Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 20/Aug/2012 às 21:18
63
Comentários

Frei Betto: "Votar nulo ou em branco é aceitar aquilo que há de pior"

De acordo com Frei Betto, os jovens precisam perder o olhar ‘nojento’ que possuem com relação à política. “Quem tem nojo da política é governado por quem não tem. Tudo que os maus políticos querem é que a gente tenha bastante nojo para eles ficarem à vontade com a rapadura na mão”

frei betto voto nulo

Frei Betto é autor de 53 livros, editados no Brasil e no exterior. Foto: reprodução

Somos responsáveis pela política que predomina em todo o Brasil“. Essa é a afirmação de Frei Betto, assessor de movimentos sociais e comentarista da Rádio Brasil Atual, às segundas-feiras. Segundo ele, nesse momento de período eleitoral, todos os grupos, entidades e movimentos sociais devem convidar candidatos de todos os partidos para debater sobre os seus projetos.

Os candidatos devem ser chamados para debater as suas propostas porque essa é a maneira de formarmos uma consciência politica de qualidade, de encontrarmos os critérios de uma participação política ativa e escolhermos melhor em quem votar”, disse.

Para ele, o votar nulo ou em branco é a aceitar aquilo que há de pior hoje. “O voto é importante para configurarmos um país melhor. O Brasil depende dos municípios, que são a base da sociedade. É no município que está o ensino fundamental, o posto de saúde e o transporte público coletivo. Se queremos melhorar a vida de cada um de nós na cidade, temos que estar atentos às eleições”, opinou.

Leia mais

De acordo com Frei Betto, os jovens precisam perder o olhar ‘nojento’ que possuem com relação à política. “Quem tem nojo da política é governado por quem não tem. Tudo que os maus políticos querem é que a gente tenha bastante nojo para eles ficarem à vontade com a rapadura na mão. Ou seja, se não estamos satisfeitos com a política, temos a obrigação cidadã de participar”.

Para o comentarista, todos os cidadãos são de algum modo, participantes da política. “A participação se dá por omissão, aceitando o que se apresenta, ou por participação, tentando interferir, votando melhor e escolhendo com mais critério os candidatos”, concluiu.

Rede Brasil Atual

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Odilon de Lima Postado em 20/Aug/2012 às 23:26

    Concordo com o frei Beto. Os maus políticos querem que os homens de bem afastem-se da vida política. Assim, eles comem a rapadura, a merenda escolar das crianças carentes, a aposentadoria e a pensão dos idosos e a verba da saúde, da segurança, do transporte público e tudo o mais que poderia amenizar o sofrimento do povo.

  2. Marcos Araújo Postado em 21/Aug/2012 às 11:32

    Não concordo não. Não podemos achar que a única maneira de mudar o quadro político brasileiro seja através do voto. A FICHA LIMPA é um bom exemplo disso. O povo se movimentou, escreveu, colheu assinaturas, pressionou e aprovou. Desceu goela abaixo, eles querendo ou não. O atual sistema não pode ser apoiado. Pelos atuais mecanismos desse sistema, nunca, nunca deveríamos nos assustar, por exemplo, com o fato de haver desvio de dinheiro público. Como se eleger sem caixa? Chego até a pensar que eles só roubam para se perpetuarem no poder e não pela simples ganância. VOTO NULO SIM! DIREITO MEU

  3. Gustavo S Postado em 21/Aug/2012 às 11:55

    Concordo com Frei Betto. Mudanças verdadeiramente estruturantes dentro do sistema político-econômico atual são apenas possíveis através de ações definidas a partir da política profissional. Votar nulo é um direito de cada um, mas que, na prática, não representa absolutamente nada, e sequer é válido como protesto.

  4. Rodrigo Postado em 21/Aug/2012 às 12:25

    Parabéns Marcos Araújo! Ainda acho impressionante como as pessoas podem ser chatas e manipuláveis, em qualquer direção. Outro dia, a palavra de ordem era a contrária: seja politizado, vote nulo em protesto! - Hoje é essa: seja politizado, não vote nulo para ser ativo e participativo! Blablablá, tudo blablablá. O sistema é um lixo, e assim é pq a grande maioria o aceita. Acreditar que votar é ser politicamente ativo, na minha humilde opinião, é a ideia mais cômoda entre as mais cômodas que se pode ter, politicamente falando. As pessoas não entendem o que a democracia representa de fato. Elas só entendem que democracia é ter o direito de votar em quem elas bem entendem. Pois pra mim, quem está no poder importa sim, mas é só a ponta do iceberg. Quem tem o verdadeiro poder é o povo, as pessoas que constituem uma nação, uma unidade. O problema aqui é que não há unidade nenhuma, só enxergam o próprio umbigo. Respeite quem quer anular seu voto. Quer ser ativo politicamente? AJA! Promova ações, discussões, motive as pessoas, proponha soluções, cobre atitudes das pessoas certas; não encha o saco de quem está desacreditado de um processo que só dá razões para o descrédito.

  5. Elina Miotto Postado em 21/Aug/2012 às 12:28

    Nessa estou com Frei Betto. Por mim votaria nulo de cabo a rabo, mas isso é dar força pra essa corja maldita. Precisamos escolher entre os que existem.

  6. Caslu Postado em 21/Aug/2012 às 13:19

    Na teoria é tudo muito lindo, infelizmente só na teoria.

  7. Marcelo Postado em 21/Aug/2012 às 13:24

    Concordo com as palavras do Marcos Araújo e do Rodrigo acima. O problema não está na escolha de maus canditatos, e sim, na política em si. E digo "política" da forma como está sendo realizada atualmente, com as pessoas escolhendo alguns poucos para representá-las por 4 anos, e, durante esse tempo todo, não tem nenhum poder sobre as decisões que aqueles poucos tomam, decisões essas que afetam a vida de TODOS. E na minha opinião, votar em branco é um protesto contra isso, contra o sistema em si. O governo e a mídia vêm, há tempos, manipulando as massas (alguma novidade até aí?) para acreditarem que ao votarem estão exercendo "Democracia". Infelizmente têm dado certo.

  8. Paulo Fernandes Postado em 21/Aug/2012 às 15:22

    Errado! O voto nulo faz mais efeito do que votar. Só porque não há alternativas melhores, não quer dizer que devemos ser CONDIZENTE com essa palhaçada toda. É preciso mudar todo o sistema político. Acabar de vez com essa merda que ocorre lá no DF e em cada cidade. Esse maquiavelismo de gente que não está nem aí pra situação da nossa sociedade. E enquanto isso, continuarei não votando. O voto é pura enrolação. Serve apenas para dar a ilusão de que o "povo" tem o controle. Mas tem é bosta nenhuma, não nessa forma de democracia indireta. Repetindo: O voto não passa dum embuste!!! Fação um favor a vocês mesmo: Não votem! Precisamo nos politicar, não de políticos!

    • Wagner Patrício Postado em 21/Aug/2012 às 16:08

      Paulo Fernandes, com o perdão do termo, mas as suas afirmações são irresponsáveis, para não dizer mentirosas. Não há mais efeito em anular o voto do que em votar, e você não conseguirá provar a leviandade que afirma. O discurso de uma pentelhadinha aborrescente que se considera politizada por não votar as vezes dá vergonha alheia.

    • Roitman Postado em 07/Jan/2014 às 09:57

      Certíssimo. O voto no Brasil é um embuste sim. Pq paises sérios rejeitam a nossa maravilha de urna eletronica? Pq é mais facilmente violável, vide "Caso Alagoas 2006". Ademais, este Frei Betto é um picareta notório a serviço do PT, defensor do regime Cubano e toda a maravilha que os referencia.

  9. Thiago Postado em 21/Aug/2012 às 16:48

    Já fui ofendido de medíocre por votar nulo. Mas ninguém me dá alternativa! Vou votar em quem? Não posso escolher o menos pior, isso é um absurdo, é grotesco. Tenho de escolher aquele que dá valor não apenas para meu voto, mas a ideias e projetos que beneficiem as pessoas. Nenhum político tem projeto, eles pensam somente nos itens que não dão certo pra viabilizar obras para seus parceiros empresariais. Eles falam meia duzia de coisas que irão fazer e nem metade é realizada. O marketing enche os olhos do eleitorado, mas não enche os meus.

  10. Matheus Reis Postado em 21/Aug/2012 às 18:27

    Na minha humilde opinião, não existe um candidato "menos pior" para votar. É ingênuo pensar que escolher entre dar um tiro no pé esquerdo ou no direito é democrático e que fará alguma diferença. Afinal de contas, mesmo se pensarmos que exista um único político com boas intenções, essas acabarão assim que ele for eleito pois estará de mãos atadas com o partido, com negociações com os outros políticos eleitos, com as indústrias, com as corporações, com os bancos. Quem manda no país é quem tem dinheiro, político não manda em nada (salvo quando eles mesmos são empresários também), só negocia por quanto será vendida nossa dignidade e ganha um trocado por isso. Enfim, já que somos obrigados a votar, a única forma de nos abstermos desse ciclo boçal e reacionário é anularmos...

  11. Gabriel Brié Postado em 21/Aug/2012 às 20:32

    Caro Frei Betto, somos de gerações diferentes, quando o senhor estava combatendo a Ditadura Militar eu ainda era uma criança. Vi meus pais dedicarem seu tempo, sua energia e parte de sua vida para construirem um país melhor para todos nós. Vi isto tão de perto, e aquilo era tão verdadeiro que eu me convenci que este era um caminho viável e desafiador. Fundação do PT em 1980, Eleições em 1989... tudo isso fez parte do meu dia a dia. Quanta luta, quanta mobilização! Confesso que quando o Lula assumiu a presidência, grande parte da minha convicção adolescente já havia se tornado saudosismo. Hoje tenho que forçar a barra para convencer-me que este ainda é um caminho viável e tentar compartilhar da sua mesma opinião em relação às eleições municipais, pois é justamente nesta esfera de poder que temos a oportunidade de construir uma democracia participativa, onde as decisões sobre os temas importantes tenham a participação efetiva de setores organizados da sociedade civil. Por isso pratico e incentivo o VOTO NULO CONSCIENTE!

  12. JJunior Postado em 21/Aug/2012 às 20:44

    Discordo TOTALMENTE do Frei. Nos EUA, o voto não é obrigatório, há uma abstenção alta e nem por isto as coisas deixam de funcionar ou aceita-se o que há de pior. No BR tem que haver uma reforma eleitoral geral. Não sei porque o brasileiro não se cansa de propostas não cumpridas. Eu já me cansei! Enquanto os brasileiros forem às urnas votar, o sistema não muda, pois a população demonstra satisfação com a atual metodologia. Nosso modelo é HORRÍVEL!! Finalizando....a aceitação dos FICHAS SUJAS nesta eleição foi de lascar. O BRASILEIRO, em grande parte, NÃO POSSUI CIVISMO SEQUER PARA IR ÀS URNAS!!

  13. JJunior Postado em 21/Aug/2012 às 20:48

    Primeiro item da reforma política : FIM DO FORO PRIVILEGIADO PARA TODOS OS POLÍTICOS!

  14. Costa Postado em 22/Aug/2012 às 00:22

    O voto nulo não deixa de ser uma resistência a este sistema partidário (representativo). Sim, é uma expressão que todos têm o direito. Mas votar nulo apenas não faz nenhuma contribuição. Se quiser ir além, monte um outro movimento que seja contra a este sistema. Aqui em Fortaleza, por exemplo, tem a Crítica Radical, onde propõe um outro tipo de sistema que retira totalmente o capital. Se vão conseguir ou não, ´só o tempo dirá. Mas há uma outra luta e não apenas votar nulo por votar! Voto porque ainda acredito que podemos avançar em muitas coisas. Estou apostando num candidato que abraça a ideia de uma nova política. Se o tempo me mostrar que não é possível, posso um dia me juntar ao pessoal do Crítica Radical...

  15. Bernadeth Martins Postado em 23/Aug/2012 às 12:58

    Foi gratificante ler as diversas opiniões. Concordo com a maioria das críticas. Minha visão geral da política é: NÃO foi praticada, executada a política propriamente dita até hoje em nosso país. A politicagem praticada até agora se transformou na GALINHA DOS OVOS DE OURO. VOCÊ já recebeu, já vivenciou a ação de responsabilidade política do Prefeito que é: creche para seu filho para os pais irem trabalhar e seus filhos ficarem em lugar seguro? quando você precisou do hospital, seu filho teve onde ir? a segurança do seu filho da porta da sua casa para fora, teve? observe:Socialmente somos divididos para os que tem maior poder aquisitivo e os que tem menos poder aquisitivo. Tudo bem até aí. Agora o que não pode acontecer é essa demagogia política, quando os candidatos e parlamentares (reeleitos) dizem que vão governar pra os mais necessitados. Então os que tem poder aquisitivo maior não merecem ter os seu direitos políticos que é a educação,saude e segurança, por que???? na realidade os políticos pegam toda uma sociedade rica ou pobre e joga todos dentro de um saco e joga no LIXO - Lixo humano. É aí que discordo do Frei Beto - se não tem em quem votar, vote em branco só assim teremos qualidade. O voto não tem preço, tem consequencia. Uniram-se o mal político o a má sociedade, casaram-se e nasceu um filhote terrível - a CORRUPÇÃO. Cansei de presenciar a má política, por isso estou me candidatando pela primeira vez. E tenho projetos transformadores para a sociedade baseado na radicalidade democrática, poder local e sociedade organizada. Bernadeth Martins

  16. Henrique Postado em 23/Aug/2012 às 15:06

    Assino embaixo do Marcos Araújo. Voto nulo é uma constatação da falta de opção. Ou temos que votar no menos pior?

  17. Alexandre Barreto Postado em 23/Aug/2012 às 15:18

    Voto em branco e não me considero alienado, incompetente ou ignorante. Voto em branco por uma simples razão: - A máquina não funciona e por mais que apareça alguém com vontade e preocupação pelo coletivo, será esmagado pela imensa maioria que só pensa em dinheiro. Enquanto não houver uma reforma política, a coisa não muda. Então, vamos continuar vendo políticos trabalhando para quem patrocinou suas campanhas, barganhas para ministérios, cargos comissionados ao invés de funcionários de carreiras, privilégios exorbitantes, imunidade parlamentar, etc.... Com todo respeito que tenho pelo Sr. Betto, VOTAR EM UM CANDIDATO COM A ATUAL SITUAÇÃO POLÍTICA NO BRASIL, É ELEGER UM RATO QUE FIQUE NO MEIO DE UMA MANADA. ISSO SIM É PERDER O VOTO - OU TIRAR O SEU PROVEITO COM ELE DE FORMA ESCUSA, por isso, olho com desconfiança quem defende o voto obrigatório no Brasil como forma de solucionar. Com o devido respeito.

  18. Socorro Barroso Postado em 23/Aug/2012 às 17:58

    Marcos araújo acertou em cheio.a questão ficha limpa e um avanço.a escolha do candidato deveria obedecer a essa regra.

  19. Lara Postado em 24/Aug/2012 às 12:37

    A única maneira de mudar o quadro político é sermos críticos, conscientes e participativos. Quantos políticos querem uma população assim? Eles querem é reduzir a democracia e a participação popular ao ato de votar para quando estiverem no poder a população não tenha nenhuma participação efetiva e fique alheia às decisões que interferem diretamente na sua vida, com o que está sendo feito com o seu dinheiro. VOTO NULO E VOTO CONSCIENTE SIM!

  20. Fabíola S Postado em 24/Aug/2012 às 20:51

    vcs acreditam realmente q o candidato eleito se importa pra qtos votos inaptos (nulos/brancos) a eleição teve? Sério?

  21. Dani Nefussi Postado em 24/Aug/2012 às 23:03

    Discordo do Frei Betto. NULO SIM. E anular o voto não tem nada a ver com não participar; é uma forma de participação. esse papo de que o nulo dá a eleição pra quem está ganhando é discurso ultrapassado: vai dar se tiver gente votando nessa corja porque se a maioria anular a corja dança!!! Quem está dando o voto pro candidato é que está elegendo, o nulo é um protesto que só não vai funcionar se tiver voto pra candidato, óbvio!!! O dinheiro sujo de campanha vai pro lixo!!! O que precisa ser mudado não é isso ou aquilo, é TUDO, o sistema, a mentalidade, o conceito de politica. Nós somos o comando e precisamos provar isso agindo em grupo. Não existe em quem votar se quisermos mudanças reais. Qualquer candidato vai seguir esse rumo pobre e podre da história e daqui 200 anos quem sabe a gente se torne mais humanitário........ Hoje em dia quem vota em candidato é bem mais passivo do que quem se propõe a anular. Discussão ultrapassada caro Frei. Não podemos querer resultados diferentes se continuarmos a ter os mesmos comportamentos!!!!!!!!!!!!

  22. Philipe Postado em 25/Aug/2012 às 01:03

    Concordo totalmente com o Frei. Do que adianta votar nulo? Os votos nulos não servem pra nada, infelizmente. Quem ganha no final é o candidato com mais votos. Votar nulo, no nosso país, é ignorância. Na maioria dos casos de voto nulo, a razão é a falta de conhecimento, de - literalmente - não saber em quem votar. Esse negócio de falar que "só tem gente que não presta" é uma mentira, uma falta de argumentos enorme! São muitos candidatos bons, mas com pouco público. Vocês acham que quantos candidatos disputaram com o Tiririca? Se votar nele foi apenas uma forma de demonstrar revolta, do que adiantou? Não adiantou de nada. A revolta só aumentou, porque agora temos mais palhaços no governo. Temos que divulgar SIM para os jovens essa ideia, de que o voto nulo é inútil - e mais piora do que melhora - para que, dessa forma, eles tenham mais vontade e interesse de se aprofundar na história dos candidatos. Falar que "VOTO NULO SIM", "SE EU NÃO VOTAR NULO, EM QUEM VOU VOTAR?", de nada irá melhorar a participação dos jovens. Frei Betto tentou aumentar o interesse dos jovens, a respeito os votos, com esse texto. E mandou muito bem! Se mais pessoas pesquisassem, se interessassem e procurassem se inteirar, teríamos melhores candidatos sendo eleitos. E não passaríamos novamente pelo que muitos de nós já passamos, que é ter um péssimo candidato eleito por conta de votos nulos ou brancos, que poderiam ter ido para o outro candidato.

  23. JOSÉ MARCIO TAVARES Postado em 26/Aug/2012 às 22:28

    Esse padreco é metido a inteligente. Será que ele não sabe que é melhor votar nulo do que no PSDB ou no Russomano? Bobalhão.

  24. Francisco Postado em 29/Aug/2012 às 13:37

    Já fui defensor do voto nulo. No entanto, refletindo melhor percebi que, se você quer modificar algo, a melhor, mas provavelmente mais difícil atitude seria a de mudar a partir de dentro e não se omitindo. Se você acha q os políticos não prestam, o lance é se envolver mais na mobilização social, no apoio a candidatos realmente comprometidos com o social. E não me venha dizer que não tem ninguém.

  25. Postado em 03/Sep/2012 às 14:46

    Num sistema onde o voto de um empresário vale mais que de uma faxineira, como pode se acreditar que votar muda algo? Antes que os iludidos comessem a bradar, eu explico. Qualquer político eleito (QUALQUER) dificilmente vai atender uma faxineira em seu gabinete para ouvir suas reivindicações. Agora, vai um empresário querer falar com o fulano, é recebido na hora e atendido! Essa conversa de "compromisso com o povo" é pra boi dormir, quando não há compromisso com a companheirada o compromisso é com a elite. Só a organização social muda, horizontal, sem líderes e sem os velhos chavões da esquerda, afinal, estamos em 2012. "Não adianta mudar a engrenagem se a máquina é podre"

  26. Luís Postado em 04/Sep/2012 às 18:04

    Eu acredito que a massa é manipulada, desde cedo, a acreditar que "todos os políticos são iguais" e etc... e isso leva ao assunto do tópico - o voto nulo. É claro que votar no menos pior FAZ A DIFERENÇA. Vejam o caso da eleição do Lula, votei nele por achá-lo o menos pior e suas políticas sociais fazem com que milhões de crianças no Brasil hoje possam dormir sem estar com fome... Seria igual se o Serra vencesse?! Sob outro ponto de vista, se Serra/Kassab/Alckmin não vencessem seguidamente em São Paulo (provavelmente o mais centro conservador das Américas depois do Texas) nos últimos séculos... a cidade seria outra (pra pior ou melhor, não se tem certeza, mas outra). No mais, partidos de esquerda como PCO, PSTU e etc... tem ideologias completamente opostas aos do DEM, o que dá uma ampla gama de opções para o eleitor. Imagine votar nos Estados Unidos, tendo que escolher entre somente dois partidos, com diferenças irrisórias, com os mesmos financiadores de campanha (o Goldman Sachs financia ambos os candidatos) e ainda acreditar que se vive em uma democracia. O pessoal que quer mudança radical aqui no Brasil que vote nos partidos de extrema direita ou esquerda, e parem de votar nos centristas que tendem à direita ou à esquerda e, que passam a falsa impressão que são a mesma coisa. É triste ver pessoas esclarecidas votando nulo depois que tantos morreram, desapareceram ou foram torturados buscando a democracia.

  27. ROBERTO Postado em 08/Sep/2012 às 12:59

    VOTO NULO EU TAMBEM....NAÕ CREIO MAIS EM PROMESSAS, SÃO TODOS UNS FDP....ALGUMAS EXC EÇÕES VAMOS LÁ

  28. JOÃO SZABO Postado em 09/Sep/2012 às 05:41

    Cada um pode escrever o que bem entender. Se o articulista tivesse elogiado o voto nulo também teria razão. O que ele precisa fazer (o Frei Betto), antes de tudo, é tentar (eu disse tentar) demonstrar que o voto não nulo tem alguma utilidade em termos de Brasil, em termos deste sistema eleitoral corrupto que está instalado no Brasil. Como podemos votar corretamente, quando existem os partidos políticos, verdadeiras quadrilhas, que nos impingem os candidatos que são adredemente escolhidos, alguns dentre bandidos, definitivamente consagrados.Ninguém pode se lançar candidato de forma autônoma. Tem que se filiar a estas quadrilhas, por imposição de leis que os próprios bandidos criaram. Se eu me estender, Frei Betto, terei que escrever um livro, totalmente divorciado do espaço aqui disponível, e do objetivo do site. Então, Frei Betto, sua retórica simplista não se presta a um simples artigo que pretende dizer que o voto nulo não é adequado. Diga, também, que o voto não nulo também tem alguma utilidade, então poderemos conversar com mais seriedade.

  29. Rael Postado em 09/Sep/2012 às 10:56

    João szabo,concordo com vc! Frei Beto por exemplo participava de organizações que era financiada por assasinos comunistas e agora quer pousa de paladino da democracia,e digo mais,votar no PT é anular a democracia e a constituição

  30. Roberto Postado em 15/Sep/2012 às 11:09

    Gostaria que o senhor me explicasse para que serviu meu voto então ? Em SP, o vereador Antonio Carlos Rodrigues do PR que apoia o tucano José Serra na eleição para a prefeitura de São Paulo, ganhará uma vaga no Senado, com a nomeação de Marta Suplicy como ministra. O senhor acha que foi para isso que eu vote na Marta ?

  31. Emilio Postado em 19/Sep/2012 às 14:06

    Esta posição pode ser verdadeira em localidades com eleições em dois turnos, onde surgem novas lideranças e onde podemos alavancar uma posição progressista ou de mudança. Nas localidades com apenas um turno, normalmente temos cerca de 40% dos votos com a situação, o que inviabiliza uma terceira candidatura. Enquanto não tivermos eleições em dois turnos em todas as localidades, eu não voto mais. Voto nulo é meu protesto!

  32. Eduardo Postado em 03/Oct/2012 às 10:35

    Votar em algum candidato para que? Se no final das contas a guerra entre partidos é quem vai dizer o que se pode ou não fazer a aqueles que estiverem eleitos! A guerra entre partidos virou moda no Brasil, a função principal dos eleitos agora é prejudicar os seus partidos rivais e não melhorar a sua nação com o seu trabalho. Por mais que tenhamos pessoas bem intencionadas eleitas elas estarão de mãos atadas perante os "senhores dos partidos" que só tem uma coisa na cabeça, ter o maior número de eleitos no país. Enquanto isso não mudar, enquanto essa guerra partidária for à lei principal, não vejo como a coisa melhorar. Como em tudo na vida, o trabalho político depende de um grupo e se cada membro desse grupo não cooperar, fazer a sua parte independentemente das ordens do seu “chefe partidário” votar nulo ainda é uma esperança de fazer o sistema político atual refletir.

  33. Fernando Postado em 03/Oct/2012 às 20:41

    Voto nulo ou branco é direito e dever de qualquer cidadão e deve ser aceito por todos, e não ser tão criticado pelos meios de comunicação.

  34. Allan Postado em 06/Oct/2012 às 08:05

    O discurso do Frei Betto é muito bom para localidades, como disse o Emílio, a eleição se dá em dois turnos. Agora nos pequenos municípios isto se torna extremamente difícil. Por um lado, quem é detentor do poder utiliza a máquina administrativa em seu benefício. Por outro lado, surgem candidatos que disputam a eleição com base em recursos. E, muitas das vezes não se dão ao trabalho de publicar junto ao TRE o programa de governo. Isto prá não falar de municípios em que há somente um candidato. http://divulgacand2012.tse.jus.br Escolher quem? o candidato único, o menos pior que continuará não realizando ou fazendo apenas propaganda?

  35. Ricardo Neto Postado em 06/Oct/2012 às 20:31

    Não concordo quando ele diz que o povo é responsável pela predominância política. Temos que entender que no capitalismo há muita necessidade das grandes empresas quebrarem regras, leis, afins para adquirem mais capital. O Lobby é a maior prova disso. E outra, votar consciente, infelizmente, não irá resolver de fato os nossos problemas. Pois o problema maior é como o nosso sistema trabalha que é em função de criar problemas para nunca resolver e tirar proveito disso ganhando lucros. É por isso que defendo uma democracia direta, em que não há partidos para que não haja a influência da elite se infiltrar. Se achem isso uma utopia então pesquisem como a Islândia resolveu a sua crise. Pela participação popular sem nenhum meios de ''democracia representativa'', esse país conseguiu sair de uma crise fodida, porém vou deixar os curiosos pesquisarem sobre. Não, não to defendendo o anarquismo, apenas quero deixar em questão que não se pode culpar essas pessoas que votem nulo, por que é uma perca de tempo. Temos que educar todo mundo sobre o quão maléfico é o neoliberalismo para que ocorra uma mudança favorável a população, devemos questionar e mobilizar ocupações como a famosa "Occupy Wall Street".

  36. Wiliam Leite Postado em 06/Oct/2012 às 21:47

    Voto nulo, em branco seja qual for a côr, o final é o mesmo. Voces "votam" e os bandidos continuaram a mamar da boa vida que eles mesmo criaram. Será que posso aumentar o meu salário e decretar minha imunidade de tabalhador, posso cometer delitos e nunca ser punido. É, eles podem. Alguém aqui ja ouvir falar em: Improbidade administrativa, corrupção passiva, corrupcão ativa, formação de quadrilha, peculato, nepotismo esta já até caiu em desuso, ja virou lei por costumes. Pois bem, voces vão ouvir falar disto por muito, muito tempo...! Como dizia o poeta Zé Ramalho, "ê ê ê vida de gado, povo marcado ê, povo feliz...!

  37. Marilda Postado em 06/Oct/2012 às 21:50

    Vamos discutir também o VOTO OBRIGATÓRIO, porque é tão difícil tocar nesse assunto?. São 80 anos de voto obrigatório, nem a esquerda nem a direita querem mudar nada. PORQUE? Então só tenho o voto nulo e branco para mostrar minha indgnação com os candidatos e o seu modo "igual" de fazer política.

  38. Juna Maria Costa Guimarães Postado em 06/Oct/2012 às 22:26

    Para que Frei Betto saiba com quem está falando julgo necessário informar que sou Pedagoga e Professora de História (com dois cursos superior) Fiz o Curso de História por ideologi. Me sentia capaz de mudar a situação de muitos brasileiros através da educação. Hoje aos 47 anos de idade e com 28 anos de profissão vejo o quanto era utópico tudo que almejava. Já condenei as pessoas que votavam nulo ou em branco com um discurso bem parecido com o que o Frei escreveu. Porém, pedi exoneração do cargo de Professor de História ao me ver diante de uma juventude totalmente perdida em um Sistema de Educação Estadual falido que vive de propagandas mentirosas e projetos assistencialistas dentro das escolas, com eleições para direção onde um educador usa da mesma arma da polírtica nacional para ganhar eleições dentro de uma escola. Chamar candidatos para debate? Desde quando um candidato diz o que sente ou pensa em um debate? Eles mentem, enganam e prometem aquilo que sabem ser necessidade da população. Aproximadamente 15 dias atrás fui abordada por um candidato a vereança em Contagem. Informei-lhe que iria votar nulo e expliquei o motivo assim: Não confio em políticos. Quando votei no Lula estava pensando nas pessoas mais pobres do que eu, queria ver a reforma política e agrária, mas o que vi foi um governo populista e assitencialista, etc e que só iria votar em 2012 se fosse possível registrar as propostas dos candidatos e caso os mesmos não cumprissem em determinado prazo, haveria uma lei para puní-los efazer perder o mandato. Hoje o que eu quero é muito simples, quero um candidato a prefeitura e vereador que invetisse na saúde e na educação. Fazer um intercâmbio entre as duas secretarias (Saúde e Educação) para atendimento aos estudantes que precisam de fonoaudiólogo, psicólogo, neuropediatra, oftaumologista, etc Sabe o que ele me respondeu? “O que você deseja é utopia”. Eu respondi: utopia é paixão e por este motivo irei votar nulo.

  39. Jonatan de Souza Postado em 07/Oct/2012 às 00:31

    É exatamente essa a intenção deles: escravizar mas passar a aparência de que você continua livre simplesmente porque tem a opção de escolher quem será o seu torturador. Se essas migalhas já bastam para alguns, isso apenas comprova como a propaganda do sistema é eficiente e como de fato ele foi criado por pessoas que realmente sabiam o que estavam fazendo. Invejável. P.S.: o "mal menor" continua sendo um mal. Ele jamais pode ser convertido em um bem a ser defendido. Não caia neste perigoso relativismo cultural. Não pretendo votar em ninguém e migalhas não me atendem. Não há meio termo para coerção, não existe graus entre algo voluntário e algo coagido, uma categoria automaticamente exclui a outra, então obviamente qualquer candidato está pretendendo ingressar na maior gangue existente. A política, por sua própria natureza, sempre significará transgressões, fraudes e delitos. O estado vive repleto de dinheiro de impostos e dinheiro fiduciário, os quais ele pode gastar em maior volume do que qualquer outra entidade. Ele pode tornar qualquer empreendedor um indivíduo rico (ou não). E ele também pode se dar ao luxo de apresentar um comportamento consumista distinto daquele dos consumidores normais. O estado não gasta seu próprio dinheiro, mas sim o dinheiro de outras pessoas; e na maioria dos casos, não é para seus propósitos pessoais, mas sim para os propósitos de terceiros anônimos. Consequentemente, o estado é leviano e esbanjador em seus gastos. Ele não tem interesse algum nem pelo preço nem pela qualidade do que consome. A democracia promove um aumento na taxa social de preferência temporal (orientação mais voltada para o presente) ou a "infantilização" da sociedade. Ela resulta em gastos e impostos continuamente crescentes, papel-moeda e inflação do papel-moeda, uma infindável avalanche de legislações, e em um crescimento regular da dívida "pública". Justamente por isso, a democracia leva a uma menor taxa de poupança, a um aumento da incerteza jurídica, a uma confusão moral, à desordem e ao crime. Ademais, a democracia é uma ferramenta de confisco e redistribuição da renda e da riqueza. Ela envolve o ato de o legislativo "tomar" a propriedade de alguns (aqueles que têm) e "entregá-la" para outros (os que não têm).

  40. Rodrigo Postado em 07/Oct/2012 às 00:36

    mais um desses escritores massa de manobra! não adianta e nunca adiantará votar, porque toda essa safadeza vai continuar, seja com o safado ou com o que se faz de bonzinho, porque pra qualquer um, esse é o sonho e o jeito mais fácil de ganhar dinheiro. e quem vota nulo, não contribui para mais sujeira! a mais de vinte anos que voto nulo e sempre manterei essa tradição porque meu voto não é lixo. enquanto esse povo medíocre desse lugar chamado brasil,l continuar se contentando com: carnaval,futebol e etc... que é nisso que eles enganam os mesmos, ai que eles vão ficar com a rapadura na mão. obs: esse lance de que as pessoas tem nojo da politica e etc, já foi implantado a décadas no nosso chamado ensino justamente pra isso! você só vai saber realmente da constituição, se comprar o livro do mesmo e ler de cabo a rabo, fora isso de que seria interessante para os políticos, entregar esse conhecimento as pessoas? então, não culpe as pessoas.

  41. Jonatan de Souza Postado em 07/Oct/2012 às 00:41

    A expansão dos poderes do estado e a máquina de criar dinheiro, em suma, sempre estiveram intimamente relacionadas. É em vão denunciar o agigantamento do estado e suas distorções morais sem ao mesmo tempo atacar o indispensável mecanismo que possibilita toda essa expansão. Se realmente queremos nos opor ao estado e a todas as suas manifestações ,sua gastança, seu endividamento, sua crescente tirania, sua burocracia, suas regulamentações, sua rede de proteção aos poderosos com boas conexões políticas, seus subsídios que distorcem o livre mercado etc.Temos de apontar o dedo para a fonte que possibilita tudo isso, o "Banco Central", a instituição que o estado, a mídia dócil e os economistas irão defender enquanto respirarem. Enquanto houver um banco central, o governo seguirá gastando e se endividando, jogando a conta (os juros da dívida) sobre a geração futura. Quanto mais gasta, mais oprime o setor produtivo da sociedade. Porém, tão logo o banco central seja abolido, a fonte de financiamento barato será extinta, e o governo terá de se adaptar à nova realidade: viver só com aquilo que arrecada e ainda assim temeroso de não incitar a revolta dos explorados.

  42. Rodrigo Postado em 07/Oct/2012 às 00:49

    e outra... são esses mesmos homens malígnos que criam essas leis imbecis que só tem nesse pais. só pra citar uma dessas , foi que a pouco tempo eu li que: se alguém cometer um crime na época da eleição, não pode ser preso! muito legal isso não acham? será que esses chamados governantes acham que todas as facções criminosas votam?

  43. Rodrigo Postado em 07/Oct/2012 às 00:51

    obrigação cidadã de participar... conversa pra boi dormir.

  44. Veridiana Postado em 07/Oct/2012 às 01:10

    Estou com Marcos Araújo e Rodrigo, não concordo. Não preciso explicar porque, faço das palavras deles, minhas palavras.

  45. alexandre ataíde neto Postado em 07/Oct/2012 às 14:08

    AS RAZÕES DO VOTO NULO O Voto Nulo existe. É constitucional, mas não tem a conotação que deveria ter, por entender-se que ele é apenas um voto de protesto. Em sendo, deveria ser formalizado, e dado as razões que motivam o eleitor a optar por ele, bem como dar a ele o devido valor, considerando que ele reflete uma inquietação e uma insatisfação com o sistema eleitoral no seu todo, a começar pelas normas que regem a criação dos partidos, os órgãos aos quais são inscritos e fiscalizados (TRE e TSE), e os partidos e seus estatutos omissos e restritos nos quesitos quanto a honrabilidade dos seus membros e filiados, no cumprimento moral com a democracia A Lei da Ficha Limpa é um exemplo apenas amenizante dessa insatisfação, mas não o bastante para coibir as improbidades políticas, e a famigerada corrupção saída dos partidos através de seus filiados e candidatos, bem como, estendida por eles, no cumprimento do mandato, aos órgãos públicos. Não obstante a esses motivos, temos a conivência partidária com a demagogia e a hipocrisia, advindas das malfadadas e comprometedoras alianças. Poderemos somar a esses motivos a falta de conhecimento mais abrangente da politização, ou seja, não basta gostar, entender e fazer política, mas combater com mais propriedades as suas malesas e impropriedades. Se o voto nulo fosse divulgado com essas conotações expressas, bem como, valorizado, teríamos um maior número de adeptos dessa manifestação por uma eleição mais correta e politizada. Para que o voto nulo influenciasse no resultado das eleições, um candidato não poderia elegersse com uma minoria de votos (o seu, dos familiares e amigos), quanto mais pelo absurdo e contraproducente voto unitário. Dentro dessa premissa o voto nulo seria um voto de sabedoria, o voto racional, advindo da razão. Mais democrático e substancial do que o voto da emoção (voto da maioria). Portanto o voto nulo, com essa conotação, tem que ser divulgado por quem compete fazê-lo. Não podemos ser jogados no lixo, não somos lixos, somos partidários, apenas, por uma Democracia e Estado de Direito Pleno. Reivindicamos respeito e reconhecimento pelo que pensamos politicamente.

  46. Zanahk Postado em 11/Oct/2012 às 20:55

    Quem não escolhe está escolhendo, pois entre o escolher e o não escolher, escolheu o não escolher. Quando alguém vota nulo ou em branco está dizendo que não aceita os candidatos que lhe são iimpostos. Deve ser interpretado como um recado e um voto sábio.

  47. Pablo Vieira de Mendonça Postado em 12/Oct/2012 às 14:35

    MAIS UM MONTE DE TEXTINHOS BONITINHOS EXPRESSANDO ANALFABETISMO POLÍTICO. Ê, BRASIL ... QUE LAMÚRIA, HEIN? DECADÊNCIA!

  48. Angela Souza Postado em 17/Oct/2012 às 19:13

    É triste ver pessoas esclarecidas votando nulo depois que tantos morreram, desapareceram ou foram torturados buscando a democracia...

  49. Roberto silva Postado em 18/Oct/2012 às 23:28

    GALERA QUE VOTA NULO, DEPOIS VAI SE DEPARAR COM A DECADÊNCIA QUE O PAIS A CADA DIA DE AFUNDA, E DEPOIS VAI ABRIR A BOCA E DIZER, ''EU VOTEI NULO'' , POR QUE NÕ ESCOLHER ALGUÉM E DEPOIS COBRAR DELES O QUE LHE É DE DIREITO, ASSIM FICA FÁCIL, DEIXAR A MAIORIA FAZER O JANTAR, E QUERER APENAS ESPERAR, SENTADO NA MESA!

  50. REBECA Postado em 21/Oct/2012 às 19:50

    concordo em partes. Voto pra mim é em quem me representa. Não votarei no "menos ruim". Na irei escolher entre a hegemonia do PT e oligarquia do PSB, como é aqui na minha cidade. Apanhei e levei spray de pimenta de ambos na "Casa do Povo" (Camara Municipal e Assembleia Legislativa). Como, Frei Betto votarei em politico que fizeram isso comigo????

  51. Maria Postado em 22/Oct/2012 às 12:09

    Eu fiquei lendo todos os depoimentos e fiquei em parte feliz, de ver como a maioria concorda de certa forma. É impressioante sim estão falando a mesma coisa só que com um resultado diferente, mas todos concordam que tem que acabar a corrupção e a política falsa. Cada um quer as mesmas melhoras, mas o expressa diferente, "com ou sem o voto". Já isso é um grande avanço, não estamos omissos, existe uma conciencia participativa e crítica que é exatamente o que Frei Betto está querendo ou pedindo. Ele errou sim, mas ao querer impor sua opinião, do que ele acha que é certo como certo, devemos ter cuidado ao falar não somos donos da verdade. Mesmo eu concordadndo com ele que um voto nulo só pode piorar a situação, mas porque "na prática" é um problema matemático assim de simples, mas de que "significado de luta" como respeito também seja para muitos. Mas infelizmente a praticidade é o que funciona hoje, não adianta mostrar nossa revolta de uma forma errada que não gera as consequencias que esperamos, melhor fazer de um jeito "menos pior" e portanto acho mais inteligente e partir para outra solução de mostrar nossa revolta como esta discussão por exemplo, as redes sociais, os movimentos reais, propostas verdadeiras mesmo pequenas com projetos sociais e participativos que ajudem na prática. Agora um voto nulo, matematicamente falando não leva a nada...embora entendo signifique o pedido de uma Mudança Urgente. E porque então não buscar outra via para fazer este pedido e agir de uma forma mais prática? Quem sabe a consequencia de nossos atos seja maior, mais efetiva...pensem nisso, sem ninguem ter q impor nada...

  52. Isaac Postado em 27/Oct/2012 às 00:30

    Não podemos escolher o menos pior, como dizem e como acontece. Isso é deprimente. A qualidade dos candidatos só vai melhorar ou vão levar a sério a população quando ela reagir. Mostrar descontentamento e votar em branco ou nulo também é democracia. E antes de escolher qualquer candidato deve-se saber quem está por trás dele, quais são os verdadeiros interesses que ele representa, quais são os seus patrocinadores e aliados. Não se deve só olhar um sorrisinho lindo ou uma conversa boa.

  53. Isaac Postado em 27/Oct/2012 às 00:35

    E cobrar ações e atitudes dos governos, seja qual for, seja qual partido for, é direito do cidadão tendo ele votado ou não no candidato, ou mesmo que ele tenha votado branco ou nulo. Afinal o eleito deve governar pra todos, sem discriminação. Isso é democracia. Ele está lá pra legislar ou executar não pelos seus interesses e para os seus aliados, mas, sim, para a sociedade. Ele é um administrador ou legislador, não está lá pra usar a máquina pra si e para os seus (o que infelizmente acontece bastante).

  54. Samuel Orro Postado em 27/Oct/2012 às 23:49

    Deixe-me postar o seguinte comentário ressaltando que respeito todas as posições. Alguns comentários acima e a nossa própria Constituição atribuem ao povo, ao cidadão o direito ao voto secreto visando a escolha de seus governantes. Se não tenho uma opção anulo (ou voto em branco) e relego essa função a outras pessoas da sociedade. Deixo de escolher porque entendo que todos os existentes não servem. Nesse entendimento, se todos não servirem nunca eu nunca participarei da escolha de meus governantes. Mas uma maioria ou minoria (porque em nosso sistema o sujeito - leia-se deputado, senador etc - pode ser eleito com poucos votos) votará em alguém e este "alguém" será eleito e governará de qualquer forma, para todos, inclusive. Vejo que os que anulam são pessoas de opinião, revoltadas com o sistema e que - usualmente - aqueles que não anulam talvez nunca participem de um debate como este que estamos fazendo; continuarão votando de maneira "torta" talvez e elegendo os elementos que nos envergonham e revoltam. O que fazer? Pensei na figura de um Juiz ou de uma Turma de um Tribunal que realizará um julgamento e proponho uma equiparação com o povo que elege. Juiz ou Turma Julgadora = Povo com poder de voto. Já pensaram se o Juiz ou a Turma Julgadora ou um de seus componentes decide-se por não julgar um caso porque qualquer decisão para solucioná-lo será muito ruim de qualquer forma? Seria uma anarquia, porque lhes foi dado o poder (e dever) de decidirem e a própria sociedade espera que decidam. Vamos todos deixar de votar (julgar). Qual é a outra opção? Vamos anulando até quando? Nas ditaduras as pessoas não podem escolher seus governantes, nos seria melhor esse sistema? A liberdade é um dos valores mais preciosos que possuímos, a liberdade de decidir. Negar-se a esse direito ou restringi-lo é algo perigoso. Realmente a decisão pelo menos pior parece-nos uma decisão ruim, mas é nossa obrigação (por consequência da liberdade nos dada pelo direito de voto) decidir. Não somos inocentes ao ponto de acharmos que vamos sair da água imunda para a cristalina (na política) de hoje para amanhã. Infelizmente vamos mudar esse país aos poucos. Talvez da lama para uma água barrenta e assim por diante. Quem sabe um de nós estará na política amanhã. Nosso país está mudando, vide o julgamento do mensalão (mais de 40 anos para o Marcos Valério já....), isso nunca aconteceu. Como povo precisamos julgar, tentar impedir que os piores continuem e tentar colocar gente (repito: infelizmente) menos pior a cada vez. Talvez um dia consigamos eleger um bom aos nossos olhos. Abraços e boa eleição (em paz) a todos!

  55. Isaac Postado em 04/Nov/2012 às 19:23

    Samuel, Seu comentário é perfeito, mas, por exemplo, na última eleição, no segundo turno não vi solução. De um lado, tragédia de outro, desgraça. O que fazer? Pior de tudo é ver pessoas votar em vereadores sem critério. Não há o que se fazer. É terrível. As pessoas votam porque o cara dá uma festa e o convida. Puxa! E este cidadão não aceita opinião, "o cara é bão e pronto" nem quer saber se ele tem competência ou quais são suas metas. Vejo que a democracia de verdade é pra poucos, para aqueles que defendem o seu voto. Os demais são usados. Não era pra ser mais assim, as pessoas já deviam ter aprendido a votar e a entender, mas a maioria não quer saber. E por isso raramente se vê competência aliada à honestidade na política, porque as pessoas não tem critério. E infelizmente a verdade está em tudo o que você disse porque em minha cidade fiz as contas e sei que com 30 mil reais um candidato se elege facilmente na compra de votos e ainda pagando-se muito bem. Portanto a gente tem de votar pra pelo menos tentar eleger algum candidato que tenha interesses que compitam com as necessidades da cidade, país e estado. E acredito ser muito raro existir um candidato que não tenha outros interesses senão aqueles dos cidadãos. Por isso digo que voto naquele que tenha interesses que compitam com a cidade, etc.

  56. edinaldo Postado em 18/Feb/2013 às 10:44

    O voto nulo não é so contra o sistema político corrupto que ai esta, e sim contra tudo de errado que que acontece nesse país. Peço a quem votar nulo que junte se a mim e que juntos podemos multiplicar essa idéia.

  57. Vitor Alencastro Postado em 22/Oct/2013 às 23:26

    Frei Beto numa eleição entre Hitler, Mussolini, Pinochet em que você votaria?

  58. João Cirino Gomes Postado em 25/Feb/2014 às 07:28

    Parabéns edinaldo> Voto nulo, pela lógica, além de anular eleição, é uma forma de; o eleitor dizer que não aceita os candidatos impostos pelos oportunistas! Mesmo que não anulasse, eu votaria Nulo! Pois quero que meu voto diga alguma coisa como, por exemplo: Não aceito votar e ajudar eleger os candidatos que estão me sendo impostos por corruptos Para quem não sabe; a internet esta repleta de pelegos buscando votos! Uns dizendo que voto Nulo não anula eleição, outros dizendo votos nulos favorecem o PT. Enfim além de não saberem de nada, querem saber mais que a autoridade máxima no assunto que é o Marco Aurélio Mello (Presidente do Tribunal Superior Eleitoral) Os petistas tapados, e os pelegos que buscam votos para partidos aliados ao PT, são os que vem agindo desta maneira; estes jamais vão aceitar a campanha a favor do VOTO NULO! Os eleitores precisam conhecer estes fatos! Querem saber quem pode estar favorecendo o PT? > Depois das alianças entre os partidos; acabou-se direita, ou esquerda; o eleitor pode votar em A ou B, mas querendo ou não, seu voto serve para eleger C! Ou seja:> o voto do eleitor, serve para eleger outro candidato do mesmo partido, ou da coligação! Desta maneira, existe grande chance de um corrupto estar sendo eleito indiretamente! Depois, veremos aqueles comentários:> brasileiro não sabe votar, o povo merece o governo que tem; ou então, alguns eleitores se perguntando: > quem votou naquele corrupto? Na maioria das vezes, o mesmo comentarista ajudou eleger o corrupto, e nem sabe! Esta é só mais uma das armações, ou seja, maracutaia das raposas velhas, que tentam se manter no poder a qualquer custo! Notem que, na maioria das vezes, o candidato novato além de não ter acesso às verbas de campanhas, muitos deles, não tem tempo nem de dizer o nome; quanto mais, tempo para falar sobre seu plano de governo, ou o motivo, pelo qual esta se candidatando! Revejam o caso do Tiririca! Tudo nos leva a pensar, que tentaram usá-lo para arrecadar voto para as raposas velhacas! Mas devido ao escárnio, galhofa zombaria, motejo, sarcasmo e troça dos eleitores, Tiririca acabou sendo o candidato mais bem votado da história! E Tiririca acabou sendo a grande sacada do PR, e a desgraça do povo, porque os 1,3 milhões de votos que teve, levou com ele o delegado da Polícia Federal Protógenes Queiros, Otoniel Lima (PRB) e Vanderlei Siraque (PT), e de quebra também elegeu Genoíno a suplente. Quase todos rejeitados nas urnas pela população, por estarem envolvidos com a corrupção. O Genoíno foi à gota d'água: E em seguida, assumiu como Deputado Federal, num complexo jogo político que o PT fez para blindá-lo com cargo de chefia no governo (Secretário de Justiça) e assim tentar desqualificar a decisão do STF no Julgamento do Mensalão, perante a sociedade. O caso do Genoino pode ser um dos grandes exemplos dessa DEMOCRACIA FAJUTA, onde o indivíduo é rejeitado pela população e mesmo assim consegue se projetar aos mais altos cargos do Poder Público, como o de Deputado Federal e também membro da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, onde deveriam estar só os nomes de maior lisura no âmbito nacional. Notem que: Existe conveniência em manter a população desinformada e de mãos atadas! Depois das alianças entre os partidos, a maioria da direita esta aliada ao PT e a esquerda! Portanto não existe mais direita e esquerda; existe sim uma quadrilha de oportunistas visando iludir os eleitores, para se manterem no poder! Fora Dilma, fora Lula, fora PT, fora com estes comunistas e seus partidos aliados. Se os outros partidos não tivessem se aliado ao PT visando cargos e privilégios, se tivessem denunciado, se fossem contra as doações que Lula e Dilma fizeram de nossos impostos, eu até acreditaria em alguns! Além das denuncias de urnas fraudadas, temos mais um bom motivo para não votar, ou defender qualquer partido, ou político. E eu vou votar, e ajudar o menos pior se eleger; mesmo que eu não aceite, que um integrante destes partidos corruptos me represente? Só faltava esta! As bases aliadas outrora direita, ou oposição, estão tranqüilos, com cargos dentro do desGoverno. E o eleitor desinformado continua pagando taxas tributarias exorbitantes, para bancar as mordomias e as corrupções de ambos; pois estes corruptos vendidos, tem a lei de imunidade para se acobertarem! A única intenção destas raposas velhas é se manterem eternamente no poder!Por isso, alguns canalhas dizem que o eleitor não deve votar NULO" E que voto Nulo elege o PT, isso é mentira. Quem ajuda eleger o PT, é o eleitor que vota em candidatos de partidos aliados ao PT. O eleitor pode votar em qualquer partido da base aliada, ou seja, pode votar no candidato do PMDB, PC do B, PRB, PSB, PR, PTB, PV, PDT, PP, PDB, PT do B, PRTB, PRP, PMN, PHS, PTN, PSC, PTC, que estará fortalecendo o PT, pois o voto pertence ao partido e não ao candidato! Se algum destes partidos for para segundo Turno com o PT, eles dividem cargos entre eles, e dane-se a população! Notem como obrigam o cidadão a votar, mas não ensinam como funciona a eleição. Neste caso o eleitor esta sendo obrigado a jogar, sem conhecer as regras deste jogo sujo! Este é o país da enganação! E onde esta a mídia? O mundo todo precisa conhecer estes fatos. https://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=aJugkp5W2D4

  59. wellington Postado em 17/May/2014 às 14:55

    frei. eu voto nulo á 5 eleições, moradia, educação, saúde, segurança. cadé há 60 anos anos espero por isso. cadé. Frei. muda votar nulo sim, nada de tocar fogo em onibus, deixe a copa acontece, manifestação e agora depois da copa. Brasil pais rico, muito rico, ladrões demais, rico mais rico,.pobre, classe média pode, pode sim. policiais, peprarados, civis, despeparados, não e justo , votar nulo em silencio sim. sol~ção existe, existe.presidente macho, muito macho sem medo de morrer, joaquim barbosa.

  60. eu daqui Postado em 03/Feb/2015 às 12:48

    ESSE CARA NÃO SABE NADA NEM DO VOTO DOS OUTROS NEM DO DELE MESMO. Votar nulo, ao contrário, é não aceitar nem o pior nem o menos ruim.

  61. Luiz Alberto Pelizzer Postado em 24/Jul/2016 às 15:58

    Até que tenhamos democracia representativa, precisamos votar em nossos representantes... Por que alguns votam em pessoas = representantes que só se preocupam com seus interesses e não da sociedade como um todo? O que falta na sociedade é educação? Ou a sociedade é perversa por natureza?