Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Geral 12/Mar/2013 às 09:04
5
Comentários

Menino de 8 anos e mulher de 61 se casam na África do Sul

Garoto de 8 anos se casa com mulher de 61 na África do Sul. Por pedido de seu avô, menino se casou e fez a festa de sua família em pequena cidade africana

Um garoto Sanele Masilela, de apenas oito anos, se casou com Helen Shabangu, de 61 anos, em Tshwane, na África do Sul. A família do garoto faz questão de reforçar que a cerimônia foi apenas um ritual e não tem valor legal.

casamento áfrica sul menino 8 anos

Cerimônia de casamento entre menino de 8 anos e mulher de 61 na África do Sul (Foto: Reprodução/Barcroft Media)

Segundo o garoto, ele está feliz com o casamento e topou se casar por conta de pedidos de seus ancestrais mortos. A Mãe do garoto, Patience Masilela comemorou o casamento: “É a primeira vez que uma cerimônia dessas acontece em nossa família”.

Leia também

Patience explicou o motivo do casamento: “Sanele casou após seu avô, que nunca havia presenciado um casamento, pedir para ele se casar. Escolhemos Helen pois ele a ama”.

casamento menino 8 anos áfrica

Foto: O casamento nada convencional entre um menino de 8 anos e uma mulher de 61 na África do Sul

Como qualquer criança de oito anos, Sanele ainda dá prioridade para outras atividade: “Gostei de casar, mas vou continuar indo para a escola para estudar muito”, disse ele.

A diferença de idade também não é problema para Sanele, que diz que quando ficar mais velho irá se casar com alguém de sua idade.

Reprodução/Barcroft Media, com Yahoo!

Recomendados para você

Comentários

  1. osvaldo vieira ferrilson Postado em 16/Mar/2013 às 18:05

    salvem o mundo por favor... qual é a diferença dessa droga com a pedofolia...crueldade absoluta e visivel

    • Catarzo Postado em 19/Apr/2014 às 14:57

      A diferença é que foi só um casamento cerimonial - não teve lua de mel... ¬¬'

  2. Pietra Postado em 07/Jun/2013 às 20:21

    Cada costume esquisito.

  3. Adalberto Postado em 11/Nov/2013 às 19:26

    Menos chocante que o acontecido no Iêmen, onde uma garota da mesma idade morreu violentada na lua-de-mel.