Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Racismo não 09/Aug/2012 às 01:06
11
Comentários

Jovem é vítima de agressão racial após recusar namoro com rapaz

Após não ter interesse correspondido rapaz fez vários insultos raciais no Facebook contra a garota

racismo timóteo

Após ato de racismo, rapaz ainda debocha das possíveis consequências de sua atitude criminosa. Foto: Facebook

Um inquérito instaurado na Delegacia de Polícia Civil apura denúncias de ofensas por parte de um rapaz de 21 anos, morador de Ipatinga, contra uma jovem de 18 anos, moradora de Timóteo, em uma página de relacionamentos na internet. A vítima é Nicolie Caroline Pereira da Silva, 18 anos. Acompanhada da família, a jovem procurou o delegado de Polícia Civil Gilmaro Alves, nesta semana, e entregou as cópias de suas conversas pela internet com o rapaz, que se refere a ela, entre outras expressões, como “preta imunda”.

Segundo Nicolie, no dia 13 de abril deste ano, ela e o rapaz começaram uma amizade no Facebook. “Conversamos normalmente e ele me chamou para sair. Eu falei que queria só amizade e poderíamos sair com os nossos amigos. Ele me disse que dessa forma não tinha jeito, pois iria quebrar o clima de romance. Não aceitou a minha negativa e começou a me ofender. Ele me insultou, falou da minha raça, insultou a minha mãe e afirmou que se ele tivesse carro e moto eu sairia com ele”, explicou.

Leia mais

Ainda segundo Nicolie, ela e o jovem pararam de conversar após a recusa. No dia 3 de agosto, o rapaz puxou papo novamente. “Ele comentou que tinha visto as minhas fotos, elogiou e, novamente, me chamou para sair. Eu disse outra vez que não, e em seguida passou a me ofender, falou muitos palavrões e me chamou de preta e imunda. Disse ainda que eu tenho cabelo de palha de aço, e ainda xingou a minha mãe”, detalhou.

A jovem ressaltou, ainda, que as ofensas não pararam mesmo avisando ao rapaz que copiaria o arquivo e postaria na internet. “Ele disse que tinha pele branca, cabelo liso e olhos verdes. Eu disse que isso dava cadeia, e ele falou que não tinha medo de mim e escreveu ‘sua preta imunda’. Falou ainda que a Bíblia condena os negros, que somos raça de Satanás. Ele está totalmente equivocado e não pode fazer isso com ninguém”, pontuou.

Nicolie afirmou ao jornal Diário de Aço que não deseja a ninguém passar por uma situação dessas. “Eu gostaria que isso não ocorresse com ninguém, seja por injúria racial, homofobia, bulling, ninguém merece isso. Estou fazendo o meu papel de denunciar e não aceitar calada essas ofensas”, afirmou.

Orientações

nicole racismo timóteo

Nicolie Caroline Pereira da Silva, 18 anos, é mais uma vítima de racismo no Brasil.

A mãe, Doreci dos Reis Pereira da Silva, 43 anos, contou ao jornal que acompanhou de perto as conversas da filha com o rapaz. “Quando ela recebeu esta proposta de sair e o rapaz começou a ofendê-la, ela me chamou e mostrou o teor da conversa. Eu orientei que copiasse o arquivo e jogasse na internet, e depois correríamos atrás de nossos direitos. Dói muito, e espero que a justiça seja feita. Entregamos ao delegado um dossiê com 66 páginas. Arquivamos todas as conversas desde o dia 13 de abril, quando começou a amizade deles pela internet”, contou.

Já o pai de Nicolie, Celso Roque da Silva, 49 anos, relatou que esperava pelo menos um pedido de desculpas por parte do rapaz. “Não que a nossa decisão de denunciá-lo fosse mudar, mas nós esperávamos que este rapaz pedisse no mínimo desculpas à minha filha, mas isso não ocorreu e ele se tornou mais agressivo”, lamentou.

Investigações

O delegado da Polícia Civil em Timóteo, Gilmaro Alves, informou que a declaração de Nicolie e as cópias das mensagens trazem ofensas que maculam a imagem da jovem e de sua mãe. “Ouvimos as duas e instauramos inquérito policial em face da gravidade dos fatos, pelo que consta nas provas trazidas pela família. Verificamos pelo computador da jovem a origem das mensagens e vamos ouvir os parentes e as pessoas que tomaram conhecimento das ofensas pela internet. E aguardamos em curto espaço de tempo apontar as causas e circunstâncias de como se deram estas ofensas”, explicou.

O delegado acrescentou que o nome do rapaz acusado pela família não deve ser mencionado, pois as investigações estão em fase inicial. “Se não for esta pessoa que elas acusam, descobriremos quem foi o emitente destas ofensas. E tão logo tomarmos conhecimento adotaremos as medidas cabíveis”, concluiu.

Jornal Diário de Aço, com Pragmatismo Político

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Hermes Postado em 09/Aug/2012 às 11:54

    Isso é tão comum e ainda assim fico extremamente enojado... Espero que ele tenha a oportunidade de explicar seu racismo atrás das grades. E com uns negões bem amistosos.

  2. Taks Postado em 09/Aug/2012 às 17:35

    Não creio que o rapaz seja racista, e sim que tenha se utilizado de insultos racistas para ofender a moça que recusou sua proposta de namoro. Não estou aqui qualificando a imbecilidade e falta de senso do rapaz, mas enquadrar isso em crime racial já é um exagero e ao meu ver, uma forma de extrair vingança por uma ofensa pessoal.

  3. daniela Postado em 10/Aug/2012 às 03:16

    Vc esta muito equivocado Taks, ele é racista sim! Quando as leis forem cumpridas e as pessoas comecem a pagar por seus crimes de racismo, ai sim, uma mudança de comportamento podera ocorrer...Isso nao e vingança pessoal e sim procurar fazer justiça. Racismo é crime!

  4. Thiago Postado em 11/Aug/2012 às 18:01

    Antes de crime racista, ele está ofendendo um ser humano por motivo torpe. Pior isso pode resvalar até como ameaça. Esse cara não é apenas um "tolo", mas pode também ser extremamente perigoso. Tem que meter um processo pesado nele.

  5. Alana Postado em 11/Aug/2012 às 21:17

    O pior dos racismos no Brasil se chama Racismo Institucional, o praticado pelo próprio Estado... Quem vê assim de fora, as novelas brasileiras etc, acha que só tem loirinhos de olhos azuis no Brasil. Deprimente toda essa situação que temos de presenciar.

  6. RAPHAEL Postado em 11/Aug/2012 às 22:04

    Ele é capaz de pensar que é descendente da raça "Ariana" que Hitler queria criar e mudar a genética no mundo. Deveriam ler um pouco mais, e ver que a humanidade toda descende da "Velha África". Queiram ou não, somos frutos do berço africano. Além de que, nunca soube que a diferença de cor alterasse um ser humano. Todos nós somos iguais em tudo. Eu mesmo suspeito que o descendente direto da África, é sim, um ser bem superior ao dito branco. Quem diferencia o ser humano não é a cor, mas a mente. Pena é que esse "branco", caso a justiça consiga pega-lo, não vá cumprir uma temporada numa cela repleta de "africanos" por ele desprezado. Seria interessante mesmo, e mais ainda, se os companheiros de cela soubessem o que ele pensa deles. Seria um carnaval fora de época.....

  7. Jordane Postado em 15/Aug/2012 às 03:54

    Falou e disse Rapahel, cadeia nele!

  8. Isaac Postado em 28/Sep/2012 às 22:04

    E quem quiser defender o amiguinho, que tem todo aquele vocabulariozinho, que o leve pra casa, dê água, comida, ponha uma coleira e focinheira, e tranque dentro da jaula. Prezo a vida dum animal, mas não a dele. Ele é um bicho, se teve coragem de falar daquele jeito com a Nicolie, pode fazer qualquer atrocidade.

  9. Ramos de Souza Postado em 06/Oct/2012 às 06:50

    Coloca na cadeia com aqueles fortes homens negros e gente boa para tratarem dele.

  10. Isaac Postado em 11/Oct/2012 às 01:47

    Pensando bem até que ele não é tão mau. Deve ser um covarde. Bom, ele é um covarde, e lá na cadeia, conforme disse o Ramos ia virar um santinho, ou uma mocinha.

  11. Helder Postado em 26/Oct/2012 às 03:03

    Esse é mais um imbecil que fica descontrolado quando leva um fora, processo no lombo desse moleque.