Redação Pragmatismo
Compartilhar
Racismo não 18/Mar/2013 às 15:53
23
Comentários

Trote racista com saudações nazistas gera revolta nas redes sociais

Trote gera polêmica com fotos de saudações nazistas e racismo. Caso ocorreu na Universidade Federal de Minas Gerais. Estudantes estão chamando reuniões e atos para debater o ocorrido. A universidade disse que ainda está apurando o caso

trote racista direito ufmg

Caloura esconde o rosto durante trote do curso de Direito da UFMG. (Reprodução / Facebook)

Uma menina com tinta preta pintada no corpo carrega uma placa com o texto “Caloura Chica da Silva”. Mesmo tentando esconder o rosto com o cabelo, ela aparece acorrentada e é puxada por outro colega que sorri. Essa é a cena de uma das duas imagens postadas no facebook nesta segunda-feira (18) do trote do curso de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais e que estão provocando revolta nas redes sociais.

Na outra imagem postada três estudantes aparecem fazendo a saudação nazista ao lado de um rapaz amarrado a pilastra. Um dos rapazes chega a ter pintado no rosto um bigode parecido com o de Hitler. As fotos já têm mais de dois mil compartilhamentos nas redes sociais.

O autor das imagens ainda é desconhecido, mas estudantes de Direito confirmaram que as cenas vistas ocorreram durante o trote realizado na última sexta-feira e os estudantes que aparecem nas imagens seriam alunos do segundo semestre, responsável pela organização do trote. Os alunos que aparecem nas fotos, no entanto, ainda não foram identificados.

Leia também

De acordo com os alunos de Direito, os responsáveis pelo Centro Acadêmico do curso convocou uma reunião para hoje à noite para falar sobre o que ocorreu no trote e para evitar que o episódio se repita.

— Nossa posição é de total repúdio ao machismo, racismo e homofobia — disse Leonardo Custódio , vice-presidente do Centro Acadêmico de Direito, ao dizer que a entidade não participou da organização do trote.

A Assembleia Nacional dos Estudantes Livres (Anel) junto com o Movimento Mulheres em Luta (MML) está chamando para amanhã outra reunião para discutir propostas de combate ao trote violento.

trote racista ufmg

Estudantes fazem saudação nazista em trote da UFMG

— Essa é uma prática recorrente, desta vez escancarou. Mas a prática do trote machista, homofóbico é recorrente — disse Juliana Rocha, estudante Veterinária e integrante da Executiva Nacional da Anel.

Revolta na web

Logo que surgiram as imagens nas redes sociais, os estudantes foram duramente criticados pelos internautas. “Estes aí serão nossos futuros juízes, magistrados, advogados e políticos do país?”, argumentou Heric Maicon.

“Todo trote ofensivo ou humilhante deve ser proibido. O argumento de que ‘participa quem quer’ é ridículo, pois pressupõe uma falaciosa liberdade total de escolha do calouro. Mesmo dentro da FDUFMG ainda há quem ache graça em oprimir, submeter e achincalhar o colega. Debater o tema é urgente. Propor gincanas lúdicas e trotes solidários é o melhor caminho”, sugeriu Eduardo Araújo.

Tolerância zero

Os trotes já são problemas recorrentes na UFMG. Em março do ano passado, a direção da Universidade já havia informado que iriam punir os veteranos que insistiam em fazer as brincadeiras. A política de tolerância zero surgiu depois que estudantes de turismo relataram que duas calouras foram amarradas a um poste. Os veteranos se vestiram de policiais militares e colocaram camisinhas na ponta de cassetetes, obrigando os novos universitários a chupar o objeto.

Estado de Minas

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. luis de magalhaes Postado em 18/Mar/2013 às 16:12

    NÃO SERÁ FACULDADE DE DIREITA?

  2. Guilherme Sabino Postado em 18/Mar/2013 às 16:35

    Indescritível a vergonha de ser "colega" dos estudantes que figuram a reportagem e também de tantos outros que são coniventes com tais práticas - incluem-se aí os representantes acadêmicos, colegiados estudantis e etc,. que, diante de incontáveis demonstrações racistas, homofóbicas, sexistas e elitistas, ao longo de tantos anos, continuam a proclamar que o trote "é brincadeira". Talvez - TALVEZ - tais práticas não fossem demasiadamente reprováveis se não representassem as profundas raízes discriminatórias que estão infestados os cursos superiores (qualquer deles) das universidades (públicas e particulares). É triste e revoltante perceber que grande parte da dita "elite intelectual" do país sinta que possui o direito de "brincar" com a consciência coletiva, com a triste lembrança que assombra a humanidade.

  3. Jane F. D'Avila Postado em 18/Mar/2013 às 16:57

    Acho que estas criaturas que usam o ambiente acadêmico para disciminar pensamentos fundamentalistas deveriam ser expulsos da Universidade. Principalmente tratando-se de uma intituição pública, que é mantida pelos impostos de todos. Espero que o Magnífico Reitor da UFMG, tenha princípios e haja conforme a Lei.

  4. FERNANDO VENTURA Postado em 18/Mar/2013 às 17:26

    DA ATÉ PENA DE SERES DESTA ESPECIE...RACISTA VAI CONHECER O FOGO DO DEMÔNIO AI ELES VÃO PODER FAZER A SAUDAÇÃO COM O PRÓPRIO HITLER NO INFERNO...

  5. Lucio Postado em 18/Mar/2013 às 17:58

    Hum legal uma faculdade que fica praticamente numa senzala (Minas Gerais) com alunos fazendo saudação nazista e com praticas de racismo.... AUHSUHSAUHUHA é lógico que foi tudo brincadeira de trote, levar isso a sério é o mesmo que querer censurar humoristas, deixar piadas politicamente corretas entre outras atitudes estupidas.

  6. Ricardo Postado em 18/Mar/2013 às 18:46

    Está mais para Faculdade de Direita mesmo!! Eu sou estudante de Direito e me sinto envergonhado com o que aconteceu. E o pior é que eles serão futuros juízes, advogados e promotores.

  7. Estudante UFMG Postado em 18/Mar/2013 às 18:52

    Sou estudante da Faculdade de Direito da UFMG, e só posso dizer q a mídia cada vez mais me surpreende com tanto sensacionalismo. O trote é facultativo, NINGUÉM é obrigado a participar dele, e ele visa a integração do corpo discente da universidade. Tem-se a ambição de fazê-lo de forma descontraída e os calouros-prêmio são divulgados com antecedência, não tendo nenhum deles sido pego de surpresa ou obrigados a se submeter a nenhum tipo de situação que lhes fosse operada como uma espécie de injusto. Os estudantes "não identificados na foto" não fizeram nenhum tipo de apologia ao nazismo visando reverenciá-lo, o objetivo notoriamente é ridicularizá-lo! Para a saudação de Hitler o braço direito é estendido em um ângulo de aproximadamente 45 graus na horizontal e ligeiramente na lateral e esta deve ser feita, impreterivelmente, de forma solene - O QUE NÃO SE VÊ NA FOTO EM QUESTÃO! Qualquer instituição séria, que preze a realização de um jornalismo com excelência seria capaz de perceber isso; desde que não tivesse a sua capacidade cognitiva ofuscada pela necessidade incessante de matéria, ainda que esta se resuma a mentiras que só fazem cada vez mais nós termos vergonha do jornalismo do nosso país. Racismo? Retratar parte da história do país é racismo? Chamem a Santa Inquisição! Vamos queimar os livros de história que retratam a escravidão e prender todos os professores que um dia fizeram seus alunos participarem de teatro nos quais interpretavam escravos!

  8. Zeca Postado em 18/Mar/2013 às 21:37

    Ricardo eles vão mais além, eles ajudarão a escrever as futuras leis.

  9. Müller Postado em 18/Mar/2013 às 21:58

    Quanta babaquice, o pior é que uma parcela considerável dos universitários tem essas m... na cabeça!

  10. dino Postado em 18/Mar/2013 às 22:33

    tipícos de moleques mimados que papai pagou o melhor cursinho para passar na Universidade pública mas o vagabundo nunca trabalhou na vida e não sabe o que é diversidade e vem reproduzir os piores valores para uma sociedade desigual, ainda me espanta o comentário ridículo do tal lúcio, dizer que Minas Gerais é uma senzala e que isso é só uma brincadeira de trote, entao vamos enfiar a cabeça do infeliz em um buraco cheio de m**** e dizer que é só uma brincadeira de trote..haha, aliás em que lugar o racista está? na alemanha? ei pragmatismo alguma providencia?

  11. nany Postado em 19/Mar/2013 às 10:43

    Não entendi essa agora... Pq resolveram esconder os rostos, principalmente do playboyzinho? Será que o papai dele é influente? A imagem do filhinho branquinho dele não pode ficar exposta?? Playboy safado! Sua latinha já é conhecida! Se cuida viu princesa....

  12. lusa valdorf Postado em 19/Mar/2013 às 11:38

    E tem um alto executivo da Globo que escreveu um livro com o título Nós não somos racista. Tinha que ser da globo mesmo.

  13. Rodrigo Teixeira Postado em 20/Mar/2013 às 12:15

    Alguém me explica aonde está presente o "racismo" na primeira foto ? O personagem Superman voa fazendo o mesmo gesto, seria ele um ícone Nazista ? Precisamos combater sem dúvida a descriminação e o discurso de ódio de qualquer espécie. Racismo é segregação das pessoas de pele negra por sua cor, seja essa discriminação em forma de lei, insulto, agressão física ou qualquer outra. Tudo o que vejo é uma aluna que não é negra , transvestida de uma figura histórica brasileira. Há de se discutir a "graça" disso. Agora querer transformar em tabu qualquer palavra ou figura ou referência aos negros em racismo, já é esquizofrenia.

  14. Thiago Postado em 22/Mar/2013 às 15:37

    Igualdade racial no Brasil é tudo fachada. O pior rascimo no mundo é praticado aqui, aquele friu, disfarçado, pessoas fingem que não estão discrininando as pessoas e que não são rascista.

  15. Thunai Melo Postado em 26/Mar/2013 às 08:30

    Teriam que ser expulsos da universidade e serem proibidos a terem acesso ao nível superior no Brasil.

  16. Rudi Postado em 12/Apr/2013 às 08:32

    Eu sou contra qualquer tipo de trote para calouros. Acho isso desnecessário e absurdo. Não acredito que isso ajude na integração dos novos alunos. Entretanto, não acho que devamos julgar as pessoas apenas pelas imagens, de algo, que para eles, pode ter sido apenas uma brincadeira. Talvez acusá-los de racistas, machistas ou homofóbicos seja um pouco demais. O ideal, antes de acusá-los, é averiguar os fatos.

  17. Vitor Postado em 15/Apr/2013 às 15:31

    Quanto mimimi! Enquanto o povo fica dando atenção para brincadeiras, as coisas sérias não param de nos foder!

  18. Lamerson Postado em 17/Apr/2013 às 15:49

    essa cena não é trote,parece que estão falando que o aluno é meio que escravo dos estudos...

  19. Daniel Postado em 03/May/2013 às 19:13

    Essa é a formação da classe política, dos juristas, executivos, empresários, dirigentes e líderes sociais que conduzem o Brasil? Melhor continuar votando em operários!

  20. Nicolau Postado em 23/Sep/2013 às 22:11

    O articulista parece um "cumpanheiro" comunistas daquele ditador em Cuba,com a barba de Rabino Judeu!