Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Racismo não 31/Jul/2012 às 17:27
4
Comentários

Casal negro é impedido de casar em igreja por motivos raciais

Casal negro americano tem casamento negado por racismo. Vários moradores ficaram chocados com a decisão do pastor

casal igreja negro

O casal Charles e Te’Andrea Wilson

Um casal do Mississippi, sudeste dos Estados Unidos, sofreu um duro golpe quando o pastor da igreja que frequentavam comunicou que o casamento não poderia ser celebrado no local por serem negros, informou o canal ABC.

O pastor Stan Weatherford afirmou à emissora que nunca havia sido celebrado um casamento de negros na Primeira Igreja Batista de Crystal Springs, no Mississippi, desde a inauguração do templo em 1883.

Ele afirmou que vários integrantes brancos da congregação foram contrários, de forma violenta, à celebração do casamento de Charles e Te’Andrea Wilson. Alguns o ameaçaram de demissão.

Weatherford, branco, ofereceu ao casal a possibilidade de celebrar o matrimônio em outra igreja, de maioria negra. “Minha filha de nove anos vai à igreja conosco. Como você vai dizer para a sua filha de nove anos que não podemos casar aqui porque, advinha querida, nós somos negros?”, disse Charles Wilson ao canal WAPT-TV, uma filial da ABC.

Leia mais

Ele explicou que o casal pretendia passar a integrar a igreja depois do matrimônio, programado para 20 de julho. Após o veto, transferiram a cerimônia para outra igreja e se casaram no dia 21 de julho.

pastor racista

O pastor racista Stan Weatherford. Foto: divulgação

Vários moradores ficaram chocados com a decisão do pastor. “Esta igreja era a casa deles”, disse Theresa Norwood, de 48 anos. “O que Jesus teria feito? Teria casado eles, sem nenhuma dúvida, porque isto é o correto. Todos somos filhos de Deus”, completou.

Agências

Recomendados para você

Comentários

  1. Pablo Vieira de Mendonça Postado em 31/Jul/2012 às 17:43

    Vão processar e ganhar. Isso é crime. Que sejam espartanos na lei. O que me deixa revoltado é que se trata de um lugar dito promulgador do Evangelho. Triste e nauseante.

  2. Vera Postado em 01/Aug/2012 às 10:41

    Acho que a história posssa estar mal contada, precisa-se apurar, ouvir os dois lados. Se a igreja era a que a menina frequentava, como foram impedidos em nome de uma suposta frequência posterior ao casamento (se não eram impedidos antes)? Formar opinião sem antes se certificar dos fatos reais e de ambos os lados é um risco de se cometer um pré-conceito injusto.

  3. Leandro Coelho Postado em 02/Aug/2012 às 10:22

    Isso não aparece nas capas da revista Veja...A verdadeira cara da "democracia e liberdade" dos Estados Unidos....rs. É uma pena um país que tinha tudo para ter dado certo, e que sonhou em ser grande, mas que ao invés disso, só inflou numa bolha de consumo, ódio e armas de destruição de identidades em massa. Leandro Coelho [email protected]

  4. Ro Postado em 13/Sep/2012 às 13:10

    noooojo!!!