Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Rede Globo 11/Aug/2012 às 02:00
20
Comentários

Arnaldo Jabor, o performático mestre dos desinformados

Porta-voz da classe média, Arnaldo Jabor espera sinceramente que a Suprema Corte se dobre aos seus Supremos Pressupostos

Waldemar Figueiredo, em seu sítio

No dia 7 de agosto deste ano Arnaldo Jabor publicou no segundo caderno do jornal O Globo mais um dos seus artigos bombásticos, reação ao que viu e ouviu nos primeiros dias do julgamento do mensalão pelo Supremo Tribunal Federal. O douto paladino da Justiça sentenciou logo no primeiro parágrafo que os julgadores precisavam ouvir a opinião pública. Isto é, a Suprema Corte não pode desmoralizar-se fugindo da vontade popular. A condenação dos réus anunciaria que a República está em franca evolução democrática.

arnaldo jabor mensalão

Para Jabor e seus interlocutores das redações e estúdios, sobram argumentos que faltam às togas

Não tive como evitar a imaginação. Veio-me à mente o Jabor em cena no turno da noite recitando o seu texto para as câmeras do Jornal da Globo. Performático. Ruborizado. Indignado. Esbraveja que a tentativa do PT se perpetuar como partido único teria o seu julgamento. A Justiça tardou, mas não poderia falhar. Sarcástico. Depois de tanto contorcer a face ruborizada deixa transparecer um risinho no canto da boca: eu não disse?

A respeito da concepção do conceito de opinião pública, Jürgen Habemas teria muito a se instruir com Jabor. Caso não aprendesse nada com o artigo “Suprema Importância”, sem escapatória, aprenderia com o seu belíssimo filme Opinião Pública. Na película de 1967, como nos seus artigos e aparições televisivas, mostra-se especialista na classe média brasileira. Jabor milita como mestre dos desinformados há muito tempo. Fez desse ofício missão e profissão. Não há quem possa chamá-lo de mal sucedido.

Leia mais

Na querida e frágil República Federativa do Brasil não precisamos do Supremo Tribunal Federal pesquisando e se debruçando sobre toneladas de papel. É necessário que o fórum da justiça se silencie para ouvir as tais das provas produzidas em contraditório judicial? Para Arnaldo Jabor, este negócio de julgamento a partir dos autos pode acabar em embromação. Nesta linha jornalística, a opinião pública conhece a verdade e os tribunos da grande imprensa já estabeleceram a sentença justa e merecida. A opinião pública da qual fala o articulista cabe numa sala de redação. À noite, os membros da Suprema Corte da Grande Imprensa migram para os estúdios de rádio e TV. Um pouco de pó compacto no rosto para tirar os excessos de brilho e escamotear as rugas. Prontos para colocar em cena a festiva “opinião pública”. Para Jabor e seus interlocutores das redações e estúdios, sobram argumentos que faltam às togas.

O artigo do dia 7 de agosto é emblemático. Às favas com as defesas. Sobre os magistrados do Supremo Tribunal Federal, o que importa noticiar são o anedótico e os supostos alinhamentos políticos. Jabor já fez o seu julgamento há muito tempo e não precisou de pesquisa ou orientações jurídicas. A presunção da culPa está baseada numa refinada sensibilidade artística.

Para Jabor, na sua fúria indomável, os réus do mensalão são culpados até que provem o contrário. O que vale é a voz rouca da sua estimada “opinião pública” que circula pelas ruas do Leblon e, quando muito, vai de bicicleta elétrica até Ipanema. O porta-voz da classe média espera sinceramente que a Suprema Corte se dobre aos seus Supremos Pressupostos.

Recomendados para você

Comentários

  1. Leandro Coelho Postado em 11/Aug/2012 às 11:58

    Que texto fantástico! Parabéns ao autor. Define muito bem esse "pitbull midiático raivoso" da canalhocracia. Caberia a todos nós "sacrificá-lo" ou "colocá-lo para dormir" com o ostracismo. Mas infelizmente, a citada classe média insiste em alimentá-lo com seus 60 segundos de audiência no patético "jornal" de seus proprietários.

  2. Felipe Postado em 11/Aug/2012 às 15:23

    Acaba sendo pior para o desinformado, como eu, que acha que esta recebendo o mínimo de informação e se indignando junto com o crítico, mas, de fato, continua desinformado e mais indignado.

  3. EDMAR CORREA Postado em 11/Aug/2012 às 19:33

    Por que será que esse limitado site está criticando o Arnaldo Jabor??????

  4. Alana Postado em 11/Aug/2012 às 21:01

    Edmar, sugiro que você vá chupar os bagos do Jabor, porque só pode...

  5. Cicero Souza Postado em 12/Aug/2012 às 11:41

    O Jabor é o pastelão da sociedade brasileira, retoricamente indignado, nunca critica seus senhores. Mercenário do império midiático. É uma tristeza ver alguém se dobrar assim: um lambe-botas!

  6. Eduardo Macedo Postado em 12/Aug/2012 às 13:22

    É o comentarista que Cidadão Kane nunca demitiria de seu jornal!!

  7. Leandro Coelho Postado em 12/Aug/2012 às 22:51

    Alana disse: "Edmar, sugiro que você vá chupar os bagos do Jabor, porque só pode…" Me rachei de rir! Impagável! hahahauahuahuahua

  8. Roberci Postado em 13/Aug/2012 às 01:32

    O Jabor esta certíssimo.

  9. Leandro Coelho Postado em 13/Aug/2012 às 09:18

    Falando em desinformados, olha aí mais um! rs. Ele são igual a capim...tem em tudo que é lugar! rs.

  10. Luiz Fernando Postado em 13/Aug/2012 às 13:07

    Uma coisa é fato, Jabor é bem articulado,afinal de contas,ele foi treinado para defender pontos de vista.Mas isso não quer dizer que o que ele defende é o certo.Quando surge um comentarista ( bem treinado,com informações pesquisadas pelo estagiário )em um canal de grande abrangência no território naciona,l falando um monte de babozeira ( que a globo chama de informação) parece que todo o povo brasileiro pensa daquela forma.Mas tem pessoas que são como folhas secas,vai pra onde o vento levar,não tem opnião e se deixa levar por um sacana persuasivo como Jabor.É bem coisa da globo isso,pois o Ex presidente Lula, sempre foi prejudicado nos debates realizados por essa emissora.Pra ele ( Lula) as perguntas eram mais complexas dificultando respondê-las no tempo determinado.Para os outros canditados,sobretuto os que a Globo queria na presidência,as perguntas eram melzinho na chupeta,fáceis de mais.

  11. Natália Postado em 13/Aug/2012 às 14:05

    Também acho o Jabor altamente tendencioso, mas você (s) aqui do pragmatismo também o são. Pelos tempos que venho acompanhando as notícias aqui veiculadas dá pra ver q se trata(m) de Petistas. Notícias e notícias puxando sardinha pro PT. Sem contar a eloqüência igualmente tendenciosa. Sou sem partido e já observei bem isso.

  12. clarissa Postado em 13/Aug/2012 às 19:49

    Sobre Jabor; "Tadim do Moço"

  13. Leandro Coelho Postado em 14/Aug/2012 às 10:12

    Natália: e o que dizer da Revista Veja? da Folha (de papel higiênico) de São Paulo? do Jornal O Globo? etc... Toda essa máquina sempre foi tendenciosa, e vem servindo os partidos podres das elites há anos (principalmente o PSDB). Por que é que as pessoas jamais pontuam isso? Pois então, vamos equilibrar um pouco as coias, que tal? Afinal de contas, um país com uma imprensa monopolizada, que só "camba" para um lado, que só defende uma ideologia corre sérios riscos. Logo, sugiro que, ao invés de repudiar algum site "tendencioso", você leia os dois lados da moeda a fim de formar a sua opinião (e não como a maioria das pessoas faz: só consomem notícias do Jornal Nacional da patética Revista Veja da imunda Folha de São Paulo e do obscuro Jornal o Globo). Um abraço, Leandro Coelho.

  14. Marcela Postado em 15/Aug/2012 às 17:57

    Até que enfim alguém falando sobre o Jabor, esse garotinho propaganda do PSDB... E que ainda se diz crítico e se arroga o direito de falar o monte de bobagens que fala como se fosse alguém isento.

  15. TucanoHunter Postado em 17/Aug/2012 às 05:57

    Na década de 70 conheci esta figura grotesca recitando textos de Marx,Godard, Pasolini no Lunas Bar no Leblon.Era a "esquerda festiva brasileira" que tomava porre enquanto recitava palavras de ordem.Continua o mesmo falando ou melhor "bostejando" mosaicos e resenhas de textos sem nunca chegar a uma profundidade.O pior desta cena é que a Globo é a cara dele ou melhor a casa dele.

  16. Zeca Postado em 21/Aug/2012 às 18:47

    Arnaldo Jabor é da Globo, logo não é livre para falar o que deveria falar, mas muito do que ele fala é certo sim, infelizmente nós não temos um meio de comunicação livre, eles todos estão ligados a política e distorcem fatos em favor de si mesmo, eu disse TODOS

  17. Wilton Postado em 26/Aug/2012 às 14:11

    Enquanto vários de vocês se preocupam em criticar de um ou de outro, se esquecem daqueles que mais necessitam de nossa ajuda.... criticar é fácil o duro é saber fazer....então vamos falar menos e agir mais....

  18. Litman Postado em 27/Aug/2012 às 16:43

    Como todos vocês gostariam de censurar o mundo e a todos Ainda bem que a liberdade de imprensa ainda existe no Brasil. Jabor é uma ameaça ao processo alienação e desinformação por isso tanto ódio. Tudo que os brasileiros querem é justiça nesses calhordas.

  19. Gabriela Postado em 28/Aug/2012 às 12:22

    Justiça sim, mas com julgamento justo, não acho que os acusados e levados a julgamento sejam santinhos e estejam lá por maldade alheia, mas também quero que tenham julgamento justo, deixem esses ministros trabalharem! Para quê querer pular o trabalho deles e ir direto ao veredicto?

  20. marcelo Postado em 08/Nov/2012 às 11:21

    Gosto muito do Jabor e do Maynard, só não venha tentar me obrigar a achar que eles falam de politica....acho dois ótimos literatos..ambos fazendo cada um, um bonito jogo dramático...lindo de se ver...mas é como um quadro artistico..se você submeter a análise do conteúdo desrespeita o critério estético...perdendo assim sua beleza...eles fazem poesias... e são bons no que fazem...o problema é que tem muita gente que acredita que eles fazem análise politica...