Luis Soares
Colunista
Compartilhar
América Latina 24/Jul/2012 às 17:42
0
Comentários

Simon Bolívar tem verdadeiro rosto revelado no dia de seu aniversário

O rosto verdadeiro do libertador Simón Bolívar foi revelado nesta terça-feira (24), data em que se celebra o 229º aniversário de seu nascimento

rosto bolívar

Revelação do rosto verdadeiro de Simon Bolívar. Foto: Divulgação

“Viva Bolívar, aqui está seu rosto. Estamos em festa na Venezuela e nos países da América Latina. Bolívar é e será um verdadeiro gigante da espécie humana. Está no escalão mais alto da espécie humana (…) Bolívar é a luta que nunca termina”, expressou o mandatário venezuelano ao revelar a fotografia digital desde o Palácio de Miraflores (sede do governo).

Chávez afirmou que há uma permanente agressão contra a história porque há alguns setores da intelectualidade burguesa a quem não convém que se conheça a verdade.

Neste sentido, citou uma frase do Libertador: “a história não são fatos do passado, a história é um imenso ventre que contém mais esperanças que sucessos passados e os acontecimentos futuros devem ser superiores aos pretéritos”.

Verdadeiro Bolívar

Uma equipe de meia centena de forenses exumou os restos de Bolívar (1783-1830) em 16 de julho de 2010 com o objetivo de determinar se correspondiam efetivamente aos do prócer latino-americano.

Leia mais

Foi confirmado que efetivamente os restos que estão no Panteón Nacional eram do Libertador, após ser comparado o DNA dos restos com os dos corpos de suas irmãs María Antonia e Juana Bolívar, exumados em 30 de agosto de 2010.

rosto oficial bolívarRosto digitalizado

A antropóloga forense, Lourdes Pérez, detalhou o processo de reconstrução do rosto de Simón Bolívar e destacou que foi utilizada uma tecnologia de vanguarda.

Ela destacou que “estudos bioantropológicos permitiram uma reconstrução facial, além de uma análise dos parâmetros ontogênicos baseados na descrição morfológica que já tínhamos previamente”.

Foi utilizada a técnica craneométrica como ferramenta principal para evitar erros decorrentes de percepções subjetivas, “tendo esses dados, se sucedeu a validação científica e descrição detalhada anatômica do crânio do Libertador”, convertendo assim as medições em caracteres graficamente reconhecíveis na reconstrução facial.

Vermelho, com informações da teleSUR

Recomendados para você

Comentários