Redação Pragmatismo
Compartilhar
Racismo não 05/Dec/2012 às 21:34
64
Comentários

Manicure negra se orgulha de ser racista: "não faço unha de preto"

A "sororidade" entre negros e de gênero são falácias. O racismo é uma abominável fé bandida! E quem cala consente!

Por Fátima Oliveira

“Não gosto de fazer unha de preto. Saí de um salão no Rio porque, lá, só fazia unha de preto”. Cochilava. Despertei ao ouvir a frase da manicure Bete (Elizabete da Conceição Vaz Soares) num salão de beleza da avenida Prudente de Morais, bairro Cidade Jardim, do qual sou cliente há cerca de 12 anos. Era 29.11, por volta das 15h. Um susto, pois Bete é preta! Eis trechos do embate.

racismo manicure unhas pretas

Manicure se ufana de ser uma preta racista e que só faz “unha de branco”. (Foto: reprodução)

Sentada ao lado dela, que fazia unhas de uma cliente branca, tive de ouvir das “nojeiras” das unhas de preto, dos pés casquentos, rachados, da sujeira, numa generalização odiosa e falsa. Um protótipo de negação da negritude, a exibição do ódio racial. Sinalizei que a conversa, no mínimo, incomodava: “Bete, você não mora numa terra sem leis; no Brasil, há leis, e o racismo é crime inafiançável. Alguém pode denunciá-la”.

Ela tripudiou, desfiando seus ascos das unhas encravadas, das cutículas e dos cascos duros de preto! Pensei em sair. Fiquei. Não permitiria ao racismo levar a melhor. Adverti, mais uma vez, que ela poderia ser presa e processada e que eu não era obrigada a ouvir aquilo, pois meu dinheiro vale tanto quanto o de branco, talvez seja mais valioso do que o de muita gente, preta ou branca, porque é ganho honestamente.

Irritadíssima, disse que não falava comigo, logo, eu não tinha de me meter. “Não sou surda; aqui é um lugar público, onde há muita gente sendo obrigada a ouvir impropérios racistas”. Indaguei se ela se assumia como uma preta racista. Respondeu: “Sim, sou mesmo uma preta racista. Sou mesmo!“.

“Então, nunca mais vai fazer minhas unhas”. Disse que tudo bem. E, irada, lançou o desafio-ameaça: “Quero é ver quem vai me denunciar!”

Leia também

“Eu! Vou denunciá-la por racismo! Todo mundo aqui é testemunha. Não aceito ser vítima do seu ódio racial”.

Ao sair, de pé, diante dela: “Pra não dizer que sou intransigente, dou a chance de se desculpar, pois, para ofensas públicas, só valem desculpas públicas”. Vociferou que não pediria, que não falara comigo, pois eu não era negra, mas morena.

“Oh, eu sou tão preta quanto você, que já comeu muito às custas do meu dinheiro, e eu me beneficiei do seu bom trabalho. Nunca mais vai comer, pois vai fazer unhas agora, se não me pedir desculpas, lá na Nelson Hungria” (não lembrei o nome da penitenciária feminina).

“Vou chamar a polícia, e você sairá algemada daqui”. Ela repisava que não pediria desculpas. A turma do deixa-disso: “Pede desculpas, Bete, ela ficou ofendida”. Retruquei: “Não é que fiquei ofendida; fui ofendida gratuitamente, e estou sendo caridosíssima, dando-lhe oportunidade de se desculpar!”.

De modo meia-boca, pediu desculpas: “Eu estava brincando!”. Diante dela, por telefone, relatei o ocorrido ao dono do salão, frisando que o salão dele iria fechar, pois, pela segunda vez, eu era vítima de práticas racistas ali: a primeira, há mais de dois anos. Outra manicure, a despeito de eu ter horário marcado e ela ter sido avisada três vezes, pelo caixa do salão, de que o horário era meu, fez ouvidos de mercador: atendeu uma cliente, branca, marcada depois de mim! Foi uma prática racista, mas ela, que não é branca, agiu silenciosamente. Não é possível provar!

A “sororidade” entre negros e de gênero são falácias. Agirei para que se cumpra a lei e comuniquei à Coordenadoria Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Belo Horizonte, que tem em mãos fatos suficientes para bancar ações de “tolerância zero contra o racismo” nos salões de beleza belo-horizontinos. Era pra ontem. O racismo é uma abominável fé bandida! E quem cala consente!

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Anon Postado em 05/Dec/2012 às 23:19

    vc tinha de gravar a conversa no celular e chamar a policia.

  2. iure Postado em 06/Dec/2012 às 15:52

    Santo Deus...nunca imaginei que pudesse existir uma criatura dessas

  3. A. Kandimba Postado em 06/Dec/2012 às 17:18

    Nao me choca nada. O verdadeiro racismo, e bem praticado, tem por fins de racialmente fazer com que a vitima tenha odio por si proprio. Apesar de cometer um crime, essa mulher e' vitima do racismo. Ela e' doente e existem muitos como ela. Tb achei ridiculo a expressao "preta racista". Alguma coisa seria "pessoa racista".

    • Ludo Final #Trendy (@Ludo Postado em 19/May/2014 às 04:07

      Ela é auto-racista, que é o pior tipo de racismo.

      • Joane Farias Nogueira Postado em 16/Nov/2014 às 06:44

        Ela não se chicoteou, não se viu somente como bjeto de prazer e luxúra, ela não negou emprego pra ninguém, e não vai dar dura ou bater em negro e favelado. Nem de longe ela é a pior racistal E o seu atenuante é ser negra e ter aprendido isso de branco.

  4. Helena Postado em 07/Dec/2012 às 12:05

    deveria ter denunciado... é por isso que coisas como essas continuam impunes... e ela mesma sabe disso!

  5. Aron Postado em 07/Dec/2012 às 12:32

    Sabe que eu estava pensando nisso um dia desses? eu também, sendo negro, já sofri discriminação por parte de seguranças negros em um clube de belo horizonte, chamado deputamadre, onde os playboyzinhos brancos podiam sair e retornar, e eu, "a gentalha", após sair para tomar um pouco de ar do lado de fora, fui impedido de voltar para dentro do clube, sob a alegação de que eu não era vip! Isso depois de pagar 40 reais de entrada! O mais triste do racismo no Brasil é justamente o fato de também existirem negros sem uma postura crítica aprofundada, e portanto extremamante racistas, e que se consideram "melhores" por ainda continuarem servindo na casa grande! isso sim é doença!

  6. Luh Souza Postado em 08/Dec/2012 às 14:26

    Não. Bete NÃO É RACISTA! Bete É A VITIMA DO RACISMO!! Entendam os bestas da terra! Entendam!! Bete é fruto do que o racismo fez e faz na cabeça dos negros. Afinal, alguém aqui gostaria de ter nascido preto? Não, ninguém gostaria de enfrentar o que um negro enfrenta pra viver. O sábio Malcolm X disse em seu discurso: "Quem foi que te ensinou a odiar sua boca, seu nariz, os seus cabelos, os seus iguais, o que Deus te deu??" (ver no You Tube: Por Qualquer meio necessário) Não coloquem a culpa nela. Apenas ela odeia o espelho dela, e em hipótese alguma Bete pode ser racista, uma vez que só o negro pode sofrer racismo neste mundo. Alguns brancos dirão: ah, mas eu sofri racismo me chamaram de lagartixa branca, e eu diria: Hahahhahahahha! Então você é uma lagartixa Branca? Pq eu sou NEGRA mesmo e o racismo é contra quem é negro. Você se vê em tudo e pode acreditar que brancos não mostram uma lagartixa como Gisele Bundchen, a mulher mais linda do mundo. Simplismo pra cair fora da mea culpa. Até mesmo os não racistas soltam pérolas racistas sem o perceber. Defendo a Bete, a pobre Bete, que ainda não sabe o quanto o racismo dos brancos a fez adoecer e se odiar. Por exemplo, uma negra consciente jamais colocaria este texto em evidência, dando conta de uma Bete negra racista, mas a faria entender que o ódio que ela nutre é 'NEGAção" de sí mesma. Um branco dificilmente, só mesmo os que estudam acerca do problema, diriam: "Olha só o mal que nossos antepassados fizeram a este povo! Temos obrigação moral de limpar a sujeira que herdamos deles. Somos todos culpados por esta negra ter ódio de ser quem é!" Mas a postura é um dedo acusadro e inquisidor: Olha só que negra racista!!! E a história queridos brancos da terra? E a história?? É o que a droga da escravidão fez, idiotas!! Façam sua mea culpa quando garotos (as) chamou um(a) negrinho(a) de macaco, de fedido, de qualquer outra coisa... Cada um de vocês, tornaram um negro ou negra infeliz por serem nergros. Sei bem que lá no fundo, vc sabe que fez isso sim!! Ah, mas eu não fiz de jeito algum. Não? E quando você viu e nada fez, manteve silêncio? Não. Bete NÃO É RACISTA! Bete é a VÍTIMA DO RACISMO!!! Entendam de uma vez por todas!

    • Ludo Final #Trendy Postado em 19/May/2014 às 04:15

      Entendi."Todo homem é machista. Nenhuma mulher é machista. São todas feministas! Não existe negros racistas. Todo branco é racista. Só existe racismo contra negros. Todo branco é rico e opressor. Todo negro é pobre e sofre." Parabéns!

      • Joane Farias Nogueira Postado em 16/Nov/2014 às 06:56

        O homem se beneficia do machismo; a mulher não se beneficia de nada . Ela só repete com outras o que os homens ensinaram a ela:quela é inferior. Ela assimila os conceitos aprendidos e os repete como papagaio por aí. Não quer dizer que ela será imputável, mas não pode ser vista da mesma maneira que uma pessoa não negra e racista. Os que não são negros e os que são homens ocupam posições melhores, tem mais respeito da sociedade e outros privilégios. Acredite, ela não deve nem se considerar negra. Deve se achar parda, então, ela não vai ser taxada como algo ruim. Aí,ela se junta com seus algozes só para disfarçar que é negra O mesmo se dá com machistas e mulheres machistas. É uma forma de fuga e de proteção. E , não, não há racismo contra branco. No máximo chamam vcs de branquelos azedos, mas vc não perdem ou deixam de ganahr empregos por causa da cor da pele, não sofrem batidas polícias por causa da cor e etc. Sofrer racismo é bem mais do que ouvir "iogurte azedo".

  7. Guilherme Augusto Postado em 09/Dec/2012 às 17:23

    Isso é mais comum do que se imagina. Negros racistas. Pobres com preconceito de classe. Não é uma manifestação hipócrita. É o só o reflexo do ponto mais alto que o discurso preconceituoso pode atingir, e a consumação de seu sucesso! E essas pessoas continuam garantindo as bases mais profundas do racismo e preconceito, porque como se não bastasse o paradoxo que elas representam, elas ainda servem de um ótimo supedâneo para teorias sociais e morais e análises antropológicas de Reinaldos Azevedos e outras aberrações do gênero. Por exemplo, no dia da consciência negra em novembro recente, a Veja se regozijou de ter encontrado um vídeo do Morgan Freeman criticando a necessidade de uma comemoração para a consciência negra, mas o vídeo era de alguns minutos de uma longa entrevista, não colocada na íntegra e nem explicada ao leitor, numa clara operação de desonestidade, bastou o trecho em que Freeman, negro, criticasse um benefício voltado para os negros, para sustentar todo um artigo de um dos colunistas fascistas da revista em seu site oficial na internet, ou seja, o leitor não era incentivado a refletir que lá nos EUA há um mês dedicado aos negros (fevereiro se não me engano) e que Morgan criticava isto, e ainda assim, não se sabe a natureza e o contexto da entrevista e até onde vão essas críticas ou o que foi falado até ali na entrevista... com isto o douto colunista já conseguiu realizar uma genial análise comparando o DIA, aqui no Brasil, com o MÊS, nos EUA. Como se dia e mês tivessem a mesma duração, como se a história de luta e social dos negros fosse a mesma aqui e lá, como se comemorar a consciência negra, até mesmo facultando feriado, fosse uma ofensa aos bem intencionados e racionais, como se elite branca e os negros que se comportam como branco que façam parte da elite se ofendessem com o feriado ("coisa de brasileiro vagabundo", como bem se viu escrito em muitos comentários ao artigo) no dia da consciência negra, mas não acham estranho ou subvertido um feriado cristão que comemora o nascimento de cristo, quando o que se tem é uma sociedade com múltiplas crenças e um Estado laico.

  8. Rodrigo Teixeira Postado em 10/Dec/2012 às 09:37

    Luh Souza "Não coloquem a culpa nela. Apenas ela odeia o espelho dela, e em hipótese alguma Bete pode ser racista, uma vez que só o negro pode sofrer racismo neste mundo." Se pensa que só os "negros" podem sofrer racismo, você só mostra o quanto limitada e desentendida é. Primeiro, porquê parte do princípio que o mundo está dividido entre negros e brancos, quando há milhões de etnias e raças mundo afora sofrendo preconceito. Racismo é discriminar alguém por sua raça, e sim eu já fui mal recebido e "mal tratado" ( no sentido do trato ) em um meio predominantemente negro simplesmente por ser branco ser ter sequer falado algo. Entendo exatamente o porquê fui tratado assim. Sei que a maioria dos negros tem alguma experiência negativa para contar em termos de racismo, e logo a maioria transforma as pessoas de pele branca em seu "algoz" e imediatamente assume que quem é branco é racista. E associar qualquer característica de maneira generalizada a cor de alguém é sim racismo. Assisti recentemente uma entrevista do Morgan Freeman, onde ele diz que é absolutamente contra o dia da consciência negra. "Não tenho orgulho de ser negro, tenho orgulho de ter uma carreira bem sucedida e de ter criado os meus filhos honestamente. Negro é apenas a cor da minha pele. Coisas como dia da consciência negra, só servem como subterfúgio para pessoas conseguirem cargos políticos, e criam uma premissa que eu abomino : Que eu e você (o entrevistador é negro) somos diferente porque temos cores diferentes. " O racismo só vai acabar, quando TODOS ( negros e brancos) pararmos de nos dividirmos em raças.

    • Maria Jose da Silva Postado em 22/Dec/2013 às 12:35

      Concordo com você Rodrigo,sou cor de ravo ninguém pode designar minha cor,mas se chamarem de preta não me incomoda o fato de ser realmente de pele mais escura,no entanto meu filho de catorze anos por ter a pele mais clara,tem sido vitima de racismo pelos meninos negros até então.

    • Joane Farias Nogueira Postado em 16/Nov/2014 às 07:03

      Não, o dia da cultura negra é importante para o próprio povo negro,dia de celebrar e lembrar que há mais que EUA influenciando nossa cultura.Morgam Freeman disse que o racismo não acaba quando pararmos de falar nele. O racismo não acaba quando pararmos de falar nele. Ter orgulho de ser negro é um grito para queles que pensam ser uma vergonha ser negro e isso é válido. Quem somos nós ou mesmo o Morgan para definirmos como a população negra quer acabar com racismo. Vc foi hostilizado e ficou com medo de pessoas que te viram como inimigo. Agora, vc se colocou realmente no lugar deles, mas ainda não sentiu a empatia necessária para entender o que eles passam. Já que depois de tanto tempo sendo tratados como lixos, os negros te olharam torto e vc não aguentou dois minutos de opressão.

  9. Lucas Postado em 11/Dec/2012 às 02:10

    “Oh, eu sou tão preta quanto você, que já comeu muito às custas do meu dinheiro, e eu me beneficiei do seu bom trabalho. Nunca mais vai comer, pois vai fazer unhas agora, se não me pedir desculpas, lá na Nelson Hungria” (não lembrei o nome da penitenciária feminina)." Esse comentário foi ABSURDAMENTE classista, arrogante e preconceituoso. "Come às custas do meu dinheiro" é o típico argumento de um pequeno-burguês imbecil que se utiliza das mazelas do sistema capitalista como apelo a "autoridade". Não se combate um preconceito com outro.

  10. Rodrigo Teixeira Postado em 11/Dec/2012 às 08:56

    Lucas : CLAP CLAP CLAP CLAP CLAP !

  11. Ismael Postado em 14/Dec/2012 às 00:04

    Fiquei na dúvida se o Rodrigo Teixeira é burro, ignorante ou cínico mesmo - deve ser racista! Por suas palavras você mostra que não sabe nada da história racial do Brasil ou dos EUA ( quando cita o ator norte-americano Morgan Freeman). O problema racial brasileiro, negado em seu discurso superficial, ridículo, confuso e elitista ( pessoa querem cargos políticos?... parece demotucano se baseando em Veja... nojento!) é de marca e é tão sutil a ponto do sociólogo Florestan Fernandes dizer que "temos vergonha até de ter preconceitos". No caso dos EUA, o governo daquele país no começo do século XX, decretou a Lei da Única Gota (de sangue) que proíbiu a mistura de sangue entre brancos e negros. Ora, isso gerou uma cultura de falta de solidariedade classe e consequentemente uma mentalidade politicamente reacionária entre os negros norte-americanos a ponto de vítimas célebres do racismo, como Freeman, acharem desnecessárias as lutas dos movimentos negros por seus direitos. Sartre dizia que "se um judeu pode esconder que é judeu ficando perto de um branco qualquer; mas se um negro ficar perto de um branco, é claro que será notado pela sua cor"!No mais, para seu governo, foram os negros africanos as vítmas do racismo e da escravização do Ocidente branco na história Moderna e Contemporânea e não outro povo qualquer; logo, seu argumento de que existem várias etnias sofrendo preconceito e que você (desce daí, cara!) é tremendamente ridícula por que igualitariza um sofrimento que é e que foi negativamente desigual! Você não sabe nada da questão racial - aqui ou na América do Norte porque sua leitura é medianamente racista!!

    • Ludo Final (@LudoFinal) Postado em 19/May/2014 às 04:26

      Você se deu ao luxo de escrever tudo isso só pra dizer que todo branco é racista e que todo negro é vítima, sendo que só há racismo contra negro, nunca partindo do negro. Em que mundo você vive, hein? Você pelo menos leu o artigo do blog? Tentou entender?

  12. andreza Postado em 23/Dec/2012 às 17:50

    infelizmente essa é uma verdade.....o racismo na maioria das vezes vem do proprio negro

  13. Vanessa Postado em 17/Jan/2013 às 18:57

    O que mais tem nessa vida são negros preconceituosos e falsos brancos subjugando os Negros, e brancos que aqui moram que humilham veemente nós negros. São mulheres "brancas" que só namoram negros que tenham condições financeiras para bancar os seus ridículos caprichos. São negros que por não conhecer ou por ter vergonha da sua história não namoram negras, e quando namoram é para ser menos do que ele seria para uma branca. Acho ridículo esses tipos de pessoas que nasceram ou moram em um País miscigenado, onde ninguém é branco legitimo e vivem se achando a limpeza da Negritude. Comem através do nosso trabalho ou pela nossa força de produção e insistem a reproduzir o que não somos. Seus antepassados nos exploraram até umas horas, "roubaram" o que nos pertencia e ainda insistem em tentar baixar nossa auto estima e colocar títulos que não nos pertence. Coitada da manicure que não se acha Negra, na realidade ela foi podada da Verdade do que é ser Negro...a culpa não é dela, existe uma educação errada que ela recebeu e por isso até hoje reproduz. Nasci numa lar racista, onde a cultura quando as mulheres estavam gravidas era de tomar Leite de magnésia para limpar a barriga para o bebe nascer branquinho, mas graças a Deus tive educação escolar suficiente para para entender, aceitar e me orgulhar de ser Negra... Até hoje sou grata a Deus e aos meus professores que me ajudaram a entender que ser Negro não é ser feio, não é ser ladrão, não é ser vagabundo... Ser negro, é ser um Humano que teve menos acesso aos princípios básico que todos deveriam ter, e enquanto tiver vida deve lutar e alcançar seus objetivos, sei que não é fácil... Hoje sou uma Assistente Social e Sanitarista, mas não foi fácil, o caminho é longo e árduo... Mas vale e muito... Vamo nessa Negritude... Estudar... Estudar...e Estudar essa é a nossa arma contra o preconceito!!!

    • perla Postado em 06/Jun/2014 às 06:09

      Obrigada ,vc e uma mulher lutadora,lindas palavras.

  14. Isaac Postado em 23/Jan/2013 às 03:11

    Meu Deus, estou ESTUPEFATO com isso! Sabia do poder da cultura de preconceito na nossa sociedade, mas não imaginava chegar a esse ponto, estou perplexo!

  15. Pablo Postado em 29/Jan/2013 às 22:37

    Apenas mais uma que aprendeu a a se odiar assistindo tv. Todo branco fala que o racismo vem do próprio negro, mas cá pra nós: Quem é que faz os comerciais de produtos na tv? Os brancos. De que cor é a barbie? Pra ser paquita tem que ser...? Quem faz o comercial de creme dental, shampoo, margarina...? Na novela, quem é o patrão e quem é o empregado? Quem fica com o papel de bandido? Os senadores, ministros e deputados em sua maioria são...? E nos outdoors, juro que nunca vi um negro. Então é uma coisa a se pensar. Eu ligo a tv e parece que estou na Europa, imagine uma criança negra o dia todo na frente da tv, pergunte a ela quem é mais bonito, quem é mais inteligente, quem é o bonzinho, quem ela queria ser... pergunte! Ela vai dizer que é o branco porque para ela o negro é sempre o empregado, o bandido, não que ela seja racista, mas a forma pejorativa, manipuladora, nórdica europeia que a tv transmite. Digo isso por experiência própria. Tenho uma sobrinha de 6 anos que é negra, tem o cabelo crespo e me disse que o sonho dela é ter o cabelo liso. Desliguei a tv, conversei com ela e confesso que chorei de raiva. Na minha presença, nunca mais ela assiste tv.

    • Ludo Final (@LudoFinal) Postado em 19/May/2014 às 04:34

      Sou moreno (branco do cabelo preto) e tenho raiva do Fascismo tão grande que há no Brasil. Infelizmente, o que você disse é verdade. Acho que sou um dos poucos brasileiros que não quis ser loiro do olho azul. O Brasil tem que mudar!

  16. Rose Postado em 31/Jan/2013 às 13:28

    só lamento muito que não tenha havido a denuncia formal na polícia! enquanto as coisas forem tratadas assim, no ambito privado,onde um simples pedido de desculpas resolve, nunca vamos acabar com essa prática vergonhosa!

  17. Maria Eduarda Postado em 06/Feb/2013 às 13:45

    qual o nome do salão?

  18. Christiane Postado em 07/Feb/2013 às 16:25

    Achei a idéia do texto muito boa, mas infelismente não posso dizer isto sobre o conteúdo texto.. vi preconceito de classe descarado, auto promoção sem questionamento, sem reflexão, um "fiz isso", "disse aquilo" sem propósito e principalmente sem uma reflexão aprofundada, como se a autora fosse paladina contra o racismo e por isso refletir é menos que mostrar ação.

  19. Isaac Postado em 10/Feb/2013 às 19:23

    Pablo, excelente teu comentário, filho meu não iria assistir programação de tv aberta em hipótese alguma, a rua poderia lhe ensinar o errado, mas pelo menos em casa jamais teria qualquer mal exemplo que seja, e isso tenho certeza que já faria total diferença.

  20. Tatiane Postado em 26/Feb/2013 às 12:50

    “Oh, eu sou tão preta quanto você, que já comeu muito às custas do meu dinheiro, e eu me beneficiei do seu bom trabalho. Nunca mais vai comer, pois vai fazer unhas agora, se não me pedir desculpas, lá na Nelson Hungria” (não lembrei o nome da penitenciária feminina).” Esse comentário foi ABSURDAMENTE classista, arrogante e preconceituoso. “Come às custas do meu dinheiro” é o típico argumento de um pequeno-burguês imbecil que se utiliza das mazelas do sistema capitalista como apelo a “autoridade”. Não se combate um preconceito com outro. CLAP CLAP CLAP (2)

  21. Wagner Postado em 28/Feb/2013 às 00:00

    Somos criados em uma sociedade ocidental permeada de cultura "branca". Tenho a pele escura, mas inexoravelmente, tenho a mentalidade condicionada pela massificação da cultura europeia. Paradoxalmente, sou negro com o olhar branco, pois a sociedade em que me insiro e da qual assimilei os padrões comportamentais assim o é. Os negros acabam por agir e pensar como a classe dominante, e , assim, preferem as louras, crianças gostam de barbies, homens e mulheres manifestam comportamentos racistas...é uma pena, mas é fato. Somente através da inserção do negro no tecido social, através de ações afirmativas, poderemos olhar o mundo sem o véu do preconceito.

  22. Danilo Claudino Postado em 01/Mar/2013 às 10:52

    Fátima, boa tarde. Em primeiro lugar, eu gostaria de lhe parabenizar pela matéria, com a qual você elucidou brilhantemente. Meu nome é Danilo Jose Claudino, Curso o VII°. Semestre de Direito da Universidade UNISA e eu agradeço imensamente pela coragem e capacidade de sua matéria publicada. Meu TCC do décimo semestre, versara sobre esse mesmíssimo tema: "O SUJEITO ATIVO NO CRIME DE INJURIA RACIAL E RACISMO". Eu ficaria muito grato e honrado se pudesse publicar sua matéria como anexo do meu TCC, também gostaria, com sua permissão, de conversar contigo, segue o meu e-mail: [email protected] Muitíssimo obrigado e aguardo resposta.

  23. Mundo Polêmico Postado em 20/Mar/2013 às 20:38

    Acho muito errado o que ela fez, mas acho errado também existir a lei que proibi esse tipo de posição que ela teve, nós não temos que calar os racistas e sim tira-los da ignorância ( é obvio, acho que a lei deve tomar providencia quando a pessoa humilha a outra de forma direta, ex: você é uma macaca ou Fulana é ignorante, afinal ela é negra e quando a pessoa incentiva a violência física, ex: vamos exterminar os negros) afinal censura-los não vai acabar com o racismo e sim esconde-lo, digo e repito isso, proibição não é a solução do racismo. Da próxima vez prove para ela que esse racismo todo não passa de um reflexo da sua ignorância, afinal pesquisas mostram que aqui no brasil não existe uma "separação" biológica real entre brancos e negro. (se existe é uma exceção raríssima)

  24. Adilson de Freitas Postado em 10/Apr/2013 às 01:54

    O QUE FAZER COM UM RACISTA? É hora de oferecermos amor e perdão a esse jovem espírito. Ele precisa ser recuperado. Seres mais espiritualizados têm que proporcionar-lhe oportunidades de trabalho e redenção. O amor e a compreensão representam medicamento vitalizante em todo tempo! Que ele, com mais caminho de vida e com mais reflexão possa se reconhecer como filho da luz. A vingança e o desejo de punir cegamente são convites das sombras! Se somos de fato todos iguais, temos que cuidar (e não condenar) daquele irmão que ainda não encontrou o caminho... Precisamos mostrar-lhe a bênção que é reconhecer o próximo como nosso igual !!!! (Adilson de Freitas)

  25. joao Postado em 10/Apr/2013 às 21:35

    Rodrigo teixeira é um excremento reacionário metido a intelectual um lixo mal intencionado que discursa sobre o que não sabe baseado apenas em seus preconceitos.

  26. Daniela T Postado em 17/Apr/2013 às 09:03

    Acredito que a atitude da Manicure pode ser resumida como uma tentativa de se estabelecer como 'superior' aos outros negros, pois negando trabalhar para negros ela se sente mais branca do que negra, uma posição segura e confortável quando se vive em uma sociedade racista. Quando ela faz afirmações sobre os defeitos dos negros, repare, são os OUTROS negros e não ela. Ela não está diminuta à condição de negra. Ela reconhece os 'defeitos' da população negra, os rejeita e passa a uma posição superior, uma 'preta' mas não como as 'outras'. Assim, ela não chega a ser uma branca, mas se acredita se aproximar dessa condição por meio das suas idéias e ações.

    • Sebastião Ferreira Postado em 15/Sep/2013 às 22:05

      Ela esta diminuindo a ela mesma,achando q as pessoas ao redor ta batendo palmas,muito ao contrario,ela está se expondo ao ridiculo.

    • Luis Giacomo Postado em 12/Nov/2013 às 23:00

      Bacana, bem dito.

    • Viviane Postado em 07/Aug/2014 às 21:29

      ....é coitada, mais uma vítima do sistema (que diz onde é examente o lugar do negro: na Senzala Moderna, afinal, a escravidão acabou, certo, acabou???) Lembrei daqueles negros (escravos) que se achavam melhores que os outros negros por trabalharem na Casa Grande..... ops, todos eram escravos!!!!

  27. Shirley Postado em 17/Apr/2013 às 22:09

    O pior preconceito é o que vem do próprio negro.

  28. cris Postado em 02/May/2013 às 03:54

    Há o racismo de fato, mas também há o neurótico que ver racismo em tudo.

  29. Sandra Postado em 30/May/2013 às 02:41

    O fato é que: NÃO É BOM SER NEGRO NO BRASIL. Simplesmente não é saudavel de forma alguma você nascer negro e passar TODA a sua vida sendo depreciado. Desde de pequeno a sociedade apenas te mostra que a sua pele nao é clara o suficiente, o seu cabelo não é liso o suficiente, os seus labios e o seu nariz não são finos o suficiente ... você não é branco o suficiente. Entao sim, essa manicure não quer ser negra, por que ela gostaria de ser? Séculos de escravidao e o negro brasileiro continua escondido em favelas ou mendigando na rua. Temos sim, um ou outro que se deu bem e que ainda acusam de querer ser branco, mas quem pode culpa-lo? Ele consegue sai da "marginalização", ou melhor da "favelarizaçao" mental e ser alguem na vida, entao por que ele deveria querer se identificar com pessoas que além de nao procurarem melhorar, ainda só servem para depreciar mais e mais a etnia negra. Sim, ETNIA, cientificamente "raças" nao existem... Nunca existiu um Dr. King no Brasil, tao pouco um Malcom X. Zumbi dos Palmares... sim fez alguma coisa, bom nao foi o suficiente. Os negros em sua maioria ainda estao subjulgados. "Devemos ter orgulho de ser negros" eles dizem . Mas tudo continua sempre como sempre esteve. A marginalização e a alienaçao foram maior que a carta de alforria. Brancos nas novelas, nos jornais, nas unversidades, nos altos postos de trabalho, dirgindo carros de luxos ... e o negro sempre ali, servindo, se contentando com pouco e achando que isso é que é "vida de preto" . Alguma manifestação na rua por igualdade? Alguma grande mobilização por melhor qualidade de vida? Protestos e greves por melhores salarios e educaçao? NAO . Apenas o negro brasileiro sendo ele mesmo. Tendo pouco e se conformando com pouco, dizendo ter orgulho MAS NAO FAZENDO NADA PARA SE ORGULHAR ... Quem sabe um dia o negro brasileiro acorde e resolva fazer algo alem de mendigar por cotas e chorar pelo passado da escravidao. Quem sabe um dia ele resolva estudar, gritar, exigir, sair pelas rua e cobra o que é seu por direito. Ou talvez seja mais facil ele se mudar para os EUA, por que la um de nós ao menos conseguiu ser presidente ... NAH! grandes coisas!

    • Viviane Postado em 07/Aug/2014 às 21:53

      Enquanto o negro não entender que ele tem que ser o que ele é (negro, cidadão, etc) , nunca será bom ser negro em lugar nenhum do mundo!!!

  30. viny Postado em 12/Jun/2013 às 01:53

    Muito bem ditas as palavras de Luh Souza! Sem mais...

  31. verdadeiro Postado em 19/Jun/2013 às 22:15

    Filhote leia a historia do negro pelo amor de deus dês do inicio do tempo o branco tem vantagens e etc.. agora vem fala que ah me chamo de branquelo a tem que se ferra amigo pós o que negro passo neguem nessa coisa de planeta passo e nem vem com essa de igualdade que negro sofre muito e vem críticos do inf pra atormenta que sabe racista problema n to ai pra esses racista tenho ódio como a mãe crio essa coisa mias chega e fala que o preconceito do negro contra o branco é pior meu deus né se mata que faz melhor pra sociedade que n basta a sociedade ta uma por caria ai da tem que ver racistas por ai ¬¬

  32. Hudson Moraes Postado em 04/Jul/2013 às 21:01

    Discordo da articulista. Ela não sofreu dois episódios de racismo num mesmo salão. Sofreu apenas um. No caso da secretária que furou a fila para beneficiar uma branca, houve sim racismo, punível pela Lei. No caso dessa manicure negra, o que houve foi a livre manifestação de seu pensamento, que deveria ser protegida pela Constituição. Infelizmente não é, e pessoas como você podem enquadrá-la no crime de injúria racial. Mas é terrível que haja uma lei como esta no país. Não deveria existir de forma alguma. Certos estão os norte-americanos que sabem valorizar devidamente a o direito à liberdade de expressão. Nem vou perder meu tempo afirmando que sou ou que não sou racista. Você não me conhece. O que importa não é se sou ou não, e sim o fato de que ninguém deveria ser proibido por lei de manifestar suas opiniões.

  33. daniel Postado em 14/Sep/2013 às 21:08

    Nenhuma pessoa independente de cor tem o direito de externar sua preferência de forma arrogante, agressiva, imprópria, abusiva etc...porem também tem o direito qualquer cidadão de expor se necessário ou quiser sua preferência...............

  34. Sebastião ferreira Postado em 15/Sep/2013 às 21:56

    Sou negão bisneto de africanos,amo ser preto,n tenho pre conceito d nenhuma etnia.Todos s iguais,e todos tem as mesmas necessidades,nunca vi alguem q n sente fome n vi alguem q ao sentar no vaso do banheiro defecou ouro.todos fedem em vida se n tomar banho.Todos morrem e fica podre e comido por vermes.Os racistas s doentes mentais d mal com a vida,idiotas q n tem visão.todos nós precisamos uns dos outros independente d cor ou etnia.Infelismente existem doentes mentais c penssamento de Hadolf Hitler.esses idiotas s candidatos ao precipicio,e n se tocam q estamos num pais d multiplas etnias.

  35. Kátia Soares Postado em 28/Sep/2013 às 16:54

    Eu sempre defendi os negros mas por causa do mau comportamento, da falta de civilidade, da falta de educação e falta de respeito vejo o porquê da famosa palavra preconceito. Sou branca e namorei um homem negro a qual eu sempre fui verdadeira, carinhosa e fiel. Fui traída por ele e por uma mulher também negra que ficou com ele e com o irmão dele. Pior, tudo debaixo do meu nariz...Ele nunca disse a verdade para mim e sempre insistiu para ficar comigo, correndo atrás de mim o tempo todo e fazendo pressão psicológica. Bom nenhum deles me respeitaram, a linguagem deles é indecente e imoral, não tem educação e as mulheres negras gostam de vestir roupas vulgares, os nordestinos também agem assim, falam alto, tem péssimo gosto etc. Hoje não defendo nenhum deles não é preconceito não, é realidade, sou realista e vi, presenciei e vivenciei na pele o descaso que eles tem com as pessoas de pele branca.

  36. Joenio Alano Postado em 08/Oct/2013 às 15:58

    Porque alguns idiotas ficaram tão surpresos? o negro no Brasil se não é tão racista quando o branco, é em muitas vezes pior! alguém aqui já viu um negro rico e famoso cm uma negrinha ao lado? negro adora alizar o cabelo, e não raro pintar de louro, negro por regra, não se aceita como é..e para piorar mais o racismo: Você que é branco ,tente trabalhar com uma turma de negrão,sendo apenas vc branco..depois me responda..

  37. GABRIEL Postado em 21/Oct/2013 às 12:31

    AS PESSOAS TEM PRECONCEITO UMA DAS OUTRAS POR DOIS MOTIVOS, PRIMEIRO, NASCEMOS PECADORES E IMPERFEITOS SUJEITOS A DOENÇAS E A MORTE, COMPARE COM A BÍBLIA; ROMANOS CAPITULO 5 VERSÍCULO 12 VIRAM? POR CAUSA DE ADÃO E EVA AS PESSOAS TEM ESSAS CARACTERÍSTICAS RUIM, SEGUNDO MOTIVO, SATANÁS PROMOVE A MENTIRA QUE UMA RAÇA É SUPERIOR A OUTRA, PARA AFASTAR AS PESSOAS DE DEUS E JESUS E PROMOVER O ÓDIO E TIRAR A PAZ DO MUNDO. PORQUE ELE FAZ ISSO? PORQUE DEUS E JESUS DECRETOU A PRISÃO E DEPOIS A DESTRUIÇÃO DELE, POR ISSO ELE ESTÁ IRADO NÃO PODE FAZER NADA CONTRA DEUS E JESUS, MAIS PODE FAZER CONTRA A GENTE AQUI NA TERRA, COMO? INFLUENCIANDO AS PESSOAS ACOMETEREM VIOLÊNCIA, CORRUPÇÃO, ASSASSINATO, RACISMO E PRECONCEITO. A BÍBLIA NOS INFORMA QUE ELE ENGANA O MUNDO, COMPARE COM A BÍBLIA; APOCALIPSE 12 VERSÍCULOS 9 A 12. PESSOAS QUE PROMOVE O RACISMO E VITIMA DE SATANÁS, O GRANDE MENTIROSO, COMPARE COM A BÍBLIA JOÃO CAPITULO 4 VERSÍCULO 44. EM BREVE NÃO A VERÁ MAIS RACISMO E PRECONCEITO, DEUS E JESUS ESTÁ AJUNTADO ATRAVÉS DA PREGAÇÃO CONFORME DIS MATEUS CAPITULO 28 VERSÍCULOS 19 A 20 PESSOAS DE VÁRIOS PAÍSES PARA SOBREVIVER ESSE MUNDO CONTROLADO POR SATANÁS, PESSOAS DE VÁRIOS TIPOS; BRANCO, NEGRO, MESTIÇOS, AMARELO, COMPARE COM A BÍBLIA; APOCALIPSE CAPITULO 7 VERSÍCULO 9 A 15.

  38. nocilla Postado em 05/Nov/2013 às 17:37

    Estou boba com tudo o que foi dito aqui eu não entendo, juro que não entendo como pode um pais tão miscigenado feito o Brasil alguns acharem que são brancos e de elite europeia kkkkk eu tenho que rir sabe, o Brasil tem negro rico ?Tem, tem branco pobre? Tem e vice= versa agora ficar analisando o racismo de negros contra brancos e brancos contra negros e a maior roubada isso sempre vai existir minha gente so temos que fazer a nossa parte tratar todo mundo não pela cor da pele ou pelo dinheiro que possui e sim por serem apenas seres humanos. Simples assim. Veja o absurdo Salvador e a Roma Negra segundo as pesquisas ok e por que so agora depois de tantos anos uma mulher negra foi eleita vice prefeita de salvador esse foi o discurso da eleita, sera que ela esqueceu que Lídice da Mata foi prefeita de Salvador? Que Lidice não e uma mulher branca? Vejam so como são as coisas? As pessoas confundem muito a cor da própria pele ninguém quer assumir que e realmente negro isso me deixa doida. Meu pai e branco descentende de italianos minha mae e negra e eu nao sai com a cor da pele nem de um e nem de outro pareço mas filha de indiano mas sempre que me perguntam vc e filha de indianos? EU digo nao eu sou a cor do meu Brasil sou 100 por cento missegenada.

  39. Luis Giacomo Postado em 12/Nov/2013 às 22:21

    No futuro colocaremos apenas "raça HUMANA" ao preencher um formulário onde perguntem: "raça". Esta foi uma grande lição de vida que recebi de meus filhos.

  40. Luis Giacomo Postado em 12/Nov/2013 às 22:58

    Racismo é todo tipo de manifestação pejorativa contra o ser humano. Da mesma forma quando "importaram" os Italianos das "európias" para "trabalhar" no lugar dos negros ao "abolir a escravatura". Tornaram-se os escravos brancos. "Os Patrão", como eram chamados pelos "escravos Italianos", davam casa, roupa e comida enquanto os "new escravos - brancos" faziam o "lavoro" de 12/14 horas por dia, sete dias da semana. No final do mês, "os patrão" faziam "as conta" e o "aluguel da casa a roupa e a comida" somavam muito mais que o "salário" do "trabalhador italiano"; assim "os Italiano" deviam cada vez mais para os patrões. E nunca podiam deixar as terra dos patrão, que também eram bem guardadas pelos capatazes fortemente armados. Portanto, também chamar o sujeito de "italiano, japão, amarelo, uaiti, branquelo, leitoso, pé vermei", ou qualquer "porcaria" que o equivalha, é do mesmo calibre que chamar o negro de "pretão". O racismo é do mesmo naipe. Nunca permita que isto aconteça.

  41. Roberto Postado em 17/Nov/2013 às 20:28

    É muito fácil dizer como se comportar ou o que dizer quando você escuta alguém ofender o seu avô, o seu pai, a sua mãe e os seus irmãos. Pois, só quem é negro consegue sentir e imaginar a dimensão do preconceito. Falar mal dos afro-descendentes é primeiramente humilhar o núcleo familiar do ofendido. Imaginem o contrário: um branco escutando isso em um salão de beleza ocupado naquele momento só por negros. Por que esta agressão gratuita da manicure? A agressora é vítima? Tanto quanto os brancos que cresceram aprendendo o preconceito dentro de casa, na escola ou na igreja. Preconceito é inaceitável!

  42. Moisés Leandro da Silva Postado em 27/Dec/2013 às 16:37

    Mesmo não sendo racista e nunca tendo cometido nada contra pessoas de cor de pele diferente, estou cada vez mais convicto que o racismo de pessoas negras é tão evidente quanto o das pessoas brancas. A minha opinião é que racismo é criação e aplicação humana inclusive dos humanos negros contra negros e contra brancos também.

  43. Fernanda Postado em 24/Jan/2014 às 20:11

    O próprio negro não se aceita do jeito que é

  44. Zelo Postado em 03/Mar/2014 às 14:00

    Eu mem importo com isso, nunca vou me sentir ofendido se alguem me chamasse de preto, negro. Eu sou negro e gosto de ser mesmo assim, acho que Deus sabia q eu queria ser assim. Pessoas podem substituir meu nome em negro nunca me sentiria mal, eu acha que quanto mais vc se sentirem mal mais isso vais continuar. E é lamentável q isso esteja assim mas eu não obrigo ninguém aceitar a minha pessoa cada um tem a sua vontande, e orgulho e elas são coisas mais difíceis de mudar.

  45. Milena Postado em 29/Mar/2014 às 23:05

    Huahuhauhauahuahuahuahauhauhauha.... Gente deixa a manicure... cada um fala o que quer e ouve tambem o que nao quer...agora essa palhaçada de chamar policia... chegar ao ponto de chamar alguem de preto ser um crime inafiançável esta facilitando a vida de muita gente vigarista carente afetiva! A parada eh a seguinte se não gostou do que ouviu responda de igual maneira! Resolva por si mesmo os seus problemas!

  46. Cristiano Postado em 17/Apr/2014 às 21:31

    hoje, eu e minha mãe fomos vitimas do racismo, e da falta de educação de um casal negro que odeia brancos.pode parecer incomum, porem alguns negros também são preconceituoso contra brancos ,eles furaram a fila do supermercado,passando na minha frente que estava acompanhado da minha mãe que tem alzheimer.é quando questionei me mandaram tomar no c**** em seguida me chamaram de filho da put** Quase que sai uma morte hoje.

  47. Alexandre França Postado em 19/May/2014 às 03:31

    ''Nunca um preconceito irá se sobrepor ao outro.'' O excerto da autora é sim interessante, pois tentou mostrar sua indignidade com um fato ocorrido, porém, a mesma autora que critica o preconceito, se esquece, acredito eu, por sua própria ignorância, que ela mesma praticou preconceito classista com a senhora manicure pelo simples fato de dizer: '' ...que já comeu muito às custas do meu dinheiro...'', e outros afins claros no decorrer da leitura. Isso mostra o quão profundo é o poço de arrogância da autora. É muito fácil julgar os outros, falar da vida alheia, mas reconhecer o próprio erro, esse sim, é algo bastante complicado. Uma frase que durante a minha infância eu escutava com frequência é: '' Se quiser ser respeitado, se dê primeiro ao exemplo''. Coisa que a cara autora do texto ''desabafo'' não fez, e talvez não percebeu, por sua ira com o ocorrido, e com razão, mas a falta de ética em expor algo dessa magnitude é tremenda, ainda mais da maneira como foi exposta. E pra finalizar minha crítica, quero apenas deixar uma frase do ilustre ator norte-americano Morgan Freeman: '' Quando pararmos de pensar sobre a consciência negra, parda, branca e que seja, e começarmos a pensar sobre a consciência humana, ai sim, daremos um grande passo para a luta contra o racismo.'' E concluo, somos por dentro seres semelhantes, a nossa ignorância, pra não dizer fraqueza, nos fazem preconceituosos, não apenas na questão racial, mas na questão de classes, cultural e outros aspectos. Só pra constar, sou professor, sou branco, me orgulho disso, mas não amo menos meu irmão por ele ser pardo, negro ou albino.

  48. ana claudia r dos santos Postado em 08/Jun/2014 às 20:23

    sou negra ,pobre imagine so o que eu passo na sosiedade ja fui humilhada varias vezes em varios lugares ja chorei muito e hoje quero da um basta .

  49. Zuzu Postado em 03/Jul/2014 às 14:46

    Sou branca e já sofri preconceito de cor quando era adolescente na escola e no trabalho, infelizmente o preconceito existe de tudo quanto é jeito, casei com um afrodescendente lindo - minha recompensa!!!

  50. Yrae Postado em 26/Sep/2015 às 13:44

    O comportamento dessa mulher é o resultado de todo um sistema opressor no qual o negro é ensinado a odiar a si mesmo. Quem dita os padrões, constroi estereotipos, e distorce a historia é o grupo que detem o poder, no caso do ocidente, o homem branco.

  51. Max Evangelista Postado em 06/Apr/2016 às 21:18

    Quanta merda! Eu não sei se rio ou se choro de uma bobagem dessas! O interessante que esse pessoal distorce o termo "racista" em sua forma mais contraditória o possível. Racismo é autovalorização da raça, coisa, aliás, que se vem fazendo com a raça negra. E isso não [é crime.