Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mulheres violadas 04/Jan/2013 às 17:04
116
Comentários

O suicídio da jovem estagiária e o silêncio que incomoda

A vítima morreu três vezes: no ato da agressão, na impossibilidade de obter justiça e na destruição de sua imagem pública

Texto relata o silêncio em torno da morte da estudante da PUC-SP, que tinha 21 anos, Viviane Alves Guimarães (foto abaixo), que se jogou do prédio onde morava no bairro Morumbi, na capital paulista, em 3 de dezembro. Um suposto estupro pode ter motivado o suicídio da jovem. Viviane era estagiária de um dos maiores escritórios de advocacia de São Paulo (Machado Meyer Advogados). Segundo familiares, ela era uma jovem feliz e realizada.

Por Felipe B

Abra as pernas, feche a boca e tente não morrer: como ser uma jovem mulher em São Paulo.

viviane alves guimarães suicídio advocacia
Estagiária Viviane Alves Guimarães. (Foto: divulgação / web)

Você possui o escritório de advocacia mais influente do país. Seus jovens sócios, mulheres e homens com menos de 40 anos que se acham os donos de São Paulo e ostentam salários mensais acima de 100 mil reais, decidem brincar com a vida e autoestima de uma menina de 21 anos começando a carreira como estagiária na empresa.

O combinado é sacanear a menina, certos da impunidade. Domínio dos meandros legais que fazem os algozes terem a certeza da impunidade. O ônus da prova ficará todo com a vítima.

Você é informado sobre o crime (apesar de seus jovens sócios e demais advogados influentes não olharem essa questão através do mesmo prisma moral dos pobres mortais) e aciona o departamento de gerenciamento de crise para preparar uma ação de acobertamento, caso alguma denúncia seja feita. O primeiro passo é escrutinar a vida sexual da vítima e catalogar qualquer “desvio de conduta”. Prepare um rol de testemunhas pagas a peso de ouro. Também prepare a compra do silêncio da vítima, ameaçando-a de ter a carreira encerrada em qualquer instituição de peso caso leve adiante a vontade de fazer justiça.

Enquanto isso os jovens sócios se regozijam do crime perfeito, da arte de terem sacaneado a novata. Provavelmente algumas das sócias, ex-estagiárias também estão rindo. Não é uma questão de gênero. É uma questão de poder.

Leia também

Ao mesmo tempo que comemoram a impunidade, os jovens sócios ainda estão eufóricos por serem os responsáveis pelo escritório ter recebido o prêmio de Ëscritório do Ano no Brasil, pela consagrada publicação International Financial Law Review. Além de serem jovens e donos do mundo, agora o bônus será polpudo.

Mas a vítima não suporta a pressão. Decide pelo suicídio, em um dos bairros mais nobres da capital.

Merda no ventilador. Departamento de gestão de crise pesa a mão. Quem der prosseguimento na apuração pode perder alguns de seus maiores anunciantes. MSM fica calada. Alguns delegados também.

A vítima morreu três vezes: no ato da agressão, na impossibilidade de obter justiça e na destruição de sua imagem pública.

O escritório fará de tudo para manter a blindagem em seus jovens sócios criminosos e assassinos. Afinal, eles são a fonte de prosperidade do negócio, com sua agressividade e falta de ética. Estão ali para vencer. Para atropelarem os fracos que não aguentam os ritos de passagem para o mundo do poder sem limites, no qual uma jovem mulher não passa de mero brinquedo descartável.

Afinal, a temporada de contratação de novos estagiários já está aberta. E elas vão continuar correndo atrás do sonho.

Não é um livro de Scott Turow. Não teremos um herói para desvendar esse crime e fazer justiça. Vai tudo ser varrido para debaixo do tapete.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Rafael Kaen Postado em 04/Jan/2013 às 17:18

    Infelizmente tudo colabora para a impunidade, o fato de serem ricos dá muita vantagem!

  2. Bruno .R (@bruno_rms) Postado em 04/Jan/2013 às 17:24

    Muito bom texto. Uma pena não ser uma pura ficção mas um fato plausível, me enoja essa classe brasileira que se crê acima de tudo e de todos; Muito ainda falta para este país crescer.

  3. Mau Mau Postado em 04/Jan/2013 às 17:29

    quando a lurdinha começar a cantar depois de sete dias aparecerá um padre.

  4. Isabelle Postado em 04/Jan/2013 às 18:15

    É triste ver como a política brasileira é conduzida...Gostaria de obter mais detalhes sobre o fato, oque só seria possível com a investigação dentro do ambiente de trabalho da advogada, o que certamente não irá acontecer graças a ''blindagem'' que esses supostos assassinos poderosos têm. É até irônico pensar que quem deveria estar defendendo o povo, está então fazendo o contrário - protegendo quem destrói a justiça e a moral por ganância, ambição, medo, dinheiro e por aí vai. Rezo FIRMEMENTE que um dia possa olhar pra um Brasil diferente, mais justo...Não perderei a fé.

  5. Valter Postado em 04/Jan/2013 às 18:39

    Muito triste o que aconteceu a essa moça. Espero que ela tenha deixado alguma prova, evidência que possa ser usada contra os agressores de fato.

  6. Fiori Postado em 04/Jan/2013 às 20:10

    é inacreditavel :(

  7. carmen Postado em 04/Jan/2013 às 22:28

    Boatava todos os cafajestes no paredão e atirava sem nenhuma pena. Não se trata um ser humano como um lixo e eles não estão acima da lei, mesmo trabalhando nela. Aliás é uma vergonha que se digam advogados. Só se for do DIABO.

  8. Mônica Postado em 04/Jan/2013 às 22:33

    Vou analisar pelo lado religioso. Não importa a religião, não importa a situação financeira, não importa influencias, nada...nada. Costumo dizer e quero acreditar muito que, no FINAL,É ENTRE ELES E DEUS. Porque senão a vida não tem sentido nenhum.

    • Adriano Postado em 04/Dec/2015 às 10:44

      Então se você for estuprada é só esperar a justiça divina? Aqui na terra o estrupador pode correr livre?

      • Marcelo Gurgel Postado em 09/Dec/2015 às 18:00

        Adriano, ela não disse isso. Onde você viu ela dizer que é para deixar estupradores livres?

  9. Raquel Santtos Postado em 04/Jan/2013 às 23:07

    Na verade é bem acreditavel mesmo... Quem sabe quantas outras sofreram ou sofrerão com situações parecidas... Quero ser advogada sim,mas meu sucesso não dependerá de nenhum "escritóriozinho" por aí,me considaradei bem sucedida só de poder lutar pelo que acho correto,dinheiro não faz minha cabeça... Não estou criticando a vitima,só acho que essas coisas são de se esperar e pelo jeito ela era muito inocente- Ou não??!- O fato é que aconteceu e como diz o texto,nada será feito e logo ninguém mais lembrará... Rezo por Viviane,assim como rezo por todos que sofrem ou sofreram e peço a Deus que este nosso país um dia possa ser um pouco mais humilde e esclarecido... :[

  10. Maria Júlia Postado em 05/Jan/2013 às 00:52

    É uma questão de poder, e justamente por isso é SIM uma questão de gênero.

  11. Valquiria Postado em 05/Jan/2013 às 01:09

    Com Deus não existe blindagem...

  12. MARIA VALENTINA SENA E SILVA Postado em 05/Jan/2013 às 01:43

    Foi raríssimo um lugar, escritório de advocacia, de administração de bens e banco,onde trabalhei, que não fui assediada, um advogada uma vez a´t eficou nú com um revolver na mão, mas eu disse a ele que o filho dele seguiria o mesmo camimho? Sem falar em Promotor de Justiça, juiz, desembargador - ao tratar de assunto jurídico queriam comprar-me com sexo.. Não foi à toa que com essas e outras a depressão pegou... Hoje estou casada e com filho adulto e bem orientado. A mulher é atormentada a bem dizer por investidas masculinas para sexo, pareceu que só vivem disso... Querer investigar o desvio de caráter da moça não retira dos canalhas a conduta doentia dos mesmos obstinados, obsessivos

  13. josé afonso Postado em 05/Jan/2013 às 07:10

    BRASIL, MOSTRA A TUA CARA. Se depois de tudo que foi dito e mostrado sobre esses CANALHAS nada for feito, então só nos resta esperar a justiça divina. ( Que virá com certeza)

  14. C Postado em 05/Jan/2013 às 08:27

    é uma questão de gênero sim (também)! Ou eles também fazem isso com estagiários homens????

  15. Najara Postado em 05/Jan/2013 às 12:08

    A matéria foi boa! Mas não vi necessidade desse desfecho, lamento sim a morte das jovens na Índia e em qualquer lugar do mundo! Sou do tipo que espera justiça para todos e não só para os meus vizinhos! Todas as vítimas das injustiças e violências devem ser lamentadas, a justiça não virá com o bairrismo, mas com o clamor de todo os povos!

  16. hamilton roberto poiani Postado em 05/Jan/2013 às 15:43

    Se bobear esses canalhas consehumem reverter tudo e a menina que morreu fica sendo a estrupadora. Depois muitos dizem que estamos evoluindo, nao sei pra onde? estamos caminhando a passos largos para o inferno.

  17. Johnes Postado em 05/Jan/2013 às 15:59

    O poder corrompe, e o poder ilimitado corrompe ilimitadamente - Bakunin

  18. Edson Weigert Postado em 05/Jan/2013 às 16:32

    Discordo apenas de um ponto. Acho que é questão de gênero sim! As advogadas são tão machistas e masculinizadas no sistema que não percebem seu próprio gênero e agem como machos irracionais...

  19. Beatriz Adriana Sertich Postado em 05/Jan/2013 às 16:50

    É lamentável a situação da justiça neste país, o caso não vai passar disso, a não que a familia consiga levar adiante. A justiça do Brasil em todos os sentidos esta FALIDA!!!!!!!!

  20. Silvia Postado em 05/Jan/2013 às 16:51

    Não se esqueça que esta ainda é uma sociedade patriarcal. É questão de genero SIM. As mulheres sempre pagam por terem menos força e em decorrencia disso menos poder. Um estupro é a mais clara imposição da FORÇA = PODER. O estuprador está dizendo eu te domino e voce fica quieta.

  21. MARTINS Postado em 05/Jan/2013 às 16:52

    ATÉ QUANDO TEREMOS ESSAS NOTICIAS NOS SITE, VIVEMOS NUMA SELVA ONDE O GRANDE SEMPRE ESTÁ ACIMA DE TUDO E DE TODOS FAZ AS MALDADE E FICA INPUNE ? ESSA ATITUDE É REFLEXO DA CRIAÇÃO "EDUCAÇÃO" DOS PAIS QUE COM TODA CERTEZA JA FIZERAM COM OUTRAS PESSOAS, MEU DEUS!!! ONDE VAMOS PARAR COM TUDO ISSO. NUM PAÍS ONDE POLÍTICOS QUE FORAM CONDENADOS NOS ESQUEMAS E ESTÃO SENDO NOEMADOS EM CARGOS PÚBLICOS POR INDICAÇÃO DE QUEM TEM O RABO PRESO COM ELES DÍVIDA DE GRATIDÃO, FAVORES TROCA DE INTERESSES.

  22. carlos Postado em 05/Jan/2013 às 18:23

    só tenho a lamentar com a família e o acontecido,mas olhando por outro lado kda classe que cuide dos seus crimes...

  23. Janaina Postado em 05/Jan/2013 às 19:10

    A esposa de um dos sócios do escritório já divulga entre as amigas que a jovem era "bipolar". Sabemos que bipolaridade não é uma doença facilmente diagnosticada. A referida senhora e o marido estavam fora do país e voltaram imediatamente para ajudar a abafar o caso. Dr. Moshe, que não pode ser acusado de nada, claro, deveria defender a jovem vitima de seus pares.

  24. SÉRGIO MEDEIROS DE ALMEIDA Postado em 05/Jan/2013 às 19:32

    BEM, GENTE ................. TODO PRÉ-JULGAMENTO, É INCAUTO, É INJUSTIFICÁVEL. NÃO PODEMOS MAIS CONCEBER A "JUSTIÇA DE MÃO PRÓPRIA".VAMOS COM CALMA, SIM ????? O ARTIGO 122, PREVÊ OS CRIMES DE: INDIZUMENTO, INSTIGAÇÃO E AUXÍLIO AO SUICÍDIO. SE HOUVE CRIME, HÁ DE SER INVESTIGADO. SE A POLÍCIA NÃO CHEGOU A CONCLUSÃO NENHUMA, PRA QUE SERVEM OS JORNALISTAS ???? A IMPRENSA SEMPRE NÃO FALA COM AUTORIDADE DE POLÍCIA, DE INVESTIGADORA ??? CADÊ ELES, CADÊ OS JORNALISTAS ??? SEMPRE JULGANDO, FALANDO BESTEIRAS, PORÉM, NUMA HORA DE TRISTEZA E DOR, IGULA A ESSAS, SE CALAM. É PRECISO INVESTIGAR, NÃO PODEMOS É FICAR ACALADOS, DIANTE DE UMA VIDA DESSA MOÇA, BARBARAMENTE, DESPERDIÇADA. SÉRGIO MEDEIROS DE ALMEIDA

  25. alex Postado em 05/Jan/2013 às 19:59

    O jornal da Record já levou a questão para a teoria de que não aconteceu nada... Eles exibiram uma nota com apoio de um "experta" apontando que o estupro foi um tipo de "alucinação " causada por um remedio contra a epilepsia que a estagiária devia estar tomando.

  26. Helio Carlos Postado em 05/Jan/2013 às 20:34

    Já fiquei sabendo de professores que disputavam quem iria deflorar uma determinada aluna numa escola, de estudantes japoneses que fazem uma festa de boas vindas regada a bebida batizada e violentam algumas calouras, etc. Afinal, o que está acontecendo? Estamos sendo mesmo governados por sociopatas selecionados na competição corporativa-partidária?

  27. Solano Postado em 05/Jan/2013 às 21:15

    altissimo grau de formação, belissimas palavras, charm, luxo, sofisticação, requinte, ambiente perfumado e poses de fina estampa ...isso tudo uma fachada de vitrine sem transparência que consegue acobertar podridão, sacanagem e uma sem vergonhice maquiada pelo profissionalismo instrumentado e teatralizado ... essa cavalgada bem remunerada revela o verdadeiro caráter em situações desse tipo ... atualmente é bem evolutiva a especialização jurídica que defende a criminalidade explicita, imaginem então as manobras prodigiosas dos engomadinhos se destacando nesse caso ....

  28. Roberto Pimentel Postado em 05/Jan/2013 às 21:42

    Absurdo...pelo menos dois crimes merecem ser investigados à exaustão. Estupro e induzimento ao suicídio, mais quadrilha. O caso é gravíssimo e envolve poderosos. Provas certamente existem e aparecerão. O que deve ser feito é o trabalho do Ministério Público e da Polícia, que devem investigar esses fatos deploráveis com afinco. Nunca dei em cima de estagiária e por isso, sou mais respeitado ainda por todos eles. Canalha tem em todo lugar, igrejas, hospitais, empresas...todavia, onde entra o poder, o caráter é mais corrompido. O pior é que os idiotas não se enxergam ao achar que lindas meninas, só porque estão ali apreendendo, irão dar corda para grisalhos, barrigudos e imbecís. VAMOS REPERCUTIR ESSE SITE E A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS...

  29. Lúcia dos Santos Fernandes Postado em 05/Jan/2013 às 21:51

    Recordo-me de uma reportagem antiga na revista Playboy . A imagem de um bando de gafanhotos vestidos e terno gravata com pastinha 007 na mão. Ou seja advogados são como pragas devoram para ter vantagens sobre sí mesmos. Pobre jovem (podia ser minha filha) escolheu a profissão errada e custou-lhe a vida. Cresci em meio ao "este é um país que vai pra frente". Juntamente com a impunidade e sujeira regente e reinante. DEUS nos defensa senão pra onde vamos ?????????????

  30. emílio Postado em 05/Jan/2013 às 22:15

    belíssimo texto! minha indignação aumentou a cada parágrafo

  31. noslin Postado em 06/Jan/2013 às 09:47

    Sra Raquel Santos ,toda mulher de boa índole é uma pessoa inocente e confiou nos colegas de trabalho,mas o Brasil está mudando ,a justiça certeza investigará os culpados,a sociedade precisa saber o nome desse escritório que são inocentes até que se prove o contrário.

  32. Helio Postado em 06/Jan/2013 às 11:47

    Hei gente, para, nojo da classe rica? nos pobres nao somos nojentos?e ainda cheiramos mal po.(A MASSA FÉDE)proverbio antigo.Alguem falou ai que essa gente deveria estar defendendo o povo!!! arghhh,,que povo nada ho imbecil. outra diz que afinal quem fara justica sera deus, o "todo poderoso", seria aquele homenzinho feito nossa imagem que vive no espaço??que criou aquelas 10 regrinhas q vc nao pode quebrar uma sequer para nao arder e queimar em sofrimento por toda eternidade??mas que afinal TE AMA,,,E PRECISA DE DINHEIRO!!! Ora seu (as) covardes e perdedores, vcs sao fracassados medrosos, que acordarao cedo e marcarao ponto por toda a vida e com sorte uma pensaozinha do SUS aos 60 anos, nao fiquem fazendo filosofia politica barata, pq esse defunto ja ta enterrado. Se o pai fosse um "HOMEM COM CULHOES", o dono ou o mais influente dos donos do escritorio ja estaria noutro plano com uma bala nos fundilhos.Vamos deixar pra la, afinal se o pai nao se mexe, pq eu, certo??

  33. Evando Postado em 06/Jan/2013 às 11:56

    Infelizmente o alto escalão de qualquer tipo de profissão pensa assim. Desde a faculdade já são estimulados a uma competição desleal, a ganhar a qualquer custo. Essa ética que todos aceitam como ovelhas às vezes descamba pra isso. O pior é que as pessoas preferem se encaixar no status quo à empreender uma resistência contra isso.

  34. Helio Postado em 06/Jan/2013 às 11:56

    Ha,,,apenas para que fique claro, quando chamo a vcs de fracassados e perdedores me incluo nesse contexto tambem, é óbvio, afinal, tambem sou outro zépovim qualquer cheio de macheza e bravatas, fazendo uma grande diferença social e moral por traz do monitor de meu note!!!!

  35. marli mata Postado em 06/Jan/2013 às 12:39

    BRASIL, MOSTRA TUA CARA SIM. Mas não se esqueçam que podemos bagunçar esta história contada. Vamos divulgar. Colocar nossa opinião. Pedir justiça. Abalar de alguma forma esta imagem criada por pessoas que não tem o minimo de respeito pelo outro. Temos essa capacidade. Espelhar nossa opinião. Alguns dirão que não adianta nada. Não adianta se continuarmos a pensar assim e de alguma forma não espalharmos esta siituação como outras tantas que nos chegam. Vamos mostrar nossa cara e também mostrar um outro Brasil.

  36. suelen Postado em 06/Jan/2013 às 12:41

    É muito triste tudo isso! Com essa moça eles ja fizeram mal e ela se matou e nada poderá ser feito para voltar atras, mas e com as proximas estagiarias advogadas???? e com tantas outras que ja deve ter acontecido isso???????????????????? Quem poderia ajudar sao exatamente essas estagiarias que foram sacaneadas mas confrontaram a vergonha, o medo e estao vivas, Cade elas?????????????????????

  37. Karina Postado em 06/Jan/2013 às 13:26

    "Não é uma questão de gênero. É uma questão de poder." E existe essa divisão?? Relações de gênero são relações de poder! É óbvio q a questão de gênero está gritando nesse caso!!! Concordo com a Maria Julia: É uma questão de gênero SIM!

  38. Luciana Postado em 06/Jan/2013 às 14:38

    Ser mulher LIVRE numa cultura machista milenar é AÇÃO. a REAÇÃO tem sido a violência. Quem sabe nós, mães e pais devamos ensinar nossos filhos a desenvolverem a sensibilidade, cuidado com os outros, chorar quando ficar triste, assim como nossas meninas. E nossas filhas deveriam ser educadas para serem fortes e corajosas, a enfrentarem seus medos, a desafiarem suas fraquezas... Depois colocarmos meninas e meninos para brincarem de boneca e jogar futebol juntos, porque antes de sermos homens e mulheres, ricos ou pobres, somos SERES HUMANOS!

  39. Pedro Postado em 06/Jan/2013 às 16:19

    Sinceramente.. Se fosse pra se matar... Matava todos antes e depois se matava.... É triste! É revoltante! O Brasil Como todo lugar.. Se você tem dinheiro você tem mais chances de escapar

  40. Cláudia Barros Postado em 06/Jan/2013 às 17:20

    Da justiça dos homens não há mais o que se esperar, uma vez que ela é feita por tipos como estes aí!! Só uma força maior pra interceder e dar a estas pessoas o que merecem!! A cada dia que vivo, mais me indigno com o ser humano e sinto vontade de isolar-me. Temo conviver com as pessoas. O ser humano perdeu a sanidade por conta de suas ambições, vaidades. Resumo: Falta Deus na vida das pessoas...falta AMOR genuíno, incondicional!! A isso chamo de fim do mundo. Fim pra quem morre e pros pessoas de bem, que morrem aos poucos ao ler barbaridades como estas. A vida perdeu completamente o sentido!! Lamentável!!

  41. REGINA OLIVEIRA Postado em 06/Jan/2013 às 17:35

    O CARA NÃO PODE CONTINUAR BONITNHO NA FOTO NÃO........... CONHEÇO MUITOS CASOS IDÊNTICOS, MAS NÃO ACONTECE NADA... É BRASIL ESQUECERAM DISSO?

  42. adrian Postado em 06/Jan/2013 às 18:14

    Depois do genoino ter tomado posse de seu cargo(o q representa a destruição de inúmeras vidas), isso é fichinha se comparado mas mostra o quão impune são os criminosos nesse país! Isso porque ele chegou de fato à ser declarado culpado e por um juri oficial de alto poder!!

  43. Felipe Brait Postado em 06/Jan/2013 às 19:13

    Não faço ideia do que essa garota sentiu e passou pra resolver morrer sozinha! Daí se vê o porque esses caras se sentem acima de tudo e todos, conseguem destruir internamente uma pessoa a ponto dela não lembrar que apesar do dinheiro e do poder o peito deles não para bala... acho que se eu passasse por tudo que ela passou eu me matava, mas antes levava todos esse metidos a imortais juntos comigo.

  44. Pablo Escobar Postado em 06/Jan/2013 às 19:50

    Se não acreditam na justiça dos homens, muito menos deveriam na justiça divina. Se deus fosse tão justo, não deixaria que isto acontecesse com a vítima.

  45. Íris Postado em 06/Jan/2013 às 20:23

    Raquel Santtos, vc sendo mulher, acha que só mulheres 'inocentes' podem ser vítimas de violência? Só mulheres inocentes vão em festas, convidam colegas de trabalho para jantar em casa, só mulheres inocentes podem ter vida social, porque mulheres 'espertas' não fazem nada por segurança? Abre o olho, você é uma mulher machista.

  46. roberto Postado em 06/Jan/2013 às 20:39

    Nao coloque no tag , barbarie, esse tipo de crueldade é coisa dos tidos civiizados.

  47. Julia Postado em 06/Jan/2013 às 20:44

    Pessoas enojantes existem em todo lugar. O poder também. Sinto tanto por esta moça e por outras tantas injustiças contra os menos favorecidos!

  48. Daniela Postado em 06/Jan/2013 às 20:45

    O escritório em questão é o Machado Meyer Sendacz Opice

  49. Margareth Postado em 06/Jan/2013 às 21:14

    Infelizmente no mundo capitalista quase não se vê princípios básicos, e nem consigo imaginar onde isso pode chega. Hoje a vida não vale nada, por isso vemos absurdos acontecerem e aparentemente ficarem no esquecimento, na injustiça, mas nada é absoluto e essas pessoas que acreditam que podem tudo, verão em algum momento da vida , que a vida dá voltas e que colhemos o que plantamos. Pode até acreditar na impunidade, no poder, mas isso é apenas ilusão, pois a justiça chega para todos de várias formas, e nem todo o dinheiro do mundo vai apagar sua dívida.

  50. elaine Postado em 06/Jan/2013 às 22:12

    Cumpre lembrar que este poder corrompido e amoral não é inerente apenas a nacionalidade brasileira!!!...infelizmente é da raça humana mesmo!!!...

  51. SILVANEIDE Postado em 06/Jan/2013 às 22:37

    Deus fará a justiça vale! Para ele nao existe o crime perfeito!

  52. Fábio Luis Siquera Miranda Postado em 06/Jan/2013 às 23:11

    Enquanto isso, os comedores de coxinhas discursam que estão nas ruas para matar ladrão, ceifando covardemente um monte de inocentes pelas periferias do Brasil, ainda com nome pomposo de higienização social, caras de pau, queimando favelas e a porra toda para a especulação imobiliária se prostituindo para os ricos, não se sentem parte do povo, se sentem o que são, isso aí, ao mesmo passo, que os pobres sempre se vendem também e por isso essas monstruosidades acontecem, e os que não se vendem, são decapitados como nosso eterno rei Zumbi dos Palmares, vamos lá... Precisamos de paz, justiça, liberdade legítima, e igualdade a todos, assim do jeito que está afunilará para o confronto. A lei há de ser igual para todos. Rico não vai pra cadeia e ainda faz deboche.

  53. Mariana Bonfim Postado em 07/Jan/2013 às 00:16

    Um triste absurdo a vida desta jovem profissional ter sido interrompida por um crime tão hediondo. Gostaria muito que esse escritório perdesse todos os seus clientes e fechasse suas portas, mas como estamos no Brasil, tudo será impune mesmo para aqueles que deveriam cumprir a lei por terem optado-a seguir como profissão...

  54. Ernani Frota Postado em 07/Jan/2013 às 01:28

    Esta inversão de valores é cada vez mais vergonhosa, corre-se o risco da vítima ser acusada de culpada por alguma coisa, como ja aconteceu muito, inclusive com um ator novato e mau carater que assassinou covardemente uma atriz, só que este foi condenado, mas com uma pena branda!

  55. Wilson Postado em 07/Jan/2013 às 01:37

    Isso não é política, gente. Isso é capitalismo aplicado. Advogados e capitalismo atropelam qualquer coisa em seus caminhos!

  56. almir f oliveira Postado em 07/Jan/2013 às 03:20

    prudencia ju, apesar de nao tolerarmos estas atitudes, ACREDITO NA JUSTIÇA, mas vamos evitar o maximo generalizar. o homem la de cima tem um olho que tudo ver.

  57. MFV Postado em 07/Jan/2013 às 09:28

    UM DIA ESSES CANALHAS SERÃO PAIS, TERÃO DINHEIRO E SUPOSTO PODER. SÓ NÃO PODERÃO SALVEAR OS SEUS PRÓPRIOS FILHOS E FILHAS E ESSA SERÁ A FORMA DE SE SENTIREM INÚTEIS, INCAPAZES, SÓS E A SENSAÇÃO DO NADA CORREARÁ AS SUAS EXISTENCIAS E DEFINHARÃO EM DOENÇAS INCURÁVEIS. A NÓS MÃES SO NOS RESTA PEDIR: Santo Anjo do Senhor zeloso guardador, se a ti as nossas filhas confiou a piedade Divina, As rege, as governa e as ilumina, Amém!

  58. Cláudia Postado em 07/Jan/2013 às 12:08

    O que entristece é ver o ser humano chegar num ponto desses.E é muito triste ver que o dinheiro compra quase tudo, que o respeito acabou e que como a biblia diz o amor está acabando o princípio básico de" não faça com o seu semelhante aquilo que vc não gostaria que fizessem com vc!" se foi. Se a humanidade se baseasse apenas nessa frase que Jesus deixou, apenas essa: " não faça com o seu semelhante aquilo que vc não gostaria que fizessem com vc!" O mundo em que vivemos já seria o paraíso...

  59. Infante terrible Postado em 07/Jan/2013 às 12:27

    Estas tragédias vêm se tornando cada vez mais comuns no Brasil. Certos da impunidade e munidos de um poderzinho de MERDA estes idiotas se acham acima do bem e do mal. A justiça dos homens esta cada vez mais vergonhosa. Mas a Justiça DIVINA, têm vindo com a velocidade da luz…. A covardia é um crime hediondo… Se estes covardes trabalham como advogados e têm uma atitude desta, a maldade é ainda maior. Porque são conscientes, e agiram com premeditação , na certeza da impunidade. E assim vão denegrindo a imagem da Justiça mais e mais… Muito triste ver uma Constituição tão bem feita e bonita nas mãos de imbecís como estes delinquentes. A credibilidade do nosso Sistema Judiciário agradece a apuração séria deste caso. Está na hora de dar um bom exemplo social e mudar este quadro vergonhoso. Que estes animais sejam punidos com o rigor que merecem. E seus protetores deveriam dar o exemplo e não acorbetarem tamanha covardia. Porque a JUSTIÇA DIVINA é certa!

  60. Miriam Postado em 07/Jan/2013 às 12:31

    Muito triste, muito triste. Mas infelizmente apenas reflete o quão doente a sociedade está. A maldade se manifesta proporcionalmente ao alcance de cada indivíduo. Estes têm ao seu alcance o poder e a impunidade.

  61. Thiago Postado em 07/Jan/2013 às 13:49

    Se eu fosse me matar, levaria pelo menos um que me fez fazer isso.

  62. Otavio Z. Postado em 07/Jan/2013 às 14:34

    Discurso apelativo e emocional. O ônus da prova sempre será da vítima, qualquer pessoa é inocente até que se prove o contrário. Por exemplo: se alguém diz que eu roubei um carro, não tem como eu provar que eu não roubei-o. Mas, ao contrário, há como provar que, de fato, eu roubei, através de imagens - fotos, vídeos -, de comportamentos suspeitos - receber dinheiro "do nada" -, achar o carro roubado e mostrar que eu estive perto de onde ele foi achado, etc. O mesmo acontece nesse caso, por mais que sejamos mais sensíveis a casos como estupro. Se eu digo que fui estuprado por x, ele não tem como provar o contrário. No entanto, eu, como vítima, posso fazer exame de corpo de delito, mostrar que há sêmen dele em meu corpo, sinais de violência, etc. O fato dela ter sua vida sexual "à mostra" é algo delicado, mas isso não muda o fato de um estupro ser um crime... mas, sinceramente, alguém que queria ser advogada deveria estar mais preparada para ter a vida escancarada, e coisas do time, é uma profissão "difícil", que mexe com grandes interesses.

  63. Jorge Postado em 07/Jan/2013 às 14:43

    é prática da imprensa não divulgar suicidios - para não estimular. Então o silêncio sobre a morte é normal. Mas se houve estupro e se tem esta história toda. Tem que ser denunciado e tem que ser investigado. Tem que virar pauta de jornal. Pois não seria um suicidio, e sim um assassinato.

  64. Yuri Postado em 07/Jan/2013 às 15:06

    Não concordo com o texto. Vamos pegar como exemplo a Rede Globo. Na confraternização de fim de ano, o estagiário de edição de vídeos, decide com o amigo sabotar o copo de outra estagiária, bonitinha, gostosinha e etc.. Fazem o mesmo que ocorreu no caso em questão.. Pergunta: Os culpados é a família Marinho ? O Ari Kamel ? O Luciano Huck porque recebe bem ? O Jô Soares por ser intelectual e ter um bom salário ? Óbvio que a empresa tem que arcar com tudo e ajudar a polícia a chegar no culpado (o que não é dificil nesse caso), mas você vir aqui e ficar falando de SÓCIOS, e que eles "ostentam" porque estudaram e recebem mais de 100k mês é simplesmente algo ridículo.

  65. Rafael Meschiatti Postado em 07/Jan/2013 às 15:22

    Parabéns ao Felipe B pelo texto e pêsames à sociedade em que estamos, que ao rodapé de uma matéria como essa, tem a sorridente jovem que leiloou a virgindade por um milhão e meio de reais.

  66. Danielle Postado em 07/Jan/2013 às 15:22

    ABSURDO, DESRESPEITO!!!!!!!!!!!!!!

  67. Jota Mombaça Postado em 07/Jan/2013 às 16:20

    Não há questão de gênero que não seja, também, uma questão de poder.

  68. José Diniz Junior Postado em 07/Jan/2013 às 17:28

    No Brasil os canalhas riquinhos se sucedem...isso já aconteceu no Rio...Aída Curi estuprada e jogada de um prédio em Copacabana...no Espírito Santo...Cláudia Lessin Rodrigues...estuprada e morta por filhos de políticos...até virou livro... Vão acabar provando que a menina é que "não prestava"...

  69. Paulo Ricado Postado em 07/Jan/2013 às 17:35

    Infelizmente esta é a postura machista de uma sociedade que se diz preparda para conviver. O machismo não respeita classes sociais. É o poder, pelo poder, e a dominação do outro. Pobres e miseráveis seres humanos, mortais e dignos de piedade. Espero que a OAB, além dos "testes" para ingressar na ordem, acompanhem também o desvio de conduta dos seus associados. Estes "donos do escritório de advocacia" podem até mandar nos seus metros quadrados de escritório, porém terão que lembrar que a JUSTIÇA, esta acima de suas paredes de concreto. Indivíduos que se brindam com a capa de sua profissão para fazer injustiça, assédio moral, vandalismo, terão e serão julgados com o maior rigor da LEI: a) Em primeiro a LEI DIVINA, DESTA NINGUÉM ESCAPA e que nenhuma "brindagem terrena" conseguirá ser eficaz; b) E depois pela JUSTIÇA TERRENA, que espero siceramente que seja cumplida. Nem que tenhamos que ir a Suprema Corte Nacional, ou Internacional, solicitar e exigir que seja cumplida.

  70. Giuliana Postado em 07/Jan/2013 às 18:05

    Impunidade? Blindagem? O maior escritório de advocacia do país? E os familiares de Viviane? E seu pai, sua mãe, também trabalham para Machado Meyer? Se fosse minha filha, eu iria até o fim para que os culpados fossem punidos.

  71. Guilherme CB Postado em 07/Jan/2013 às 19:03

    A lei divina se encarrega dos culpados, o problema é ter sangue frio para esperar o dia do julgamento chegar! As vezes o julgamento só acontece na próxima encarnação! Que Deus ilumine a família dessa moça para que não caiam em tentação e tentem fazer justiça com as próprias mãos pois assim irão alastrar mais ainda o carma negativo que existe hoje!!! São DUAS hipóteses: 1)A menina era "nerd" demais e injênua demais e acabou por beber além do que podia e na hora da bebedeira entre beijos e amassos o rapaz acabou realizando o ato com digamos assim, "MEIO consentimento" da vítima! Aí por ser certinha demais a ressaca moral e a destruição de sua imagem pública levaram ela ao suicídio. 2)O crime foi premeditado e muito mais grave do que imaginamos, e ela foi realmente estuprada mas não só por um, e sim por alguns chefes, sócios ou colegas de trabalho! Enfim, para chegar ao suicídio, ou foi uma "ficada" que terminou de um jeito desagradável e a cabeça fraca e injênua dela a fez perder o controle ou então a coisa foi bem mais grave do que imaginamos e o estupro foi ou coletivo ou violento demais a ponto de fazer a vítima se suicidar, pois quantas pessoas são estupradas e continuam vivas??? Depende realmente da cabeça da vítima e do nível de crueldade do crime! Vou rezar para ninguém da família cair em tentação, pois a vontade é de contratar pessoas, achar o(s) responsável(eis) e TORTURAR E MATAR COM UM PROFISSIONAL NO ASSUNTO!!! E que o Machado Meyer crie um pingo de dignidade e caráter e no mínimo contribua com as investigações, pois se eu fosse o dono, muita gente já estaria no olho da rua! Cadê o amigo que deu carona de táxi no final da festa????????? É filho de quem pra estarem escondendo ele????????????

  72. Felipe Postado em 07/Jan/2013 às 19:23

    Pô, 100 mil por mês. Genial, vou procurar o RH deles

  73. Evandro Postado em 07/Jan/2013 às 20:53

    Assédio não é sofrido apenas por mulheres! Homen também passam por isso. Já conheci pessoas que preferiram perder o emprego a ter que se sujietar as "festinhas", não pensem que só mulher sofre, homem também sofre!

  74. Herbert Postado em 07/Jan/2013 às 21:47

    Não quero fazer nenhum julgamento antecipado, mas não houvi falar da OAB neste caso. Será que a OAB vai se omitir????

  75. Sobrevivente Postado em 07/Jan/2013 às 23:29

    Seu texto é horrível, Felipe. É cruel com quem já foi vítima de estupro e não avisa a elxs que não leiam. O que devemos fazer? Nos alienar e parar de ler notícias relacionadas ao tema ou nos alienar de nossos sentimentos? Que tal ter um pouco mais de empatia com sobreviventes? Que tal pensar que podemos sofrer e nos lembrar do que sofremos ao ler o seu texto insensível?

  76. Letícia Postado em 07/Jan/2013 às 23:35

    Poder podre, a cada dia nos indignamos mais. Todos vêem os erros, todos sabem que as coisas estão erradas, mas não fazem nada. Esses com certeza, ficarão impunes.

  77. Marcelo Postado em 08/Jan/2013 às 01:13

    Acredito que o artigo é irresponsável, a materialidade desse estupro até então é zero. Não dá para publicizarmos assim, ainda mais vinculando diretamente o nome de uma firma e indiretamente o nome de pessoas. As consequências poderão ser graves e irreversíveis (e não tornarão a morte dela diferente disso). É inegável que os problemas abordados no texto existem, são graves e repudiantes o que nós não sabemos é se o caso em tela se enquadra aí. O prudente é esperarmos pelo menos os exames médico-legais. Tudo (pouco) o que se sabe é relato de uma mãe traumatizada sobre frases soltas de uma filha que estava atordoada. Outro fator a se destacar é que havia mais de 800 membros da empresa na festa, nem todos advogados. Se aconteceu o que o site especula que aconteceu, pode ter partido de outro estagiário, ou de um xerocador, há poder aí? Compartilho da indignação, da tragédia, dos sentimentos, mas não consigo concordar com uma retaliação prévia à firma. A cobrança se necessária, há de ser feita num momento oportuno, isso é responsável.

  78. Rafael Cesar Postado em 08/Jan/2013 às 01:38

    não é uma questão de gênero?? evidente que é. e consequentemente uma questão de poder. tanto que não há relatos de caso oposto, com advogadas poderosas forçando ao sexo jovens estagiários. acordem.

  79. youth Postado em 08/Jan/2013 às 09:21

    Vergonha do ser humano, vergonha desse pais que favorece os ricos e poderosos, vergonha de fazer parte dessa corja que se autodenomina raça humana. que descanse em paz essa garota e que deus cuide dessa família.

  80. Dito Postado em 08/Jan/2013 às 12:55

    As investigações nem ao menos começaram e, em todos os comentários que li, existe a certeza de que houve o crime e que os sócios deste escritório são todos canalhas. É possível ser verdade? Claro que sim, mas me assusta como as massas são manobradas por qualquer texto. Mal vêem alguma acusação contra alguém com prestígio e rapidamente assumem aquilo como verdade. Consideram que todos que tem poder e qualquer pessoa bem-sucedida é desonesta? Acham que só porque o escritório tem prestígio que todos lá são estupradores sem escrúpulos e que conseguiram comprar a polícia e o Ministério Público. Espero que, se houve o crime, que as carreiras destes sócios sejam destruídas e que sejam presos. Entretanto, as investigações mal começaram e todos já tem a sentença. Impressionante...

  81. Gabriela Postado em 08/Jan/2013 às 16:46

    O Artigo cita "Não é uma questão de gênero. É uma questão de poder": Gênero é também uma questão de poder, pois é um dos primeiros campos por meio do qual o poder é articulado (Joan Scott, historiadora feminista), portanto, também é uma questão de gênero.

  82. Filipe Freitas Postado em 08/Jan/2013 às 18:13

    Quando não alcançada legalmente a justiça deve ser feita com as próprias mãos.

  83. Mirian Del Carmen Quintilhan Postado em 09/Jan/2013 às 11:54

    O POVO UNIDO... JAMAIS SERÁ VENCIDO...NÓS PODEMOS SIM EXIGIR JUSTIÇA NESTE CASO...DE DIVERSAS MANEIRAS...É SÓ NÓS NOS UNIRMOS E PLANEJARMOS. POR ONDE COMEÇAMOS

  84. Yara Postado em 09/Jan/2013 às 12:06

    Em documentos mostrados nos jornais e na internet sobre este caso, aparece o nome José como sendo o rapaz que acompanhou Viviane de taxi na saída da festa e que posteriormente a difamou no trabalho. Porque não se comenta a respeito da atitude deste rapaz? Esta com certeza teve um peso enorme na decisão da garota em cometer este ato tresloucado. Segundo a mãe, ela havia tomado apenas um comprimido do medicamento e acredito que isto não seria suficiente para induzi-la ao suicídio. Se minha filha me relatasse assédio no trabalho, minha sugestão seria que ela procurasse outro emprego, pois nada é mais importante que nossa paz de espírito. Quanto à culpabilidade das pessoas envolvidas, acho que ficará apenas na consciência dos envolvidos, pois o poder abafa qualquer possibilidade de justiça neste caso. Creio na justiça divina e com certeza ela um dia se fará, pois somos todos mortais e sem avisar, a morte leva ricos e poderosos, pobres e deserdados da sorte e do outro lado da vida entramos apenas com o que somos e o que fizemos quando encarnados. Que Deus tenha piedade desta alma sofredora e sua família.

  85. Priscila Postado em 09/Jan/2013 às 13:11

    que triste o discurso de uma moça que diz querer ser advogada e opina aqui nos comentários que deixa a ntender que a vítima não era tão inocente assim, claro que não era tão inocente assim mas com certeza ela nunca esperaria ser dopada em seu próprio local de trabalho. Infelizmente nós mulheres, somos obrigadas a cada dia criarmos mecanismos de defesa contra os machos irracionais que usam seu sexo como arma. Muito me assusta discursos do tipo da Raquel, que opinou acima, porque reproduzem a idéia de que a mulher foi estuprada por causa de sua conduta, que fique claro: se uma mulher anda de minissaia não quer dizer que ela quer ser estuprada

  86. Empreendedor Individual Postado em 09/Jan/2013 às 14:49

    Justiça já!

  87. Algum Revoltado Postado em 09/Jan/2013 às 16:32

    Anonymous, cadê vocês pra fazer justiça onde as pessoas que mostram a cara não têm coragem???

  88. helena Postado em 09/Jan/2013 às 17:33

    Se algum deles tiver filhos ou alguns ainda irão ter,serão eles(os filhos) que irão pagar. Faço votos.Só assim sofrendo na propria carne,verão o que é fazer o mal tão grotescamente. Aí sim serão punidos.

  89. Eu Postado em 09/Jan/2013 às 22:24

    Machado Meyer é o escritório?

  90. Anderson Postado em 09/Jan/2013 às 23:18

    E a PUC pelo jeito tambem nao deu um pio a respeito não é.... bando de pau mandado

  91. Mônica Postado em 10/Jan/2013 às 12:21

    "Enquanto isso os jovens sócios se regozijam do crime perfeito, da arte de terem sacaneado a novata. Provavelmente algumas das sócias, ex-estagiárias também estão rindo. Não é uma questão de gênero. É uma questão de poder." NÃO é questão de GÊNERO??? Então por que a vítima sexual é uma MULHER? Sobre as mulheres que estão rindo: por acaso não sabem que há muitas mulheres machistas? Não sei onde vivem então.

  92. Tiburcio Postado em 10/Jan/2013 às 12:30

    Acorda pessoal, estamos no Brasil, um país de tolos. Aqui quem tem dinheiro vive, quem não tem tenta viver. Isso vai ser mais um caso que não vai virar em nada, assim como tantos outros, de nada adianta se indignar, xingar, ódio.... A única forma é se conformar e observar, pois o povo brasileiro não tem "raça" o suficiente para peitar os governantes que nós mesmos colocamos no poder, estranho isso não!???!? Essa é a dura realidade, quem tem dinheiro neste país tem valor, faz o que quer, quem trabalha, só lamento....

  93. Ivone Postado em 10/Jan/2013 às 12:58

    Além de achar o fato um absurdo , lamento a relação que alguns fazem entre advogado e corrupção, como se fosse uma característica inerente ao seu exercício. No caso não se trata de uma questão de área profissional mas de caráter , na verdade a falta dele. Os prováveis autores dos crimes, são pessoas sem ética e o mínimo de amor ao próximo.

  94. Jeferson Postado em 10/Jan/2013 às 15:42

    Digno de um seriado americano, onde a justiça é levada até mesmo aos que deveriam assegurar-la. Porém neste pais os valores são outros e a conveniência se torna a moeda de troca. O não conveniente é logo descartado, obstruído, calado e emudecido, afinal aquilo que não tem voz não chega as massas, que em sua maioria é leiga e ignorante. É triste ver, não o fato, pois já estamos acostumados com a desgraça diária, mas a atitude de omissão de se levar a justiça os causadores. Mais um fato dentre muitos que não chegam a luz e que por vezes tem seus gritos sufocados dentro de caixas em arquivos empoeirados e enferrujados.

  95. Anonyt Postado em 10/Jan/2013 às 17:31

    Para as pessoas que "perdem a vida", mas seus corpos continuam a funcionar como zumbis, usem a mesma maldade que o corromperam ou a justiça se essa é mais forte e lutem. Você não é a única pessoa, procure as pessoas certas e vamos pagar-lhes em uma moeda de valor imensurável. Espero que tenham entendido, e não passem por algo assim.

  96. Francisco Lagos Postado em 11/Jan/2013 às 05:21

    Vocês acham mesmo que uma jovem de família influente e rica que ganha 7 mil Reias de mesada iria aceitar fazer o papel de "uma jovem mulher que não passa de mero brinquedo descartável"? Eu fico impressionado com a desonestidade intelectual de vocês. Ela não era uma coitadinha ignorante não, viu? E o silêncio é devido ao segredo de justiça, algo comum no Direito que serve para proteger os dois lados. E se ela usou LCD? Esse tipo de droga tem como efeito a desinibição sexual, e a Viviane é o perfil típico dos usuários dessa droga. Ah não, mas isso vocês se recusam a pensar.

  97. Manu Costa Postado em 11/Jan/2013 às 18:39

    A matéria fala tudo: os fatos foram dilacerados pela mente fria dos criminosos. Será que alguém ousará recompô-los?

  98. guilherme Postado em 11/Jan/2013 às 20:11

    só não entendi de onte tirou essas informações que tiraram sarro dela, que ameaçaram ela na empresa caso levasse a história adiante etc. são "acusações"... há fatos/"provas"? se sim, merecem ser relatados à polícia concordo com você sobre o silêncio e a impunidade, esse caso é uma barbárie mesmo e há algo de podre, que ainda não foi esclarecido. mas gostaria de entender de onde vem esses adjetivos e infos extras sobre o ocorrido internamente na empresa... as matérias de jornais por aí só relatam o "básico", que a polícia passou e que a mãe falou. se puder me mandar um email...

  99. marcus Postado em 12/Jan/2013 às 00:40

    O texto é fenomenal... mas a foto da mina é um tiro no pé... na boa, cara!

  100. Guilherme Postado em 12/Jan/2013 às 15:27

    "E se ela usou LCD? Esse tipo de droga tem como efeito a desinibição sexual, e a Viviane é o perfil típico dos usuários dessa droga. Ah não, mas isso vocês se recusam a pensar." Cara, ou você é psicologo/psicanalista com capacidades ultraparanormais ou então você realmente nao sabe o que fala! LSD? ELA É O PERFIL DE QUEM USA ESSA DROGA? Caramba, por uma foto e umas notícias do ocorrido e com ela morta vc conseguiu identificar que ela é o perfil de quem usa a droga? Poxa, to surpreso com sua capacidade ultraparanormal! Além disso, se ela não era coitadinha ignorante, então realmente o estupro foi violento e quem sabe coletivo, pois uma menina instruida, inteligente, com boa criação não teria a cabecinha tão fraca pra se matar a toa!!!

  101. guilherme Postado em 13/Jan/2013 às 14:21

    o texto não deixa claro motivo do suicídio. transpareça.

  102. anna Postado em 13/Jan/2013 às 17:39

    Sou estudante de direito, e infelizmente esse tipo de abuso não é raro nesse mundo de "poder ilusório" que é o direito. Aqui em Curitiba as estagiárias do TJ conhecem bem as histórias de desembargadores que foram flagrados com estagiárias no colo em seus gabinetes. E nada foi feito. Outro ponto importante salientar.. Justiça divina? O brasileiro tem um jeito mediocre de tratar de justiça "deixa nas mãos de Deus", sério que vocês acreditam que se o cara não pagar pelos seus erros aqui na terra, em vida irá pagar depois? ACOOOOOOORDA BRASIL! Esse tipo de coisa acontece e os criminosos ficam impunes sabe porque? Por culpa de vocês, TODOS VOCÊS que não fazem nada pra que isso mude, que ao ver esse tipo de abuso só sabem vir aqui dar a opinião baseada em senso comum, mas na hora de agir ou auxiliar as pessoas que estão sofrendo pelo ocorrido NÃO FAZEM PORRA NENHUMA. Gente que não se sensibiliza nem quando o crime ocorre dentro da própria família! E ainda querem ser gozadores de justiça verdadeira.

  103. AnaLee Postado em 15/Jan/2013 às 13:59

    Perfeita colocação, Anna! E, afinal...hoje, dia 15/01/2013....como andam as investigações, alguém sabe me dizer?

  104. Ivan de Souza Postado em 15/Jan/2013 às 15:13

    Bom tema para reflexões mais profundas, abrangentes. Quedar-se apenas diante do acontecido e seu desdobramento trágico, devido à possível fragilidade emocional de vítima, ou aos prováveis constrangimentos que sofreu na sequência do ato covarde não irá resolver o principal motivo da sandice perpetrada em um ambiente chamado vip, top etc... O hediondo acontecimento apenas alojou-se em um endereço dito nobre, rico. Contudo, a raiz de tais desvarios está na permissividade e tolerância cega com que as sociedades acobertam as transgressões morais. Muito se tem falado da banalização das imoralidades, da violência, da criminalidade e da corrupção, temas que resultam em polpudos, escandalosos lucros para os aproveitadores materialistas, para os que apenas enxergam oportunidades de ganho onde deveriam ver oportunidades de serviços inestimáveis para a espécie humana. Desde o policial corrupto, verdadeiro bandido abrigado sob o manto de impunidade conferido pelo estado letárgico em que se encontram as instituições públicas , até o cidadão de altos rendimentos que afronta ética e sensibilidade corrompendo e deixando-se corromper pelas facilidades e benesses do poder, todos sofremos as consequências de uma vida em que o "cada por si" tornou-se palavra de ordem e onde as idéias altruístas são sufocadas pelo imediatismo dos ganhos que a irresponsabilidade confere aos covardes e aproveitadores. Enquanto houverem especuladores financeiros, selvagens vestidos em griffes caríssimas, que, com seus bilhões investem em papéis e utopias e, da noite para o dia, quebram países inteiros ao transferirem seus fundos para outras zonas de interesse, outros países da vez à serem espoliados, haverá a insegurança e faltará a paz social. É muito mais profunda e complexa a história humana e seu acervo de conquistas, algumas danosas e outras tantas, boas e promissoras, para que se possa entender e explicar os desvios de conduta e a impunidade de alguns (aí, neste ponto, fica evidente que a classe mais abastada tem mecanismos de blindagem e autodefesa quase instransponíveis). Entretanto, é uma pena que muitos ainda não acreditem na existência de Deus e, por aquele prisma, vislumbrem de forma muito limitada todo o universo de possibilidades existentes para o engrandecimento da evolução espiritual da Humanidade. Tolos. Simplesmente tolos, ainda! Um dia, lá adiante, quando não puderem mais disfarçar a fragilidade de seus conceitos, haverão de arrepender-se perante a inelutável constatação de que somos muito, muito pequeninos diante de toda a Obra do Criador. Finalmente, reencarnacionista que sou, devo dizer que tudo na vida é feito de escolhas e merecimento, pois, como diz, sàbiamente, a máxima espiritualista, " O plantio é livre (escolhas), mas, a colheita é obrigatória (merecimento)." Assim, sob esta ótica, fica mais simples entender o merecimento da jovem suicida e, ainda mais fácil, saber o que aguarda aos perpetradores da triste investida. Oremos por ambas as partes e, da nossa, cuidemos de Vigiar e Orar, para que, sendo constantes nos Deveres e praticantes fieis do Bem, estejamos livres de qualquer perigo.

  105. Guilherme Postado em 15/Jan/2013 às 17:03

    Que pena que eu tenho das pessoas que não acreditam em justiça divina! Até a física quântica com seus cientistas céticos já assumem que existe sim uma lei universal de ação e reação, e que cada um ou cada religião chama do jeito que quiser, então você pode dizer que é ateu e não acredita em nada divino e que não acredita em justiça divina, mas contra a ciência, contra as energias, contra a física quântica, contra a astronomia, contra a astrologia fica difícil dizer que não acredita!!! Fora as provas racionais que o homem busca e sempre buscou, tem as provas como Chico Xavier e tantos outros semelhantes a ele!!! Por isso digo que não existe homem bom e homem ruim, existe homem com conhecimento e homem ignorante sem conhecimento, pois quem acha que pode fazer o que quiser nessa vida que não terá consequências futuras, está precisando estudar um pouquinho, ler e se interar sobre os avanços da ciência e da religião!!! O plantio é livre, mas o colheita é obrigatória! Espertos aqueles que percebem isso antes que seja tarde! Quem fez o que fez com a estagiária suicida irá pagar de um jeito ou de outro, pois a cada passo errado que o homem dá achando que está andando pra frente, quando ele menos espera a vida lhe obriga a dar dois passos pra trás, e aí ele sente o peso de sua colheita mediante ao seu plantio do passado!!! Fujam das religiões, fujam dos dogmas, fujam dos rituais, olhem para dentro de si e realizem o autoconhecimento, não há nada melhor para provar para si mesmo o que é verdade e o que é mentira no mundo!!! Para aqueles que não acreditam, não tem problemas, pensem que são sortudos, pois quando morrerem nós que acreditamos estaremos lá para amparar vocês!!! Que a família dessa moça suicida tenha equilibrio para superar esse fato, sem perder a cabeça e jogar a razão no lixo! A justiça pode tardar, mas ela não falha nunca!!!

  106. Anônimo Postado em 06/Feb/2013 às 14:04

    Posso dizer, mais do que ninguém, que sei que o silêncio incomoda. Fui trainee do banco Itaú BBA e, muito descontente com um claro desrespeito e assédio por parte de um superior, troquei de área sob a condição de que tal fato, gravíssimo na visão do RH, seria levado ao Ombudsman para que pudesse ser tratado devidamente. Esse combinado só havia sido feito pois eu já havia pedido demissão e eles pediram para que eu ficasse e desse mais uma chance ao banco. Qual não foi minha surpresa ao descobrir que eu, um mês depois, fui demitida do banco sob alegação (sem prova ALGUMA) de que eu havia mandado informações confidencias a terceiros. E o agressor? Continua com o seu salário e bônus usuais, se sentindo mais poderoso do que nunca. O ponto em questão não são as pessoas que praticam os atos. Com minha experiência, o que percebi foi que o sistema é TOTALMENTE corrompido, a ponto de não terem deixado eu me demitir, e um mês depois terem me demitido da forma que fizeram, me humilhando, menosprezando, e deixando claro quem é que manda. O ocorrido com essa jovem é uma fatalidade, sim, mas não é único. Este escritório de advocacia não deve ser condenado e estampado em todos os jornais como local de pessoas com síndrome do poder, arrogantes e mesquinhas, o mercado, por completo, é assim. Pessoas corruptas vão existir em qualquer lugar, e em um sistema de incentivos claramente corrompido, serão sempre maioria.

  107. bia Postado em 27/Mar/2013 às 07:58

    Com certeza isso virá a tona e os responsáveis serão punidos, ainda que em outra vida, ainda que em outro mundo.

  108. Conselheiro Postado em 04/Apr/2013 às 14:02

    Essa é a ética brasileira. Esses "bandidos" serão os caras que escreverão nos jornalões e revistonas sobre os desvios éticos dos pobres que recebem bolsa-família. Os canalhas dirão nos jornalões e revistonas: "incrível eles (os pobres) não se indignam com os 'criminosos' do mensalão". Pois é...e o "DOTÔ gilmÁ" do valorosíssimo STF, um dos pilares da República, deu um Habeas Corpus ao senhor professor doutor abdelmasshi (BANDIDO) possibilitando-o fugir do BR depois de ter sido denunciado, julgado e condenado a 278 anos de xilindró. E as pessoas ficam "escandalizadas" com, por exemplo, o Genoino (mora numa casa normalzinha, a única, comprada pelo BNH) que é apresentado como um "bandido" a ser exterminado pelo "MAIOR ESCÂNDALO DE CORRUPÇÃO DA HISTÓRIA DESTE PAÍS". E VIVA O BRASIL!!!

  109. Renata Postado em 14/Jun/2013 às 16:25

    os "grandes escritórios" do país existem pra fazer a podridão se movimentar. Humilham e desapropriam a polulação da justiça a cada novo grande contrato que assinam para defender e assessorar empreiteiras, hospitais, bancos, emissoras de tv e etc. O que fizeram com essa jovem foi apenas mais uma expressão do "ser abutre" que lhes define a vida e as carreiras. Sou advogada, sou mulher um caso como esse tem que ser levado a OAB, a delegacia da mulher pra onde qure que seja e ser divulgado às pampas, sem cautela, sem cordialidade. Só com barulho haverá algum tipo de possibilidade de apuração.

  110. sidney Postado em 02/Oct/2015 às 23:08

    O cara estuda e se forma em ser ladrão e assassino é o que advogado aprende sem excessão...

    • Maria Lígia Postado em 29/Jan/2016 às 20:00

      Sou advogada e não sou assim! Nunca generalize nada!

  111. Andrea Postado em 09/Jan/2016 às 12:29

    O mais assustador nesta história é a muito provável conivência de outras mulheres no ocultamento desta sordidez. Que tipo de mulher é essa que compactua com tamanha cretinice? Não são mulheres! São lixos morais, como os calhordas que precisam subjugar uma mulher para se sentirem homens. Eu, se fosse família ou amiga próxima a esta garota, iria até o fim do mundo para essa nojeira não passar incólume. Podem até não conseguir provar. Afinal, trata-se de um escritório que se dedica à usar as leis em favor dos seus interesses, mas há a condenação moral, que manobra jurídica alguma pode evitar. E que esses canalhas sejam todos nominados e expostos! Ao menos, os de bom senso podem se proteger dessa corja. Que Deus abençoe esta família...

  112. Thays Azevedo Postado em 29/Jan/2016 às 15:29

    Isso não acontece apenas no Escritório de Advocacia em SP, acontece em empresas públicas e privadas em todo o pais. Acontece esse tipo de violência e outros tipos. Quem nunca sofreu uma violência moral? Quem nunca ganhou um cala a boca do seu chefe? Quem nunca mandou um e-mail com uma 'denúncia' e nunca obteve retorno? Quem nunca foi demitido ou perdeu aquela promoção pq alguém te passou a perna, seja por inveja.. seja por brincadeira.. Infelizmente...

  113. Maria Lígia Postado em 29/Jan/2016 às 19:59

    Gente, mas existem provas de que isso tudo é verdade?