Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Eleições 2012 19/Sep/2012 às 14:10
0
Comentários

ACM Neto justifica publicamente "surra" que prometeu a Lula

ACM Neto teria se arrependido da ‘surra em Lula’. “Reagi realmente de uma forma indevida. Eu não tinha a experiência que tenho hoje. Estava começando a minha carreira. Mas o mais importante é que eu fui em frente”, disse

acm neto surra lula desculpas

ACM Neto (DEM-BA) faz retratação em seu guia eleitoral sobre surra que prometeu ao ex-presidente Lula. Foto: divulgação

A propaganda eleitoral gratuita em Salvador começou, enfim, com novidades nesta semana. Enquanto o candidato do PT, Nelson Pelegrino, contou com o apoio da presidente Dilma Rousseff pedindo votos a seu favor, seu adversário ACM Neto (DEM) aproveitou seu tempo para fazer uma espécie de retratação pública por ter prometido dar “uma surra” no então presidente Lula em 2005 em pronunciamento na tribuna da Câmara Federal.

Parece que o mar revolto, irritado pelo ex-presidente ressentido na última sexta-feira (14), abalou a estrutura da campanha democrata.

A “surra” foi prometida há sete anos, em discurso na Câmara em meio à investigação do esquema do mensalão, ACM Neto acusou a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) de monitorá-lo desde quando assumiu a sub-relatoria da CPI dos Correios.

Leia também

Aparentemente magoado, Lula desabafou no palanque de Pelegrino na última sexta. “Se esse cidadão teve coragem de dizer que queria bater no presidente da República, imagina o que vai fazer com camelô em Salvador”.

Mais calmo do que na sessão de 2007, Neto disse ontem na TV. “Reagi realmente de uma forma indevida. Eu não tinha a experiência que tenho hoje. Estava começando a minha carreira. Mas o mais importante é que eu fui em frente. Eu não me deixei intimidar. E, agora, os réus do mensalão estão sendo julgados e condenados pelo STF (Supremo Tribunal Federal)”.

Será que os 26% dos soteropolitanos que dizem que vão votar em Pelegrino nas pesquisas perdoarão o democrata?

Brasil 247

Recomendados para você

Comentários