Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Mundo 07/Mar/2013 às 14:18
3
Comentários

Coreia do Norte ameaça EUA com ataque nuclear

A Coreia do Norte ameaçou nesta quinta-feira realizar um ataque nuclear preventivo contra os EUA

A Coreia do Norte ameaçou nesta quinta-feira realizar um ataque nuclear preventivo contra os EUA, elevando o tom da retórica enquanto o Conselho de Segurança da ONU discute novas sanções ao país. A Coreia do Norte acusa os Estados Unidos de usarem exercícios militares na Coreia do Sul como plataforma de lançamento para uma guerra nuclear, e por isso Pyongyang suspendeu o armistício com Washington que havia encerrado as hostilidades na Guerra da Coreia (1950-53)

“Como os Estados Unidos estão prestes a detonar uma guerra nuclear, iremos exercer nosso direito a um ataque nuclear preventivo contra a sede do agressor, a fim de proteger nosso interesse supremo”, disse um porta-voz da chancelaria norte-coreana em nota divulgada pela agência estatal de notícias KCNA.

exército coreia norte

Desfile das forças armadas da Coreia do Norte. País ameaçou EUA com ‘ataque nuclear defensivo’ (Foto: Divulgação)

A Coreia do Norte conduziu em 12 de fevereiro um terceiro teste de arma nuclear contrariando resoluções da ONU, e declarou ter tido progresso na obtenção de um arsenal atômico em funcionamento. Mas acredita-se que a Coreia do Norte não tenha a capacidade de realizar um ataque nuclear contra o território continental dos EUA. O porta-voz norte-coreano disse que o país se vê no direito de realizar uma ação militar completa a partir de 11 de março, quando os exercícios militares dos EUA e Coreia do Sul entram em sua fase mais completa.

Leia também

A Coreia do Norte, que na quinta-feira realizou um grande comício militar em Pyongyang como sinal de apoio às recentes ameaças, tem protestado contra as repreensões da ONU a recentes disparos de foguetes. O país diz que essas atividades são parte de um programa espacial pacífico, e que as críticas mostram que os EUA adotam dois pesos e duas medidas.

Mas a retórica agressiva norte-coreana raramente vai além disso. O último incidente armado contra o Sul aconteceu em 2010, quando a Coreia do Norte bombardeou uma ilha do país vizinho, matando dois civis. Antes, Seul havia acusado Pyongyang de torpedear um navio militar seu, matando 46 marinheiros. Também na quinta-feira, o ministério sul-coreano da Defesa disse que o Norte está realizando uma série de exercícios militares e se preparando para um treinamento de guerra que envolva o país inteiro, numa escala raramente vista.

Correio do Brasil

Tags

Recomendados para você

Comentários

  1. Rik Daniel Postado em 11/Mar/2013 às 14:18

    Isso vai ser bonito de ver.

  2. ataneri veiga Postado em 04/Apr/2013 às 17:18

    a Coréia do norte passa por um período de miséria absoluta. período este que começou quando o comunismo se deu conta que tinha acabado. tem feito exercícios provocativos desde 2002. as sanções econômicas são resultados destes exercícios. creio que o capitalismo também esteja chegando ao fim, mas não seria o retorno de ditaduras que o planeta acharia um caminho. é a simples, e antiga politica do caos que esse" resíduo" de comunismo pretende iniciar.... apenas o desespero de um pais imperialista, pois o poder passa de pai para filho, que está faminto, e abandonado. mas por culpa própria,

  3. jose filho medeiro Postado em 11/Apr/2013 às 16:11

    sou comunista mais não acredito que a corea do norte e a china sejam comunistas sei que elas são imperialistas e que o império comanda os exércitos contra sua propiá nação tirando assim a liberdade do povo, o verdadeiro comunismo atualizado luta por uma sociedade igualitária e por uma sociedade justa com trabalho moradia cidadania e justiça para todos ditaduras militares não são comunistas se estas forem então não sou comunista os países ricos tem que deixar os países mais pobres viverem em paz cada um tem o seu problema se não pode ajudar não ,atrapalhe americanos deixem os povos resolverem seus propios problemas a guerra e a ingnorancia da humanidade jose medeiro