Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Eleições 2012 21/Aug/2012 às 14:51
0
Comentários

Nova pesquisa Datafolha aponta José Serra ladeira a baixo

Político ultrapassado? O eleitor paulistano começa a perceber que José Serra não tem mais nada de novo a oferecer

josé serra datafolha

José Serra já aparece atrás de Russomanno na mais recente pesquisa Datafolha.

A recente pesquisa Datafolha realizada nesta segunda-feira (20), na capital paulista, aponta mudanças no cenário eleitoral. Pela primeira vez, Celso Russomanno (PRB) aparece à frente do tucano José Serra na disputa pela Prefeitura de São Paulo. O candidato do PRB tem 31% das intenções de voto, 4 pontos a mais que Serra.

Como a margem de erro da pesquisa é de 3 pontos para cima ou para baixo, eles continuam tecnicamente empatados. Em relação ao levantamento anterior, de 19 e 20 de julho, Russomanno cresceu 5 pontos. No mesmo período, Serra caiu 3 pontos.

O aspecto principal evidenciado pela pesquisa Datafolha sobre a eleição paulistana é o acentuado declínio do candidato das forças conservadoras, José Serra. Esse declínio se manifesta tanto na queda de sua intenção de votos, como no aumento de sua rejeição.

Leia mais

Em junho, Serra era rejeitado por 32% do eleitorado paulistano. Em julho, seu índice de rejeição subiu para 37%. Já na pesquisa desta segunda (20) – a última antes do início do horário eleitoral gratuito no rádio e na TV, que começa nesta terça (21) – o tucano oscilou mais um ponto para cima, alcançando 38%.

Serra não tem nada de novo a propor e o eleitorado paulistano e brasileiro já percebeu isso. De campanha em campanha, derrota em derrota, foi revelando seu caráter retrógrado. Político ultrapassado, vende ilusões para cacifar as suas desmedidas ambições. Acuado e rejeitado pelo eleitorado, Serra caminha para uma contundente derrota. Encostado à parede no reduto tucano por seus rivais (Aécio e Alckmin, também porta-vozes do atraso, do neoliberalismo e do conservadorismo, mas detentores de cotas de poder), o fim da carreira política de Serra se afigura como um rotundo fracasso.

Terceiro lugar

O cenário eleitoral na capital promete ainda novas mudanças a partir desta terça (21), em virtude de o início da propaganda gratuita no rádio e na TV. Alterações significativas devem ocorrer, principalmente, entre os quatro candidatos que ocupam atualmente a terceira colocação – com tendência à acentuação da diferença das intenções de votos entre eles.

A pesquisa Datafolha aponta que em terceiro lugar e tecnicamente empatados estão: Fernando Haddad (PT) com 8% das intenções de voto; Gabriel Chalita (PMDB) com 6%; Soninha Francine (PPS), 5%; e Paulinho da Força (PDT), 4%.

Folha de S.Paulo e Vermelho

Recomendados para você

Comentários