Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Eleições 2012 20/Oct/2012 às 15:44
10
Comentários

Fenômeno de rejeição semelhante ao de José Serra só ocorreu duas vezes na história

O que ocorreu com José Serra nas eleições municipais de 2012 ainda será estudado pelos cientistas políticos: como um político que contou com o apoio de praticamente toda a grande imprensa alcançou níveis de rejeição comparáveis aos de Paulo Maluf? O político símbolo do “rouba, mas faz”, ao menos, pode alegar que tinha a oposição dos meios de comunicação

rejeição josé serra são paulo

José Serra tem 52% de rejeição, de acordo com o último Datafolha. Índice equivale aos de Paulo Maluf e Fernando Collor. A diferença é que os últimos dois não contaram com o apoio da mídia, ao contrário do candidato tucano. (Foto: divulgação)

A uma semana das eleições municipais, o destino da maior cidade do País parece selado. Como 52% dos eleitores ouvidos pelo Datafolha não votariam em José Serra em hipótese alguma, sua vitória parece ser uma impossibilidade matemática.

Uma rejeição de 52% é um fenômeno raro na política. Já foi alcançada por Paulo Maluf, que teve 59% no fim da administração de seu pupilo Celso Pitta, e por Fernando Collor, que conseguiu 62%, na época do impeachment.

Estes dois, no entanto, eram alvo de denúncias constantes da imprensa. Serra, ao contrário, tem contado com a simpatia de praticamente todos os grandes veículos de comunicação nas eleições em que disputa. Em 2010, contra Dilma Rousseff, Serra teve o apoio explícito, mas não declarado, de Globo, Veja, Folha e Estado. Em 2012, contra Fernando Haddad, não é diferente.

Talvez esse apoio tão explícito, no momento em que a internet quebra os monopólios da comunicação e dá voz direta aos eleitores, ajude a explicar a rejeição a Serra. Outra explicação é a aliança do tucano com os setores mais conservadores, preconceituosos e retrógrados da sociedade brasileira, como foi apontado, neste sábado, pelo jornalista Ricardo Mendonça, editor-assistente da Folha de S. Paulo.

Na reta final da campanha, Serra voltou a usar filmes vinculando Paulo Maluf a Fernando Haddad. No entanto, quem se parece cada vez mais com Maluf, ao menos na rejeição, é Serra. E a seu favor, o político do “rouba, mas faz” pode alegar que tinha a imprensa contra. Serra conseguiu seus 52% com os meios de comunicação a favor. Um fenômeno a ser decifrado pelos cientistas políticos.

Brasil 247

Recomendados para você

Comentários

  1. Marlene Cassel Acosta Postado em 20/Oct/2012 às 16:35

    Isso só me dá certeza, da força que tem os internautas, que quando se unem, nem a Imprensa Golpista consegue os abater!!!

  2. Rogerio Postado em 20/Oct/2012 às 23:51

    Eu votaria em Haddad se fosse paulistano. Mensalão é uma coisa, eleição é outra. O povo que condenaria Dirceu vota em Haddad. O povo vota e decide. Que aomenos o PiG respeite a vontade popular.

  3. Rose Postado em 22/Oct/2012 às 02:04

    Creio eu que esse fenômeno de rejeição tem um nome : INTERNET . Associado é claro a inépcia de Serra em governar, ao jogo rasteiro que pratica jamais divulgado pelos jornalões e redes de televisão sempre de algum modo favorecidos pelos governos de São Paulo, Serra começou sua queda com a farsa da bolinha de papel desmascarado prontamente pela internet, ficha falsa da Dilma, aborto, e toda sorte de embuste . Perdeu a eleição em 2010 e não aprendeu nada; em 2012 voltou com o mesmo jogo de intolerância e preconceitos , jogo raso de quem não tem propostas. Hoje conta com 52% rejeição índice alto para uma cidade que tem a fama de ser a mais elitista do país e contando com o apoiou da mídia e todo o show pirotécnico que armou para o adversário.

  4. Daniel Postado em 22/Oct/2012 às 02:34

    Acredito que a mídia não tem forças para "construir' um candidato. A internet deve ser protegida, pois ele está esclarecendo o eleitor.

  5. Paulo Roberto Pinto Postado em 22/Oct/2012 às 12:38

    A população com acesso a internet e os Blogs sérios informam e formam. O povo esta conseguindo separar entretenimento com coisas sérias. Acredito que a mídia já mentiu tanto e o povo esta se dando conta disto. Esta ai uma oportunidade para que todos analisem. É possível enganar o povo durante um certo tempo, mas não durante todo o tempo. Vamos moralizar os meios de comunicação e lutar pela democratização dos meios de comunicação.

  6. luiz Postado em 22/Oct/2012 às 14:34

    Efeito Malafaia.

  7. Antonio Ferdinando Postado em 22/Oct/2012 às 17:50

    Para compreender essa rejeição, creio que, o melhor a ser feito é tão simplesmente observar o verdadeiro elemento que está sendo rejeitado, a meu ver, essa imprensa que defende o Serra. O papel da internet, ironicamente, foi possibilitar a construção de uma rede de opiniões que, fora do mundo virtual, sobreviviam apenas como meras percepções individuais. Quando na internet, as pessoas não se viram mais como ilhas subjetivas mas sim como uma espécie de comunidade que partilha das mesmas opiniões e que se fortaleceu enquanto crítica. Essa rejeição à esses grupos tradicionais de imprensa que tentam, de forma sutil ou escandalosa, manipular a opinião pública, acabaram por encontrar focos de resistência que com o tempo vem crescendo mais e mais. Enfim, é apenas uma opinião, mas penso que tem algum elemento de coerência! Abraços!

  8. Rafael Dedos Postado em 23/Oct/2012 às 09:16

    É claramente o poder da Internet falando mais alto. Assim como a derrota do Russomano pode ser atribuída a esse fator também.

  9. Raoni Japiassu Postado em 24/Oct/2012 às 09:32

    Se a explicação é a internet, então porque o Serra tem maior rejeição no eleitorado mais pobre e com menos anos de estudo, justamente o que tem menos acesso à internet? Por que a faixa do eleitorado com maior acesso à internet vota mais no Serra? Acho mais sensato pensar que a internet é uma parte da explicação, mas existem outros fatores (efeito Malafaia, mandatos interrompidos, mentiraiada, falta de propostas, elitismo). Dizer qual ou quais são mais importantes requer uma análise aprofundada, se não é apenas achismo.

  10. Thiago Postado em 24/Oct/2012 às 23:41

    Qual é essa imprensa que apoia o Serra? Nunca vi. Já a imprensa que apoia o PT (financiada com o meu dinheiro) está em todos os cantos.