Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Eleições 2012 13/Sep/2012 às 12:34
6
Comentários

Lula faz piada sobre 'choque de gestão tucana' e incendeia campanha

Lula brincou com a fama dos rivais de “tucanar” a verdade, criando expressões elaboradas para amenizar palavras simples. E afirmou: choque, no fim, significa somente “demissão” de funcionários, corte de salários e “descaso” com a população

A volta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aos palanques em São Paulo, na terça-feira 11, foi carregada de ironias sobre os adversários tucanos. Disposto a vencer a disputa no principal reduto do PSDB, Lula usou o ato em apoio ao candidato Fernando Haddad, na Quadra dos Bancários, para mirar a jugular dos rivais, sobretudo após a recente investida de Fernando Henrique Cardoso contra o legado dos oito anos de governo petista.

Leia também

Com um olho em José Serra, candidato tucano em São Paulo, e outro no antecessor, o ex-presidente provocou risos na plateia ao falar sobre expressões caras ao tucanato como “choque de gestão”. “É uma palavra muito usada pelos tucanos”, disse Lula. “Eu nem entedia que diabo era isso. Aí eu fiquei sabendo que era o cara que sabia administrar. Apareceu o choque de gestão. Eu disse: puxa vida, vai voltar a tortura no Brasil com choque?”

lula haddad quadra bancários eleições

Lula disse que não foi fácil escolher Haddad como candidato em São Paulo, e que teve muita pressão contrária de outros petistas. Foto: Nelson Antoine/Fotoarena/Folhapress

Para quem já se acostumava com a postura comedida dos petistas durante os pronunciamentos de Dilma Rousseff, a fala de Lula serviu como combustível para uma campanha que se estendia morna.

Lula brincou com a fama dos rivais de “tucanar” a verdade, criando expressões elaboradas para amenizar palavras simples. E afirmou: choque, no fim, significa somente “demissão” de funcionários, corte de salários e “descaso” com a população. E colocou o seu legado a serviço do apadrinhado ao se declarar responsável por criar um outro tipo de administração, com responsabilidade social.

Levantada a bola, coube a Haddad defender o legado de Lula, de quem foi ministro da Educação, no palanque. “O antecessor do presidente Lula tinha muitos diplomas universitários, mas o Lula hoje é campeão em títulos de doutor honoris causa”, disse.

A reação não tardou a vir: no dia seguinte, a campanha tucana levou ao ar duas propagandas em que associava o candidato petista ao ex-ministro José Dirceu, réu no processo do chamado “mensalão”.

No Facebook, a campanha de Serra publicou um texto em que deixava a fratura exposta usando uma linguagem bélica. ”É tempo de não se dobrar a esta guerrilha perversa que está sendo praticada. É certo de que nos acusarão de ‘baixaria’, de baixar o nível do ‘debate’ – sendo que não existe debate.”

Em evento no centro da cidade, Serra criticou a participação da presidenta Dilma Rousseff no horário eleitoral de Haddad. “Ela vem meter o bico em São Paulo, vem dizer para os paulistas como é que eles devem votar. Não se pode impedir isso, é só registrar: ela, que mal conhece São Paulo, vem aqui dar seu palpite”.

Agências, com CartaCapital

Recomendados para você

Comentários

  1. JOÃO SZABO Postado em 14/Sep/2012 às 07:46

    E o Lula possui, hoje, depois do mensalão e da criação de cerca de 20 ministérios inúteis para aconchegar os !cumpanhero", alguma moral para dar qualquer tipo de opinião sore quem quer que seja? O câncer na laringe foi uma oportunidade divina para se calar, no entanto não aprendeu, e continua a espalhar sua ignorância pelo Brasil afora. Hoje o PT é o partido mais corrupto que já existiu no Brasil, após a república, o o Lula é o representante maior deste partido E os paulistanos que se cuidem, se o Haddad for eleito. São Paulo será o segundo maior fornecedor de dinheiro para o Caixa 2 do PT, depois do Brasil.

  2. 2012 Postado em 16/Sep/2012 às 11:59

    Não da para saber quem é pior os tucanos ou os petistas.

  3. Maicon Saviato Medeiros Postado em 17/Sep/2012 às 01:22

    Não fale bobagem João, se existe partido mais corrupto deve ser o seu PSDB que todos os casos de corrupção jogava para baixo do tapete, esqueceu da privataria tucana? Da compra de votos da reeleição, dos vários desvios de dinheiro, como os sanguessugas, o mensalão de Minas Gerais do Azeredo tu esqueceu? E o teu Serra que disse que não iria renunciar e depois renunciou? O problema dos tucanos é que Lula fez muito mais, tirou 40 milhões da pobreza, fez o Brasil crescer e investir mais em todas as áreas do BRASIL, compare, damos de goleada em vocês em todas as áreas, o BRASIL é respeitado lá fora e hoje temos um governo que criou a 10 anos instrumentos de combate a corrupção, como o aparelhamento da polícia federal, a criação da CGU - controladoria geral da união que investiga corrupção, portal de transparência onde os dados dos gastos são prestado contas, um série de investigações, mais de 3000 mil quadrilhas desmontadas num combate ao tráfico e corrupção jamais vistos! COM CERTEZA HADDAD É O MELHOR, O NOVO E DIFERENTE PARA SÃO PAULO, É A HORA DE MUDAR A PÉSSIMA GESTÃO DE SERRA E KASSAB QUE FIZERAM SÃO PAULO ANDAR PARA TRÁS! É HORA DE SÃO PAULO AVANÇAR! É 13!

  4. lilian santos Postado em 01/Oct/2012 às 16:49

    Acho que ele não tá com esta bola toda pra julgar os outros partidos, pois o PT tá mas sujo que pau de galinheiro, e é um hoje um partido que a muito deixou de ser exemplo de honesatidade! Deixamos de hipocresia!!!

  5. Giovani Postado em 09/Oct/2012 às 14:38

    Lula, o pai do mensalão, quer botar a mão na Prefeitura de São Paulo por meio deste medíocre Hassad, lembram do Enen, o ilustre candidato era, à época Ministro da Educação e quase pôs tudo a perder aos estudantes que passaram um ano inteiro se preparando para o exame. Fora PT, fora corruPTos!!!

  6. Ismael Postado em 17/Oct/2012 às 19:03

    Acho que não há imbecis maiores do que aqule eleitor de classe média reacionário, bairrista, leitor seguidor de Vejas, antipetista doente. O Szabo, lava a boca antes de falar do presidente Lula e do PT, fio. E vê se procura se reconciliar com Deus por que ao atacar usando a doença do ex-presidente você se mostrou um canalha digno das práticas demotucanalhas.