Redação Pragmatismo
Compartilhar
Ditadura Militar 18/Jul/2012 às 14:07
21
Comentários

Foto inédita do corpo de Carlos Lamarca é liberada pelo Arquivo Nacional

Uma rara foto do corpo do guerrilheiro Carlos Lamarca (1937-1971) revela os vários ferimentos a bala que ele sofreu no cerco militar que o matou, no interior da Bahia.

carlos lamarca corpo

“Para mim, a foto é inédita, eu nunca a tinha visto”, disse o advogado da família Lamarca

Essa e outras imagens de um dos principais nomes da resistência armada à ditadura militar, hoje sob a guarda do Arquivo Nacional, foram tiradas no Instituto Médico Legal de Salvador (BA) possivelmente por agentes do SNI (Serviço Nacional de Informações).

“Para mim, a foto é inédita, eu nunca a tinha visto”, disse o advogado da família Lamarca, o ex-deputado Luiz Eduardo Greenhalgh. O filho de Lamarca, César, preferiu não fazer comentários sobre o conteúdo das imagens.

A família luta na Justiça para validar a indenização mensal recebida da União, suspensa após liminar obtida por três clubes militares. O Arquivo Nacional também guarda fotos do corpo de José Campos Barreto, o Zequinha, militante do MR-8 morto com Lamarca no mesmo dia pela Operação Pajussara, do Exército, na Bahia.

Segundo a família de Zequinha, as fotos são inéditas. O irmão Olival Barreto disse ter ficado emocionado: “Eu lembro de meu irmão todos os dias. Essas fotos, desconhecidas, mostram claramente que houve uma execução”. O Instituto Zequinha Barreto, em São Paulo, confirma o ineditismo das fotos.

Leia mais

A ativista de direitos humanos Suzana Lisboa, que representou as famílias de mortos e desaparecidos na comissão criada pelo governo nos anos 1990 para reparar danos causados pelo Estado na ditadura, disse que as imagens “confirmam o estado depauperado de ambos”.

“Não tenho nenhuma dúvida sobre a execução deles.” A comissão concluiu que Lamarca e Zequinha foram executados à sombra de uma árvore.

Raul Amaro Nin Ferreira

raul amaro nin ferreira

Engenheiro Raul Amaro Nin Ferreira foi torturado até a morte. Foto: Arquivo Nacional

O Arquivo Nacional também liberou imagens que confirmam que o engenheiro Raul Amaro Nin Ferreira (1944-1971) estava em boas condições de saúde quando foi preso pelo Dops do Rio de Janeiro, em 1971.

Onze dias depois da foto, em 12 de agosto daquele ano, Ferreira morreu no Hospital Central do Exército, para onde foi transferido após ter sido torturado no DOPS.

Ferreira havia sido parado em uma blitz policial e, dias depois, entregue ao Exército. Em sua casa, a polícia apreendeu textos considerados “subversivos”.

Em 1994, em decorrência de uma batalha legal empreendida pela família, uma decisão da 9ª Vara Federal do Rio responsabilizou o Estado por sua prisão, tortura e morte.

Ferreira aparece nas fotos sem qualquer marca de violência. Sua irmã, a professora Maria Coleta Oliveira, se disse surpresa com a existência das imagens, já que a família havia feito inúmeras buscas em arquivos oficiais.

“Na versão oficial, não disseram que ele sofreu tortura, mas que teve uma doença no fígado, porque tinha manchas no corpo. Na verdade [quando foi preso], estava em perfeitas condições de saúde.”

No livro “Os Anos de Chumbo” (ed. Relume Dumará, 1994), o general Adyr Fiúza de Castro, do I Exército, reconheceu que Ferreira morreu em decorrência das torturas: “Quando foi entregue ao Exército, estava com umas marcas, havia sido chicoteado com fio no DOPS”.

A ex-integrante da Comissão de Mortos e Desaparecidos do governo federal Suzana Lisboa disse que a foto “é documento oficial que comprova que ele foi assassinado após ter sido preso”.

Folha de S.Paulo

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Leandro Coelho Postado em 19/Jul/2012 às 22:11

    Esfreguem essa foto na cara do imbecil do Lobão, que disse que ninguém foi torturado para valer...foram só umas unhas arrancadas....

  2. Júnia Postado em 25/Jul/2012 às 15:07

    Em um ponto o Lobão tem plena razão- por acaso eles também não matavam e torturavam? Ah é! Roubavam bancos, sequestravam, tinham locais de treinamento de tiro (era só pra se divertir, né?)... Vamos combinar? Muito bentos não eram...

    • Fernando Postado em 09/Jun/2014 às 17:22

      lobão tem oq?

  3. fortunatti Postado em 16/Aug/2012 às 09:23

    Não fossem os militares,estaríamos mergulhados na maravilha que é cuba e os antigos paises da cortina de ferro.A luta éra ideológica, senhores e senhoras !!!Existia uma Guerra em nosso país naquele período. E cada um dos lados usava os recursos que encontravam pela frente para suplantar o outro.Ensino mediocre no Brasil, nunca deixou a verdade ser contada nas escolas,por isto têm muita gente com visão distorcida da história .Obviamente o lado perdedor e que está no poder hoje se faz de vítima,como se eles não tivessem praticado atrocidades como atentados,sequestros,roubo a Bancos e por aí vai. Como diz a musica de Zé Ramalho !!! Vida De Gado!!! Povo feliz.... Acorda Brasil !!!!

    • Fernando Postado em 09/Jun/2014 às 17:23

      cuba tem 94% da população que sabem ler e escrever, falo mais nada

  4. Guilherme Postado em 09/Sep/2012 às 14:53

    É incrível como estes comentaristas de UOL estão até aqui, no Pragmatismo, rondando, patrulhando, e fazendo estes comentários falaciosos. Afinal, para o leitor de blogs e sites críticos não é mesmo possível comentar nos sites da Folha e UOL, porque tem que ser assinante de um ou de outro para comentar. Lá você vê um só tipo de opinião, desses fortunatti e junia da vida, aqui, por ser livre o comentário, você vê embates de ideias diferentes. Mas me assusta ver que esses comentaristas estão em massiva maioria lá, e aqui, em alguns posts, eles também se proliferam, me assusta porque a partir deste dado sou até levado a pensar que essas opiniões a favor de uma ditadura militar são maioria no Brasil, e eu não queria acreditar nisto...

  5. JAIME EDMUNDO DOLCE Postado em 09/Oct/2012 às 16:57

    esse traidor,desertor,teve o fim que mereceu,matou brasileiros,deixou,varias,e orfaos desamparados,esses terrorista morreu tarde.meu PAI CARDENIO JAYME DOLCE,UM DELEGADO APOSENTADO,FOI FRIAMENTE ASSASSINADO DURANTE ASSALTO TERRORISTA PRATICADO PELA ALN,NA CASA DE SAUDE DR EIRAS NO RIO,EM SETEMBRO DE 1971,TERRORISTA BOM ÉNA VALA.

    • Henderson Postado em 26/Feb/2014 às 15:22

      Saudade verde-oliva!!!!

    • Thiago Lopes Postado em 01/Jun/2014 às 13:57

      Depois do seu comentário, só digo uma coisa: que falta faz um Lamarca hoje em dia!

  6. Paulo Emar Pereira Postado em 25/Feb/2013 às 09:46

    E hoje estamos assistindo os "perseguidos e torturados" sugando o sangue do povo. Pilhando os recursos do Brasil, e deixando o povo sem saúde, educação. Preparem-se para mais quatro anos de suplício...

    • rodrigo Postado em 26/Feb/2014 às 15:23

      Vamos reagir!!!!!

  7. MARCELO Postado em 14/Sep/2013 às 19:41

    TORTURADOR BOM É TORTURADOR MORTO. ENTERRADO NA VERTICAL DE CABEÇA PARA BAIXO. PARA NÃO OCUPAR ESPAÇO NO CEMITÉRIO E CASO ELE SOBREVIVA, ELE CAVE E VÁ MAIS PARA O FUNDO DA TERRA.

  8. Hélder Gomes Postado em 22/Oct/2013 às 15:52

    O que podemos dizer de Carlos Lamarca. Para os que não conhecem a História foi até um herói, mas para quem conhece bem a História Lamarca foi um grande Traidor. Nos Anos 70 foi apenas um soldado o Exercito Brasileiro, mas com muita honra. Aprendi que nas forças Armadas antes de tudo deve existir a camaradagem e principalmente a confiança. O Sr. Carlos Lamarca não conhecia nada disso. Traiu seu comandante, ao roubar as Armas do Quartel onde servia, matou a coronhadas o tenente da Policia de São Paulo, matou, roubou Bancos, e junto com os demais aliados entre Eles a Nossa grande Presidenta Sr. Dilma Rusef. tentou fazer deste País uma Cuba bem sanguinária , isso com o falso discurso de Democracia. Diziam que o Brasil era uma Ditadura, mas se esqueciam de onde é que vinham as ordens, ou seja exatamente de países de Ditadura , como Cuba e a antiga União Soviética. Se hoje somos o que somos e melhor, é exatamente por causa das Forças Armadas, que a pedido do POVO sempre este ao lado do Povo. Aos que foram torturados, com toda certeza isso existiu, mas jamais nas condições que Eles torturaram ao longo dos anos. Cuba por exemplo é o cocó do cavalo do Bandido que não entrou no filme, vem ao longo dos anos matando seu Povo , tornou um Feudo da Familia Castro, e sempre teve o discurso de perseguido , mas continua matando perseguindo e aviltando os direitos de seu Povo, e nós só não estamos melhores, por que a camarilha do PT , vem roubando e tentando acabar com o nosso País com os absurdos que estamos vendo. Todos sabemos que o Filho de Lamarca é Oficial do Exercito Cubano que como todo jovem teve sua mente deturbada assim como um Piloto Kamikazi da 2ª Grande Guerra, ou como um Radical Islâmico, que mete uma bomba na cintura , e em nome de Alá , explode matando inocentes ao seu redor, pois os lideres este Jamais são vistos explodindo coisas, usam os jovem para o seu fim maquiavélico. Que Deus tenha piedade da Alma do Sr. Lamarca, mas que suas ideias tenham morrido com Ele, pois de traidores já chega os do PT , e que outrora eram os melhora amigos do Sr. Lamarca.

    • Gabriel Postado em 18/Dec/2014 às 10:58

      Que Lamarca queime no inferno, isso sim...

  9. João de Lima Postado em 25/Mar/2014 às 06:02

    Bela morte teve esse BANDIDO e SALAFRÁRIO.

  10. Maria Aparecida Postado em 07/Apr/2014 às 10:27

    Vários corruptos e ladrões que o povo colocou no poder, foram lider de movimento contra os militares,eles assaltavam bancos para manter o movimento, sequestravam, comiam do melhor regrado a cerveja e matavam também, eram terroristas da pesada, porque que a imprensa não fala porque eles sofriam represália,porque eles eram torturados

  11. Eraldo Postado em 01/Jun/2014 às 07:48

    Como tem neofascistas no Brasil. Que absurdo o que eles estão dizendo. Devem ser jovens e não conhecem a verdade, a história que estava escondida e agora começa a aparecer. Na certa estão defendendo familiares que hoje se apresentam como "santos" depois de ter praticado toda espécie de crimes contra a humanidade.

  12. revoltada Postado em 01/Jun/2014 às 23:19

    está mais do que claro que querem vencer o povo pelo medo , querem comprar os eleitores com bola como se uma coisa consertasse a outra, mas cade a escola, cade os hospitais, cade a segurança, se vc tem que viver preso para não ser atingido por bandidos livres, leves e soltos .

  13. Roberta Postado em 02/Jun/2014 às 00:00

    Que tristeza ler comentários a favor do horror que foi a ditadura, um período de liberdade e de direitos privados... A favor da tortura, que é um atentado contra a condição humana e autônoma de todo indivíduo... A favor da militarização da vontade dos poderosos. Ainda bem que me alegra saber que ainda há resistência, e que sempre haverá, que esses heróis não morrerão em vão, mas sim para nos garantir o direito à informação e à construção da democracia. Sei que muitos dos jovens concordam com isso, e tenho certeza que a violência da ditadura não vai se repetir, não sem que haja resistência. O país ainda precisa melhorar, e muito, a sua política, mas não retrocedendo que isso vai acontecer, é olhando para frente. Eu gostaria é que alguns dos que comentaram aqui tivessem tido aulas de história mais adequadas... Mas, outra herança da ditadura é a desvalorização das matérias tidas como secundárias, subversivas, ou o que quer que seja, das ciências humanas, entre elas, a história... Porque um povo ignorante é mais facilmente controlado, mais facilmente alienado.

  14. sonia pimenta Postado em 05/Jun/2014 às 09:17

    somos conduzidos pela propaganda que influencia a mídia, visando os interesses da extrema direita, o capitalismo selvagem que leva "a miséria e sofrimento de uma maioria, que caminha robotizada e sem instrução, servindo esse regime cruel de desigualdade social.Somos um povo mal informada e tolo, manobrados por grandes empresas ligadas a outros países que nos matem colonizados até hoje. Isso cria comentários como o do "artista" Lobão e outros mais que viraram massa de manobra.

  15. Julia farias Postado em 16/Jun/2014 às 00:38

    Nada justifica e nem dara paz as vitimas dessa fase vergonhosa da historia brasileira. Argumentos fracos tem esses que defendem o autoritarismo. Hitler os espera em um lugar bem quente.