Redação Pragmatismo
Compartilhar
América Latina 28/Feb/2013 às 16:31
13
Comentários

Yoani Sánchez na Argentina: uma lição para a esquerda brasileira

Movimentos de esquerda da Argentina convidam oficialmente a blogueira cubana Yoani Sánchez para um debate aberto transmitido ao vivo por veículos de comunicação do país

A esquerda argentina fez o que nós deveríamos ter feito: convidar a blogueira cubana para um debate livre, transmitido pela TV, de forma independente.

blogueira yoani sánchez argentina

A blogueira cubana Yoani Sánchez confirma que receberá visto para visitar a Argentina. (Foto: Reprodução)

A esquerda argentina nos dá uma lição da verdadeira democracia e liberdade de expressão.

Sergio Pindo Secretário do Partido Justicialista Coordenador Geral Uppdal Córdoba Digital, Digital Partes união política da América Latina fez o convite por escrito, em carta aberta à Yoani Sanchez.

Até agora, a blogueira não respondeu ao convite e, provavelmente, ela declinará do mesmo. Contudo, isto significa uma vitória. Não tão grande quanto seria desmascará-la ao vivo, mas com certeza, foi uma vitória.

Veja no texto abaixo a carta enviada para a Blogueira.

Argentina, 27 de fevereiro de 2013 – As muitas perguntas geradas pela turnê internacional da cubana Yoani Sanchez e sua próxima visita à Argentina, levou o grupo Justicialista (peronista), a fazer um convite para um debate aberto televisionado. A blogueira, que é uma intenauta regular e até agora tem usado todas as plataformas de mídia disponíveis, tem mantido um silêncio incomum ante este convite.

Leia também

Adiante, a Carta Aberta de Sergio Pindo, Secretário Geral do Partido Justicialista Córdoba Digital.

Yoani Olá, eu li nas redes que provavelmente virá para a Argentina.

Honestamente, não é agrada saber, pois tenho muitas dúvidas quanto ao seu propósito nesta turnê mundial.
Os meios de comunicação de direita, servindo aos amigos do norte, te denominam blogueira cubana, um título que se aplica a cada um de seus compatriotas que têm um blog, muitos dos quais eu conheço e com quem interajo diariamente e nada lembram você.

Mas como tudo tem um lado ruim e um lado bom, sua vinda ao nosso país nos permite fazer uma proposta.

O Digital PJ é a maior organização político-partidária nas redes sociais, somos o ativismo digital do Partido Justicialista, instituição política na Argentina e que sustenta, junto com outros partidos, através da FPV, Frente para a Vitória, o Governo Nacional e Pessoas do nossa companheira Presidente Cristina Fernández de Kirchner.

A proposta é simples e clara: proponho uma discussão, face a face, transmitido pelo nosso canal de TV IP, com sinal aberto para todos, especialmente para ser capaz de responder a muitas perguntas e dúvidas que temos sobre suas ações, e seus trabalhos na rede e, obviamente, você possa explicar quem está por atrás de você. (É verdade que manter relações com a CIA?)

Difícil de acreditar que você faz isso por amor ao país, com a militância pura, já que você tem uma impressionante exibição, de onde, certamente, existe um apoio financeiro enorme, inexplicável para um simples blogueira cubana.

A sua visita não agrada porque os seus fins não são claros, mas vamos. Contudo, teremos, se aceitar este convite, a oportunidade de ouvir as suas explicações, por mais obscuras que elas possam ser.

Blogueiros cubanos (aqueles que não recebem prêmios em euros ou dólares), que, minuto à minutos, estão nas redes, defendendo as conquistas de uma revolução exemplar, de um país que sofre um bloqueio econômico há anos, apoiando este exemplo popular de sacrifício, não te reconhecem como uma aliada, porque, justamente, suspeitam que a sua tarefa é motivada por fins ilegítimos de servir os inimigos estrangeiros, que procuram fazer Cuba voltar a um passado de subjugação.

O conjunto está pronto, redes abertas, você vai aceitar?

Yoani, espermos por você.

Sergio Pindo Secretário do Partido Justicialista Coordenador Geral Uppdal Córdoba Digital, Digital Partes união política da América Latina

Blog Tô de olho Malandragem

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Felipe Postado em 28/Feb/2013 às 18:02

    Se tivéssemos um canal deste tamanho... mas temos apenas a rede cultura, que desvirtuou o Roda Viva.

  2. Júlio Postado em 28/Feb/2013 às 18:09

    E o debate dela no RODA VIVA foi oq? foi um debate democrático e AO VIVO. A mesma coisa que aconteceria ma Argentina...

  3. Fernando MDB Postado em 28/Feb/2013 às 18:44

    Isto é muito mais uma provocação do que um convite. Uma coisa revela a intenção do embate como preceito, a outra seria a busca em conhecer, principalmente ouvindo para então questionar. Ou seja, me parece uma medida um tanto agressiva, desnecessariamente. Porém revela mesmo algo impressionante. A 'esquerda' brasileira nem capacidade disto teve.

  4. Marcos Antonio Postado em 28/Feb/2013 às 20:30

    A questão é : A Yoane Sanchez aceitaria discutir, abertamente, os problemas cubanos com representantes categorizados, da esquerda brasileira ? ...e, haveria alguma emissora interessada em fazer a transmissão ao vivo.

  5. Guilherme Antônio Postado em 28/Feb/2013 às 20:42

    A mais nova garota propaganda da direita, fantoche barato

  6. José de Souza Batista - zequinha Postado em 28/Feb/2013 às 22:14

    Pelo que se vê, o radicalismo não tem fronteiras! Quando esse pessoalzinho vai aprender a respeitar o contrário? Porque não vão para o paraíso cubano e fazer turismo na ilha, com os automóveis pré-históricos disponíveis pelo camarada senil, Fidel Castro?

  7. Paulo Nagyidai Postado em 01/Mar/2013 às 08:02

    Acho que seria excelente um debate real (Roda Viva já não é mais um debate) entre a cubana e diversas posições políticas. Porém, concordo com alguns que não foi bem um convite, foi uma provocação e um desafio. A intenção desse "convite" foi provocar a negação mesmo. Então não seria uma vitória como a matéria afirma. A cubana foi mais ameaçada que convidada. Um convite sério, educado e real, cumpriria melhor o papel, que na minha opinião seria o de realmente ouvi-la e por isso, mais de uma posição política a debater com ela. O Roda Viva, outrora um programa que desafiava e questionava o entrevistador (pouco mas fazia), é hoje inócuo.

  8. Klaus Postado em 01/Mar/2013 às 09:12

    Ela iria? Duvido!

  9. Fernando Nunes Postado em 01/Mar/2013 às 09:46

    José de Souza Batista - zequinha. O radicalismo não tem mesmo fronteiras. Incluo você nesse radicalismo. Essa frase (sem sentido, mas comum) de que "se gostam tanto de Cuba porque não vão para lá" é absurda. Seria o mesmo que eu te dizer, "se gosta tanto do capitalismo, porque não se muda para a Somália?" A Yoani Sanchez não respeita o contrário, o pensamento diferente, tendo em vista que ela censura, seleciona as perguntas que vai responder... Duvido que ela aceitaria esse convite, respeitoso ou cheio de alfinetadas como o argentino, se fosse feito por algum grupo de esquerda no Brasil. Os argumentos são muito fracos, fáceis de derrubar. Ela, enquanto representante popstar do neoliberalismo Yankee é muito mal treinada, é muito fraca. Os EUA poderiam escolher alguém melhor para difamar Cuba e o regime. Tem o William Waack que faz isso "melhor"...

  10. Wilson França Postado em 01/Mar/2013 às 09:48

    Achei a chamada interessante (Um debate imparcial para que a blogueira expusesse suas idéias e respondesse todo tipo de perguntas e assim,cada telespectador tiraria sua conclusão) e resolvi ler até o fim. O convite é um manifesto. É o mesmo que convidar alguém para ir na sua casa e adiantar que será mal recebido, com água quente e cafezinho frio. Exemplo para a esquerda brasileira. Dá um tempo.

  11. Conrado Postado em 01/Mar/2013 às 10:08

    Fernando MDB, concordo plenamente. Além de extremamente imatura, essa carta é uma abominação estratégica. É óbvio que ela não vai responder a isso e é perfeitamente plausível que alegue que ignorou por se tratar de uma provocação desnecessária, o que de fato é. Mas, como você disse, a atitude da "esquerda" brasileira foi mil vezes pior.

  12. aguinaldo cavalheiro Postado em 01/Mar/2013 às 19:34

    Nessas discussão estamos nos esquecendo de algo, comparar nosso pensamento político ao argentino é no mínimo risível.

  13. Paulo Ayres Postado em 02/Mar/2013 às 09:38

    Tudo o que a blogueira tem a dizer sobre Cuba já estamos cansado de ler/ouvir na cobertura da grande mídia privada. Ela não possui nada de novo a acrescentar no retrato deturpador habitual. Por isso, diferente de alguns comentários aqui que supostamente se acham "esquerda sensata" ou são apenas reaças (sim, nos comentários do Pragmatismo Político eles também aparecem), essa carta aberta foi uma atitude inteligente. Transbordando ironia, ela sabe que a Yoani irá recusar. Pois sua turnê internacional tem uma clara intenção de expandir sua imagem como "ativista da liberdade" e blindar seus inúmeros críticos. Mas, como um camarada disse acima, a Yoani é muito fraca. A tendência é que com o tempo ela se dissolva na sua insignificância política e a direita promova outra figura cubana como símbolo anti-Revolução Cubana.