Luis Soares
Colunista
Compartilhar
América Latina 20/Sep/2012 às 17:37
15
Comentários

Jimmy Carter surpreende: 'Venezuela tem melhor processo eleitoral do mundo'

“Processo eleitoral na Venezuela é o melhor do mundo”, diz Jimmy Carter. Ex-presidente dos EUA coordena centro de monitoramento de eleições ao redor do mundo há mais de uma década

jimmy carter presidente eua venezuela

Jimmy Carter, ex-presidente dos EUA, explica os motivos que o levam a crer na excelência do sistema eleitoral venezuelano. Foto: divulgação

O processo eleitoral na Venezuela é considerado o melhor do mundo pelo ex-presidente dos Estados Unidos Jimmy Carter, que coordena uma instituição de monitoramento de eleições ao redor do mundo há mais de uma década. Em conferência anual do Carter Center, o norte-americano também garantiu que Hugo Chávez venceu de forma “justa” o último pleito presidencial, em 2006.

Carter elogiou o sistema de votação venezuelano por incluir duas formas de contagem, o que dificulta qualquer tipo de tentativa de fraude. No país, os eleitores escolhem o seu candidato em uma urna eletrônica e ainda recebem um comprovante, que é depositado em uma caixa vedada, aberta para confirmar os resultados eleitorais. Além disso, um dos dedos é manchado com tinta indelével.

Leia também

O democrata disse que enquanto os sistemas de financiamento de campanha nos países latino-americanos melhorou significativamente, nos EUA se consolidou uma “corrupção financeira” alimentada por “resoluções que facilitaram o fluxo de dinheiro privado para as contas dos candidatos”.

Suas declarações vieram no mesmo dia em que jornalistas se reuniram no Carter Center para um workshop sobre a cobertura midiática das eleições venezuelanas. A instituição quer preparar os profissionais para escreverem retratos profissionais e não partidários do próximo pleito no país, que ocorre no dia 7 de outubro deste ano.

“O espaço que o treinamento do Centro fornece para reunir jornalistas de mídia divergentes é uma contribuição importante para diminuir a polarização e fortalecer a democracia venezuelana”, afirmou Andres D’Alessandro que coordenou atividades em junhos deste ano.

“As oficinas me ensinaram que tenho de fazer jornalismo – não jornalismo de oposição ou jornalismo oficial”, disse David Ludovic da ONG Instituto Prensa y Sociedad, que monitora o direito à liberdade de expressão na Venezuela. “Eu devo trazer apenas dados e explicações para o meu público”, acrescentou.

Por mais de uma década, o Carter Center conduziu observações eleitorais e treinamento para jornalistas na Venezuela. A organização norte-americana vai realizar estudo autônomo e independente sobre as eleições presidências deste ano no país, incluindo percepções da população sobre o processo eleitoral.

Marina Mattar, Opera Mundi

Recomendados para você

Comentários

  1. R. Romani Postado em 21/Sep/2012 às 14:14

    Aqui precisaria ter uma tecla escrito "NULO" e mesmo assim a nossa urna eletrônica não é reconhecida internacionalmente como não existe e nunhum lugar no mundo.

  2. Mari Postado em 22/Sep/2012 às 12:09

    Pena que esse processo de votação lindo ajude a perpetuar o chavismo

    • Gustavo S Postado em 22/Sep/2012 às 13:00

      Esse processo de votação lindo não ajuda a perpetuar ninguém. As eleições são diretas, democráticas, limpas e vence quem recebe mais votos, simples assim. Mania feia desse discurso de Jornal Nacional.

  3. Pedro Brucutu comeu seu.. Postado em 22/Sep/2012 às 14:45

    Brasil tem fraude nas eleições e é tudo manipulado mesmo

  4. João Postado em 24/Sep/2012 às 10:21

    Parabéns Venezuela!!! Parabéns Hugo Chavez !!!

  5. Angela Postado em 24/Sep/2012 às 21:55

    Realmente está faltando aqui no Brasil, o comprovante de votação. Isso é fundamental. Mas, já li em algum lugar que, este ano - 2012 - já haverão alguns municípios com urnas que imprimem comprovante, a título de experiência. Finalmente!!!

  6. Raoni Postado em 25/Sep/2012 às 08:45

    O problema do Brasil não é a fraude do voto. É a fraude da campanha eleitoral. Existe uma relação direta entre orçamento da campanha e número de votos, principalmente nas eleições municipais. Nenhum político precisa se arriscar a fraudar o sistema de contagem de votos porque é muito mais seguro receber "doações" de empresas e de gente rica.

  7. Marco Felippe Postado em 24/Oct/2012 às 18:25

    As pessoas falam em perpetuação do Chavismo, mas, será que esse povo, e eu digo o POVO necessitado e para o qual o Governo de Chaves esteve sempre voltado e transformou em ator principal nos últimos 14 anos, está errado em eleger um candidato que põe em prioridade suas necessidades e não a dos mais ricos como tinha sido até então? E fica bem claro, por mais que a imprensa ocidental americanizada tente manchá-lo, o povo nesse caso, não é bobo. Viva a Venezuela!

  8. Raul Timor Postado em 22/Nov/2012 às 18:21

    " Mari, em 22 de setembro de 2012 às 12:09 disse: Pena que esse processo de votação lindo ajude a perpetuar o chavismo" Mari, bobinha, quem ajuda a perpetuar o chavismo é o povo que vota no homem. Mas não exagera, perpetuar é um pouco forte. Vai te informar melhor e larga esse preconceito que te estão inculcando à força.

  9. Emanoel Celestino Postado em 08/Jan/2013 às 10:19

    "Pena que esse processo de votação lindo ajude a perpetuar o chavismo" Fato!!! Pior somos nós perpetuando o petismo por aqui!!!

  10. Rodrigo B Postado em 08/Jan/2013 às 18:28

    Aqui no Brasil o comprovante serviria para as milícias do Rio conseguirem vencer as eleições, pois os eleitores seriam obrigados a apresentar o comprovante que votaram nos candidatos impostos à força...

  11. dAVI Postado em 06/Mar/2013 às 21:30

    OS REACINHAS ESTÃO EM TODO LUGAR. FAZER O QUE NÉ, FILHOTINHOS DA GLOBO, VEJA, ESTADÃO, FOLHA E OUTROS DETRITOS DE MARÉ BAIXA POR AI, BANDO DE GENTE BURRA.