Luis Soares
Colunista
Compartilhar
América Latina 05/Mar/2013 às 22:55
1
Comentário

Dilma lamenta morte de Hugo Chávez: "amigo do povo brasileiro"

Dilma lamenta morte e diz que Chávez era “amigo do povo brasileiro”. Presidente diz que venezuelano sempre foi generoso com todos aqueles que precisaram dele na América Latina

A presidente Dilma Rousseff lamentou na noite desta terça-feira (05/03) a morte do venezuelano Hugo Chávez. Dilma classificou Chávez como “um grande latino-americano”.

dilma morte chávez

Hugo Chávez e Dilma Rousseff (Foto: aBR)

“Hoje lamentavelmente, e com tristeza, eu digo para vocês que morreu um grande latino-americano, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez. Essa morte deve encher de tristeza todos os latino-americanos e centro-americanos. O presidente Chávez foi, sem dúvida, uma liderança comprometida com seu país e o desenvolvimento dos povos da América Latina”, afirmou Dilma.

Leia também

“Em muitas ocasiões, o governo brasileiro não concordou integralmente com o presidente Chávez. Mas nós o reconhecemos como um amigo do povo brasileiro. O presidente Hugo Chávez deixará no coração, na história e nas lutas da América Latina, um vazio”, continuou.

“Lamento como presidente da República e como pessoa, que tinha por ele um grande carinho. Ele foi um homem generoso com todos aqueles que, neste continente, precisaram dele”, concluiu Dilma, ao pedir um minuto de silêncio em homenagem ao venezuelano.

Enterro de Chávez

A presidente Dilma Rousseff declarou que deve ir ao enterro do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, que morreu nesta terça-feira. “Se o enterro for agora, vou. Eu irei ao enterro”, disse a presidente ao Grupo Estado, após participar nesta noite do 11º Congresso Nacional de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, em Brasília.

Questionada sobre se haveria mudanças na agenda para ir a Caracas, a presidente respondeu: “Não sei quando vai ser, meu querido. Ninguém sabe”.

Opera Mundi

Recomendados para você

Comentários

  1. Pietro Impagliazzo Postado em 07/Mar/2013 às 15:13

    Esses dois se merecem.