Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Homofobia 15/Jan/2013 às 20:36
42
Comentários

"Vou adotar um filho e nem o Papa pode me impedir"

No dia em que o Papa Bento XVI condenou a adoção de crianças por homossexuais, o deputado federal Jean Wyllys afirma que pretende adotar uma criança. “Vivemos num estado laico. Quero e vou adotar um filho. É um direito meu. E nem o Papa e nem ninguém pode impedir. Adoção é direito civil. Nenhuma igreja pode se sobrepor ao Estado”

Coincidência ou não, no dia em que o Papa Bento XVI condenou a adoção de crianças por homossexuais, o jornal Folha de São Paulo publica uma matéria com o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), ativista e homossexual assumido, que afirma que pretende adotar uma criança quando completar 40 anos de idade. “Vivemos num estado laico. Quero e vou adotar um filho. É um direito meu. E nem o Papa e nem ninguém pode impedir. Adoção é direito civil. Nenhuma igreja pode se sobrepor ao Estado”, disse Wyllys.

deputado jean wyllys adotar filho

Deputado Jean Wyllys diz que pretende adotar filho. (Foto: Agência Câmara)

Para o deputado, o posicionamento do sumo pontífice da igreja católica ao condenar o posicionamento da suprema corte de apelação italiana que garantiu o direito de uma mãe homossexual de manter a custódia de seu filho, é uma das causas que contribuem para manter o preconceito e incentivar a homofobia contra o segmento de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT). “A homofobia ganhou secularidade e o que é pior, laicidade. O que existe é uma demonização dos homossexuais e do povo de santo. O catolicismo e qualquer outra religião tem o direito de achar que a homossexualidade é pecado e eu tenho o direito de achar que não é. O que não pode é que este posicionamento seja utilizado por grupos que reproduzem este comportamento de forma violenta ou homofóbica”, observa o parlamentar.

Como exemplo deste comportamento, Wyllys cita o último levantamento feito pelo Grupo Gay da Bahia (GGB), um dos mais antigos a atuar em defesa dos direitos do semento LGBT, sobre o assassinato de homossexuais em todo o Brasil. Segundo a pesquisa, o número de mortes ligados a homofobia cresceu 27% em 2012 quando em comparação com o exercício anterior, chegando a 338 assassinatos. Desde 2005, os crimes do gênero subiram 317%.

Leia também

“Qualquer cidadão, seja heterossexual ou homossexual, está sujeito a sair de casa , ser assaltado e levar um tiro. Mas o homossexual está ainda mais exposto. Basta ser apontado como tal que a qualquer momento ele pode sofrer algum tipo de agressão unicamente por razões de gênero ou de escolha sexual. É um crime de ódio”, diz o deputado. Apesar disto, Wyllys reconhece que o incremento no registro deste tipo de crime pode estar ligado ao fato do grupo LGBT estar denunciando com mais vigor crimes desta natureza , diminuindo a subnotificação, bem como a uma maior intolerância por parte de alguns grupos sociais.

“Neste ponto a internet deu uma grande contribuição, um grande impulso, para que fosse criada uma reação contra uma situação que vivia escondida nos porões. Ela deu uma maior visibilidade a esta situação. Agora existe uma reação por parte do segmento LGBT , que deixou de ser um grupo invisível para a sociedade”, comenta. “Não queremos ter mais direitos que ninguém, mas queremos que haja uma igualdade válida para todos. Queremos apenas o cumprimento da Constituição, que veta o preconceito em todas as suas formas”, completa.

E é neste ponto que Jean Wyllis vai de encontro ao posicionamento tomado pelo Papa Bento XVI ao condenar a adoção de crianças por homossexuais. “A igreja não pode se imiscuir em questões referentes ao Estado. O Estado é laico. Isto é uma questão de direitos civis. Não pode haver uma discriminação desta natureza, que viole uma das cláusulas pétreas da Constituição que é indiscriminável”, defende. Apesar das críticas, Wyllys observa que os setores progressistas da Igreja e que atuam junto ao grupo LGBT possuem um posicionamento diferente do manifestado pelo Papa.

Paulo Emílio, PE 247

Recomendados para você

Comentários

  1. Luiz Fernando Postado em 15/Jan/2013 às 21:10

    Esse eu dou valor. O ódio e a ignorância estão tão fora de controle hoje, que mesmo heterossexuais estão sujeitos a serem perseguidos e atacados como homossexuais, muito por causa dos "fiscais de quarteirão" da vida, pontos de partida para esse tipo de violência.

  2. Marco Postado em 16/Jan/2013 às 15:05

    O papa tinha que se posicionar fervorosamente assim contra a pedofilia dentro da Igreja Católica e não abafar como fez nos últimos 30 anos. Isso sim é uma vergonha deslavada.

  3. José Postado em 16/Jan/2013 às 16:22

    Por acaso sou obrigado a aceitar ou concordar com o homosexualismo? NÃO ACEITO, NÃO CONCORDO, MAS RESPEITO a escolha de cada um. Será que não tenho esse direito? O Papa é o lider dos cristãos católicos, o que ele fala é para os católicos. Quem quer ser homosexual, que seja, o Papa em nenhum momento desrespeitou ninguém em não concordar, apenas falou em nome dos cristãos de verdade. Parece que a maioria dos homosexuais não respeitam uma palavra contrária aos pensamentos deles.

  4. Fabiana Farias Postado em 17/Jan/2013 às 07:28

    José: "...quem quer ser homosexual...". Parei de ler aqui!

  5. Lara Postado em 17/Jan/2013 às 12:05

    Fabiana, idem!

  6. Sara Postado em 17/Jan/2013 às 13:30

    Gente esclarecida é outra coisa

  7. rararadebaladeicekiss Postado em 17/Jan/2013 às 14:03

    José, segue o exemplo do pai adotivo de Jesus e fica na sua. bjo

  8. José Postado em 17/Jan/2013 às 17:49

    Já disse que respeito a "OPÇÃO" de cada um. Acho estranho que toda vez que alguém tem uma opinião contrátria vocês ficam "mordidos de raiva". Ninguém é obriado a aceitar ou concordar, precisamos nos respeitar.

  9. José Postado em 17/Jan/2013 às 18:10

    Caras Fabiana Farias, Lara e Sara, gostaria de me refir ao termo OPÇÃO SEXUAL. No dicionário Aurélio a palavra OPÇÃO assim se define: Ato ou faculdade de optar; livre escolha. - Como voces podem ver temos uma opção uma livre escolha, nós escolhemos o que queremos. Então é como eu disse "...QUEM QUER SER..." ou se preferir QUEM OPTOU POR SER. Abraços

  10. malu santas Postado em 17/Jan/2013 às 19:20

    "Não aceito, mas respeito". Como é que é? Se vc tiver um filho ou filha homossexual, não vai aceitar, mas vai respeitar? Explica aí, por favor. Tá meio confuso...

  11. José Postado em 18/Jan/2013 às 10:26

    Pois é...não é fácil! Na minha opnião RESPEITO é o que falta muito na gente. Eu não concordo com o casamento gay e principalmente com a adoção de crianças, mas embora eu não concorde eu não tenho o direito de desrespeitar qualquer pessoa por sua opção sexual nem que seja um filho ou filha. Cada um tem o direito de escolhas e opções. Se eu tiver um filho ou filha que fizer a opção pelo homesexualismo vou RESPEITAR mas não vou incentivar nem apoiar suas atitudes. É uma situação que espero não passar.

  12. Alice Postado em 18/Jan/2013 às 13:20

    A algum tempo que o termo OPÇÃO foi substituído por ORIENTAÇÃO!!!

  13. Si Postado em 18/Jan/2013 às 15:48

    Eu nunca optei por ser homossexual. Nasci assim e vou gritaaaaaar o qnt eu quiser tb. =D Odeio a igreja católica e a violência que ela comete.

  14. Lyndy Luca Postado em 22/Jan/2013 às 18:54

    José, talvez o que esteja lhe faltando seja olhar as coisas com mais clareza, mais despido de rotulagens, de opiniões pré-concebidas já há muitos e muitos anos, por pessoas que não aceitam e nem respeitam os homossexuais. Por exemplo: apenas diga-me o seguinte: em que a sua vida mudará com pessoas do mesmo sexo puderem oficializar o seu desejo de casar civilmente? Porque aqui ninguém tá falando em casamento em igreja, nada disso... ninguém aqui sequer mencionou igreja, bênção deste ou daquele pastor, padre, pai de santo, ou qualquer sacerdote religioso. Estamos falando de casamento civil, que apenas dá a quem o faz, direitos que você tem e que não precisa ir buscar na justiça caso se separe ou um dos cônjuges morra. Heranças, pensões, guarda de filhos, etc, etc, etc... Todos direito que você, enquanto heterossexual tem, mas que um homossexual, que é tão cidadão e pagador de impostos quanto você, não tem, apesar de a Constituição brasileira, lei absoluta e maior de uma nação, dizer que todos são iguais em direitos e deveres. Diga-me então, para que possamos compreendê-lo melhor: em que a sua vida é prejudicada por um outro cidadão também ter direitos civis como você e todos os outros heterossexuais tem? A segunda pergunta é: por que você é contrário a um casal homossexual a adotar uma criança? Acaso você acha que os homossexuais todos são pessoas más, que não prestam, para não ter o direito de constituir uma família? Outra pergunta: você acha justo que as crianças fiquem "mofando" nos orfanatos (sobretudo crianças negras e já maiorzinhas, que sempre ficam lá jogadas às moscas, porque os casais heretossexuais "preferem", como mostram as expectativas dos casais nas filas de espera, crianças brancas e ainda bebezinhas, eternamente à espera de uma família que as queira, tendo de crescer sem qualquer amor que lhes poderia ser dado, um lar, a que muitos casais homossexuais podem dar à ela, mas que não vão ter porque as pessoas respeitam, mas não concordam???? Por favor, José, explique-nos os por ques para que possamos compreender melhor o que você sente e não sejamos obrigados a concluir, diante de fatos como esses expostos, que se você pensa assim é por conta de um preconceito que vem desde lá de trás e que se entranha nas pessoas, impedindo-as de pensar, libertas dele. Pensar, refletir, raciocinar. Eu realmente espero ler a sua resposta. Fique com Deus, na Sua Paz!

  15. Fernando B. Ribeiro Postado em 25/Jan/2013 às 01:16

    "E agora, José? sua doce palavra, seu instante de febre, sua gula e jejum, sua biblioteca, sua lavra de ouro, seu terno de vidro, sua incoerência, seu ódio, - e agora?" Carlos Drummond de Andrade

  16. byga Postado em 05/Feb/2013 às 21:31

    Mas Deus pode querido.

  17. Guilherme Ferreira Postado em 12/Feb/2013 às 20:51

    O Papa não pode impedi-lo, mas Deus pode. "Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo!" (Isaías 5:20)

  18. juninho Postado em 16/Feb/2013 às 15:47

    deus é imparcial, não faz acepção de pessoas “Pois o SENHOR vosso Deus é o Deus dos deuses, e o SENHOR dos senhores, o Deus grande, poderoso e temível, que não faz acepção de pessoas, nem aceita suborno; (Dt 10.17)”. se, todavia, fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado, sendo argüidos pela lei como transgressores (Tg 2.9)”.

  19. Giulia Postado em 16/Feb/2013 às 22:31

    Alguém explique a essa... criatura, que adoção NÃO É direito dos pais, mas dos filhos! Para quem abana tanto a bandeira da legalidade (e sendo um legislador... hihihi) o cara não conhece a lei de adoção mesmo! Nenhum aspirante à ser pai adotivo tem direito algum! O beneficio, o direito é sempre do adotando!!!! Francamente, nosso Congresso só tem cara despreparado! Espero que o juiz da vara de adoções leia esta noticia e explique a este senhor que ele não tem direito nenhum!!!

  20. Giulia Postado em 16/Feb/2013 às 22:43

    José vc não está sozinho, não se preocupe. O problema é que como a noticia tem a ver com um gay... há uma revoada de LGBS automaticamente atraídos pela noticia. O respeito, para eles só vale se for para eles e contra quem pensa diferente deles. Vc tem direito a ter uma opinião CONTANTO que seja igual à deles... Com todo respeito que lhe tenho. E o fato de alguém entender a minha opinião como falta de respeito pq difere da sua... Só lamento. Eu não tenho como não respeitar vcs, eu sou católica, ou seja: o Amor me obriga amar-vos... E de fato vos amo, e rezo por vossas pobres almas... A vossa cruz tb pesa! Que Deus possa ter compaixão de vós e iluminar as vossas mentes.

  21. judith campbell Postado em 17/Feb/2013 às 13:38

    Jean,Adota various criancas si voce poder.Tem tantas presisando um lar,e muito amor, mais os pessoas so quer branco de olhos claros,e nem pense em amor para o crancia.Mais ensine eles a ser pessoas tao bom como voce.Sempre torceu pra voce desde do Big Brother,acho voce muito Inteligente,e tem Ideas bom,e o dom da palavra.Parabens.Desculpe,so Inglesa mais morro no Brazil,por isso os erros.Obrigada.

  22. Felix Albuquerque Postado em 20/Feb/2013 às 20:45

    Tem gente que é tão abitolado das ideias que não reflete nem um pouco e só olha pro seu próprio umbigo. Na Constituição Federal todos são iguais perante a lei. Isso de se casar no civil é um direito de todos, sejam héteros ou homossexuais. Senhorita Giuliana, você não sabe de nada! Nunca ao menos deve ter se colocado no lugar destas pessoas, que querem apenas serem reconhecidas como indivíduos de direitos igualitários. Não aponte o dedo, com sua religião, para algo que desconhece ou que tenta julgar em nome de Deus, visto que antes de tudo, Deus não faz acepção de pessoas. Hoje o que vemos é claramente o que as mulheres e os negros passaram (e ainda passam) com o constante preconceito social, agora com os homossexuais. Antes de fazerem uma nova inquisição, vejam que são apenas seres humanos. Ah! E outra coisa Dona Giuliana, não sou homossexual, mas mesmo se fosse continuaria apoiando o direito de quem quer que fosse! É incrível o que o medo e a ignorância faz com as pessoas, não se informam e já criam uma bolha, separando e julgando o que é aprazível de sua convivência. Os inacostumados que se acostumem... ou se possível, voltem para o século XIX e não voltem nunca mais. Pois a sociedade evolui, longa e efetivamente para todos.

  23. Joelson Postado em 22/Feb/2013 às 23:23

    Parabéns aí, Felix, e valeu, me poupou resposta à Giulia. Acho impressionante, de verdade, como as pessoas parecem não se dar conta de que a ÚNICA diferença entre um gay e um hétero é que o primeiro gosta de se relacionar com pessoas do mesmo sexo. É S Ó I S S O. Homossexuais ainda são vistos como aberração, o que é triste e desanimador. Se você não concorda, não gosta, etc., bem, é uma opinião, ninguém nega isso; agora, querer negar direitos civis - não é privilégio nenhum querer adotar uma criança, ou se casar no civil, mas um direito de todo e qualquer cidadão (incrível isso precisar ser dito...) - querer impedir esse direito já é outra coisa. Ao José já disseram também, só reitero o seguinte: falar em OPÇÃO sexual só mostra o tamanho da desinformação a respeito das identidades de gênero, o que em parte explica o ponto de vista do José, talvez. Ninguém "escolhe" ser homossexual: só pensar que pela mesma idade quando um garoto começa a sentir atração por meninas, um outro garoto começa a se interessar por meninos. É natural assim. Por isso o termo "Opção" é tão falho, não se trata de uma escolha, você escolheu gostar mulheres? Não. Você apenas passou a sentir essa atração em relação a elas. Simples assim. "Sometimes men love women Sometimes men love men..." (Phoebe Buffay)

  24. cristaomesmo# Postado em 01/Mar/2013 às 17:43

    Se nem Deus impede uma coisa dessas (porque cada um de nós temos livre arbítrio...) Mas não pense que será agradável a Deus! Não é!

  25. Jose Postado em 02/Mar/2013 às 09:35

    Gente, quem falou em opção, escolhas foi o proprio deputadozinho: "... unicamente por razões de gênero ou de escolha sexual. É um crime de ódio”, corrijam ele...

  26. jorge Postado em 03/Mar/2013 às 05:58

    deus criou o homem e mulher, para que se multiplica-se, se ele preferi-se que não tivesse a multiplicação deixava só o adão pra que eva, quer se gay, lésbica , tudo bem, entre quatro parede, essa abominação é contra tudo que deus criou, estão acabando com a familia que é o pilar da sociedade, e que deus tenha piedade deles, estão criando a terceira opção sexual, mais sque não é de deus nisso vocês podem ter certeza.

  27. jorge Postado em 03/Mar/2013 às 06:06

    uma criança adotada por um casal de gay, qual vai se a visão dessa criança. achar que duas pessoas do mesmo sexo, viver como se fosse um casal como deus quer que seja, o brasil tem que proibir que pessoas que tem relações injeituosa adote criança, isso alem de ser imoral, é uma a fronta a moral e bom costume

  28. Betina Postado em 05/Mar/2013 às 19:48

    Pelo amor de deus, a pessoa NASCE homossexual. Ninguém tá mordido de raiva não, vocês é que pedem um respeito descabido. Dar minha opinião é desrespeitar a sua? Vamos crescer. Jean, grande passo, meus parabéns. Acredito que ele vá ser um pai exemplar.

  29. Jessica Postado em 07/Mar/2013 às 22:38

    Pela última vez: homossexualidade NÃO É UMA ESCOLHA! Eu sou lésbica e nasci assim, não "escolhi" isso como uma opção de vida. Vocês acham o que? Que a gente acorda num belo dia e simplesmente diz "hoje eu vou ser gay"? PAREM PRA PENSAR, SEUS DEMENTES! Podem ter a opinião que quiserem e podem defender o que quiserem, mas vocês só saberiam a verdade se sentissem isso na pele. Por anos eu vivi depressiva escondendo minha sexualidade por puro medo da sociedade, hoje sou feliz comigo mesma pois não tenho que fingir ser o que não sou. Chega de preconceito e aprendam a aceitar os outros como eles são!

  30. Juarez Postado em 08/Mar/2013 às 11:24

    As religiões contrárias à homossexualidade, principalmente cristãs e islâmicas, acho que sempre assim serão contrárias à homossexualidade. A homossexualidade é minoria em relação à heterossexualidade, e a maioria sempre tem prevalência em cima da minoria. E a maioria é sempre preconceituosa sobre a minoria. Mas os direitos e deveres devem ser iguais para todos. Os homossexuais não são isentos de impostos. Então devem ter o direito, dentro da lei, de terem os mesmos direitos dos heterossexuais, inclusive, e bastante inclusive, de se casar. O resto é pura ignorância. É ditadura. É querer mandar na vida dos diferentes à maioria. Acho que vai demorar, mas a exemplo do divórcio, quando tudo for resolvido, ninguém mais vai falar destas coisas.

  31. Mr. Rover Postado em 14/Mar/2013 às 23:53

    velho, quanta discussão pra pouca coisa o.o

  32. Diego Postado em 15/Mar/2013 às 08:13

    Sr. Wyllys, releia a constituição ou faça uma simples busca no wikipédia e verá que o direito não é teu, mas do adotado. Posteriormente, os direitos dos pais biológicos são transferidos ao adotante. Foi tomado pela paixão e esqueceu de pensar.

  33. JOSÉ LUCIANO Postado em 17/Mar/2013 às 00:25

    A LIBERDADE É DE CADA UM, CADA PESSOA FAZ ESCOLHAS NA VIDA QUE A LEVAM A UM FIM, SER DIFERENTE NÃO QUER DIZER QUE ESTA FAZENDO A COISA CERTA OU ERRADA, SE NOS DEIXARMOS LEVAR PELAS EMOÇÕES E PELAS VONTADES, ONDE O SER HUMANO IRÁ CHEGAR? É HOMEM QUE DISTORCE AS LEIS DE DEUS, E NENHUM SER HUMANO TEM O DIREITO DE MUDAR A VONTADE DE DEUS, SE FOSSE ASSIM, NÃO TERIA CRIADO HOMEM E MULHER, A IGREJA NÃO CONDENA O HOMOSEXUALISMO, É O SER HUMANO QUE ESTA DISTORCENDO A HISTÓRIA, QUERO VER ONDE A HUMANIDADE VAI PARAR SE AFASTANDO DAS LEIS DE DEUS?

  34. Caio Postado em 20/Mar/2013 às 16:05

    Aos olhos da biblia isso é incorreto homossexualismo e abominado por Deus, o papa teoricamente segue a linha da biblia, o Jean quer se aparecer muito, não teve nem 13 mil votos e tá com essa banca toda. Sou bissexual por opção, discordo totalmente de travesti, de paradas gay e dessa PLC imunda a 122. O estado e laico Jean mais não é laissista!

  35. Robson Postado em 25/Mar/2013 às 13:07

    Bem falou a 'SI' que diz "odeio a igreja católica". É isso galera, atrás de todo esse discurso de 'tolerância', há um ódio contra todos os que não são homos e não manifestão aberta admiração. Respeitar pressupõe, para essa turma, ser homo...

  36. Lilith Postado em 26/Mar/2013 às 13:45

    hummm.... assistindo de camarote e guardando minha opinião pra mim, coisa que o Deputado pastor, deveria fazer !!!

  37. Felipe Postado em 26/Mar/2013 às 14:06

    Giulia, EU TB "AMO-VOS" MESMO COM ESSA CARA FEIA QUE VC TEM! um beijo, Felipe

  38. Daniel Rios Postado em 05/Apr/2013 às 22:21

    senhor deputado willis seu direito como cidadão deste país laico como você mesmo diz é tão comum como de qualquer outro brasileiro... Agora eu pergunto e o direito da criança onde fica? Será que ela tem o direito de escolher se quer ter um pai gay, bicha, travesti, boiola, ops! me desculpe a palavra correta é homossexual , seu direito é normal, o que não é normal é você usar a adoção de uma criança para atacar um pastor um padre ou o Papa, e querer ir contra qualquer ordem religiosa. Acho muito bom você rever seus conceitos egoistas e infames e pensar mais no próximo e não somente em si mesmo

  39. Valter Postado em 06/Apr/2013 às 22:15

    Parece que a maioria dos homossexuais não respeitam uma palavra contrária aos pensamentos deles. isso é a mais pura verdade pq o pessoa não comenta q um casal q adotaram um filho, e ficou famoso na TV principalmente na Globo q quer orientar nossos filhos a viver uma vida com toda liberdade, não noticiou q esse casal de gays estupraram seu filho adotivo, ai se que eles queriam orienta-lo, a td custo.

  40. Erika H. Postado em 09/Apr/2013 às 22:10

    Acho que o que muita gente ainda não entendeu é que o Jean não criticou o papa apenas por ele ter se posicionado contra a adoção por casais gays, mas sim porque o papa recriminou a decisão judiciária que garantiu esse direito a alguém. De certa forma é uma maneira do papa querer interferir, ou influenciar, o que é absolutamente inaceitável. O papa pode ser uma autoridade religiosa, mas só. Ponto final. A palavra dele não deveria valer mais do que a de qualquer outra pessoa pra quem não é católico ou perante a lei (de qualquer lugar que seja). Todo mundo tem o direito de acreditar no que quiser e ter a opinião que quiser, mas em hipótese NENHUMA pode interferir nos direitos de outras pessoas fazerem o mesmo. E , sinceramente, não entendo qual a grande preocupação dos religiosos em ter um estado laico. Laico não é ateu, muito pelo contrário, um estado laico possibilita direito a todos os religiosos e não-religiosos por igual, sem distinção. Sou atéia mas com toda a certeza iria completamente contra se um dia criassem algo que prejudicasse a religiosidade de alguém de alguma forma, por mínima que fosse, em defesa do estado laico.

  41. MARCIO Postado em 13/Apr/2013 às 20:35

    - JEAN WILLIS, parece que quer implantar a "religião homossexualismo". O cara diz que não respeitará á NINGUÉM !!!

  42. PAULO ROBERTO ARGUELLES DA COSTA Postado em 24/Apr/2013 às 19:53

    quando ele diz que irá adotar custe o que custar ele parece dizer que é um extremista que não tem cura .isso é patológico. tenho pena é da criança.