vejo comentários. A sua ironia e perspicácia, explica em poucas linhas o cenário mundial. Só tenho, diante de todo o cenário (Coreia do Norte e bomba atômica, atentado ridículo em Boston [claramente forjado]), uma dúvida: quem é o gato e quem é o rato?! A RÚSSIA e a CHINA CANSARAM da presença AMERICANA na REGIÃO?! Estão tramando e mandando o E.U.A. catar seus coquinhos em outros cantos?! E caso o E.U.A. for para a Chechênia, a Rússia ou vai declarar Guerra contra o E.U.A. ou, ao contrário de tudo isso, foi todo um teatro do E.U.A e da Rússia para invadirem a Chechênia, e mais do que isso... distribuir o petróleo com a CHINA. Parece, a mim pelo menos, que a IDEIA é da CHINA e RÚSSIA. A Rússia invade a Chechênia, culpa o E.U.A, e reparte o petróleo com a CHINA.

  21. Santiago Postado em 26/Apr/2013 às 23:34

    Se o povo americano pensasse um pouco, ficaria muito preocupado com, no mínimo, a incompetência do FBI. Já deveria ter ficado preocupado com o 11 de setembro. Não precisa nem tecer teorias conspiratórias, sejam reais ou não, a aparente incompetência demonstrada já é motivo de preocupações. Mas, quem controla a informação, controla o pensamento.

  22. lyvia Postado em 27/Apr/2013 às 00:13

    Cara janes, vc esta totalmente equivocada.

  23. Bruno de Carvalho Postado em 27/Apr/2013 às 00:16

    Cara Jane Sandes. Partindo do princípio que estamos aqui para trocar opiniões sobre o que aconteceu (e o que está acontecendo), gostaria de comentar a respeito de seus questionamentos. A respeito da seu primeiro questionamento (afirmativo), para uma pessoa ser chantageada pelo FBI, ela não necessariamente fez algo muito "suspeito" (consulte informações sobre "The Patriot Act"). Mas espere um pouco... uma coisa não se encaixa: porque o FBI iria chantagear supostos terroristas chechenos? Um outro questionamento meu é: se eles realmente eram "terroristas chechenos" ligados a uma matriz religiosa extremista terrorista que compactuavam contra os demônios americanos, não é estranho que o FBI os tenham chantageado ao invés de detê-los e interrogá-los (ou torturá-los)? Ao refletir sobre suas perguntas, sugiro que pense nas suposições a seguir em relação aos seus três questionamentos, respectivamente: (a) 2 marmanjos de classe média jamais iriam buscar e almejar morar com a mãe. (b) Olhando pelo ponto de vista checheno, levando em consideração o estilo de vida checheno e o cotidiano da região, os irmãos "santinhos", que visivelmente curtiam uma leve ostentação (veja as fotos), provavelmente não gostariam de voltar pra longínqua Chechênia. (c) Considerando o perfil de voz da mãe do irmãos ouvida no link, ela me pareceu uma senhora com dificuldades em entender a língua inglesa (embora o repórter fosse provavelmente britânico), um tanto ingênua, e que possivelmente poderia considerar voltar para sua terra natal e manter contato com eles pela internet, e receber dinheiro de seus filhos. Em relação ao fato de que só trabalha para o FBI quem tem "ficha limpa" e seja natural dos Estados Unidos (não naturalizado), por favor me mostre a fonte da informação. Eu até poderia buscar na internet a respeito dessas restrições, mas estou com preguiça e cansado depois de um dia exaustivo de trabalho e faculdade. Por fim, espero que eu tenha ajudado a esclarecer seus questionamentos. Um Abraço

  24. Cinthia Postado em 27/Apr/2013 às 00:56

    Os fatos ai apresentados nesta materia me leva a crer que armaram pra esses dois irmãos , e se for isso mesmo , burro é quem armou , pq nem armar direito sabe hsuahsua.. Duvidas todos temos, mas que essa historia tah mto mal contada isso tah , naada bate com o q o fbi diz , mas qm somos nois pra dizer se é verdade ou nao .É um daqueles casos que vai ficar por isso mesmo , e os garotos é q são os culpados .O mundo tah uma bela bosta essa é a verdade ,não se pode confiar em ninguem , e desde sempre a gente sabe que a policia tem dois lados pra contar a "sua verdade". Fika a dica

  25. Zeca Postado em 27/Apr/2013 às 03:13

    Tem gente que faz questão de ser idiota, é claro que os 2 eram responsáveis.

  26. Marciel Postado em 27/Apr/2013 às 03:16

    Hahahahahahahaha! Democracia é farsa. Uma farsa para vender aos idiotas a ilusão de que estão decidindo alguma coisa. Estava na cara que haviam interesses fisiológicos a la Riocentro na parada e afinal, é do jogo... Quando chegar em alguém de costas quentes, a "investigação" é abafada. Enquanto isso, se fica no falsete entre republicanos e democratas.

  27. Marcos Postado em 27/Apr/2013 às 07:32

    Intupido de agentes da CRAFT naquele local do atentado, com todo aparato possível para interceptá-los a qualquer momento, antes mesmo das explosões, os irmãos vão de boa para lugares aos quais não deveriam ir, em seguida uma perseguição alucinante, uma caçada cinematográfica aos dois ratinhos, tendo em consequência uma morte e o outro encurralado num barquinho "mixuruco" o qual não aguenta 5 minutos de rajadas das mais potentes armas as quais são usadas pelas forças que atuavam naquele momento de neutralização do ratinho que restava, onde o mesmo quando capturado sai ileso, e me veem aqui dizer que não há nada de armação nisso??? Putzzz, em que mundo eu estou meu Deus onde há tanta gente ignorante assim???

  28. Chalom-Puri Postado em 27/Apr/2013 às 10:43

    Nao fazem muitas horas que descobri o site e, já é o meu preferido. E os comentaristas estao muito ascima da média e, os raros Zecas e similares, servem para reafirmar a qualidade dos primeiros. E, enquanto o GRANDE SATA nos permitir, vamos vivenciando o horror internacionalizado por ELE( para deixar bem claro para as Janes Sandes e Zecas, estou falando dos eua)! - A Janaine Caugaro, agradeço a referencia ao filme Wag the Dog, que pretendo assistir. Penso que ao assisti-lo, entenderei melhor como ELE controla os PIGs daqui e do restante do mundo.

  29. Wilian Samuel Postado em 27/Apr/2013 às 12:57

    http://imgur.com/a/Nx8EU

  30. Junior Postado em 27/Apr/2013 às 16:10

    É certo que tudo nesse atentado é estranho, mas algumas coisas tem ser levadas com mais cuidado. A The Craft vende roupas com o seu logo online:

  31. Alexandre Mello Postado em 27/Apr/2013 às 21:03

    Só um lembrete: tudo isso só passa de uma teoria, sem comprovação alguma. Não há nenhum argumento que torne essas ideias mais críveis que as apresentadas pelos americanos. O que vejo é muito viés anti-americanista e poucos fatos. Pura especulação.

  32. ricardo Postado em 28/Apr/2013 às 01:09

    Ok. Entendo que algumas pessoas digam "mas vocês nem têm provas de que foi assim" ou "é tão crível quanto a história apresentada pelos americanos". Ok. Para aqueles que não concordam com a teoria apresentada no texto: VOCÊS têm alguma prova de que foram eles? Falar "ah... mas o FBI que falou" não conta. Agradeço.

  33. Jussara Postado em 29/Apr/2013 às 04:41

    Só eu que não consigo ver nada de anormal em um checheno, que mora nos EUA, desempregado, ir passar 6 meses na Chechênia, seu país e lugar onde os seus pais moram? Quantos brasileiros não fazem isso?

  34. Jussara Postado em 29/Apr/2013 às 04:49

    Em resposta à Jane Sandes: quantas famílias migram para os EUA na ilusão de ganhar muito dinheiro? Foi o que aconteceu com essa família. O país deles vive em guerra, foram pros EUA em busca de um futuro melhor, pra eles e pros filhos. Mas quando chegaram lá, viram que a coisa não era bem assim, os pais tiveram dificuldades com a língua, não conseguiram trabalho e passaram por dificuldades, por isso voltaram pro país de origem. Histórias como essas acontecem aos montes, e com muuuuuuuitos brasileiros, em várias partes do mundo. Quanto aos dois irmãos, pra eles o futuro parecia bem melhor nos EUA, mesmo com as dificuldades, faculdade, box, roupas de marcas, tudo mais próximo e real do que na Chechênia.

  35. Fabiana Postado em 02/May/2013 às 07:55

    Pelo que eu me lembre, a pessoa é considerada inocente até que se prove o contrário. Mas, no caso dos USA todos são culpados se eles disserem que é assim. " Because I said so." Ainda sinto muito por quem acredita num conto de fadas chamado democracia! Vivemos uma farsa! A Matrix é real! Acordem!

  36. eurico Postado em 14/May/2013 às 12:28

    êee, vontade vergonhosa de ignorar os fatos...'Não há absolutamente nenhuma testemunha que diga ter visto os irmãos depositarem as bombas.' Há sim: do rapaz que teve a bomba detonada nos pés, e perdeu as duas pernas. -esse rapaz já não tinha as pernas, ele era um soldado! eu vi uma foto dum soldado parecido com ele em certo ângulo no facebook! Seu argumento é esse? Se *parece em uma foto* é porquê é o mesmo? O rapaz que perdeu duas pernas numa explosão *mente*? E o sangue no local? -ah, era sangue falso*; e eu vi uma outra foto dele na cadeira sem sangue esguichando e sem uma trilha de sangue De novo, seu argumento é de *uma* foto? E as outras que o fotógrafo tirou, mais explícitas, você viu? não, né? Procurou? Não, né? Você leu alguma reportagem séria e detalhada sobre o assunto? De gente que esteve no local? Não, né? Vc só se informou por figura de facebook? ah. *Percebe como isso de para cada fato que se dá inventar um contraargumento é exatamente a história do 'dragão na garagem': http://ceticismo.net/ceticismo/um-dragao-em-minha-garagem/

  37. eurico Postado em 14/May/2013 às 12:34

    Fora o ridículo de dar muita vergonha da argumentação de que 'a craft apagou todos os passos, sumiu por completo', e isso ser comentado por centenas de milhares de crédulos, e neste artigo. Apagou super bem, hein? Que super secreto! Que super gênios este articulista e a turma dos 'ignora-fatos-que-contrariem-a-teoria' daqui! Eles sim conseguiram quebrar a conspiração! E sem nenhum esforço real de informação e leitura! Sabe o que funciona assim também? Vírus, cavalo de tróia, phishing, conto do vigário: sempre confiando que a pessoa se acredite tão melhor e mais esperta que as outras pra tirar vantagem dela, pra fazê-la de otária. Pq essas pessoas nunca são humildes, reconhecem erro, se retratam depois de provadas erradas. É sempre a mesma história. Tem uma frase interessante..."conspiração só é chamada de 'teoria' pelos que acreditam nela". Porquê o resto a chama do que ela é: vexame e vergonha alheia. Desinformação.

  38. Nanda Postado em 30/May/2013 às 15:18

    Vocês já perceberam que o EUA é o único país que "sofre" (forja) atentados,porquê será? Se eles sismarem com a nossa cara,eles podem muito bem pegar qualquer brasileiro (anônimo) e forjar um atentado e usar como desculpa para uma possível guerra. Mas como o Glorioso Dr. Enéias,que ninguém deu ouvidos, já dizia. O Brasil (Lula,FHC,Ciro Gomes),assinaram um documento de submissão do Brasil as grandes potências,damos lucros a eles. Nenhum de nós estamos livres de armações, a menos que você seja rico,poderoso e influente. Claro,que essa teatro foi planejado,tá mais do que óbvio.Se vocês ficarem acreditando em tudo o que a tv mostra,tem um grande risco do Brasil de 3º mundo para o de 5ª categoria. Gostei do texto.