Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Lula 14/Jun/2012 às 15:06
8
Comentários

Ingleses comparam Lula a Franklin Roosevelt e afirmam que Brasil é modelo de democracia

Para o jornal britânico The Guardian, “já é tempo de o ocidente incorporar o crescimento do Brasil de forma mais ativa e iniciar um comprometimento mais profundo”

lula franklin roosevelt guardian

Lula foi comparado à Franklin Roosevelt. (Imagem: Arquivo)

O Brasil “não apenas deve ter um assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas, como também é a melhor razão para uma reforma do órgão e para uma tentativa de tornar o sistema internacional mais representativo”. É o que diz um elogioso editorial publicado nesta segunda-feira, no qual o jornal britânico The Guardian sugere uma maior valorização da diplomacia de Brasília e destaca a ascensão econômica vivenciada pelo país ao longo dos últimos anos.

De acordo com a publicação, “já é tempo de o Ocidente incorporar o crescimento do Brasil de forma mais ativa e iniciar um comprometimento mais profundo” com o país. Isso porque, “embora seja líder da desigualdade social no mundo”, ele “também lidera a resolução desse problema” por meio de “famosos programas sociais que auxiliaram 20 milhões a deixar a pobreza e criar um novo mercado interno”.

Leia mais

Traçando uma linha cronológica para o processo de estabilização da economia brasileira, o artigo parte do governo de Fernando Henrique Cardoso e se estende até a atual gestão de Dilma Rousseff, que é classificada como uma “reformista pragmática”. De acordo com o The Guardian, em meio a esse fenômeno de aquecimento do mercado doméstico e elevação da renda per capita, houve ainda a importância do ex-presidente Lula, “a melhor reencarnação já vista de Franklin Roosevelt”, o líder norte-americano que superou o crash de 1929 graças à elevação de investimentos públicos e consequente fomento à atividade econômica.

Em meio aos preparativos para eventos de relevância global como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, ainda restaria para a presidente Dilma Rousseff “a transferência de sua popularidade e competência administrativa para o congresso”, de tal forma que o legislativo acompanhe o andar de seu governo. O principal desafio da atual presidente, segundo o The Guardian, ainda é “destravar a produtividade e estabelecer uma economia mais avançada”.

No campo das relações internacionais, “Brasília não apenas dobrou o número de seus diplomatas na última década como também redobrou sua ênfase na diplomacia como a única forma de “multipolaridade benigna”. Fenômeno esse que reflete “o luxo de uma região pacífica” e uma “longa tradição e experiência sobre as naturezas da soberania e da democratização”.

Confira o link original para a matéria no The Guardian

Agências

Recomendados para você

Comentários

  1. Diego Postado em 14/Jun/2012 às 21:34

    Cadê o link para matéria ou a edição do jornal.. Como está, não dá p/ acreditar em nada.

  2. Moderação Postado em 15/Jun/2012 às 01:15

    Para satisfazer a necessidade e tirar a dúvida do troll acima, que aparentemente só acreditaria na notícia se a tivesse lido na Folha, Veja ou afins, o link para a matéria no The Guardian foi incorporado no final do post. Se este site te provoca tanta desconfiança, sugerimos que utilize o Google da próxima vez.

  3. Marcos W Postado em 15/Jun/2012 às 11:19

    Esse povo de conteúdo uol dão problema ein....enfim, eu curti os comentarios das pessoas no link originário da matéria. Se julga muito as debilidades do governo e a parcial ineficácia da nossa carta magna na asseguridade social, porém enxergo além disso, vejo um Brasil que tem total capacidade de mostrar uma nova interpretação do que é crescimento, bem diferente das apresentadas pelos Eua e China.

  4. Diego Postado em 15/Jun/2012 às 16:34

    Troll por pedir a fonte? Moderação, se até livro cita as fontes porque um jornal não pode? Só fiz o pedido pq não achei a materia no Guardian. E por causa disso já dizer que acredito sem pesquisar o que sai na Folha e na Veja?! Pff, sinceramente...

    • Moderação Postado em 15/Jun/2012 às 17:52

      Tudo bem, Diego, é possível que você não se enquadre na categoria. A reação é em razão da enorme presença de 'trolls' ultimamente neste site, e que se apresentam com o intuito de apenas desqualificar tudo o que se coloca. De todo modo, está feito o registro.

  5. Kirk Postado em 16/Jun/2012 às 18:23

    Que levem o lula e fiquem com ele, para ver como é bom um mensalão e uma população de alienados (não que isso seja culpa dele, mas vai de graça no pacote).

  6. Ninja Postado em 16/Jun/2012 às 23:54

    Lula é a esquerda latino-americana que o imperialismo gosta... Um "vaselina", que se dedica a fazer política demagógicas e desmobilizar os trabalhadores, enquanto os banqueiros e industriais associados ao governo tem os maiores lucros da história do BRasil.

  7. Geyzon Rodrigues Postado em 06/Aug/2012 às 15:41

    Que o Brasil é modelo de democracia, é verdade. Vemos até hoje paises vivendo sob dominio de governos autoritários.