Redação Pragmatismo
Compartilhar
Religião 30/Oct/2012 às 16:46
72
Comentários

Servidor que não ficou em pé para leitura da bíblia é expulso de Câmara de Vereadores

Servidor é retirado à força de Câmara de Vereadores de Piracicaba por não ficar de pé durante leitura da Bíblia. Ato fere a laicidade do estado

O funcionário do Ministério Público em Piracicaba (SP), Regis Montero, foi expulso do plenário da Câmara na noite desta segunda-feira (29) por não ficar em pé durante a leitura de um trecho da Bíblia. A sessão chegou a ser interrompida pelo presidente do Legislativo João Manuel dos Santos (PTB) para a retirada do servidor, que foi levado pelo braço por um policial militar e por um guarda municipal. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) considera o ato inconstitucional.

Em imagens disponibilizadas no site da Câmara, o vereador André Bandeira (PSDB) começa a leitura da Bíblia quando foi interrompido pelo presidente da Casa. Santos pediu que o servidor que estava sentado ficasse em pé durante o ato ou que se retirasse. Após uma discussão, o manifestante foi expulso à força do prédio.

O presidente da Câmara afirmou que apenas cumpriu o Regimento Interno da Casa. Ele nega que o ato de retirar o servidor tenha sido inconstitucional. Já o diretor jurídico do Legislativo de Piracicaba, Robson Soares, disse que Montero fazia ‘baderna’ e que ‘tumultuava’ a sessão naquele dia. “O ato da leitura bíblica está no artigo n° 121 do Regimento Interno. É algo presente nas sessões desde a criação do Legislativo piracicabano. Não obrigamos ninguém a acompanhar a leitura, mas que essa pessoa respeite as regras da Casa ou que se retire”, afirmou Soares.

servidor expulso leitora bíblia piracicaba

Servidor é expulso da Câmara de Vereadores de Piracicaba por se recusar a ficar em pé durante leitura da Bíblia. Medida é afronta a estado laico, diz OAB. (Foto: Jornal de Piracicaba)

Ainda segundo o diretor jurídico, o homem desrespeitou os funcionários, os vereadores e os policiais durante a discussão. “Não é a questão constitucional que está em pauta, mas o desrespeito do homem com quem estava lá tentando trabalhar”, disse o funcionário.

Desrespeito de vereador

Segundo uma pessoa presente no plenário durante a confusão, e que pediu para não ser identificada, o movimento ‘Reaja Piracicaba’, que tem feito várias manifestações recentemente, está sendo responsabilizado pelos parlamentares pelo ocorrido na segunda-feira. “Já não basta o desrespeito do próprio vereador Trevisan Junior (PR) quando fala olhando para o plenário. Segundo o mesmo Regimento, quem utiliza a tribuna deve falar ao presidente”, afirmou.

Medida exagerada

O presidente da OAB de Piracicaba, Odinei Assarisse, afirmou que o acontecido na Câmara desafia o que está na Constituição Federal. “Acredito que é inconstitucional, pois o estado brasileiro é laico. Ninguém pode ser impedido de acompanhar a sessão na Câmara por não ser católico“, pontuou o advogado.

Ainda segundo Assarisse, a expulsão do homem foi uma ‘medida exagerada’ por parte dos vereadores. O presidente da OAB de Piracicaba também disse que cabe uma medida judicial por parte do homem retirado do prédio do Legislativo. ”Se o servidor se sentiu ofendido, cabe a ele tomar as atitudes necessárias. Não vejo motivo para a retirada dessa pessoa do plenário. Foi um exagero”, disse.

Posição da GM e da PM

A Guarda Municipal e a Polícia Militar de Piracicaba, por meio das respectivas assessorias de imprensa, afirmaram que apenas ‘cumpriam ordens’ do presidente da Câmara.

Posição do sevidor público

Montero informou que não descarta acionar a Câmara juridicamente pelo ato. “Já estive outras vezes no Legislativo e isso nunca havia acontecido”, afirmou. Ele disse também não lembrar se havia ficado sentado nas sessões durante leitura da Bíblia em outras ocasiões. O servidor disse que faz parte do Movimento Reaja Piracicaba se for considerado que ele é contra o aumento do salário dos vereadores.

Jornal de Piraricaba e Agência Globo

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. BRAZILINA Postado em 30/Oct/2012 às 17:51

    POR ISSO QUE NÃO VOU A IGREJA ,DETESTO O SENTA E LEVANTA.

    • edson tadeu Postado em 10/May/2015 às 12:29

      A IGREJA NAO TEM NADA A VER COM A IGNORANCIA DOS HOMENS estamos voltando a idade da pedra e infelizmente as pessoas que vao a igreja é que sao culpadas por fazer de pastores bandidos politico, porque eles se dedicaram a ser pastor entao que seja pastor eles influenciam as pessoas que se deixam levar e votam neles.

      • Lionel Postado em 11/May/2015 às 09:59

        Omg, como assim a igreja não tem nada a ver com a ignorância dos homens se a igreja de fato são os homens? faz me rir

      • José Postado em 12/May/2015 às 02:46

        O medo e a ignorância se encontraram e tiveram filho e lhe deram o nome de religião. A Igreja é fruto do medo e da ignorância dos homens

      • Thiago Fs Postado em 12/May/2015 às 06:49

        A "IGREJA " não é um ser etéreo. É uma instituição idealizada e constituída por seres humanos.

    • agnaldo Postado em 30/Jul/2015 às 20:51

      Se fosse na Coréia do Norte ele seria fuzilado e ninguem diria merda Nenhuma!

      • Edmar Motta Postado em 30/Jul/2015 às 21:07

        Não ,se fosse na Coréia do Norte o presidente da câmara e os vereadores seriam fuzilados.

      • Julio Postado em 31/Jul/2015 às 20:22

        Pode ser que algum desinformado lesse uma noticia falsa e saisse falando besteira em algum lugar

    • Agnaldo Postado em 30/Jul/2015 às 20:59

      O Bagulho aconteceu em Israel e Voces ficam descutindo aqui,quando o Estado Islâmico mata alguem culpado são os Cristão ,se um bando de Safado batem em uma Garota do Candomblé culpados são os Evangélicos daqui a pouco vão dizer que os Cristão são Culpados pela Corrupção da Petrobras

      • domenico Postado em 01/Aug/2015 às 21:28

        SE LEVARMOS EM CONTA O NUMERO DE EVANGELICOS QUE APOIAM O CUNHA E SAO ACHACADORES A RESPOSTA E SIM.

    • Agnaldo Postado em 30/Jul/2015 às 20:59

      O Bagulho aconteceu em Israel e Voces ficam descutindo aqui,quando o Estado Islâmico mata alguem culpado são os Cristão ,se um bando de Safado batem em uma Garota do Candomblé culpados são os Evangélicos daqui a pouco vão dizer que os Cristão são Culpados pela Corrupção da Petrobras

      • Julio Postado em 31/Jul/2015 às 20:24

        Com certeza deve ter muuuuitos cristãos no meio. Mas nesse caso não teria nada a ver com a laicidade que é o assunto do post

  2. edson Postado em 30/Oct/2012 às 18:45

    Isso é uma aberração. O Brasil é um estado Laico... Alguém tem que defender o Brasil desses fundamentalistas... Ler a bíblia? Vocês estão loucos? E se o cara é ateu? É um direito dele. Abaixo a teocracia... em defesa da liberdade de culto e do ateísmo para quem quer...

    • enrique Postado em 06/Nov/2013 às 14:34

      Olha meu amigo não será mais por muito tempo, vide o Islamismo, está tomando conta da Europa. No Brasil e nos países vizinhos acontecerá o mesmo: só que com a bancada evangélica. Eles pretendem a longo prazo substituir a constituição pela Bíblia, e isso pode acontecer em dez anos... li em alguns sites, essa é a intenção de alguns fanáticos evangélicos!

      • Josué Postado em 11/May/2015 às 08:33

        Imagino a distopia que se anuncia: De um lado, o velho continente (na verdade a Eurásia e África) dominado por um Califado Fundamentalista Islâmico, de outro, as Américas numa Teocracia Neopentecostal. E ambos com armas nucleares. Medo.

    • Ana Paula Postado em 12/May/2015 às 06:17

      Aberracao define.

  3. Edward Firmo Postado em 30/Oct/2012 às 19:50

    Num Estado laico não poderia sequer existir um regimento de órgão publico que contivesse tal leitura...

    • ana é meu nome ora essa Postado em 11/May/2015 às 01:11

      "“O ato da leitura bíblica está no artigo n° 121 do Regimento Interno. É algo presente nas sessões desde a criação do Legislativo piracicabano. Não obrigamos ninguém a acompanhar a leitura, mas que essa pessoa respeite as regras da Casa ou que se retire”, afirmou Soares." estou indignada!!

      • Geraldo Galvão Postado em 11/May/2015 às 21:28

        O artigo 121 do Regimento Interno da Câmara de Piracicaba, é inconstitucional. Cabe ao Ministério Público acionar o Poder Judiciário.

  4. Thiago Postado em 30/Oct/2012 às 20:08

    A B S U R D O !!! Eis um ato mais que inconstitucional. Uma verdadeira violência. Como se já não bastasse a violação do estado laico dentro de um órgão público, alguém é agredido por não ficar de pé na leitura da bíblia? Não estamos falando de um templo e sim de um órgão público dentro de um país laico (separação de estado e religião).

  5. Abramoviczcz Postado em 30/Oct/2012 às 20:08

    fundamentalistas querem a liberdade de crença salvaguarda pelo estado laico mas não a crença de uma fé que vá contra a sua. O ateísmo (também salvaguardado pelo estado) nem se quer é considerado respeitável por eles. Nestas eleições 35% aproximadamente dos vereadores eleitos e prefeitos em todo o Brasil são ligados a bancada evangélica. Preocupante não?

  6. Linto Elidio Pires Postado em 30/Oct/2012 às 20:37

    Esses imbecis religiosos não respeitam o direito de quem não aceita a sua religião ou qualquer religião. O ato fere frontalmente a CF 88 e a OAB tem a obrigação de acionar esses fundamentalistas que não respeitam o Estado Laico. A polícia e a GM se esqueceram que ordens absurdas não se cumprem, não deveria ter retirado o servidor.

  7. DOUGLAS Postado em 30/Oct/2012 às 20:56

    A QUESTÃO É TER UM PRESIDENTE DE MESA SEM PREPARO E EDUCAÇÃO, ELE SE JULGA DONO DA CAMARA....ISSO É SOMENTE IGNORÂNCIA E MANIA DE DONO DO PEDAÇO, O CARA JÁ ESTA HÁ QUASE 3O ANOS MAMANDO NAS TETAS DO ERARIO PUBLICO.... TEM SE MANDAR E VOLTAR A VARRER CHAO....

  8. Marcos Postado em 30/Oct/2012 às 21:16

    Viva a Teocracia!!! Vamos abolir a Constituição e substituí-la pela bíblia. Viva o Irã!! Vamos voltar à Idade Média e caçar todos que não sejam católicos! Ou “cristãos”. Direitos Humanos não são nada, religião é muito mais importante. Bem, se querem que isso aconteça basta deixar que essa absurda invasão religiosa no meio político brasileiro continue, quando isso se concretizar não vai adiantar reclamar… O Ministério Público Eleitoral tem por obrigação combater o voto de cabresto dos religiosos. Todos nós, a favor de Democracia temos a obrigação de combater essa ameaça crescente e perigosa.

  9. Fernando Postado em 30/Oct/2012 às 21:45

    ridículo,inadmissível,esse presidente deveria ser preso...

  10. Fernanda Postado em 30/Oct/2012 às 23:12

    A Bíblia nem deveria ser lida antes da sessão, o estado é laico e todos os cidadãos pagam impostos. Por que não ler a Torá, o Alcorão ou o Livro dos Espíritos de Alan Kardec. Chega da dominação das religiões no legislativo!!! Se alguém quer respeitar os preceitos da Bíblia em sua vida, tem todo o direito, mas não use esses preceitos para legislar na minha vida.

  11. Rafal Postado em 31/Oct/2012 às 00:31

    Depois uns tapados desse ficam de boca aberta com a junção do estado + religião no oriente médio. Tem que botar a boca no trombone mesmo, se deixar passar vai continuar assim por mais 500 anos.

  12. Rafal Postado em 31/Oct/2012 às 00:34

    Só mais uma coisa, eu queria ver quantos deles estariam dispostos a escutar toda a oração de alguém de outra religião antes de começar uma sessão. Aposto que fugiriam pelas beiradas com as mais diversas desculpas.

  13. Suzane Mesquita Postado em 31/Oct/2012 às 07:51

    “O ato da leitura bíblica está no artigo n° 121 do Regimento Interno. É algo presente nas sessões desde a criação do Legislativo piracicabano. Não obrigamos ninguém a acompanhar a leitura, mas que essa pessoa respeite as regras da Casa ou que se retire”, afirmou Soares. Tipo... Vossa Excelência, o citado artigo do seu regimento, sabe? É inconstitucional. Não é por estar no seu regimento que o ato não é. Isso independente de expulsões que tenham sido ou venham a ser realizadas.

  14. Ricardo Postado em 31/Oct/2012 às 15:27

    1- O Estado é laico! Leitura da bíblia na câmara?????? Deveria ser ilegal, ele deveria ser preso!!! Ou que leiam todos os outros livros, o Coran, o evangelho de Kardec, os livros budistas, hinduistas etc etc etc. E ah! que tenha o dia do ateu tbm! 2- Mesmo se fosse uma teocracia, seguindo os ensinamentos de Jesus verdadeiramente esse rapaz teria sido respeitado. Jesus teria expulsado o homem? Teria tido esse ódio no coração e feito essa demonstração imbecil de poder, usando força policial pois teve o ego ferido? A resposta é: JAMAIS. Falam muuuuuuuito, mas entendem nada. Como cristão, tenho vergonha de ver acontecimentos assim. E pior, sinto muita tristeza quando a babaquice é feita em nome de Deus, que nada tem a ver com isso.

  15. Bill Postado em 31/Oct/2012 às 15:48

    A Bíblia nem deveria ser lida antes da sessão, o estado é laico e todos os cidadãos pagam impostos. Por que não ler a Torá, o Alcorão ou o Livro dos Espíritos de Alan Kardec. perfeita colocação! o brasil não é composto por 100% de católicos... palhaçada.

  16. Marcia Postado em 31/Oct/2012 às 22:32

    Ridiículo, vergonhoso. Com tantas questões a serem discutidas ...

  17. Lud Postado em 01/Nov/2012 às 08:20

    Nós que pensamos que este Brasil é laico. Nunca foi. O que mais se vê é a mistura ridícula de política + religião + fé das pessoas. Utilizam deste artifício para conseguir votos e outras coisas. Um absurdo...

  18. Roberto Postado em 01/Nov/2012 às 20:28

    Roberto, 01 de novembro de 2012 Simplemente um absurdo, repugnante, isso costumo chamar de hipocrisia, vergonhoso e incontitucional, isso é uma aberração, nós estamos em um estado laico, e pode ter certeza pior que isso este corruptos devem fazer nesta casa todos os dias, este cidadão deve buscar seus direitos junto ao ministério publico.

  19. Hilário Postado em 04/Nov/2012 às 07:36

    O Brasil já foi foi um Estado Católico. Teoricamente é laico, mas, infelizmente, está, paulatinamente, sendo usado por várias igrejas, por meio da dominação do voto. Aí percebe-se os riscos que se há na desinformação, na falta do pensamento crítico das pessoas numa democracia. Há discriminação contra ateus, pessoas de religiões africanas (não se assim que se chamam, pois desconheço mas sei que são discriminadas) e até contra católicos. E isso não é bom, não deveríamos estar presos às saias de ninguém. Isso é retrocesso do Estado.

  20. Hilário Postado em 04/Nov/2012 às 07:49

    Não ter uma religião é ser um coitado hoje em dia. Certa vez numa entrevista de emprego, a psicóloga perguntou que religião eu seguia, perguntou "o que eu era". Eu deixei escapar um "eu não sou nada", foi como se eu tivesse falado uma barbaridade. Perguntou se eu era batizado e disse que não, quis saber a religião da minha família e então ela me deu uma religião. Seja, não temos direito a não ter religião. Umas vezes disse que era Espírita, que participava de terrero Candomblé. Por que? É quase a mesma coisa que dizer que matou uma pessoa. Normalmente se ouve "Credo!" e até um "Sangue de Jeuss tem poder!". Imagino como deva ser realmente seguir a uma dessas religiões. É em respeito a todos os cidadãos, independente da religião que o Estado deve ser laico. Fundamentalismo destrói seja qual for.

  21. João Santana Postado em 07/Nov/2012 às 13:15

    O RI de uma Câmara de Vereadores tem o dispositivo de leitura de uma passagem de um livro sagrado qualquer para quem quer que o considere assim, e isso é feito desde que a Câmara foi instalada com esse Regimento. Um servidor público, aparentemente membro de um movimento politizado com quaisquer interesses que sejam, parece estar perturbando uma sessão dessa mesma Câmara, de acordo com outros colegas servidores públicos. Esse mesmo servidor, desrespeitando uma ordem do Presidente da Câmara, autoridade constituída não por religião qualquer mas pelo povo que é, de fato, o patrão dele, para levantar-se, mantém-se sentado durante a leitura do tal trecho do tal livro sagrado, etc. O Presidente da Câmara, fazendo-se valer do que consta o RI, manda que ele seja retirado da sessão, onde, volte-se a dizer, ele estaria perturbando o trabalho de seus colegas servidores públicos. Quem é o errado nessa história?

    • Gustavo S Postado em 07/Nov/2012 às 13:51

      Quero acreditar que João Santana não acredita no que escreve, mas devo admitir, é um ótimo contador de alegorias e fábulas.

  22. João Santana Postado em 07/Nov/2012 às 14:11

    Gustavo S., creio que teria sido muito mais inteligente se o servidor simplesmente se retirasse durante a leitura, se ele não concorda com aquilo que está acontecendo. É o mesmo que exigir que alguém ouça injúria contra si, quando não se quer. E o errado é Regimento Interno. Se sou um bom contador de alegorias e fábulas, ao que agradeço o elogio, aparentemente lhe falta saber ser um bom leitor de entrelinhas.

    • Eduardo Postado em 11/May/2015 às 07:27

      A questão é: O R.I. é inconstitucional nesse aspecto e a Lei Magna é superior ao regimento. Encerra-se a discussão.

  23. Will Postado em 14/Nov/2012 às 17:35

    Quando vão fazer uma lei Constitucional cobrando impostos das religiões???

  24. Matheus Postado em 30/Jan/2013 às 19:55

    É lastimável o fato de mesmo com a liberdade religiosa ainda há pessoas que julguem uma "ditadura" utilizando seus próprios conceitos. Enquanto operações para punição de bandidos deveriam ser feitos, um cidadão teve de sofrer por algo fútil. Sou ateu e considero isto algo extremamente imbecil. Viva a "justiça" que temos atualmente. Brasil: um país de regimentos tão antigos

  25. Joilson Pereira de Oliveira Postado em 18/Feb/2013 às 10:39

    Após ler os comentários acima, vejo como é deplorável a falta de senso, qualquer assunto simples (sentar e levantar) é um sinal para taxar de “aberração” sem conhecer seu real significado que é um “meio de afastar de” “este de” pode ser do outro e justifica seus atos arrogando soberbamente serem “ateus” palavra que em seu significado está o sentido de “detestável” como se tal feito os fizessem melhores que toda a sociedade dentre as quais vive um parcela significativa de cristãos. Outros mais, apesar de ser uma norma da casa e nada ter a ver com a bíblia, os (cristãos) são aqui taxados de fundamentalistas, dignos de seerm proibidos de fazer leitura da bíblia em órgão público, inconstitucionalidade pois o estado é laico, separação de estado e religião (cristãos e não cristãos), bancada evangélica é preocupante sem apresentar com sinceridade os reais motivos do preconceito, são os imbecis religiosos e violadores da CF 88 que justamente garante o direito de expressar e manifestar sua fé independente de lugar inclusive órgão público, concordo que a polícia e a GM as vezes cumprem ordens absurdas, mas não estava lá no contexto para ter uma ideia esclarecida do fato e do (s) reais motivos para a retirado do servidor do recinto. Desrespeito me parece uma prerrogativa de muitos nesses dias difíceis, por exemplo: chega se ao absurdo de declarar a imbecilidade do presidente da casa e orientá-lo a que volte a varrer o chão, desrespeitando pais e mães de famílias que dignamente sustentam seus filhos com este ofício. Bem vou parar por aqui, pois respeito exigido não é respeito. Posteriormente postarei outro comentário neste espaço. ,

    • Reinaldo Soares de Souza Postado em 10/May/2015 às 13:02

      J.P.O.Foi o que pensei,como pode alguém mandar varrer rua,quando milhares de varredores trabalham nesses país nos dando ruas limpas,num trabalho digno,honrado.Sou ateu e nunca sai desrespeitando ninguem,quando a convite a uma igreja sei respeitar o convite.Alguns dos nossos fazem questão de se apresentar como provocadores.Deveria ter-se retirado.Querem "aparecer" como diz o povo.Embora a CF artigo V e VIII resguardem esses direitos,o servidor deveria conhecer isso e buscar na lei a retirada do artigo no R.I denunciando no M.P.

  26. Rodrigo Teixeira Postado em 07/Mar/2013 às 09:59

    Joílson Pereira meu caro, Já que segundo você a CF 88 garante "o direito de expressar e manifestar a sua fé independente de lugar, inclusive órgão público" , que tal colocarmos uma estátua do Exu Caveira dentro de cada escola pública ? Será que não existem por aí pessoas que tenham fé na Umbanda/Candomblé ? Por que não ir mais longe e colocar no regimento interno ALERJ a leitura do "Anticristo" de Nietzsche antes de cada sessão ? Já pensou que lindo, antes de cada sessão o presidente da casa pronunciando através das caixas de som : " Deus está morto, mas o seu cadáver continua insepulto". Vamos também pendurar uma mandala hindu dentro de cada fórum desse país, mas sinceramente não acho que é isso que você quer dizer com manifestar sua fé. Quando um evangélico diz "As pessoas tem o direito de manifestar sua fé" ele na verdade quer dizer " As pessoas tem o direito de manifestar a MINHA fé".. Então sinceramente nos poupe da sua falsa parcimônia e péssima escrita.

    • Antonio Postado em 27/Jan/2014 às 15:39

      KKKKKKKKKKKKKKKKKK, Rodrigo, nota dez pra você...dez não, nota um milhão. É como eles dizem e querem: LIBERDADE RELIGIOSA, DESDE QUE SEJA A MINHA, KKKKKKKKKKKKKKK...Ao tal do Joilson: camarada, só não mando vc para aquele lugar, que vc sabe muito bem pra onde, pq sei que vc iria e sua digna mãe provavelmente não merece mas, que dá vontade dá...mas digo: vai plantar batatas camarada...

  27. Juliano Postado em 07/Mar/2013 às 11:37

    Ler a bíblia na câmara? Trabalhar que é bom, nada, né?

  28. Luiz Prado Postado em 07/Mar/2013 às 15:44

    Que idiota, esse presidente da câmara, e todos os outros! Se ele estivesse na casa dele...

  29. Sal Postado em 11/Mar/2013 às 21:36

    Do jeito que estão as coisas, o Brasil tem tudo pra se tornar um IRÃ no futuro!

    • enrique Postado em 06/Nov/2013 às 14:39

      Pior, uma Arábia Saudita evangélica, e se forem se basear no Velho Testamento, já era: se faltar às missas, pena de morte!

  30. patricia Postado em 24/Mar/2013 às 16:05

    eu estou procurando quantos veriadores existem e nao isso

  31. Joao Carlos Postado em 31/Mar/2013 às 06:57

    Estas religiões estão se transformando em corporações dentro do setor público. Os membros de poder dominam cerca de R$ 140.000 cargos sem concurso público e tendem a ofertar estes cargos para as corporações. É o dinheiro que está em jogo, não a fé. Manifestações religiosas devem se restringir aos templos. Esta mistura ainda vai causar muitos problemas e discriminações. Os religiosos não têm mais nenhum pudor e querem impingir seus conceitos filosófico-religiosos até ao Estado. Uma lástima.

  32. Jr Postado em 31/Mar/2013 às 11:20

    Isto dai e um abuso do então poder, uma falta de respeito, este presidente e o dito vereador tenho certeza que não respeita as outras religiões, ou eles estão achando que estão em CUBA. Fora estes dois coroneis.

  33. jabim Postado em 01/Apr/2013 às 14:59

    Deveriam tomar vergonha na cara e não misturar religião com política, misturar bíblia com sujeira. Jesus já mostrou uma vez aos políticos derrubando as mesas dos cambiadores,pois virá outra vez só que com maneiras diferente.

  34. César Postado em 01/Apr/2013 às 20:15

    A intolerante infame e sua intolerância militante.

  35. Jackson Postado em 02/Apr/2013 às 07:38

    O Joilson vá para o inferno. Cansei! Quem disse que o ato de ser Ateu me engrandece ou desmerece em relação a outra pessoa? Acredite no que quiser (que a terra tem 10. 000 anos, que a virgindade faz alguém melhor, que o sofrimento vai ti levar a um paraíso, outros terão virgens, outros isso outros aquilo) mas tendo ética e não incomodando as pessoas - as vezes na manhã de domingo - para querer incutir uma crença que o outro não esta nem um pouco interessado. O presidente da câmara de piracicaba é um iletrado, imbecil. O estado é LAICO. Vão discutir projetos e se reunirem para fazerem o que são pagos, não ler livros sagrados, fábulas, romances ou não importa o quê! Além disso aos que creem, mantenham o sagrado. Mantenham seu local específico. Mantenham a comunhão com os que estão reunidos com o mesmo intuito. Deixe o sagrado ser importante para vocês e não chato para nós. O Brasil só piora, o país é fraco e em vez de inteligência a saída está sendo cultos, igrejas e seitas. Bem feito, nós merecemos!

  36. Flavio Postado em 02/Apr/2013 às 14:11

    Estamos vendo grupos religiosos se aglutinando na esfera política e ganhando cada vez mais notoriedade e interferindo nas demandas da coletividade. É temerário que tal fato continue a ocorrer diante de nossos olhos e nada façamos. Em breve, nosso país vai se tornar uma Irlanda, ou na pior das hipóteses, um Irã.

  37. cristovao Postado em 19/Apr/2013 às 17:05

    Bíblia e a palavra de Deus se você não respeita a palavra de Deus, se você não respeita a palavra de não respeita sua mãe ,pai seu estado ,brasil

    • jesiel Postado em 14/Mar/2014 às 22:05

      QUE DEUS ESTE DA BIBLIA QUE VINGATIVO SADICO DEIXA SER ABESTADO

  38. Tiago Postado em 09/Jun/2013 às 18:20

    Parece que muita gente não leu a matéria ate o fim o fala ao vento “O ato da leitura bíblica está no artigo n° 121 do Regimento Interno. É algo presente nas sessões desde a criação do Legislativo piracicabano. Não obrigamos ninguém a acompanhar a leitura, mas que essa pessoa respeite as regras da Casa ou que se retire”, afirmou Soares.

  39. Luiz Parussolo Postado em 10/May/2015 às 14:56

    Piracicaba? Deve ter havido alguma coisa comprometedora ou então parem a destruição dos montes, das reservas e dos esconderijos naturais porque as próximas gerações vão ficar sem habitat.

  40. Paulo Postado em 11/May/2015 às 01:12

    É uma Igreja por acaso? Eu mandava se fuder.

  41. Jesus Ateu Babolorixá Exu Postado em 11/May/2015 às 01:25

    Violências como estas lembram muito a Inquisição...

  42. Omar Postado em 11/May/2015 às 03:10

    Isso tudo acontece porque nao tem niguem homem o suficiente para mandar esses fanaticos enfiar a biblia na bunda, só um idiota respeita um livro mentiroso e hipócrita como este, quero ver onde a humanidade vai parar com isso.....nem parece 2015...parece mais idade media...

  43. Fernando Barbante Postado em 11/May/2015 às 06:35

    Não é verdade! Não fere a laicidade do Estado. É uma questão de respeito, educação e modos que nada tem a ver com crença, fé ou seja lá o que for. A conduta do cidadão não confronta a laicidade do Estado...é puro e inoportuno laicismo. Se quem escreveu a matéria, não sabe a diferença entre laicidade e laicismo, sugiro que estude ou vá se informar melhor, antes de escrever bobagens

    • Ricardo Postado em 11/May/2015 às 14:01

      Justamente porque o Estado é laico (e não ateu) que não pode privilegiar esta ou aquela religião. O Estado laico é indiferente à religião, matéria de foro íntimo do indivíduo - significa que não pode impor uma leitura ou qualquer ato religioso simbólico (como o "senta e levanta"). Desculpa, mas é vc que está confundindo os termos: ninguém está dizendo para perseguir religiosos ou proibir as religiões, mas proteger o Estado (republicano) contra a influência religiosa. Viva o Estado laico!

  44. andre Postado em 11/May/2015 às 07:55

    se pessoas que cre em um Deus haje desta forma...Imaginem outros....isso que aconteceu é pura LESEIRA...

  45. eu daqui Postado em 12/May/2015 às 08:06

    É PRA ISSO QUE SERVE RELIGIÃO E TEISMOS EM GERAL. TÁI MAIS UMA PROVA.

  46. Victor Hugo Postado em 13/May/2015 às 11:12

    Risível todo tipo de radical falando em fundamentalismo. Opinião contrária foi feita para ser respeitada, não atacada. Ignorância deveria doer, quem saiba procurassem a cura.

  47. mauricio augusto martins Postado em 13/May/2015 às 12:43

    Ler o Kama Sutra, vem melhor a Calhar, dado a 'INGNORÂNCIA" contumácia...maumau

  48. francisco martins Postado em 31/Jul/2015 às 23:16

    a continuar assim, o Brasil se tornará um talibã cristão.

  49. Helen Postado em 14/Dec/2015 às 12:42

    Se badernou e desrespeitou tem que ser retirado mesmo.