Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Eleições 2012 20/Jun/2012 às 11:34
9
Comentários

Luis Nassif: Luiza Erundina foi egoísta ao renunciar candidatura à vice de Haddad

Erundina abriu mão de suas responsabilidades em relação aos movimentos sociais, devido ao simbolismo de uma foto. Ela sabia que, eleito Haddad, seria mínima a participação do malufismo na gestão da prefeitura; seria máxima a intervenção de Erundina nas políticas sociais

Fernando Haddad Luiza Erundina

Erundina se sentiu preterida, não por Haddad, mas por Lula, que deixou-se fotografar com Maluf e não com Erundina

Luis Nassif, em seu sítio

Tenho um carinho histórico por Luiza Erundina.

Quando foi alvo de uma tentativa de golpe por parte do Tribunal de Contas do Município (TCM) devo ter sido o único jornalista a sair em sua defesa. Tinha o programa Dinheiro Vivo, na TV Gazeta, de público majoritariamente empresarial. Externei minha indignação que teve ter tido algum peso na decisão do presidente da FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) Mário Amato, de visitá-la com uma comitiva de empresários, hipotecando-lhe solidariedade.

Defendia-a também quando operadores do PT criaram o caso Lubeca. E, recentemente, o Blog conduziu uma campanha de arrecadação de fundos, para ajudar Erundina a pagar uma condenação injusta dos tempos em que foi prefeita.

Leia mais

Sempre admirei sua luta pelos movimentos sociais, das quais sou periodicamente informado por irmãs lutadoras.

Por tudo isso, digo sem pestanejar: ao pedir demissão da candidatura de vice-prefeita de Fernando Haddad, Erundina errou, pensou só em si, não nas suas bandeiras políticas nem nos seus movimentos sociais. Foi terrivelmente individualista

À luz das entrevistas que concedeu ontem, constata-se que os motivos foram fúteis. Estava informada da aliança do PT com Paulo Maluf; chocou-se com a foto de Lula e Haddad com ele. Foi a foto, não a aliança, que a chocou.

A foto tem uma simbologia negativa, de fato. Aqui mesmo critiquei o lance. Mas apenas simbologia. Não se tenha dúvida de que, eleito Haddad, Erundina seria a vice-prefeita plena para a periferia, seria os movimentos sociais assumindo uma função relevante na administração municipal.

No entanto, Erundina abdicou dessa missão, abriu mão de suas responsabilidades em relação aos movimentos sociais, devido ao simbolismo de uma foto. Ela sabia que, eleito Haddad, seria mínima a participação do malufismo na gestão da prefeitura; seria máxima a intervenção de Erundina nas políticas sociais.

Poderia ter dado uma entrevista distinguindo essas posições, externando sua repulsa do malufismo, mas ressaltando a diferença de poder entre ambos.

Mas Erundina se sentiu preterida, não por Haddad, mas por Lula, que deixou-se fotografar com Maluf e não com Erundina.

Seu gesto foi para punir Lula, pouco importando o quanto prejudicaria seus próprios seguidores, os movimentos sociais. Ela abriu mão de um cargo que não era seu, mas de seus representados, para punir Lula.

E quem ela procura para a retaliação? Justamente os órgãos de imprensa que mais criminalizam os movimentos sociais, que tratam questão social como caso de polícia. Coloca a bala no revólver e o entrega à revista Veja. A quem ela fortaleceu? Ao herdeiro direto do malufismo na repulsa aos movimentos sociais: Serra.

Saiu bem na foto da mídia, melhor do que Lula com Maluf, mas a um preço muito superior. E quem vai pagar a conta são os movimentos sociais, pelo fato de sua líder ter abdicado de um cargo que a eles pertencia.

Recomendados para você

Comentários

  1. antonio digigov Postado em 20/Jun/2012 às 14:25

    LUIZA ERUNDINA teve a coerencia esperada pelo eleitor socialista verdadeiro , e mais uma vez , e com infinito direito , ESBOFETEOU a cara dessa falsa esquerda que ainda se intitula de esquerda viavel , e tera como recompensa os votos dos coerentes para LUIZA ERUNDINA PREFEITA DE SAO PAULO sem o pt....daqui da minha casa serao 6 votinhos comunistas de coracao vermelho

  2. Lu Gomes Postado em 20/Jun/2012 às 16:39

    Ñ é necessário ser vice prefeita para ter atitude para com as causas sociais. A atitude de Erundina, ainda que simbólica fora um tapa na cara do Maluf e seus eleitores.

  3. Thiago Postado em 20/Jun/2012 às 17:48

    Quanta besteira. Os fins não justificam os meios quando algumas pessoas têm princípios a seguir.

  4. Saad Postado em 20/Jun/2012 às 18:01

    Sim e certamento o seu imperador Lula deve ter sempre razão. Acooooorda Alice!!!! O interesse real de Lula é o poder, e agora vemos que é o poder pelo poder. Ele e não Erundina colocou mais um prego no caixão da candidatura do Haddad.

  5. Ferr Postado em 20/Jun/2012 às 18:31

    Pelo jeito essa ninguém engoliu... Ética antes do pragmatismo! #Valeu, Erundina!!!

  6. Marcos Paulo Postado em 20/Jun/2012 às 20:48

    ^ Nossa… Eu adoro ler isso…. Pois quem pensa um pouco que seja…percebe cada vez mais o tipo de gente que é LULA *************(disse luiza acima, mas quis dizer LULA...), Luiz Nassif e outros que adoramachar justificativa onde Não…eles tentam reinventar o que é certo…. Um analfabeto entende mais de ética e moral que muito “jornalista”… Cada lorota que a gente le na internet..ta louuuucooooo,….tem q rir p/ não chorar…. Na boa, não é possível que alguém diz isso realmente achando certo… Ofende a inteligência até de uma criança

  7. Carlos Postado em 21/Jun/2012 às 09:02

    Que decepção ler este artigo.Ter que abraçar o lixo e afrouxar os princípios não é algo que os eleitores esperam de uma representante do povo como Erundina. Já tem gente demais com moral espanada feito torneira velha no governo. Chega né?

  8. Guilherme Postado em 21/Jun/2012 às 11:36

    Erundina mostrou caráter e fiel a suas convicções, quem dera todos os políticos examinassem suas próprias almas antes de distorcerem sua própria imagem á interesses políticos escusos, devemos por um fim sobre esse maniqueísmo político do mal que impera nesse Brasil desde 1500 até hoje, já bastam figuras como Aloizio Mercadante e dentre outros que mudam seus discursos de acordo com a maré politica e aterrorizados a iminência da perda de poder e influência politicas. Nassif , em bom português, mandou muito mal !!!!!

  9. Thiago Hermes Postado em 01/Aug/2012 às 13:23

    Há uma primeira vez para tudo e essa é a primeira vez que eu fico decepcionado com um artigo de Luis Nassif. Quem colocou uma arma carregada na mão da Veja foi o Lula e a cúpula do PT, e foi uma doze para tomar tiro na cara e estragar o velório! A repulsa de Luiza Erundina deveria ser compartilhada pelos cabeças do partido, quero ver agora como vão usar esse mísero tempo de propaganda eleitoral que ganhara para angariar votos tendo como aliado um dos criminosos mais notórios e cara-de-pau cmo nunca antes existiu na história deste país!